O IP é um termo bastante conhecido no ramo da informática, mas você sabe exatamente qual é o seu propósito? Confira mais detalhes e como descobrir o seu.

Uma das medidas de controle de dispositivos conectados a uma rede de internet é o endereço de IP.

A crescente demanda por tecnologia fez com que as máquinas passassem a ser identificadas com um número, algo como o Cadastro de Pessoa Física (CPF) no Brasil, um código de identificação único, que pode revelar o histórico sobre seu nascimento e o que você fez durante a vida.

O endereço de IP foi uma maneira encontrada pelos especialistas de identificar a quais redes as máquinas, também chamadas de Hosts, estão conectadas. O IP é responsável pelo roteamento e pela entrega dos pacotes em uma rede de internet.

Cada vez que você fica on-line, novos protocolos são gerados, modificando também o seu endereço de IP. Para identificar esse caminho, existem dois tipos de IP, o interno e o externo. 

Neste artigo, você vai descobrir o que é o IP e sua importância, além da diferença entre IP interno e externo. Vamos lá?  

O que é IP?

O endereço de IP, chamado originalmente de Internet Protocol, é um código identificador. A parte “endereço” refere-se a um número exclusivo, que é vinculado a todas as atividades on-line que você realiza. 

Por meio de uma combinação numérica, é possível descobrir qual é o aparelho usado e em qual rede ele está conectado. Essa conexão varia de acordo com os servidores que você acessa, fazendo com que o endereço de IP se torne dinâmico.

Qual é sua importância?

Como já mencionado no início deste artigo, o IP funciona como uma espécie de CPF das máquinas. A natureza única de um endereço IP significa que ele é usado ​​para mais que apenas comunicação, pois o endereço também pode ser utilizado para identificar um servidor. De modo geral, o endereço de IP garante segurança para seu próprio benefício 

Com ele, é possível identificar não somente a série e o modelo de um celular ou computador, por exemplo, mas também revelar informações sobre a rede de internet do qual o host está conectado. Isso significa que o IP também é capaz de localizar os dispositivos geograficamente.

Este recurso é muito usado pela polícia para localizar objetos extraviados, inclusive, é uma informação necessária para preencher um boletim de ocorrência on-line.

Endereço externo x endereço interno

Os IPS são compostos por dois grupos de endereços: os internos e os externos. O IP interno é aquele que vai indicar a máquina que está sendo usada, enquanto o externo, o servidor de internet ao qual o equipamento está conectado.

As máquinas ficam agrupadas a algum dispositivo, como um roteador, por exemplo, mas a conexão é feita por meio de um servidor. Por isso, no endereço de IP, essas duas informações são unidas em um código.

Para descobrir a origem do IP, bem como saber qual é o endereço externo e interno, você não precisa ser um expert da informática. É possível conseguir essa informação pela internet, usando sites localizadores, que são ferramentas on-line. Algumas são totalmente gratuitas, e você não precisa de cadastro para usá-las.

Basta fazer uma busca dessas ferramentas no Google e inserir as informações do seu IP para que ele faça uma pesquisa detalhada. Alguns desses sites conseguem localizar geograficamente os dispositivos.

Como decifrar um IP?

Ao visualizar um endereço de IP, você vai encontrar quatro grupos de números divididos por ponto. Como no exemplo: 188.15.1.8 Cada grupo numérico representa um byte, totalizando quatro bytes. 

Os endereços de IP também são divididos por classes de ordem alfabética A, B, C, D e E, mas as mais utilizadas são A, B e C. Por que estamos falando disso? Bom, primeiro, porque as classes indicam como o IP deve ser lido. 

À primeira vista, a combinação de números pode ter a mesma formatação, mas a forma de interpretá-las muda de acordo com a classe a que o grupo pertence.  Para saber qual é a classe de um IP, basta verificar entre qual conjunto o primeiro grupo de números está:

Classe A: 1 – 126

Classe B: 128 – 191

Classe C: 192 – 223

Em nosso exemplo, o IP começa com 188, mostrando que ele está entre 128 e 191, portanto, pertence à Classe B. Para identificar um endereço de IP, é necessário saber sua classe, pois é ela que indica o método que deve ser usado para identificar as redes internas e externas.

IPs de Classe B são divididos ao meio: [188.15] . [1.8]. Assim, os dois primeiros grupos de números [188.15] identificam a rede, e os dois últimos [1.8], a máquina. Desta forma, conseguimos saber qual rede e qual a máquina está conectada a ele.

Lembrando que a forma de dividir os grupos varia conforme a classe a que ele pertence. Endereços de IP de classe A são decodificados diferente. A rede é identificada somente pelo primeiro grupo numérico. Exemplo: 188. Neste exemplo, os grupos 15.1.8 representam o IP de um dos equipamentos conectados a esta rede.

Nos IPs de classe A, a rede externa é identificada pelo primeiro grupo de byte do IP, o restante são os equipamentos conectados a ela. Na classe B, são os dois primeiros grupos que apontam em qual rede que o IP está. Na classe C, são os três primeiros grupos, o último número que indica o host.

Como descobrir meu IP interno?

Se você não sabe qual é o IP do seu dispositivo, é possível descobrir por meio do seu próprio sistema com alguns comandos. Tanto no MAC, quanto no Windows e em celulares, você consegue esta informação.

No caso de aparelhos MAC, basta você procurar o ícone de maçã na barra superior e clicar sobre ela, escolhendo a opção “Preferências do sistema”, e depois em “Rede”. O IP da sua máquina será exibido na tela.

Para quem usa Windows, é preciso fazer uma busca por “cmd” na caixa de pesquisa do computador. Uma janela de comando será aberta para que você preencha com “ipconfig”. Ao clicar em Enter, o seu endereço de IP aparecerá na linha “Endereço IPv4”.

Para descobrir o IP interno do seu celular, você precisa acessar o menu das “Configurações” e escolher a opção “Sobre o Telefone”. Depois disso, basta clicar em “Status”. Saber seu IP pode ser bastante útil, seja para localizar um fraudador, acessar um computador ou dispositivo de forma remota.

Como descobrir meu IP externo? 

O IP externo é dinâmico e representa a rede de internet do qual seu dispositivo está conectado naquele momento. 

Você pode conseguir esta informação de uma maneira mais prática por meio de sites localizadores de IP. Alguns exemplos on-line são:

  • Get it up
  • IP Lookup
  • IP Tracker
  • Ipligence
  • What is my IP Address

Para descobrir o endereço de IP externo do seu aparelho de celular, você precisa estar conectado a uma rede Wi-Fi. Na barra superior, clique no ícone de Wi-Fi e nos três pontinhos localizados no canto inferior direito da tela. Finalize o processo clicando em “Avançado”.

Como você percebeu, existem várias razões práticas pelas quais as pessoas usam o IP: investigar fraudes, bloquear acesso aos servidores, garantir que alguém que esteja fazendo compras muito caras esteja no endereço de correspondência vinculado ao cartão, etc.

Agora que você já sabe como descobrir o seu, conte para a gente se o resultado o surpreendeu! Assine a nossa newsletter e fique sempre por dentro sobre o mundo da tecnologia!