Você sabe o que são os arquétipos de marca e como isso pode influenciar no seu negócio? Saiba tudo sobre o assunto nesse artigo.

Ouça o conteúdo deste post clicando no player abaixo!

Assim como nós da HostGator, as empresas também possuem personalidade, objetivos, missão, visão e valores. E, é por isso, que nos conectamos com elas e muitas vezes somos os advogados das marcas, sempre as defendendo. Para criar empresas de sucesso, um dos segredos é fazer uso dos arquétipos de marca.

Essa conexão só é possível quando a personalidade da marca foi bem definida e segue seus ideais e atributos ao longo do tempo. Afinal, cada vez mais as pessoas estão cobrando responsabilidade, integridade e posicionamento das empresas, para que possam se relacionar. 

Nesse post vamos te ajudar a entender o que é arquétipo e porque ele é tão importante. 

Acompanhe!

O que são arquétipos de marca?

Se você acha que o arquétipo surgiu recentemente e é apenas mais uma estratégia de marketing, pode estar enganado. 

A palavra arquétipo vem das palavras gregas “Archein” (original) e “Typos” (tipo ou modelo). O arquétipo foi utilizado pelo psiquiatra suiço Carl Jung, na teoria da psique humana.

Nela, Jung revelou que nós temos em nosso subconsciente personagens místicos, com diversas características, que fazem parte da construção da nossa realidade. Para Jung, os arquétipos de marca definem, então, o padrão que molda pessoas, conceitos e criações.

Mas, foi muito tempo depois dos estudos de Jung, que os arquétipos passaram a ser utilizados nas estratégias de marketing e branding. Foi a consultora Carol Pearson que começou a aplicar esses conceitos aos negócios. 

Qual é a importância dos arquétipos de marca?

É a partir dos arquétipos de marca que as empresas conseguem consolidar marcas fortes no mercado. Afinal, comunicando a sua personalidade com originalidade, pouco a pouco ela vai fazendo parte do subconsciente dos consumidores. 

Os seus ganhos ao utilizar os arquétipos de marca corretamente, são: maior fidelidade, engajamento e aumento das conversões e vendas, por exemplo. 

Mesmo não sendo algo novo, os arquétipos de marca estão em alta. A comunicação com os clientes muda a todo tempo e, por isso, é necessário estar atento a isso.

Dessa maneira, é necessário ouvir o cliente, saber o que ele deseja e saber se comunicar com seu público, isto é, as buyer personas.

Essas Buyer Personas são quem de fato, o que ajuda uma marca a entender seus clientes. Isso porque, diferente do público-alvo, as buyer personas são quem de fato precisam do serviço que sua marca pode oferecer.

As Buyer Personas têm necessidades, padrões de comportamento únicos observados e objetivos diferentes umas das outras. Por isso, é necessário que sua empresa possua não apenas um, mas vários perfis que se conectam de fato com serviço que sua marca oferece.

Quais são os tipos de arquétipos de marca?

Para Jung, os arquétipos representavam as motivações básicas do ser humano, e dessa maneira, existem aproximadamente 12 tipos de arquétipos que estão nos indivíduos. Por consequência, esses tipos são responsáveis pela evolução de si, do ser humano. Além disso, esses arquétipos conseguem gerar as conexões e experiências entre as pessoas.

Ao total, existem 12 arquétipos de marca que ajudam a definir a personalidade das marcas, e isso faz com que elas se tornem tão presentes na vida dos consumidores. Por isso, vamos te apresentar abaixo cada um deles, confira! 

Criador

O criador é aquele super criativo, inovador, visionário e que não se conforma. É quem busca criar algo duradouro e também deixar um legado. Além disso, é aquele que incentiva os outros a pensar fora da caixa. Esse é um dos arquétipos de marca mais populares.

As empresas que possuem essa personalidade são: Lego, Pixar, Sony e Faber Castell. 

Cuidador

O próprio nome já diz. Esse é aquele que cuida, zela, protege e tem generosidade. Seu propósito é auxiliar as pessoas a ter autocuidado e educar os outros. Além disso, tem sempre mensagens muito positivas e humanas sobre as relações. 

As empresas que têm esse perfil são: Dove, Johnson & Johnson e Médicos Sem Fronteiras. 

Governante

Sabe aquele ser que é um líder nato? Esse é o governante. Possui um grande carisma, chama atenção por onde passa e é um grande influenciador. Além disso, é responsável, muito organizado e tem o dom para restaurar a ordem. 

As empresas com esse arquétipo de marca são: Rolex, Mercedes-Benz e IBM. 

Comediante

Essa personalidade é divertida, despreocupada e tem um senso de humor elevadíssimo. Sendo assim, seu objetivo na vida é trazer alegria e leveza ao mundo e despertar a espontaneidade em outras pessoas. 

Esse arquétipo está presente em empresas como: M&M’s, Fanta e Netflix. 

Pessoa comum

Todo mundo deve conhecer alguém que é parceiro, leal, solidário e que se conecta rapidamente com qualquer pessoa. A personalidade “pessoa comum” é cheia de virtudes, muito esforçada e fácil de conversar. 

As empresas com essa personalidade são: GAP, Havaianas e eBay. 

Amante

Esse arquétipo de marca é totalmente sensual, apaixonado e idealista, essa personalidade caracteriza quem gosta de desfrutar a intimidade e empoderar as pessoas. Além disso, esse arquétipo tende a ser muito atraente para que consiga chamar a atenção de outras pessoas. 

As marcas que possuem esse arquétipo de marca são: Magnum, Dior e Chandon.

Herói

Essa personalidade é corajosa, ousada, confiante e honrada. Tem como objetivo deixar uma marca no mundo por meio da sua determinação. Enfrenta desafios como ninguém e está sempre se superando. Também é produtivo, focado e extremamente disciplinado. É um dos arquétipos de marca mais populares.

Empresas que representam essa personalidade são: Nike, Adidas e BMW. 

Mágico

Esse arquétipo tem muito carisma, é visionário, idealista e inspira mudanças. Além disso, é disruptivo, foge de todos os padrões para trazer magia para a vida das pessoas. Seu objetivo é tirar a realidade do senso comum. 

As marcas que possuem essas características são: Red Bull, Disney e Apple. 

Rebelde

Essa é aquela personalidade que quebra regras, que não se adequa a sociedade e sempre combate a autoridade. Busca combater tudo que é convencional e dentro dos padrões, assim como tem capacidade de revolucionar tudo o que pode. 

As empresas que possuem esse arquétipo de marca são: Virgin, Harley-Davidson e Uber. 

Explorador

Totalmente inquieto, aventureiro, pioneiro e ambicioso. Esse perfil não se adequa ao convencional e está sempre em busca de uma nova aventura. Também está constantemente em busca de sair da rotina e do tédio do dia a dia, para descobrir o mundo. 

O arquétipo de marca explorador é encontrado em empresas como: Land Rover, Jeep e The North Face. 

Sábio

O sábio é aquele que está sempre estudando e busca auxiliar as pessoas a adquirir conhecimento. É extremamente analítico, pensativo e uma fonte incessante de informações confiáveis.

Além de valorizar a prática do pensamento, ainda encontra tempo para estar por dentro de todas as novidades, estudos e tendências. 

As empresas que se adequam nesse arquétipo são: TEDx, Google e BBC. 

Inocente

Como você deve imaginar, essa personalidade é pura, jovem, otimista e simples. Possui valores muito fortes, é transparente e está sempre associado à bondade. Além disso, esse tipo de arquétipo de marca lida com os problemas com simplicidade e de maneira descomplicada. 

As marcas que se identificam com essa personalidade são: Dove, Neve e Coca-Cola. 

Esses são os 12 arquétipos de marca estudados por Jung e depois aplicados ao marketing por Carol Pearson.

É importante que ao construir o arquétipo de marca da sua empresa, ou seja, a personalidade dela, você deve analisar qual é a sua missão, propósito e valores. Dessa forma, sua empresa vai ter uma identidade marcante e se conecte com o seu público com facilidade. 

Além disso, não tenha como objetivo apenas ter lucro a partir do seu arquétipo. Ele existe para direcionar todos os objetivos da sua empresa, assim como a comunicação com seus clientes.

É a partir dele que você vai humanizar a sua marca e, por consequência, passar a obter resultados positivos no mercado. 

Conclusão sobre arquétipos de marca

Lembre-se: a sua marca conta uma história. Por isso, ela precisa ser envolvente, cativante e verdadeira. É a partir da sua autenticidade que você vai gerar conexões com outras pessoas e fazê-las lembrar de seus produtos e serviços sempre que precisar. 

Por fim, o arquétipo precisa tocar todos os pontos da empresa, desde a forma como você a administra, até o atendimento, a qualidade dos produtos e, por fim, os serviços, assim como o nível de entrega. 

Esperamos ter ajudado você a entender o que são arquétipos e como eles são importantes na construção da marca do seu negócio.

Se você gostou do conteúdo e agora sabe o que são os arquétipos de marca, aproveite para conhecer mais artigos do Blog da HostGator sobre inovação, tecnologia e negócios! Até a próxima!