Como criar cursos online e trabalhar na internet

Escrito por

quarta-feira, 7 de Março de 2018 | Comentários

Para realizar o sonho de trabalhar por conta própria, muitas pessoas têm trocado os empregos tradicionais para investir no empreendedorismo digital. Entre as milhares de oportunidades que a internet oferece, criar cursos online tem sido uma boa escolha pois é bem promissora.

É comum vermos pessoas que têm potencial desistirem da ideia por acharem que, para ter sucesso, é necessário fazer uma produção super profissional e complicada. Se você é uma dessas pessoas, saiba que não é bem assim. Quem tem conhecimento em uma área específica e sabe que o seu conteúdo pode ajudar muitas pessoas, já tem o mais importante para começar a ganhar dinheiro com isso.

Você não vai precisar de cenários espetaculares, equipamentos muito caros ou edições super profissionais, basta seguir alguns passos que vão te trazer ótimos resultados. Confira o passo a passo para quem tem todo o conteúdo em mãos, mas não sabe por onde começar.

No final, você estará pronto para entrar de vez no mundo digital e saberá como criar cursos online! Vamos lá?!

Passo a passo para criar seu curso online

Escolha seu nicho

A primeira coisa a fazer é escolher o nicho para o qual você vai direcionar o seu curso online. Nenhuma empresa, por maior que seja, consegue alcançar todas as pessoas, por isso é muito importante segmentar o público que você deseja atingir. Sabendo quais são as necessidades desse público, você consegue pensar em estratégias direcionadas e conteúdos que, de fato, agregam valor para essas pessoas.

Para quem está começando agora e não conta com muitos recursos, fica a dica: quanto mais delimitado for o nicho, mais fácil será elaborar uma comunicação assertiva e atrativa. Além disso, ao optar por um nicho muito amplo, fica complicado competir com marcas maiores, mais consolidadas e reconhecidas no mercado.

Aposte em segmentos mais específicos pois são pouco explorados e podem apresentar maior demanda pelo que você tem a oferecer.

Defina sua persona

Ao definir seu nicho, você já consegue ter uma boa ideia de qual parcela da sociedade quer atingir com suas estratégias de comunicação. Mas, para obter resultados ainda mais eficientes, o ideal é restringir o seu público para compreendê-lo melhor.

Quanto mais informações você tiver sobre os anseios, problemas e desejos de seus consumidores, mais fácil será elaborar um produto que atenda às suas demandas. E então essa é a hora de criar a persona de seu negócio!

A persona ou avatar é a caracterização do cliente ideal de seu produto ou serviço. Para criá-la, é importante focar nas preferências pessoais, principalmente as relacionadas às compras, valores morais, estilo de vida, personalidade e outros fatores específicos.

Estude sua concorrência

Para conseguir se destacar dentro do mercado, é necessário saber tudo sobre a sua concorrência para investir em produtos e serviços diferenciados.

Selecione os concorrentes de seu nicho e descubra tudo o que eles estão fazendo:

  • Como eles utilizam seus canais de comunicação?
  • Quais são seus comportamentos nas redes sociais?
  • Quais são seus pontos fortes e fracos?
  • O que está dando certo?
  • O que é alvo de críticas?
  • Entre outros fatores.

Ao monitorar quais estratégias da concorrência estão despertando o interesse dos clientes, é possível adaptar o seu negócio para tentar atrair esses consumidores. Claro que não é indicado que você simplesmente copie as estratégias alheias, tudo deve ser repensado e redesenhado de acordo com as particularidades do seu curso. E principalmente, analise se é coerente com a sua marca.

Estudando os concorrentes você consegue, ainda, mapear suas falhas e perceber quais demandas dos consumidores não estão sendo atendidas. Com essa informação em mãos, você pode criar cursos online para suprir essas necessidades e se destacar no nicho em que atua.

Escolha o formato

Para quem está começando, pode ser difícil decidir qual formato utilizar para compartilhar o conteúdo desejado. Entre os existentes, os mais indicados na hora de criar cursos online são as videoaulas ou os e-books, pois são formatos facilmente acessíveis para os usuários e que permitem uma boa assimilação das informações.

E-books

Os e-books são livros digitais com linguagem predominantemente escrita. O formato permite também a inclusão de imagens, infográficos e conteúdos que melhorem a comunicação e enriqueçam o material.

Uma das vantagem de criar cursos online no formato de e-books é a facilidade de elaboração, já que precisa somente do conhecimento e de uma boa ferramenta de edição de texto. No entanto, para que o produto tenha qualidade, é essencial ter desenvoltura na comunicação escrita, já que a linguagem do e-book deve ser totalmente compreensível para passar as informações de maneira simples, clara e completa.

Videoaulas

Se você não tem vergonha ou dificuldade de se expressar na frente das câmeras, pode optar também por criar cursos online em videoaulas. Por ser um formato um pouco mais complexo, exige um nível maior de produção. No entanto, não estamos falando de nada muito caro ou complicado, ok? Basta ter o conhecimento, uma câmera, um microfone e um cenário iluminado para começar a gravar seus cursos online.

Apesar de demandar mais elaboração, esse formato também apresenta muitos pontos positivos e que, muitas vezes, são decisivos na hora da escolha. A transmissão de conteúdos através de vídeos possibilita, por exemplo, a construção de um relacionamento mais estreito com a audiência, o que ajuda a transmitir credibilidade.

Outra vantagem é o fato dos conteúdos em vídeos serem facilmente consumidos e absorvidos pelo público. Você pode apostar, ainda, em recursos que tornem suas aulas mais leves, dinâmicas e atrativas para os alunos.

Defina o preço

Chegou a hora de precificar o seu produto!

Nós sabemos que essa tarefa pode ser complicada para algumas pessoas, principalmente para quem ainda está no início do empreendedorismo digital. Porém, existem alguns detalhes que vão te ajudar a calcular o preço ideal de seu curso online.

Para começar, é importante considerar todo o custo que você teve na criação de seu produto, desde a produção até as estratégias de marketing usadas. Além disso, você deve analisar o mercado para saber como está a procura e a oferta pelo que você está oferecendo. Não adianta estipular um valor muito alto para um produto que está sendo ofertado em abundância, pois os consumidores poderão encontrar opções mais acessíveis nos concorrentes. Da mesma forma como não é interessante cobrar muito barato por algo que está com alta demanda, mas pouca oferta. Nesses períodos, seu produto está valorizado e, mesmo com um custo mais alto, vai atrair os consumidores por falta de outras opções no mercado.

Outra estratégia é observar a importância que seu produto tem para o público. Se ele é capaz de solucionar os problemas e dores dos clientes, com certeza, as pessoas vão valorizá-lo e achar justo pagar um valor mais alto para adquiri-lo.

Escolha a plataforma para hospedá-lo

Ao chegar nesse passo, você já está com o conteúdo elaborado e precificado, então, está na hora de escolher a melhor plataforma EAD para suas aulas online. Existem várias opções disponíveis e cada uma delas apresenta vantagens e desvantagens específicas. Para tomar sua decisão, não deixe de conhecer plataformas diversas e verificar qual se adapta melhor aos objetivos e características de seu negócio.

Alguns itens podem ser usados como base para sua escolha, como, por exemplo, se a plataforma é gratuita ou paga e se é responsiva, ou seja, se transmite o conteúdo com qualidade independentemente do formato de tela. Você pode checar também questões como possibilidade de personalização, segurança oferecida para os usuários na hora da compra, facilidade de uso (tanto para você quanto para seus alunos), entre outras.

Divulgue seu curso

Agora que você já sabe como criar cursos online, chegou a hora de aprender como divulgar suas aulas e começar a atrair clientes.

Não adianta seguir todo esse passo a passo, criar um material incrível e, depois, não conseguir alcançar a audiência desejada, não é mesmo? Vamos citar algumas das estratégias de divulgação de produtos para te ajudar a selecionar a ideal para seu negócio. Nesse momento, é essencial focar nas estratégias que atinjam os canais de comunicação e redes sociais mais acessados pelo público que você deseja alcançar.

Faça um blog

Você pode criar um blog para compartilhar conteúdos que agreguem valor para as pessoas. Dessa maneira, você demonstra conhecimento no assunto, se torna autoridade em seu nicho e adquire a confiança dos usuários. As matérias não devem ser apenas de propagandas diretas de seu curso, mas sim de temas que se relacionem com o conteúdo de suas aulas e que sejam valiosos para sua audiência.

Por exemplo: Se em seu curso você ensina como fazer maquiagens caseiras e naturais, pode usar o blog para falar sobre os males que os produtos químicos causam no organismo, sobre os benefícios dos ingredientes naturais (foque nos que você usa no curso) ou até em assuntos mais amplos, como consumo consciente e meio ambiente.

Crie um canal no YouTube

Como falamos anteriormente, os conteúdos em vídeos são fáceis de serem consumidos pelos usuários. A versatilidade e praticidade desse formato podem ser usadas para atrair consumidores para seu curso online e ganhar credibilidade no mercado.

Assim como no blog, seu canal no YouTube não deve ser um espaço de bombardeio de propagandas, mas sim uma ferramenta para educar sua audiência e demonstrar que seu conhecimento pode ajudar as pessoas a resolverem suas dúvidas.

Use as redes sociais

Agora que você já sabe em quais redes sociais seu público está mais presente, mantenha seus perfis ativos e constantemente atualizados. Lembre-se de usar imagens, infográficos e vídeos para dinamizar a comunicação com o público e tornar suas publicações mais interessantes. Trabalhe com conteúdos exclusivos que permitam que as pessoas se identifiquem com seu negócio.

Encaminhe e-mail marketing

O e-mail marketing ainda é uma das formas mais eficazes para se comunicar com seu público. Como a maioria das pessoas tem uma conta de e-mail é possível alcançar um público extenso ao usar essa ferramenta.

Existem algumas estratégias que você pode oferecer aos usuários a possibilidade de se cadastrarem para receber seus e-mails, o compartilhamento gratuito de materiais ricos, como e-books, e áreas especiais no layout do blog são exemplos disso.

Quando conseguir uma base de contatos, você precisará apenas escolher uma ferramenta de disparo de e-mails e começar a nutrir o relacionamento com a audiência. O ideal é que você comece encaminhando conteúdos diversificados até chegar o momento de ofertar seu produto diretamente.

Invista em anúncios pagos

Outra opção é a criação de anúncios pagos de seus cursos online para serem exibidos na internet. Você pode elaborar materiais com textos e imagens bem convidativos e pagar para divulgá-los em redes sociais, sites, blogs e ferramentas de busca.

O importante é fazer um anúncio que venda bem seu produto e conseguir exibi-lo em canais comumente acessados por sua persona.

Pronto para criar cursos online?

Para trabalhar na internet e criar cursos online, você só precisa deste passo a passo, dedicação e vontade de ensinar aos outros o que você sabe. É claro que você pode e deve investir cada vez mais em seus cursos, mas para dar o pontapé inicial você já tem tudo o que precisa.

Mesmo sem experiência anterior na área de educação, é possível elaborar aulas de qualidade, conquistar alunos e ganhar espaço no mercado digital.

Você quer começar e pretende criar cursos online em vídeos? Não deixe de conferir nosso guia completo que ensina tudo sobre criar videoaulas para vender na internet.

  • Este artigo foi escrito pela equipe da Hotmart.
Tags:, , ,
Comentários
Pressione Enter para pesquisar ou ESC para fechar