Confira estas dicas para profissionalizar-se e ter sucesso nesta carreira.

Você possui um segundo idioma fluente, mas ainda não sabe como ser tradutor e ganhar dinheiro com isso? Então, saiba que este profissional pode atuar em diversas áreas e ter uma carreira promissora.

Atualmente, as pessoas consomem conteúdo de uma forma diferente. Há 20 anos, não existiam livros em PDF, dispositivos para leitura digital e outras funcionalidades. 

Isso tornou o mundo hiperconectado. 

Contudo, se os smartphones são bibliotecas portáteis, e cada um fala uma língua diferente, como aproveitar a quantidade de conteúdos disponível? Neste cenário, o tradutor torna-se importante! 

Como veremos neste artigo, é possível trabalhar como tradutor ao assumir projetos de conteúdo escrito e audiovisual em diferentes formatos. Por isso, a primeira coisa que você deve saber é que não basta somente dominar outro idioma.

Importância da área da tradução

O aprendizado de qualquer língua passa primeiro pela tradução. Portanto, não é surpresa que esse seja um dos ofícios mais antigos do mundo. Susan Bassnett, teórica da tradução, conta que, no passado, o ato de traduzir era “considerado uma prática marginal”, começando a ser visto como fundamental para o intercâmbio humano somente no século XX. 

Um dos primeiros escritores a desenvolver uma teoria da tradução foi o humanista francês Etienne Dolet. Em seu livro A maneira de bem traduzir de uma língua para outra (1540), ele destaca que uma boa tradução requer sobretudo cinco coisas:

  1. entender perfeitamente o sentido e a matéria do autor a ser traduzido;
  2. conhecer perfeitamente a língua do autor traduzido e ser igualmente excelente na língua na qual se propõe traduzir;
  3. não traduzir palavra por palavra;
  4. usar palavras de uso corrente,
  5. observar a harmonia do discurso.

Para entender como trabalhar com tradução, é preciso saber que a profissão tem grandes desafios. Como destacado por Dolet, não se trata apenas de transportar palavras de uma língua para outra, mas buscar métodos que possibilitem a organização do texto.

Quando um documento está disponível em diferentes idiomas, é possível repassá-lo para um público mais amplo. Dependendo da meta do conteúdo, no geral, isso significa mais consciência, mais vendas, mais recursos e mais compartilhamentos.

Como ser um tradutor profissional?

Como visto no último tópico, uma boa tradução deve ser o mais próximo possível do texto original, para que não haja uma distorção de sentido. Portanto, traduzir é sobre repassar conhecimentos de forma que a compreensão de quem está lendo seja possível. 

Abaixo, confira as habilidades necessárias para tornar-se um bom tradutor:

  • compreensão fluente (quase nativa) de, pelo menos, uma língua estrangeira;
  • compreensão da cultura do país do idioma de origem;
  • habilidades excelentes de escrita em sua própria língua materna,
  • formação na área de estudos da tradução dão mais credibilidade e vantagem competitiva, mas não são pré-requisitos.

Além disso, para trabalhar com tradução on-line ou presencial, é necessário ter disciplina, pois, muitas vezes, o tradutor atua sozinho.

Como começar a carreira de tradutor?

Se você quer saber quanto ganha um tradutor, é preciso levar em consideração que, no começo, será preciso cobrar um valor modesto pelos seus serviços, até conquistar uma boa reputação no mercado. 

Neste período, também é bem provável que você tenha que trabalhar muito para ter uma renda média e, aos poucos, conseguir estabelecer sua carreira. Porém, não desanime do seu objetivo de como ser tradutor! Com foco e dedicação, é possível ganhar bastante dinheiro. 

É possível monetizar serviços como tradução de artigos, sites e livros, além de transcrição de vídeos e áudios, material para apresentações, currículos e até conteúdo para redes sociais. 

Depois de dominar, pelo menos, dois idiomas, você pode começar a inscrever-se em plataformas de tradutores, iniciar um trabalho autônomo e ganhar dinheiro trabalhando em casa. Agora, veja algumas dicas para iniciar sua carreira de tradutor com o pé direito! 

Consulte outros profissionais da área

Seja para entender como ser um tradutor de inglês ou de outro idioma, consultar profissionais da área sempre trará insumos para que você decida se esse é realmente um campo em que deseja seguir carreira. 

Muitas vezes, o trabalho de tradutor exige prazos curtos, projetos de alta responsabilidade e cobranças. Se você não estiver preparado para lidar com essas questões, sua rotina pode tornar-se um verdadeiro pesadelo. 

Caso não conheça ninguém, procure em redes profissionais, como o LinkedIn, e peça dicas a profissionais mais experientes. Além de tirar todas as suas dúvidas, você ainda pode fazer contatos para futuras oportunidades de trabalho.  

Faça cursos livres

Outra dica sobre como ser tradutor juramentado ou de qualquer nicho específico é fazer cursos específicos na área. Isso pode lhe ajudar a entregar um serviço com mais qualidade, independentemente de ter formação acadêmica em algum idioma.

Redação, storytelling e copywriting são alguns conhecimentos que auxiliam na construção de textos mais interessantes, indo muito além de uma simples tradução. 

Além disso, essa área de atuação é vasta. Você pode trabalhar com conteúdo impresso, literatura, pesquisa científica, audiovisual, entre outros. Por isso, é importante ter um conhecimento profundo do idioma e de possíveis formas de aplicação.

Construa um plano de negócio

Para saber como ser tradutor, você deve entender que precisará oferecer uma grande diversidade de serviços e ter certeza de quanto cobrar por eles. O principal objetivo do plano de negócio de um tradutor profissional é definir um posicionamento.

Dessa forma, você mostra como quer ser visto pelo público, englobando ter um site para que seus clientes encontrem você e seus serviços prestados na internet, além de possuir identidade visual, branding, relacionamento com cliente, etc. 

No plano de negócio você também vai definir suas metas a curto e a longo prazo. Por isso, antes de começar, tenha em mente onde você quer chegar trabalhando nessa área.

Divulgue seu trabalho como tradutor 

Um portfólio on-line ou um blog permitem que você divulgue trabalhos já realizados, estreitando a jornada do seu cliente, pois, ali mesmo, ele já confere se você é o profissional adequado para o projeto. 

O website funcionará como uma espécie de vitrine, por isso capriche na identidade visual e publique os melhores trabalhos. Caso ainda não tenha nenhum projeto realizado profissionalmente, crie um do zero. Escolha algum material e demonstre todos os seus conhecimentos de tradutor. Após entender como ser tradutor, confira nosso artigo sobre como criar um portfólio e veja dicas exclusivas para mostrar o seu trabalho da maneira mais eficaz, conquistando mais clientes!

Esperamos que essas dicas tenham ajudado! Para se especializar ainda mais, confira nossos cursos sobre tecnologia e impulsionamento de negócio na plataforma Collabplay.