Conheça a versão 5.8 do maior CMS e Gestão de Conteúdo do mundo: O WordPress! Veja todas as novidades e saiba como utilizá-las.

Um dos CMS (Content Management Systems) mais utilizados do mundo está de versão nova: o WordPress 5.8. O Sistema de Gerenciamento de Conteúdo ou Sistema de Gestão de Conteúdo WordPress, agora está disponível com muito mais recursos.

Confira neste guia completo as principais features lançadas e descubra como experimentá-las desde já!

O que é o WordPress 5.8 – Tatum?

Milhões de websites utilizam o WordPress como principal plataforma web, inclusive nós na HostGator. Desde sites institucionais e corporativos a blogs pessoais, todos podem se beneficiar das vantagens do WordPress 5.8.

Isso porque mesmo quem não tem experiência com programação ou desenvolvimento, pode criar um website, a partir de um dos inúmeros templates gratuitos, em poucos minutos.

O “Tatum”, como foi denominado, teve seu nome inspirado em Art Tatum (pianista de jazz). O icônico artista, que sofreu com deficiência visual ao longo da vida, gravou músicas que são referência e inspirou outros músicos da época.

Uma curiosidade, é que o WordPress sempre nomeia suas versões com grandes nomes do Jazz.

Sua exímia técnica também o fizeram se destacar, comprovando que não há limites se você quer realizar algo.

É exatamente isso que você pode esperar do 5.8 Tatum. O novo “conjunto da obra” que certamente irá te surpreender, assim como já tem feito com outros membros da comunidade global.

Novidades do WordPress 5.8 que você precisa conferir

Divulgado oficialmente em 20 de julho de 2021, o WordPress 5.8 é sinônimo de uma aplicação ainda mais inovadora. Fora as alterações técnicas, a nova atualização do WordPress se apresenta muito mais segura, evitando assim os ataques.

Curiosidade: foram corrigidos mais de 170 bugs, implementadas 96 melhorias e novos recursos e otimizados 24 fluxos de tarefas antigos. E as novidades do WP não param por aí! A seguir, confira a lista completa:

Novo editor de blocos do WordPress 5.8

O famoso editor Gutemberg do 5.8, é resultado da mesclagem das versões anteriores: 10.0, 10.1, 10.2, 10.3, 10.4, 10.5, 10.6 e 10.7, e que amplia a estrutura e o racional do uso de blocos para agilizar o trabalho.

Dependendo do tema instalado, você pode editar modelos, sem sair da página ou de um blog post. Dessa forma, essa customização dará mais liberdade para a criação de padrões pré-definidos, que podem ser acionados via atalho.

Ao todo, são mais de 20 blocos novos, aplicados aos temas compatíveis.

Exiba os posts com novos blocos e padrões

Fonte: WordPress

O WordPress 5.8 tem uma extensa lista de novos blocos para adicionar elementos ao seu site:

  • Logotipo do site;
  • Tagline do site;
  • Título do site;
  • Loop de consulta;
  • Título da postagem;
  • Publicar conteúdo;
  • Data de postagem;
  • Post Excerpt;
  • Postar imagem em destaque;
  • Categorias de postagem;
  • Post Tags;
  • Lista de Páginas;
  • Deslogar.

Disponíveis e mais “a mão”, os editores agora conseguem alterar a aparência de uma página ou de um conteúdo com apenas um clique.

Com o bloco loop de consulta, por exemplo, você pode exibir posts com parâmetros específicos, como uma consulta PHP. Para isso, faça combinações ao selecionar posts que estão na mesma categoria ou crie uma nova página com aquilo que achar mais relevante.

E se precisar, conte ainda com o recurso das sugestões automáticas para inserir listas de posts, no layout que desejar.

Adicione blocos aos seus Widgets

Agora, as áreas de widgets ganham mais opções com os blocos que podem ser adicionados ali. Dessa maneira, mesmo sem codar uma linha de código, você pode criar novos designs ao navegar por todas as opções da biblioteca nativa de blocos mais básicos ou até de outras, de terceiros.

Você pode ir muito mais além, adicionando outras personalizações e fugindo das alternativas mais convencionais e que podem ser encontradas em qualquer página na internet.

Edite os modelos ao mesmo tempo que altera seus posts

Alternar entre a edição de uma postagem ou de uma página (ou vice-versa) pode ser feito pelo próprio editor de blocos.

Se precisar modificar o modelo em uso, saiba que pode fazer rapidamente e sem a necessidade de ir para o menu ou acessar outras configurações do painel de controle.

Então, nada de ficar com inúmeras abas abertas ou monitores de computador, somente para isso. Todo processo ocorre em um mesmo lugar, trazendo ainda mais praticidade para funções bem usuais e recorrentes.

Navegue pela biblioteca de mídia mais rápido

A biblioteca de mídia armazena todos os arquivos que são adicionados e hospedados online. As imagens, PDFs, vídeos, tudo o que você fizer upload pode ser selecionado e exibido em seu site.

Se o seu site tiver muitos arquivos, ao consultar a biblioteca de mídia levará mais tempo para as pesquisas, porque o histórico é carregado integralmente.

Com a atualização, existe a opção “carregar mais”, que fará com que você veja resultados em lotes, optando ou não por mostrar os demais arquivos.

Os 3 assistentes para fluxo de trabalho

Para simplificar a dinâmica de trabalho, a interface do WordPress 5.8 proporciona outras conveniências. Os 3 novos assistentes de fluxos de trabalho entregam uma nova experiência ao famoso editor.

1 – Resumo da estrutura da página

Um website pode ser formado por páginas estáticas ou com outros recursos. Dependendo da estrutura, pode ter diversos blocos e elementos como imagens, formulários para contato, botões com Call-to-Action (CTA).

Uma das dificuldades enfrentadas antes era quanto à navegação estrutural. No entanto, agora com a Visão por Lista, você pode ir direto para a seção que precisa.

As camadas de conteúdo, blocos aninhados e blocos em geral são listados dentro do editor, criando uma navegação interna entre blocos.

Essa funcionalidade pode ser ativada ou desativada, como preferir e conforme sua necessidade.

2 – Padrões sugeridos para blocos

A ferramenta Transformações de Padrões, disponível nos blocos de consulta e redes sociais, sugere padrões conforme o que já foi utilizado.

Isso quer dizer que, na falta de inspiração, o WordPress se encarregará de fornecer novas ideias tomando como base o que você já criou. Assim, quanto mais utilizar mais ideias pode ter e seu “estoque de recomendações” vai sendo atualizado. E tudo isso dentro do mesmo editor – o que poupa muito tempo.

Vale lembrar que estabelecer blocos padrões, permitirá que layouts e o design do seu site como um todo, sejam replicados. Nada pior do que ter páginas e conteúdos que não seguem padrões.

E esse prejuízo não se restringe apenas a aparência, mas também pela falta de identificação por quem navega por ele.

3 – Estilização e inserção de imagens

Os temas ficam muito mais atrativos quando têm imagens ou vídeos em destaque. Além de adicionar esses formatos você também poderá estilizá-los, com blocos de cobertura que contêm filtros de bicromia.

Basta escolher as cores para as sombras e luzes e aplicar o efeito. Você poderá trabalhar com imagens coloridas ou em preto e branco – dando mais autenticidade ao seu site, com artes únicas.

Recursos para os desenvolvedores no WordPress 5.8

A lista de recursos disponíveis para os desenvolvedores também tem novidades:

theme.json

Quem desenvolve temas pode explorar a versão inicial de customização do theme.json, que atribui ou desatribuiu recursos e definições de estilos padrão para os blocos ou o site como: tamanho de fontes, cores, entre outros.

A predefinição duotônica, bem como controle de margens e outras personalizações também poderão ser controladas por esse arquivo que deve ser criado no diretório de nível superior do tema.

Removida a compatibilidade com o Internet Explorer 11

O novo WordPress deixará de ter suporte para o Internet Explorer 11, a partir desta atualização. O navegador será substituído pelo Edge até junho de 2022.

Portanto, a recomendação geral é adotar um navegador mais moderno para poder usufruir de todas as novas funcionalidades.

Você pode optar pelo Google Chrome, Mozilla Firefox, Safari, Opera ou Microsoft Edge. Lembre-se de instalar sempre a última versão para garantir a compatibilidade.

Suporte WebP no WordPress 5.8

As imagens de extensão WebP passarão a ser um dos formatos aceitos. Assim, os editores podem fazer o upload direto de imagens já otimizadas e compactadas.

A grande diferença entre o WebP e as imagens tradicionais é o tamanho do arquivo (cerca de 30% menor, quando comparado com os formatos JPEG ou PNG). Mas, mesmo com a redução do tamanho, a qualidade ainda segue com boa resolução, ou seja, é mantida.

Um dos impactos imediatos desta mudança é na melhoria do tempo de carregamento das páginas. Isso por que, sites lentos e que demoram muito para carregar são menos propensos a atingir bons resultados orgânicos – devido a má experiência dos usuários.

Suporte para blocos adicionais

O WordPress 5.8 ainda apresenta vários novos supports sinalizadores de bloco e opções para personalização dos seus blocos registrados.

Como instalar o WordPress 5.8?

Então, pronto para experimentar tudo isso na prática e ver ao vivo todas as possibilidades? Faça o upgrade agora!

A nova versão pode ser instalada gratuitamente. O download pode ser iniciado pelo site oficial ou pelo painel administrativo, caso já tenha qualquer uma das versões anteriores e permissões suficientes para tal.

Se ainda tiver dúvidas sobre o processo, aproveite para consultar o nosso guia com o passo a passo de como fazer a instalação do WordPress.

Por questão de segurança, vale a pena fazer o backup dos arquivos atuais, antes da instalação. Assim, você vai garantir a recuperação do seu site e colocar novamente tudo no ar rapidamente pode evitar transtornos, retrabalhos e custos desnecessários.

Nesta etapa, você deve fazer um rápido checklist para conferir que tipos de plugins instalados são compatíveis com a nova versão do WP.

Os plugins também passam por constantes atualizações e, eventualmente, podem até ser descontinuados. Por isso, preste sempre atenção nesse detalhe.

Essa avaliação é crucial já que, do contrário, determinadas funcionalidades podem apresentar problemas.

Você já conhece a HostGator Academy? A plataforma de cursos da HostGator pode te ajudar a alcançar o sucesso do seu site:

Conclusão

Um dos sinais de que a tecnologia está ficando cada vez melhor, passa pelo número de atualizações que uma solução recebe. Por isso, para simplificar: a cada nova atualização, um software, aplicativo ou CMS recebe otimizações.

Seja para corrigir bugs ou falhas, mudar a interface pensando também na usabilidade, ampliar e disponibilizar mais funcionalidades.

As mudanças gradativas são responsáveis, portanto, pela evolução da própria tecnologia. Sistemas defasados, que apresentam erros e instabilidades, são muito mais vulneráveis. Dessa maneira, tenha em mente que seu projeto também pode ficar mais exposto a diversos riscos.

Site fora do ar, perda de informações ou do banco de dados, designs quebrados, entre tantos outros. Muitas dessas consequências ficam visíveis para os visitantes. Já pensou acessar um site e ver logo de cara uma página de erro? Por isso, evitar esses erros, é essencial.

Ter uma plataforma mais completa, flexível e segura é uma das premissas de qualquer projeto digital. Planejar as ferramentas necessárias, fazer a manutenção, acompanhar as tendências e mudanças de algoritmos – tudo isso vai ajudar o seu website a se diferenciar da concorrência.

Portanto, a escolha de um construtor de sites deve ser criteriosa. Você deve avaliar requisitos mínimos como:

  • facilidade na utilização;
  • frequência das atualizações;
  • funcionalidades nativas;
  • segurança;
  • integrações.

Ao comparar as diferentes plataformas oferecidas no mercado, não abra mão do que é básico, mas essencial para seu negócio escalar. Você deve ter uma visão de médio e longo prazo.

No momento da seleção da hospedagem, faça o mesmo. Por isso, o desempenho do seu site irá depender da qualidade de onde está hospedado. Para isso, conte com quem mais entende: conte com a HostGator!