Ter um site para advogados é uma excelente maneira de se destacar e conseguir mais clientes.

Se você é um profissional do Direito, sabe que depender apenas de indicações para conseguir mais clientes pode ser difícil. Por isso, a criação de um site para advogados tem se tornado cada vez mais importante.

A forma como os clientes buscam advogados mudou muito nos últimos anos, então, hoje mais e mais pessoas preferem fazer uma busca no Google e visitar os sites que aparecem nas primeiras colocações. 

Um escritório de advocacia virtual elimina algumas despesas e atinge um público maior em diferentes regiões. Neste artigo, você vai conhecer as vantagens de montar um escritório de advocacia on-line e entender como criar sua presença na internet. 

O que é um escritório de advocacia virtual?

Um escritório virtual é a presença on-line que te coloca como um profissional disponível para atender aos seus clientes da melhor forma possível, sempre que eles precisarem. 

A ideia de ter um escritório digital já vinha crescendo, mas por conta da pandemia causada pelo corona vírus, todo o tipo de consumo on-line potencializou-se significativamente. Uma pesquisa da Statista mostrou que o comércio eletrônico aumentou 40% em comparação com o mesmo período em 2019. 

Portanto, se o seu público já está migrando para o digital, também é importante adaptar-se e usar as tecnologias a seu favor. Apesar de desafiador, pensar em um empreendedorismo jurídico abre portas para oferecer um serviço ainda melhor como advogado.

Entenda as vantagens de investir em um escritório virtual

É cada vez mais comum ter um escritório de advocacia virtual. Órgãos como o STF, o STJ e muitos Tribunais de Justiça em todo o país já possuem servidores que trabalham remotamente. 

Outra vantagem em relação aos escritórios tradicionais é a maior visibilidade que seu espaço ganha estando on-line. Isso aumenta as possibilidades de conseguir uma boa captação de clientes no país todo de acordo com a sua área de atuação e não apenas do local onde atua, por exemplo. Pense que ao investir em um site para advogado, também se constrói autoridade, porque se destacar no ambiente digital é uma maneira de estreitar relacionamentos e ganhar mais confiança, e muitas vezes é a partir dessa página que as pessoas têm o primeiro contato com sua atuação profissional.

Como criar um site para advogados?

Como vimos, investir em uma página na internet pode trazer muitas vantagens para profissionais do Direito. Agora é hora de entender o passo a passo para criar uma. Como vamos conferir nos próximos passos, este processo é bem mais simples do que parece.

Passo 1: Registre um domínio 

O domínio é o endereço na internet, é o nome pelo qual o negócio será encontrado. Para abrir um escritório de advocacia virtual, criar um domínio para advogados personalizado é o primeiro passo.

Esse tipo de domínio requer uma atenção especial, porque existe uma série de restrições impostas pelo código de ética brasileiro. Além disso, as terminações específicas (como .adv), podem acabar confundindo internautas, pois esse modelo não é muito utilizado no Brasil.

Entenda as regras do código de ética

Para exercer a atividade em Advocacia, existe uma série de regras que esbarram no código de ética brasileiro. E, isso gera algumas dúvidas em relação ao que um advogado pode ou não publicar em seu site, incluindo o domínio.

Segundo o código de ética, não é permitido realizar nenhum tipo de publicidade ou promoções sobre os serviços.

A divulgação aberta de preços também está vetada, bem como aconselhamento jurídico on-line.

Isso é um grande limitador de conteúdo para sites voltados exclusivamente ao ramo jurídico. Por isso, muitas vezes, há a necessidade de fazer alterações em termos para que fiquem sempre em um contexto hipotético, e assim evitar que se enquadrem em atendimento, por exemplo.

Como as políticas de privacidade interferem no domínio?

A internet é uma ferramenta que democratiza o acesso à informação para todas as camadas da sociedade, e essa prática limita a divulgação dos serviços do profissional, bem como o uso de estratégias de marketing.

Ainda assim, é possível ter um domínio para advogados responsivo e um site repleto de conteúdo rico em informações, que gerem o interesse do visitante em conhecer melhor a prestação de serviços. 

O segredo está na construção de uma página baseada nos conceitos de User Experience, com linguagem mais popular, que explique termos jurídicos e processos que são complexos ao senso-comum.

Como conseguir o domínio para advogado?

A primeira coisa que você deve fazer é escolher um nome para site. Geralmente, o domínio é composto pelo nome do escritório, terminando na extensão desejada: .com, .com.br ou .adv.

No Brasil, .com.br é a terminação mais utilizada, então, independentemente do seu ramo de negócio, você pode usá-la no o seu site para advogado. 

Depois, basta pesquisar domínio no Google e verificar quais são os termos mais buscados sobre os serviços que você presta, como, por exemplo, “direito da família” ou “pensão alimentícia”.

Isso lhe dará uma boa noção sobre os tipos de site que já oferecem o conteúdo que você está pensando em colocar na internet. E se você descobrir que  já existe alguma empresa utilizando o nome, precisará pensar em outro.

Ferramenta de pesquisa de domínio – Registro BR

Saiba como registrar o seu domínio

Existem muitas terminações que podem ser usadas para registrar um domínio. Então, escolha aquela que soa melhor ao nome do seu escritório ou ao título que você escolheu para o seu site.

O domínio está livre? Então, o próximo passo é registrá-lo na internet. Para isso, você vai precisar de uma hospedagem de domínio em algum provedor on-line e um plano que atende às suas necessidades.

Esse processo pode ser complicado, principalmente para quem está buscando o serviço pela primeira vez, já que existem algumas variáveis a serem consideradas. Por isso, você pode conferir certas dicas para escolher seu fornecedor de hospedagem web.

Passo 2:  Escolha um bom serviço de hospedagem

Como vimos, o domínio é o endereço do seu site, a forma como as pessoas encontram você na internet. Seguindo esse raciocínio, também podemos dizer que a hospedagem é o terreno onde você vai construir a sua página, porque é lá que vão ficar armazenados os arquivos. 

A hospedagem tem um papel fundamental, por isso, é importante que você analise bem para escolher o tamanho que você vai precisar. Se quiser contar com mais segurança, uma boa dica é optar pela hospedagem plus.

Passo 3: Planeje o seu site de advocacia 

Antes de começar, é importante entender a identidade visual do seu escritório de advocacia virtual. Quantas e quais páginas ele terá? Que tipo de informação é mais relevante? Coloque-se no lugar de seu cliente e pense na forma como você quer que ele navegue pelo site. 

Outra questão que precisa ser considerada é a qualidade das fotos do escritório e da equipe, pois são elas que vão ajudar a gerar autoridade e confiança, incentivando o contato do seu cliente. Por isso, busque pensar por seções que façam sentido para o seu público-alvo.

  • Serviços oferecidos: pode haver seções das áreas de atuação do escritório, detalhando quais são os tipos de serviços oferecidos;
  • Equipe: coloque fotos bem produzidas da equipe, assim como informações sobre o que cada um faz;
  • Informações de contato: insira o endereço completo, e-mail e telefone do escritório de advocacia;
  • Área de atendimento online: ofereça um espaço para solicitar atendimento ou marcar visita ao escritório.

Se não quiser contratar uma agência ou programador para criar o site, é possível fazer tudo sozinho de forma simples. Para isso, existem várias opções, como instalar um CMS, utilizar o WordPress ou o criador de sites.

Passo 4: Invista em navegabilidade

É preciso lembrar de construir a página já pensando em como ela irá aparecer no celular, já que a maior parte dos acessos são realizados pelos dispositivos móveis. Os melhores sites de advocacia já estão adaptados aos celulares – é o que chamamos de template responsivo.

Lembre-se de utilizar noções de User Experience, como o design intuitivo, pois assim os visitantes terão uma ótima experiência de navegação e voltarão mais vezes ao site. 

Passo 5: Continue investindo na sua página!

Montar e colocar em prática uma boa estratégia de marketing jurídico é o segredo do sucesso de muitos escritórios de advocacia. Afinal, é bastante arriscado depender apenas de indicações para conseguir novos clientes. 

Por isso, ter estratégias de marketing para advogados pode ajudar o seu escritório a ter mais previsibilidade na aquisição de clientes. E, para isso, é fundamental entender quais são as principais táticas para se destacar no meio digital respeitando o Código de Ética OAB. 

Quais são as vantagens do marketing jurídico?

O marketing jurídico é excelente para se destacar dentro do nicho de atuação. Ele possibilita produzir conteúdos que mostram valores e conhecimentos, construir relacionamento com o cliente e fazer um bom networking.

Além disso, o marketing jurídico digital permite aumentar a autoridade no ramo e se tornar uma referência da especialidade. Dessa forma, é possível obter confiança e atrair ainda mais clientes. 

Antes de utilizar o marketing jurídico para captação de clientes, é importante se atentar às regras do Código de Ética da OAB (mencionado anteriormente), já que são impostas uma série de restrições.

Faça um bom marketing de conteúdo

Milhares de buscas são feitas todos os dias sobre assuntos relacionados ao Direito. Então, é nesse momento que você precisa aparecer para o seu público com conteúdo que o ajude a ter uma melhor orientação sobre o tema buscado.

O conteúdo de qualidade ajuda a posicionar um site entre os primeiros do Google. Então, ter um blog é um dos melhores investimentos a serem feitos, pois cada artigo postado respondendo às dúvidas frequentes das pessoas pode gerar novos clientes todos os dias. 

Capriche no visual do site

De nada adianta atrair o melhor público, se o site causar uma má impressão. Logo, uma boa dica é aplicar conceitos de User Experience. Assim, os visitantes da página terão uma boa experiência e voltarão mais vezes. 

Anuncie no Google Ads

O Google Ads permite exibir anúncios do escritório de advocacia para quem está procurando por termos relacionados no buscador. Ele é uma excelente opção de marketing estratégico para advogados, pois aumenta o número de pessoas que visitam o site.

Com ele, é possível entender a importância das métricas para avaliar o sucesso do seu site, como número de visitas na página. Assim, mesmo com pouco investimento, já se pode obter ótimos resultados sem ferir o código de ética da OAB. 

Faça um perfil no Google Meu Negócio

O Google Meu Negócio é uma ferramenta que precisa ser utilizada para quem deseja impulsionar a empresa sem custo algum. Ele facilita que o escritório seja encontrado tanto nos mecanismos de busca do Google quanto no Google Maps.

Assim, ele aumenta as visualizações e torna o escritório de advocacia muito mais acessível. Por isso, preencha as informações de forma completa para que o negócio apareça nas primeiras páginas.

Conte com a ajuda das redes sociais

Outra forma de utilizar o marketing jurídico é fazer um perfil profissional em redes sociais como o Instagram, LinkedIn e Facebook. Porque isso possibilita atingir mais pessoas e ter um contato próximo com o público.

Se as redes sociais eram consideradas apenas ferramentas de lazer e entretenimento, hoje elas se tornaram parte importante do trabalho de diversos profissionais. Dessa forma, existem muitas oportunidades para você divulgar o seu nome ou o do seu escritório, e o Instagram para advogados é uma delas. 

Entenda como usar um Instagram para advogado

Como você provavelmente já sabe, profissionais que possuem uma boa presença digital têm mais chances de se posicionar como autoridades e, como consequência, expandir seus negócios.

De acordo com uma pesquisa realizada pela SocialBakers, o Instagram teve um volume de interações entre os usuários 20 vezes maior do que o Facebook no último trimestre de 2019. 

Portanto, a rede social se mostra uma excelente opção para impulsionar sua carreira, alcançar o público certo e causar uma boa impressão. 

Por que criar um Instagram de escritório de advocacia?

Os advogados têm muito a ganhar com uma presença estratégica na plataforma a partir de um Instagram de escritório de advocacia, pois a ferramenta auxilia os profissionais a encontrarem o público certo.

Dessa forma, o Instagram para advogados pode ser utilizado de diversas maneiras, e tudo irá depender do objetivo de cada profissional. Veja abaixo opções de uso da rede social:

  • Manter contato com clientes e leads interessados na sua solução jurídica;
  • Construir uma marca pessoal;
  • Publicar conteúdo;
  • Direcionar o tráfego para seu site pessoal ou do seu escritório de advocacia;
  • Descobrir líderes de opinião;
  • Acompanhar as tendências e as discussões;
  • Para ler as últimas notícias. 

Como criar seu perfil de advogado no Instagram?

Para criar um perfil de advogado no Instagram, você precisará baixar o aplicativo Instagram no celular e se inscrever com seu e-mail ou número de telefone. Para que o conteúdo seja relevante e gere engajamento com o público é preciso conhecer as práticas adequadas. Confira:

Monte uma boa bio

A bio do Instagram, é um espaço no perfil onde são inseridas as principais informações. Como ela é o seu primeiro contato com o público, na hora de escrever a sua bio para Instagram de advogado, deixe bem claro qual é a sua área de atuação e que tipo de conteúdo você vai oferecer. Sendo assim, você deve inserir informações como:

  1. Nome;
  2. Área de especialidade;
  3. Contato;
  4. Objetivo do perfil;
  5. Site profissional.

Interaja com o público

Quem te segue precisa receber uma atenção especial, e isso também vale para um Instagram de advogado. Por isso, sempre responda rapidamente a comentários e directs enviados. Outra dica é abrir sua caixinha de perguntas nos stories e incentivar seus seguidores a mandarem questões. 

Além de fazer seus seguidores se sentirem ouvidos, você terá uma poderosa ferramenta para produzir conteúdos cada vez mais pertinentes para sua audiência. Isso vai gerar um aumento no seu engajamento e uma maior aproximação com seu público.

Utilize o Melhores Amigos

Outra funcionalidade interessante do Instagram é o recurso de Melhores Amigos. Você pode utilizá-lo para compartilhar conteúdos exclusivos para os seguidores que têm maior potencial de virarem seus clientes.

Isso garante um contato mais profundo com as pessoas, que podem se sentir parte de uma comunidade criada por você. Por isso, invista em um conteúdo humanizado e de valor. 

Produza conteúdo de qualidade

Produzir um conteúdo de qualidade deve ser a principal estratégia de atração de novos clientes e seguidores em um Instagram para advogados. Os conteúdos podem ser de informação, entretenimento ou seu dia a dia. Por isso, invista em vídeos, como os do IGTV ou Reels, que são uma ótima forma de manter o público engajado. 

Lembre-se de separar o perfil pessoal do perfil profissional no Instagram de advogado para manter as postagens organizadas. Você também pode dar a sua opinião sobre notícias do Direito, responder dúvidas em lives nos stories ou comentar artigos sobre temas que estejam em alta na sua área. 

Apareça nas buscas do Google

Investir em um Instagram para advogados é importante, mas aparecer nos primeiros resultados no Google é fundamental para conseguir novos clientes. Por isso, ter um site para advogado e um blog para aparecer nas buscas é uma excelente estratégia em marketing jurídico.

Uma boa dica é contratar um redator que saiba escrever de forma clara o conteúdo do seu blog. Ele também pode ajudar você a escolher as melhores palavras-chave para melhorar o SEO do seu site. 

Como colocar categoria advogado no Instagram?

Para entender como colocar categoria advogado no Instagram, é preciso seguir alguns passos. Confira abaixo como mudar o seu perfil pessoal para um perfil comercial:

  1. Abra o seu perfil e toque no botão do canto direito superior da tela. Depois, toque em “Configurações”;
  2. Na parte de configurações, opte por “Mudar para perfil comercial”. Em seguida, clique em “Continuar”;
  3. Em “Categoria”, selecione a opção “Pessoas” e, depois, escolha “Figura Pública”;
  4. Dentro da categoria “Pessoas”, há subcategorias como Blogueiro, Músico e Artista. Selecione a opção Advogado para mudar a sua conta de pessoal para profissional.

Também, não podemos esquecer que Direito é uma das carreiras mais concorridas do mercado, por isso muitos profissionais desejam saber como ser um advogado de sucesso. No entanto, isso depende de vários fatores, além do conhecimento técnico. 

Qual é o passo a passo para se tornar um advogado de sucesso?

Todo profissional quer ter destaque na área de atuação e ganhar reconhecimento pelos esforços. No Direito, não é diferente, já que muitos advogados almejam um lugar ao sol. Por isso, preparamos um passo a passo com dicas para que você se torne um advogado de sucesso. 

Planeje sua carreira

A primeira atitude de um advogado em início de carreira é ter um planejamento bem traçado de onde chegar daqui a 5, 10 e 15 anos. É essa visão que vai guiar todas as suas ações e te ajudar a fazer as escolhas que mais te aproximam desse ideal.

Com a meta em vista, comece a planejar as pequenas ações do dia a dia, como quanto cobrar por honorários, de que modo organizar a agenda, qual estratégia seguir em cada processo e o que dizer nas audiências. Assim, você estará mais seguro dos seus passos e diminuirá as chances de erros acontecerem.

Esteja perto de quem te inspira

Ter bons mestres ajuda a alcançar o objetivo de ser um advogado bem-sucedido, pessoas que você admira e com as quais aprende só de ver a forma como trabalham. Por isso, busque quem são esses profissionais na sua cidade e de um jeito de trabalhar um tempo com eles. 

Se não conseguir um estágio ou um emprego logo de cara, marque um café apenas para ter uma conversa informal e, quem sabe, aprender dicas de como ser um advogado de sucesso e de que modo se destacar na carreira de advogado com quem tem muita bagagem para ensinar.

Especialize-se em uma área

Não queira saber de tudo um pouco, pois, assim, você nunca vai entender muito bem sobre nada. Aqui, a dica de como ser um advogado de sucesso é descobrir novos mercados que estão surgindo e setores em expansão que ainda não têm profissionais suficientes com conhecimento para atendê-los. 

Esses mercados são um oceano para quem se dedica. As novas tecnologias estão gerando vários desses setores, como o Direito Penal Digital e o Direito Bancário com Tecnologia. Portanto, mesmo se você ainda estiver na faculdade de Direito, vale a pena pesquisar mais sobre isso.

Melhore o seu marketing jurídico

Como falamos anteriormente, saber montar e colocar em prática uma boa estratégia de marketing jurídico é o segredo do sucesso de um bom escritório de advocacia.

Por sua parte, o Google valoriza muito quem produz conteúdo de qualidade, colocando o site nas primeiras páginas da busca. Por isso, ter um blog é um dos melhores investimentos que você pode fazer. Com o tempo, você pode melhorar a posição do seu site e atrair mais visitantes.

Seja uma autoridade no seu nicho

Quando você investe na sua presença on-line e começa a responder às dúvidas das pessoas, logo passa a ser visto como uma autoridade no assunto, e isso é muito bom, pois os indivíduos vão te procurar e te indicar naturalmente. 

Portanto, interaja com o seu público, utilize as redes sociais e um calendário editorial para organizar e planejar os conteúdos do seu blog, sempre mantendo uma frequência de posts. Dessa forma, você conseguirá construir uma relação de proximidade e confiança com clientes.

Quais são os tipos de advogado?

A Advocacia é uma área bastante extensa, por isso pode ser difícil escolher um nicho para se especializar. Então, vamos mostrar alguns tipos de advogado para te ajudar a decidir. Confira.

  • Civil: defende o interesse de pessoas físicas, trabalhando com casos como partilha de bens, divórcios e pensões;
  • Trabalhista: atua com causas relacionadas ao ambiente de trabalho, ou seja, questões contratuais ou disputas entre empresa e funcionários;
  • Penal: atua na defesa ou na acusação de crimes, como roubo, sequestro, homicídio, entre outros;
  • Digital: esta é uma área em ascensão. Aqui, o profissional atua em tudo o que envolve o ambiente digital, como uso de dados, empresas on-line e transações feitas na internet;
  • Jurídico: trabalha com questões de pessoas jurídicas, ou seja, empresas, marcas ou comércios.

Conheça mais dicas de como ser um advogado de sucesso

Gostou das dicas de como ser um advogado de sucesso e quer começar a produzir conteúdos? No blog da HostGator, você encontra um artigo que te ensina a tornar o seu site atrativo, prático e engajador.