5 Dicas de Design para Criar um Site Profissional

5 dicas de design para criar um site profissional

Escrito por

quarta-feira, 30 de janeiro de 2019 | Comentários

Escute o conteúdo do post no player:

“A primeira impressão é a que fica”. Quando se trata de um site profissional, um blog ou até mesmo uma página nas redes sociais, esse conhecido jargão se torna a mais pura verdade. Nada menos que 94% das primeiras impressões sobre um site são relacionadas ao design.

Seus visitantes buscam soluções eficientes em todos os sentidos, a começar pela apresentação. Por mais completo e relevante que seja o conteúdo, a maioria das pessoas descarta páginas que não sejam visualmente atraentes, intuitivos ou fáceis de navegar.

A importância do design em um site

O design de um site vai muito além da escolha de cores alegres, letras impactantes ou belas imagens. Esse conjunto deve ser cuidadosamente planejado para levar o cliente a tomar a ação desejada — seja a compra de um produto, a inscrição em um curso, a leitura de um artigo até o final ou o compartilhamento de informações úteis com sua rede de amigos.

A grande função do design em um site é fazer com que sua marca seja imediatamente reconhecida; que todos os elementos gráficos traduzam a identidade e a missão da empresa, agregando valor ao produto, além de transmitir profissionalismo, confiança e segurança ao visitante.

Assim, o design deve ajudar o cliente a simpatizar com sua página e realizar ações de forma simples e natural.

Mas como criar um site que contenha informações úteis e relevantes e que, ao mesmo tempo, apresente um design original, atraente e de aspecto profissional?

Estrutura e conteúdo

De acordo com uma pesquisa realizada pela Adobe em 2015, se os entrevistados tivessem apenas 15 minutos para acessar um conteúdo, 66% disseram dar prioridade a algo que exibisse um design bonito e bem projetado ao invés de conteúdo puro e simples. Essa mesma pesquisa apontou que 38% das pessoas abandonam o site, caso o conteúdo não apresente um layout atrativo ou imagens de boa qualidade.

Isso significa que é primordial equilibrar as necessidades do seu negócio com um toque de beleza, estilo e elegância, ao montar a estrutura do seu site.

Siga as próximas dicas com atenção para garantir que você forneça a melhor experiência possível para seus visitantes.

1. Optando pela melhor estrutura de layout

Seu primeiro desafio será a escolha do layout para seu novo site. Em uma rápida pesquisa, você pode perceber que são várias as opções de estrutura em: número de colunas, posição da barra de menu, tamanho do rodapé… basicamente, toda a diagramação da página.

Não existe uma fórmula mágica para apresentar o layout perfeito para seus visitantes. Cada tipo de estrutura é mais adequada para uma proposta diferente.

Por exemplo, se você foca em textos descritivos para gerar resultados, o ideal é que a área de publicações seja maior e mais destacada, enquanto sites de captação de clientes para televendas devem direcionar a atenção às informações de contato.

Mesmo que você não tenha experiência com webdesign, o Criador de Sites da HostGator permite que você monte uma página com a sua cara e com um layout adequado. Você tem à disposição vários temas prontos para escolher e personalizar.

2. Definindo as cores do site

Qual é a sua cor favorita? Essa resposta certamente irá variar de pessoa para pessoa. Cada indivíduo responde de maneira diferente a determinados estímulos, sejam eles verbais ou visuais.

No entanto, a ciência já comprovou que o cérebro humano possui um certo padrão de comportamento ao se deparar com as mais diferentes tonalidades. É a chamada psicologia das cores.

A Psicologia em marketing e publicidade já é utilizada há bastante tempo para definir tendências de compra ou comportamentos do consumidor. A utilização de determinada combinação de cores, de maneira geral, pode atrair ou repelir clientes ou futuros compradores de seu produto ou serviço.

As cores para um site profissional devem ser cuidadosamente pensadas, a fim de provocar as emoções certas, influenciando de maneira positiva as decisões do visitante.

É verdade, não existem regras ou cores certas ou erradas, aquelas que trazem grande número de conversões, cliques ou vendas. A combinação ideal dependerá do objetivo do seu site e do perfil de visitante desejado. E para chegar a um resultado eficiente, você precisa analisar todas as opções.

A Psicologia também revela o significado das cores e como elas podem influenciar, provocando emoções, sentimentos, percepções e desejos:

  • Amarelo: É a cor do sol. Transmite calor, alegria e otimismo. É brilhante, remete ao ouro e à energia.
  • Laranja: É uma cor marcante, transmite entusiasmo e disposição. Representa a criatividade e a ousadia.
  • Vermelho: É um cor quente e poderosa. Simboliza o amor, a sensualidade, o fogo e também a urgência e a atenção.
  • Roxo: Cor da criatividade, da imaginação, da intuição e sabedoria. Também evoca a espiritualidade e o misticismo.
  • Azul: Cor profunda que remete à calma e à tranquilidade. Inspira o equilíbrio, a confiabilidade e a força.
  • Verde: É a cor da natureza. Simboliza o crescimento, a fertilidade e também a esperança e a saúde.
  • Cinza: Cor neutra, mas que traduz elegância e intelectualidade.
  • Preto: É considerada ausência de cor. Usualmente utilizada em combinação com outras cores, é a responsável pelo acabamento, requinte, conferindo credibilidade e estilo.
  • Branco: É a soma de todas as cores. Simboliza a pureza, a serenidade e a paz.

Por fim, as formas geométricas utilizadas ao longo de seu site também são capazes de transmitir determinados sentimentos.

  • Quadrados e retângulos: As formas retas denotam objetividade, racionalidade e igualdade. Inspiram confiança, segurança e a estabilidade de determinada marca;
  • Círculos: Em razão do formato curvilíneo, os círculos promovem a ideia de movimento contínuo, de infinito, de abundância, atemporalidade e plenitude;
  • Triângulos: Muito utilizados em contextos religiosos, eles indicam energia, o vigor, a direção e a espiritualidade. Os triângulos também evocam o crescimento, o equilíbrio, a harmonia e a proporcionalidade.

Para tomar a melhor decisão na hora de combinar cores, você pode conferir este guia com dezenas de estudos de caso.

3. Escolhendo as fontes

Assim como as cores, a tipografia utilizada em seu site pode criar uma experiência positiva ou negativa para os visitantes.

A Quick Sprout realizou um levantamento interessante, onde constatou as seguintes tendências sobre fontes:

  • O tamanho da fonte para o corpo do site não deve ser inferior a 11 pontos, para não dificultar a leitura e, consequentemente, fazer com que a pessoa permaneça mais tempo em sua página;
  • Mais de 60% de blogs famosos e relevantes usam letras no tamanho 13 ou 14;
  • Quase 70% de sites populares mantêm o tamanho da fonte do título entre 17 e 25 pontos, garantindo que assim obtiveram melhores resultados; em mais de 50% dos casos, as fontes utilizadas para o título foram Arial ou Georgia;
  • As fontes para o corpo do texto mais utilizadas por 90% dos maiores blogs são:
    Verdana: usada em 34% dos casos;
    Lucida Grande: usada em 24% dos casos;
    Arial: usada em 18% dos casos;
    Georgia: usada em 14% dos casos.

Fontes com ou sem serifa? Em uma definição genérica, as serifas são os pequenos traços e prolongamentos que ocorrem no fim das hastes das letras. Assim, temos as famílias de fonte serif (com serifa) e sans serif (sem serifa).

E se você está se perguntando o porquê desses detalhes, saiba que a escolha da fonte para determinado local do seu site pode impactar diretamente no layout e, consequentemente, na experiência do usuário.

Fontes com serifa são amplamente utilizadas em materiais impressos, mas podem não funcionar muito bem em conteúdos online, dificultando a compreensão e a leitura, principalmente se o acesso for de um tablet ou smartphone, cujas telas são bem menores. Por essa razão, as fontes sem serifa são utilizadas pela maioria dos sites no corpo do texto.

4. Design de conteúdo

De maneira resumida, tudo o que você busca na internet é conteúdo.

Seja para consultar a previsão do tempo, realizar uma compra, verificar mensagens ou compartilhar fotos e vídeos nas redes sociais, é um conteúdo o que você está pesquisando, consumindo ou enviando.

E para que seu site seja facilmente encontrado por seu público-alvo, seu conteúdo precisa otimizado para as ferramentas de busca.

Essas ferramentas têm como maiores pilares a relevância e a qualidade dos conteúdos. Eles utilizam esses e outros atributos para ranquear e exibir os resultados a quem está procurando por determinada informação, produto ou serviço.

Diante disso, você deve adotar as seguintes práticas para ficar bem posicionado e, consequentemente, ser encontrado:

  • Disponibilizar conteúdo original e relevante, que definitivamente atenda ao que seu público está procurando, fornecendo, inclusive, a solução de problemas;
  • Proporcionar uma experiência marcante e prazerosa, independentemente do formato utilizado (texto, fotos ou vídeos);
  • Utilizar palavras-chave que estão em conformidade com o que o seu público está pesquisando;
  • Prover imagens de boa qualidade, relacionadas com o texto em questão e em quantidade suficiente para quebrar grandes blocos de informação;
  • Dispor o conteúdo de maneira que ele possa ser acessado de qualquer dispositivo, sem perda de qualidade.
  • Fazer uso racional dos espaços em branco do site, proporcionando uma leitura leve, agradável e compreensiva.

Ah, e não subestime os pop ups! Muitas empresas conseguiram aumentos consideráveis em suas vendas empregando essas janelinhas para exibir ofertas exclusivas.

Assim como o texto deve ser convincente, o design do pop up deve ser projetado para cumprir a sua missão, seja uma venda, o download de um e-book ou a inscrição em uma newsletter.

5. Utilizando imagens

“Uma imagem vale mais que mil palavras”. Há séculos, esse ditado popular resume o poder da comunicação visual. Ainda que texto apresente o formato ideal para ser reconhecido pelos motores de busca, ninguém consegue navegar por muito tempo em um site que contenha apenas grandes blocos de informação escrita, sem fotos, imagens ou ilustrações. A experiência acaba ficando monótona para o usuário.

Como bem informa um artigo (em inglês) publicado pela Moz, “as pessoas entendem imagens mais rapidamente que palavras, lembram-se delas por mais tempo e, se há uma discrepância entre o que vemos e o que ouvimos, nossos cérebros escolhem acreditar naquilo que veem.”

Assim, as imagens são um fator fundamental para enriquecer a experiência do usuário, harmonizar o site, bem como para transmitir emoções e despertar desejo e motivação em seus leitores, propiciando o engajamento com sua marca.

Dessa forma, imagens ideais são aquelas capazes de envolver seu público consciente e subconscientemente.

Hoje vivenciamos uma verdadeira corrida contra o tempo e as imagens são recursos valiosos, capazes de transmitir diversas informações em um único formato. Daí a importância de mesclar ilustrações e textos num layout ideal, satisfazendo de maneira mais abrangente as expectativas de seus clientes.

Das boas práticas para o uso de imagens em sites profissionais, destacamos:

  • Procure utilizar imagens de alta qualidade, originais ou com licença livre para o uso. Busque por bancos de imagens confiáveis;
  • Dedique um tempo realizando a edição das imagens para que fiquem dimensionadas corretamente e certifique-se de que a saturação e o brilho estejam adequados. Explore os efeitos visuais para torná-las exclusivas;
  • Escolha imagens que sejam compatíveis com os interesses do seu público.

Para que o site atenda aos objetivos propostos é preciso planejar, estudar, testar.

Como você pôde perceber, nenhum aspecto do design do seu site deve ser pensado aleatoriamente. Desde a escolha do nome e do domínio até a definição das cores ou das imagens, passando pelo conteúdo, você deve determinar cuidadosamente cada detalhe, de maneira analítica.

O design de um site profissional é um grande processo de planejamento. Contudo, não é mais necessário ser um designer profissional para produzir conteúdo gráfico de qualidade para seu site e redes sociais.

Tudo o que você precisa é de uma plataforma com modelos de design personalizáveis e uma pitada de criatividade. É claro, depois das dicas que você aprendeu acima, ficou ainda mais fácil, não é?

Mãos à obra!

  • Este artigo foi escrito por Luciana Nogueira Soares, Brazil Growth Lead do Canva.
Tags:, , , ,
Comentários
Pressione Enter para pesquisar ou ESC para fechar