No blog da HostGator, veja todas as informações sobre o erro HTTP 304. Aprenda mais sobre a origem, os principais meios de evitá-lo e como resolvê-lo.

O HTTP 304 é um dos diversos códigos de status existentes no mundo da internet. Se você digitou um endereço no seu navegador, e esse erro apareceu, significa que há um problema na comunicação entre navegador e servidor. 

Existem dezenas de códigos de status HTTP usados ​​para representar a relação complexa entre o usuário e um servidor web. Cada código faz parte de uma classe maior que representa um tipo de informação.

O sistema de comunicação entre servidor e navegador é conhecido como HTTP. Os status de resposta HTTP da categoria 3xx são considerados “redirection messages”, ou seja, mensagens de redirecionamento. Nesses casos, a página ou o recurso foi movido, e o servidor responderá com o novo local.

O erro 304 indica ao usuário que uma ação adicional é necessária para concluir a solicitação e acessar a página desejada. Por isso, se você é um profissional de marketing ou um desenvolvedor web, é importante que saiba como lidar com essa falha para que o site não seja impactado negativamente.

Sim, é possível que isso aconteça quando uma mensagem HTTP 304 aparece com frequência em uma das páginas do seu site. Isso ocorre porque, quando um usuário visita o seu site, depara-se com o erro 304 e fecha a janela do navegador, está “rejeitando a sua página”.

A taxa de rejeição mostra a porcentagem de usuários que acessam apenas uma única página do site e saem sem interagir com outros links. Ela é uma das métricas do Google para ranquear as páginas da internet. 

Um site com uma alta taxa de rejeição não pontuará bem no SEO. Para evitar que isso aconteça com você, neste artigo, confira o que é o HTTP 304 e veja um passo a passo para resolver o erro. 

O que é o erro HTTP 304?

Ao contrário de códigos de status que começam com 4xx ou 5xx, os códigos 3xx não dizem respeito a um erro necessariamente, mas a um redirecionamento. Eles indicam que a informação que o usuário solicitou foi substituída de forma temporária ou permanente. 

Se você se deparou com esse erro ao acessar um site na internet, isso significa que aquele site não passou por uma atualização desde que você o acessou pela última vez.

É comum que os navegadores “armazenem” os sites em cache. Essa atitude diminui o tempo de carregamento da página, pois o navegador não precisa fazer o download repetidamente das mesmas informações. 

Ficou confuso(a)? Calma, a gente explica: quando você digita uma URL ou clica em um link para acessar um site na web, na prática, o seu navegador está “solicitando acesso” àquela página por meio de um servidor. 

Caso o site não tenha sido modificado desde o seu último acesso, o servidor responde com o código de status 304, também conhecido como “304 not modified”, ou seja “não modificado”. Isso faz com que o navegador utilize a versão armazenada em cache daquele site. 

Quando o navegador recebe o código 304, a primeira ação que ele tentará fazer é mostrar ao usuário, neste caso, você, uma versão armazenada em cache do site. Contudo, como o navegador não sabe se aquela é a versão mais recente, ele enviará uma solicitação de “validação condicional” ao servidor. 

Na validação condicional, o navegador faz a comunicação com o servidor, informando a data e a hora da última versão armazenada em seu cache. Ele faz isso por meio do cabeçalho “If-Modified-Since” ou “If-None-Match”. Então, o servidor verifica o cabeçalho e examina o valor da ETag.

A ETag fornece a validação de cache da web, o que permite que um cliente faça solicitações condicionais. Se o resultado for igual, o servidor envia de volta o código de status 304 ao navegador. O navegador, por sua vez, mostra ao usuário a cópia da página que possui em cache. 

Caso a cópia que o navegador possui em cache esteja desatualizada, ou seja, ela não passou por nenhuma modificação desde a última vez que você visitou o site, ele envia um código e uma nova cópia é utilizada. No entanto, alguns problemas podem causar  a resposta de erro HTTP status code 304

Algumas vezes, esse mecanismo impede que você acesse a página porque, afinal, ela foi atualizada. O SEO do seu site pode ser prejudicado se isso acontecer com frequência, fazendo com que você perca tráfego e leads. Por esse motivo, é importante saber porque isso acontece! 

Por que o erro HTTP 304 acontece?

Existem alguns motivos para que os usuários recebam um código de HTTP status 304. Os mais comuns são:

  • questões de DNS ou configuração do servidor; 
  • recurso em cache infectado ou corrompido,
  • malware ou vírus afetando o navegador.

Vírus

Se um vírus invadiu seu computador, ele pode ter corrompido o navegador. Assim, a capacidade de comunicação do navegador com servidores será afetada e, por consequência, o armazenamento das páginas em cache também. 

Instalação ou desinstalação de softwares

É possível que, ao instalar ou desinstalar softwares, algum registro tenha sido corrompido, e isso afete o navegador.

Corrompimento de arquivos

Os arquivos corrompidos também prejudica o processo de salvar páginas e realizar a atualização de algumas informações. 

Como solucionar o erro HTTP 304?

O HTTP 304 ocorre tanto do lado do servidor quanto do lado do cliente, portanto, determinar a origem pode dar um pouco de trabalho. Felizmente, existem várias formas de solucioná-lo. O mecanismo de busca é responsável ​​por indexar e armazenar sites em cache, portanto, a causa do erro 304 pode ser o navegador usado para acessar uma página na internet. 

É óbvio que você não conseguirá acessar o computador de todos os seus usuários para consertar o navegador deles. Contudo, entender a causa do problema do lado do cliente pode ser benéfico, seja ajudando a encontrar a solução de maneira próxima ou remota. Para lhe ajudar, confira 5 métodos para solucionar o HTTP 304!

Limpe o cache do navegador 

Em primeiro lugar, você deve fazer a limpeza dos dados do navegador e do cache. Isso pode ajudá-lo a acessar a URL que deseja. Para isso, você precisará excluir cookies, dados de navegação e informações do cache. O processo de limpeza varia de acordo com o navegador que você utiliza. 

Limpeza do cache – Google Chrome

Execute uma verificação no anti-vírus 

Se o seu navegador foi infectado por um vírus ou malware, eles podem ser os culpados do erro 304. Portanto, é aconselhável verificar se há malware em seu sistema. Assim, você conseguirá remover a ameaça que está causando o erro. 

Desative extensões

É possível que as extensões do navegador estejam infectadas, interferindo na comunicação entre navegador e servidor. Por isso, a dica é desativar as extensões temporariamente e verificar se isso resolve o problema. Se você utiliza o Chrome, basta abrir o menu, clicar em “Configurações”, depois em “Extensões” e realizar a desativação. 

Menu configurações – Google Chrome
Desativar extensões – Google Chrome

Verifique seu DNS e redefina o TCP/IP 

Caso o erro 404 continue aparecendo, o problema pode ser um endereço de IP desatualizado nas configurações de DNS. Assim, você deve realizar o descarregamento do DNS e a redefinição do TCP/IP. Com o Chrome, é possível fazer a limpeza do DNS do navegador ao digitar chrome: // net-internals / # dns em uma guia.

Limpeza do DNS – Google Chrome

Verifique os arquivos de configuração do servidor 

Podem ocorrer erros de HTTP 304 não modificados devido a problemas de servidor e cliente. Se nenhum dos métodos foi capaz de corrigir a falha, talvez a causa sejam os arquivos de configuração do servidor. Além disso, você pode verificar os logs de erro. 

Confira como evitar o erro HTTP 304

Os códigos de redirecionamento HTTP 304 são usados ​​para melhorar a velocidade e o desempenho da página. Infelizmente, quando um servidor ou navegador não está configurado corretamente, a comunicação entre os dois pode ser interrompida e resultar em um erro. 

Uma forma de evitar o erro do HTTP code 304 é por meio de limpezas rotineiras no seu navegador. Esperamos que este conteúdo tenha ajudado a resolver seu problema de HTTP 304!

Assine a nossa newsletter! Receba conteúdos como este no seu e-mail 🙂