Entenda como o ambiente digital pode ser um excelente aliado dos escritórios de advocacia.

O trabalho remoto tem sido amplamente adotado em todo o mundo graças ao contexto em que vivemos. Isso faz com que seja mais fácil para as atividades “tradicionais” se adaptarem às novas possibilidades, como ter um escritório de advocacia virtual. 

Um escritório de advocacia virtual elimina algumas despesas e atinge um público maior em diferentes regiões. Neste artigo, você vai conhecer as vantagens de montar um escritório on-line e entender a melhor maneira de fazê-lo. 

O que é um escritório de advocacia virtual?

Um escritório virtual nada mais é do que a presença on-line que te coloca como um profissional disponível para atender aos seus clientes da melhor forma possível, sempre que eles precisarem. 

A ideia de ter um escritório digital já vinha crescendo, mas por conta da pandemia causada pelo corona vírus, todo o tipo de consumo on-line potencializou-se significativamente. Uma pesquisa da Statista mostrou que o comércio eletrônico aumentou 40% em comparação com o mesmo período em 2019. 

Portanto, se o seu público já está migrando para o digital, também é importante adaptar-se e usar as tecnologias a seu favor. Apesar de desafiador, pensar em um empreendedorismo jurídico abre portas para oferecer um serviço ainda melhor como advogado.

Entenda as vantagens de investir em um escritório virtual

Ter um escritório de advocacia virtual é cada vez mais comum. Órgãos como o STF, o STJ e muitos Tribunais de Justiça em todo o país já possuem servidores que trabalham remotamente. 

Outra vantagem em relação aos escritórios tradicionais é a maior visibilidade que seu espaço ganha estando on-line. Isso aumenta as possibilidades de conseguir uma boa captação de clientes no país todo de acordo com a sua área de atuação e não apenas do local onde atua, por exemplo.

Como ter um escritório virtual?

A primeira coisa a fazer para ter o seu escritório de advocacia virtual é investir em sua presença on-line. Este processo é bem mais simples do que parece, como você confere nos passos abaixo. 

Registre um domínio 

O domínio é o seu endereço na internet, o nome pelo qual seu empreendimento será encontrado. Para abrir um escritório de advocacia virtual, ter um domínio próprio é o primeiro passo. 

Não demore para verificar a disponibilidade do domínio, pois pode ser que já exista um site com o nome que você deseja. Busque utilizar nomenclaturas simples ou o próprio nome do seu escritório. Quanto mais fácil de ser lembrado e criativo, melhor. Aqui, uma boa dica é consultar o dono do domínio antes de criar o seu.

Escolha uma boa hospedagem

Como vimos, o domínio é o endereço do seu site, a forma como as pessoas encontram você na internet. Seguindo esse raciocínio, também podemos dizer que a hospedagem é o terreno onde você vai construir a sua página, já que é lá que vão ficar armazenados os arquivos. 

A hospedagem tem um papel fundamental, por isso, é importante que você analise bem para escolher o tamanho que você vai precisar. Se quiser contar com mais segurança, uma boa dica é optar pela hospedagem plus.

Planeje o seu site de advocacia 

Antes de começar, é importante ter uma ideia clara da identidade visual do seu escritório de advocacia virtual. Quantas e quais páginas ele terá? Que tipo de informação é mais relevante? Coloque-se no lugar de seu cliente e pense na forma como você quer que ele navegue pelo site. 

Outra questão que precisa ser considerada é a qualidade das fotos do escritório e da equipe, pois são elas que vão ajudar a gerar autoridade e confiança, incentivando o contato do seu cliente. Por isso, busque pensar por seções que façam sentido para o seu público-alvo.

Pense em um bom Marketing de Conteúdo

Milhares de buscas são feitas todos os dias sobre assuntos relacionados ao Direito. É nesse momento que você precisa aparecer para o seu público com conteúdos que o ajude a ter uma melhor orientação sobre o tema buscado.

Isso significa fazer um bom marketing jurídico on-line para o seu escritório de advocacia virtual. Por isso, ter um blog é um dos melhores investimentos no seu escritório de advocacia virtual. 

Tenha uma boa navegabilidade 

O velho ditado “a primeira impressão é a que fica” funciona nesse caso também. Por isso, o visual e a navegação do seu site devem ser agradáveis e fáceis de compreender. É importante pensar neles como a fachada do seu escritório de advocacia. 

Capriche nas fotos do escritório e da equipe, tenha um site bem construído e que se adapte para o celular. Uma boa dica é aplicar noções de User Experience. Dessa forma, seus possíveis clientes terão uma boa experiência de navegação e voltarão mais vezes.

Continue investindo no seu conteúdo!

Gostou de entender como um escritório de advocacia virtual funciona e quer aprender mais sobre como se destacar no ambiente digital? No blog da HostGator, você encontra um conteúdo que te ajuda a usar o Instagram para advogado e conquistar ainda mais público. Confira!