Como um bom site ajuda a gerar mais negócios locais

Como um bom site ajuda a gerar mais negócios locais

Escrito por HostGator Brasil

20 de junho de 2017 | Comentários

Você já ouviu o termo “dá um Google“? Essa prática faz parte do dia a dia de praticamente todas as pessoas e as pesquisas são as mais variadas possíveis. As buscas na internet vão desde receitas culinárias a letras de música, passando por resultados de jogos esportivos e, principalmente, referências sobre negócios locais. Queremos saber qual a melhor padaria da cidade, referências de restaurantes veganos, qual a clínica veterinária mais próxima, onde encontrar uma loja de brinquedos, de roupas, calçados e por aí vai. Ou seja, você precisa aproveitar esse intenso volume de busca para atrair novos clientes para a sua empresa.

O primeiro passo para ser encontrado é ter um site, mesmo que a sua empresa não venda produtos online. Diariamente as pessoas  buscam na internet referências sobre negócios locais, querem saber os dias e horários de atendimento e procuram estabelecimentos próximos de onde estão. Se a sua empresa tiver um bom site é possível tirar proveito de estratégias como SEO local, uma maneira  de ajudar o seu potencial cliente a encontrar a sua empresa. Veja algumas dicas de como colocar isso em prática no seu site.

O que é um bom site para negócios locais?

Existem várias ferramentas de busca na internet, sendo o Google, a mais conhecida. Quando você pesquisa por algo nessas ferramentas, os buscadores fazem uma seleção entre os dados disponíveis online. O resultado dá preferência aos sites e informações que sejam mais relevantes para a experiência do usuário. Se você pesquisar por uma lanchonete, por exemplo, a tendência é que os primeiros resultados apresentados sejam os estabelecimentos mais próximos da sua localização e você ainda receberá algumas opções que facilitam o acesso ao local pesquisado, como o botão de ligar para a lanchonete ou direções e mapas sobre como chegar mais rapidamente. Percebeu como é importante que os negócios locais tenham um bom site? Só assim sua empresa poderá se posicionar melhor.

Uma pesquisa divulgada pelo site Think With Google aponta que olhamos nossos celulares mais de 150 vezes por dia. Isso significa que não basta ter um site que funcione apenas em notebooks e desktops, também é preciso pensar nos aparelhos móveis, como smartphones e tablets. Dados da mesma pesquisa revelam que 86% dos usuários de smartphones fazem pesquisa de compras usando aparelhos mobile. Os negócios locais não podem perder essa oportunidade de potencializar a divulgação dos seus produtos e serviços. Inclusive, para isso é fundamental que o site do seu negócio possua uma versão exclusiva para dispositivos móveis, como smartphones e tablets, caso contrário você pode perder clientes, uma vez que as informações do seu site podem aparecer desconfiguradas nestes tipos de equipamentos.

Um bom site deve ser funcional e atender tanto aos objetivos do seu negócio, como aos interesses dos clientes. É fundamental ter informações básicas do seu estabelecimento, como: endereço, formas de contato, horário de funcionamento e uma descrição clara sobre o que a sua empresa faz e seu segmento de atuação. O conteúdo deve ser estruturado de forma simples e objetiva, fazendo com que as informações sejam encontradas facilmente. Além disso, é fundamental que o site esteja otimizado para as ferramentas de busca. Falaremos mais sobre isso a seguir.

5 dicas para o seu site gerar mais negócios

Quem trabalha com o desenvolvimento de sites já está acostumado com os termos ranqueamento e busca local, mas quem não é dessa área costuma ficar um pouco confuso com expressões como essas. O ranqueamento é uma classificação feita pelas ferramentas de busca para definir a relevância do conteúdo que é apresentado em um site. Quanto melhor o ranqueamento, melhor posicionado um site fica no resultado de busca, facilitando que os usuários o encontrem e, consequentemente, o acessem. Para atingir um bom ranqueamento, deve-se levar em conta fatores como o conteúdo do site, a velocidade de carregamento da página e a adaptação para smartphones e outros aparelhos móveis.

Imagine que a palavra-chave do seu negócio é “flor de liz”. É importante que ela apareça nos títulos do seu site, nos cabeçalhos e conteúdo, nas descrições, nos nomes das imagens e URLs. Mas neste caso, as ferramentas de busca tendem a apresentar o seu negócio só para quem pesquisar exatamente este termo. Por isso, você pode optar por destacar a palavra-chave “floricultura no Rio de Janeiro”, fazendo com que seja possível que a sua empresa seja exibida para quem está em busca de flores na capital carioca. Percebeu que essa pode ser uma ótima oportunidade para negócios locais? A sua empresa pode ser encontrada por quem está em busca do serviço que você presta ou produtos que oferece, na região em que atua.

Também é importante dizer que os resultados das buscas variam de acordo com o equipamento utilizado. Você pode fazer o teste, pesquisar pelo supermercado mais próximo no seu computador e depois repetir a busca no smartphone. Como o telefone tem um sinal de GPS, vai considerar a sua localização e, portanto, vai apresentar resultados geolocalizados, ou seja, mostrar os supermercados mais próximos ao local que você se encontra no momento. Essa pode ser uma estratégia para negócios locais atraírem mais pessoas e conquistarem novos clientes.

Confira algumas dicas básicas para que o seu site apareça mais nas buscas locais:

  1. Descrição – Os sites de negócios locais devem ter uma descrição detalhada, explicando o que é a empresa, e quais os produtos ou serviços oferecidos. O usuário precisa entender rapidamente do que se trata o negócio, sem margem para dúvidas. Caso contrário, as chances dele abandonar o site em apenas alguns segundos, é grande.
  2. Categoria – A sua empresa deve ser categorizada de forma correta. Se você vende roupas infantis, deve deixar isso claro nos conteúdos do próprio site. Não basta dizer que o seu negócio vende “roupa de qualidade”, é preciso explicar que “roupas para crianças” e aí você pode reforçar que têm qualidade comprovada, por exemplo.
  3. Imagens – Adicione várias fotos no site. Vale mostrar desde a fachada da empresa até o interior das instalações e a exibição de produtos. Lembre-se que as fotos devem ter qualidade, então priorize a boa resolução, mas não exagere para não comprometer o carregamento da página.
  4. Informações – É importante descrever todas as informações sobre o seu negócio: nome da empresa, endereço, formas de contato (telefone/e-mail/WhatsApp), dias e horário de atendimento.
  5. Depoimentos – Mostrar a opinião de clientes também é importante, afinal, o ponto de vista de quem já adquiriu seus serviços pode estimular outras pessoas a conhecerem a sua empresa. Mas lembre-se, as opiniões devem ser reais e ter sua publicação autorizada pelos autores.

Para finalizar a nossa sugestão é que você baixe gratuitamente o e-book “Como evitar erros na construção do seu site” e receba dicas valiosas para planejar e aprimorar o seu site e a experiência de seus clientes.

Este post foi útil para você? Compartilhe conosco nos comentários.

Tags:, ,
Comentários