conheca-a-historia-da-Netflix

Série Gigantes da Tecnologia: História da Netflix

sexta-feira, 17 de julho de 2020 | Comentários

Escrito por

Você conhece a história da Netflix? Apesar de ser considerada uma das gigantes da tecnologia, são poucas as pessoas que sabem sua origem e tudo que ela oferece aos usuários.

A Netflix é um serviço de streaming que permite assistir uma ampla variedade de filmes, séries e documentários. Tudo de forma online, ilimitada e sem comerciais.

Atualmente, ela está presente em mais de 190 países e é avaliada no mercado em US$ 158 bilhões – superando a Disney.

Esses números por si só já fazem valer a pena conhecer a história da Netflix e inspirar-se nela. Afinal, como você verá a seguir, ela foi criada para oferecer outro tipo de serviço, mas teve que se adaptar ao mercado para começar a ter bons resultados.

Acompanhe!

Tópicos que serão abordados

  • Conheça a história da Netflix
  • Como ocorreu a popularização mundial da Netflix?
  • Como é o acesso aos conteúdos da Netflix?
  • Quais os diferenciais competitivos da Netflix?
  • O que o futuro reserva para a Netflix?

Saiba tudo sobre a história da Netflix

A Netflix foi criada em 1997 por Reed Hastings e Marc Randolph. Inicialmente, ela funcionava como uma locadora de filmes com planos de assinatura, sendo que os DVDs eram enviados pelos correios e os clientes podiam ficar com eles o tempo que desejassem.

Esse formato de envio surgiu após Hastings se ver obrigado a pagar uma multa de US$ 40,00 à locadora Blockbuster por ter devolvido um filme após o prazo. Logo, a ideia era oferecer algo diferente do que existia até então e evitar esse tipo de problema.

Apesar de considerada inovadora para a época, a empresa inicialmente não prosperou. O preço das ações era baixo e os proprietários tentaram vender a empresa para a própria Blockbuster – que não quis fechar negócio.

A história da Netflix começou a mudar apenas em 2005, quando ela fez uma alteração importante na sua estratégia de branding. Ela decidiu largar um pouco de mão o aluguel de DVDs, tornando-se pioneira no ramo de streaming digital de filmes e outros conteúdos audiovisuais.

Para se ter uma ideia, em 2005, a empresa contava com 4,5 milhões de usuários. Após essa alteração de posicionamento, o crescimento nas vendas foi substancial, alcançando 16 milhões em 2010.

Mas esse não é o número mais impressionante: somente no primeiro trimestre de 2020, ela chegou a 183 milhões de assinantes e uma receita de US$ 5,77 bilhões.

Como ocorreu a popularização mundial da Netflix?

O ano de 2010 é outro marco na história da Netflix, pois foi quando ela rompeu as barreiras dos Estados Unidos, chegando ao Canadá. Fora da América do Norte, sua estreia foi no Brasil e em outros países da América Latina, em meados de 2011.

Atualmente, a Netflix está disponível em mais de 190 países, sendo que nos locais em que ela não está, não é porque não quer. O governo da China, por exemplo, não aprovou a sua entrada, enquanto Coreia do Norte, Síria e Crimeia sofrem restrições do próprio governo norte-americano.

O crescimento e a rápida popularização desse gigante da tecnologia fizeram com que a empresa expandisse seus negócios. Em 2013, lançou a sua primeira série original, House of Cards.

Além de ter conquistado três Emmys, principal prêmio da televisão norte-americana, fez com que o preço das suas ações subisse 9.925%, se comparado a sua estreia na bolsa de valores.

Como é o acesso aos conteúdos da Netflix?

Um dos diferenciais da Netflix é que ela permite o consumo dos conteúdos de onde a pessoa quiser, o quanto quiser e em milhares de aparelhos.

O software de transmissão da empresa permite que o acervo seja acessado em qualquer aparelho conectado à internet e que seja compatível com o aplicativo Netflix, como:

  • Smart TV;
  • Videogame;
  • Smartphone;
  • Tablet;
  • Aparelhos de transmissão online;
  • Decodificador.

Em computadores e laptops também é possível assistir à Netflix através do site. Porém, como ela não está disponível para todos os navegadores, é preciso ficar atento aos requisitos do sistema.

Quais os diferenciais competitivos da Netflix?

Além de ter contribuído diretamente para mudar a forma com que as pessoas consomem os conteúdos audiovisuais e assistem televisão, a Netflix possui outros diferenciais que a transformam em uma gigante da tecnologia.

Um deles diz respeito ao fato de entender os clientes. No caso, são criadas automaticamente as listas de filmes e séries conforme o gosto pessoal de cada usuário.

Para isso, ele conta com um sistema de avaliação, que vai ensinando ao algoritmo as preferências, permitindo a recomendação de títulos de forma individualizada. Além disso, os usuários podem dar “joinhas” positivas ou negativas, o que também influencia o algoritmo e, consequentemente, as sugestões da plataforma.

Outro diferencial é o fato de dividir os conteúdos em categorias, facilitando as buscas dos usuários. Ela conta com mais de 200 subcategorias “escondidas”, além das divisões mais convencionais. É graças a isso que você pode ter uma lista de filmes de terror com zumbis ou comédias cult, por exemplo.

Apesar da Netflix se destacar atualmente pelo serviço de streaming, ela ainda possui o sistema de aluguel de títulos e conta com cerca de 2.7 milhões de assinantes ativos. Esse também pode ser considerado um diferencial porque tem como objetivo atingir pessoas que moram em locais rurais e isolados – não contando com uma velocidade de internet compatível.

E tem mais: conta com mais títulos do que no modelo online, sendo 100 mil e 4 mil, respectivamente.

O que o futuro reserva para a Netflix?

Atualmente, a empresa trabalha no seguinte tripé: marketing, tecnologia e conteúdo. Este último, consiste nos materiais criados pela própria Netflix, que evoluíram tanto que uma parte da infraestrutura saiu do Vale do Silício, migrando para Hollywood – onde deve expandir ainda mais suas instalações e atuação.

Para o futuro, a promessa é melhorar cada vez mais a experiência do usuário, a partir da maior precisão dos algoritmos. E, claro, oferecer um conteúdo cada vez mais exclusivo e engajador.

O que achou da história da Netflix? Essa é uma deixa para que você, empreendedor, também aposte no crescimento do seu negócio.

Para isso, fique sempre atento à experiência do cliente e nas tecnologias que estão surgindo. Desta forma, conseguirá se adaptar e se manter sempre à frente no mercado.

Conheça a história de outros gigantes da tecnologia no nosso blog. Acesse!


Tags:, ,
Comentários
Pressione Enter para pesquisar ou ESC para fechar