Entenda mais neste post sobre como usar o marketing digital para médicos.

Se você já passou por uma consulta com um médico, muito provavelmente chegou ao consultório a partir de uma busca no Google. Por isso, investir em marketing digital para médicos pode ser uma ótima oportunidade para profissionais da saúde.

Afinal, é muito comum que, ao buscar alguma resposta sobre tratamentos ou doenças, as pessoas recorram à ferramenta. De acordo com uma pesquisa realizada pelo próprio Google, 26% dos brasileiros recorrem ao motor de buscas antes de procurar ajuda médica.

No entanto, o receio de levar a relação médico-paciente para o ambiente virtual acaba influenciando muitos profissionais da saúde a permanecerem fora das mídias sociais, principalmente por questões de responsabilidade e privacidade.

Neste post, vamos mostrar que é possível encontrar um equilíbrio entre a comunicação digital e os limites inerentes à profissão. Confira a seguir como criar uma estratégia de marketing para médicos!

Por que investir em marketing digital para médicos?

A cada ano, aumenta o número de pessoas conectadas e consumidoras de diferentes tipos de conteúdo na internet. Segundo uma pesquisa feita pelo We Are Social, no Brasil, já são 140 milhões de pessoas nas redes sociais. 

Contudo, o uso das redes sociais pelos médicos ainda não é tão explorado, o que representa uma grande oportunidade para aqueles que desejam desenvolver uma presença digital e criar uma autoridade, além de potencializar as opções de atuação.

Dessa forma, essas plataformas farão com que você alcance mais pessoas, compartilhe seus conhecimentos e conscientize a população acerca de mitos e problemas!

Como iniciar sua estratégia de marketing?

Agora que você entendeu a importância do marketing digital para médicos e como ele pode beneficiar sua carreira, vamos te mostrar um passo a passo de como construir as suas estratégias de marketing:

1. Conheça as regras do Conselho Federal de Medicina

Antes de iniciar a sua estratégia, conheça a fundo as regras do Conselho Federal de Medicina sobre publicidade médica, pois elas são fundamentais para que o seu investimento em marketing seja feito da maneira correta. Veja alguns exemplos de itens que o médico precisa evitar:

  • Participar de anúncios de empresas ou produtos ligados à medicina;
  • Permitir que o seu nome seja incluído em propaganda enganosa;
  • Fazer propaganda de método ou técnica não aceito pela comunidade científica;
  • Garantir, prometer ou anunciar bons resultados de tratamentos;
  • Dar diagnósticos por redes sociais.

Além dessas regras, o manual de publicidade médica apresenta outros itens que devem ser evitados pelo profissional da medicina. Portanto, vale a pena ler o material com cuidado e atenção.

2. Invista em um site

Muitos médicos têm dúvidas sobre como atrair pacientes. Então, uma boa dica é começar com a criação de um site, já que é a partir dele que o seu público entrará em contato para conhecer mais a fundo os serviços prestados.

Por isso, invista em uma página intuitiva, com linguagem clara e, principalmente, boas fotos. 

Criador de Sites – HostGator

Lembre-se de manter o seu site sempre atualizado, com informações como horários de atendimento, eventos que você irá participar, artigos e outros conteúdos relevantes para os seus potenciais pacientes. 

3. Crie um perfil profissional nas redes sociais

Com a grande quantidade de redes sociais disponíveis, pode ser difícil escolher em quais canais investir. Aqui, a dica é começar com o Instagram e Facebook, pois empregar seus esforços em apenas algumas plataformas é uma maneira de garantir que você tenha tempo para focar nelas e ganhar impulso com isso.

O Instagram, por exemplo, possui 70 milhões de usuários ativos e é focado em conteúdos visuais. Portanto, ele é uma excelente ferramenta para a sua estratégia de marketing digital para médicos. 

Utilize recursos interativos e de vídeo, como Stories, Lives e IGTV, já que essas ferramentas garantem um maior engajamento e permitem que o público crie uma conexão com você.

Além disso, ao receber comentários, reserve um tempo para responder a dúvidas, sugestões e elogios recebidos, pois a interação com o seu público é muito importante.

4. Tenha um blog!

Você pode achar que ter um bom site e manter as redes sociais ativas são suficientes para uma estratégia de marketing digital, mas um blog faz toda a diferença na hora de construir a sua autoridade!

Nele, você conseguirá produzir conteúdos mais ricos e informativos para o seu público. Por isso, faça posts sobre tendências na área, como a saúde 4.0, dicas e dúvidas mais frequentes de pacientes. Também é importante aplicar técnicas de SEO para que a sua página seja indexada ao Google. 

5. Monitore os resultados

Um dos maiores desafios na vida de um médico é encontrar tempo para manter os negócios funcionando com uma rotina profissional tão longa e exaustiva. No entanto, é importante entender que o investimento nas redes sociais não pode ser algo que você faz no tempo livre. 

Por isso, é importante saber que existem algumas métricas como alcance e engajamento em que você precisa ficar de olho. Logo, utilizar ferramentas como o Google Analytics podem te auxiliar nessa tarefa.

Confira mais dicas sobre marketing digital para impulsionar sua carreira

Gostou de entender mais sobre como o marketing digital para médicos pode ajudar a sua carreira? O blog da HostGator tem diversos conteúdos para te ajudar a melhorar ainda mais a sua estratégia