Aprenda mais sobre o Joomla, uma das principais plataformas de gerenciamento de conteúdo utilizadas na Internet.

Ouça o conteúdo deste post clicando no player abaixo!

Muitas pessoas procuram plataformas nas quais possam criar projetos digitais, sejam sites, blogs ou até e-commerce. Para isso, uma das ferramentas mais conhecidas é o Joomla.

Neste texto, vamos falar sobre Joomla o que é, quais são as funcionalidades e compará-lo com outras plataformas famosas.

O que é o Joomla?

O Joomla é um CMS, ou seja, um Sistema de Gerenciamento de Conteúdo. Este tipo de programa permite que você crie um espaço virtual, como um site.

O Joomla é uma plataforma muito dinâmica e versátil, que permite criar vários tipos de projetos. Aproveitando as extensões e os templates do Joomla, você tem uma grande liberdade e pode fazer desde sites até blogs e lojas virtuais.

Principais características do Joomla

A principal característica deste sistema é o fato dele ser gratuito. Isso é possível, pois se trata de um programa open source, ou seja, de código aberto. Em resumo, open source é um software que qualquer programador pode copiar e modificar. Existe uma licença específica para isso.

Graças a essa característica, o sistema está sempre em atualização, tanto de funcionalidades quanto de segurança. O código é desenvolvido em PHP, uma linguagem de programação querida pela maioria dos desenvolvedores. 

Por isso, também há muitos fóruns e suportes da comunidade de usuários, que te ajudam a conhecer mais o programa, explicando desde como usar Joomla até questões técnicas.

O sistema é fácil de usar e administrar, tendo um painel intuitivo e centralizado. Você não precisa ficar caçando a maioria das funcionalidades: está tudo claramente disposto para você. A publicação de conteúdo também é rápida e simples, sem dar dor de cabeça.

Painel de Controle – Joomla / Fonte da imagem: Bceleva

Por meio desse CMS, você pode criar muitas páginas, e o desempenho vai continuar bom. Logo, ele é altamente escalável, permitindo expandir o tamanho do projeto.

Você pode levá-lo para além das fronteiras, pois o Joomla é multilíngue. Facilmente, você consegue criar um site na língua que desejar, produzindo conteúdo para o público internacional.

Principais funcionalidades do Joomla

Sempre que procuram pelas funcionalidades dos CMS, as pessoas querem ver os plugins e os aplicativos adicionais. Para a sorte dos amantes desses sistemas, a biblioteca do Joomla é vasta, com mais de 7.600 extensões para o Joomla.

Entre as extensões (que são como aplicativos), você tem desde ferramentas de e-commerce até utilitários de marketing. Por isso, costuma-se dizer que esse programa é muito versátil.

Você encontra, no Joomla, templates que pode usar para personalizar o site, tornando a experiência do usuário única. 

Comparativo com outras plataformas de gerenciamento de conteúdo

Agora, vamos comparar o Joomla com CMS concorrentes. Para isso, escolhemos os principais que existem: WordPress, Drupal e Radiant.

Vamos comentar as vantagens e as desvantagens de cada um diante do Joomla e, depois, avaliar se ele é a melhor opção para o seu projeto.

WordPress

Vamos começar com o famoso WordPress. Este é o maior CMS que existe, tanto em número de usuários quanto em tamanho da biblioteca de extensões. Há mais de 50.000 plugins que você pode instalar no seu site.

Mesmo com as extensões, os temas e o editor de template Joomla, este sistema fica em desvantagem neste ponto, pois tem apenas pouco mais de 7.600 opções! No WordPress, você tem mais variedade, logo, mais liberdade criativa e pode fazer uma personalização melhor.

Além disso, o uso do WordPress é mais intuitivo. Ele apresenta as ferramentas de maneira muito simples, e a interface é mais amigável. Por isso, os iniciantes costumam optar por ele. Por ter mais público, este CMS também conta com fóruns mais ricos e ativos, então, dificilmente, sua dúvida não será respondida. 

A comunidade do WordPress está sempre disposta a ajudar, mas isso não significa que os usuários do Joomla não sejam bons. Como dissemos, é possível encontrar muito conteúdo nos fóruns específicos, desde um passo a passo de como criar um site com Joomla até dúvidas técnicas sobre as atualizações.

No entanto, o Joomla tem vantagem quando o assunto é performance. Ele costuma ser mais rápido e estável que o concorrente. Afinal, o sistema foi criado para suportar grandes projetos, como lojas e outros sistemas complexos.

Há muitos empates entre as duas plataformas. Ambos são feitos em PHP e constantemente atualizados, o que garante uma maior segurança. O WordPress acaba sofrendo mais ataques por ser a principal plataforma do mercado, mas é estável e seguro.

Drupal

O Drupal também é amplamente usado por quem desenvolve projetos digitais. Para começar, o que chama mais atenção é a facilidade de uso. Enquanto o desenvolvimento Joomla é simples, no Drupal, requer um pouco de conhecimento técnico.

Em compensação, essa segunda plataforma oferece opções avançadas de gerenciamento. Talvez, você não precise se preocupar tanto com isso no início, mas, com o avanço do seu projeto, essas ferramentas serão muito úteis.

Ambos os CMS têm boa performance e estabilidade, suportando grandes sites e um alto volume de visitas. Isso garante que eles não travem ou caiam durante o dia. O carregamento das páginas costuma ser rápido, entregando uma ótima experiência para os visitantes.

O desempenho conta bastante para o ranqueamento do Google. Se uma página demora muito para carregar, os usuários tendem a sair dela, e o buscador entende que o site não é bom. Por isso, o fato de os dois sistemas garantirem rapidez é importantíssimo.

A segurança também não é um defeito: os dois CMS são considerados seguros e com poucas brechas. Existem extensões para o Joomla que aumentam a proteção, assim como para o Drupal. Além disso, as comunidades de usuários e desenvolvedores estão sempre atualizando o programa, evitando ataques e falhas de segurança.

Quanto às extensões, o Drupal se destaca. Ele conta com mais de 40.000 aplicativos, um número que só é superado pelo WordPress. Em conclusão, apesar de ambos empatarem nos pontos realmente importantes, o Drupal é mais completo, apesar de mais técnico e pouco amigável aos leigos.

Radiant

À primeira vista, a interface do Radiant pode assustar por parecer muito técnica, enquanto o desenvolvimento no Joomla parece mais amigável aos leigos. Porém, isso não significa que o Radiant seja difícil: ele é muito intuitivo e simples de usar.

Ele também é mais um software open source, que apresenta pontos positivos na segurança e na atualização do sistema. No entanto, esse CMS é feito em Ruby. Por isso, o número de desenvolvedores que optam por ele é menor.

As comunidades de usuários do Radiant são menores e menos ativas, dificultando para os iniciantes que querem aprender mais sobre o software. Além disso, o CMS em Ruby tem algumas limitações. Ele foi feito exclusivamente para sites com poucas páginas. Conforme o projeto for crescendo, será necessário pensar em outros sistemas.

Outro ponto de destaque são os módulos e as extensões. Aqui, o Joomla tem vantagem, com mais de 7.600 opções, frente a algumas centenas do Radiant. Como dito antes, uma biblioteca maior de aplicativos e templates para o Joomla permite entregar uma experiência personalizada.

Joomla é a melhor opção de CMS para meu site?

Agora que você sabe o que é o Joomla, assim como as funcionalidades e as características em comparação às outras soluções, vamos discutir se esta é a melhor opção para o seu site, lembrando pontos importantes sobre esse sistema.

Open Source

Por ser open source, esse CMS é gratuito. Além disso, tem atualizações frequentes, feitas pelos próprios usuários. Dessa forma, o sistema está sempre atualizado e mais protegido.

Versátil

O Joomla permite a criação de vários formatos de projetos, desde sites e blogs até lojas virtuais grandes irão performar bem, apresentando velocidade e estabilidade para os usuários.

Biblioteca de aplicativos

O software ainda conta com mais de 7.600 templates e extensões para o Joomla. Você consegue trabalhar muito bem com essa variedade, personalizando e otimizando seu site da maneira que quiser.

Por fim, o Joomla é bom para iniciantes, apesar de outros sistemas, como o WordPress, serem mais intuitivos. Em caso de dúvidas, ele conta com uma comunidade grande e ativa de usuários para dar suporte.

Se você procura desenvolver projetos digitais com facilidade, mantendo a estabilidade e uma boa performance, o Joomla é uma opção a ser considerada! Esperamos que este texto tenha sido útil e te ajudado a decidir sobre qual CMS você vai usar no seu site. Se ficou interessado pelo Joomla e quer aprender mais sobre ele, pode conferir este texto no nosso site.