PageRank é um importante conceito para quem quer construir uma estratégia de SEO. Veja quais são os principais critérios e como estruturá-lo em seu site.

Configurado pelo Google, o PageRank é um dos muitos indicadores que permitem ao mecanismo de busca classificar os sites para apresentá-los em suas páginas de resultados.

Na web e no mundo digital, um site deve ser relevante para ter um lugar privilegiado nos motores de busca. Assim, por meio do PageRank, um motor de busca determina a popularidade de uma página.

Quer entender melhor qual é sua importância para SEO? Confira neste artigo!

O que é PageRank (PR)? 

O mecanismo de busca do Google desenvolveu o algoritmo PageRank (marca registrada) para classificar a popularidade de cada página da internet com base nos links que recebe e na popularidade dos sites vinculados a ela. 

Cada página e cada site são indexados pelo mecanismo de busca, entre outros critérios, de acordo com sua pontuação no PageRank. A popularidade é ainda um dos critérios mais importantes em SEO, vale lembrar.

Quanto mais alto um site tiver em PageRank, mais valioso ele será aos olhos dos rastreadores de mecanismos de pesquisa, porém não é possível saber o valor exato do PageRank de um site. O Google não comunica isso!

Por muito tempo, a barra de ferramentas do Google deu uma ideia aproximada do PageRank das páginas web — era uma pontuação de 1 a 10, sendo 10 a mais alta. Contudo, esse indicador público acabou não sendo mais atualizado e foi completamente abandonado em 2016. 

O Google, entretanto, deixou claro que seu mecanismo continuava a usar o algoritmo confidencial internamente, mas a figura que aparecia em sua barra de ferramentas estava definitivamente enterrada.

Como funciona o PageRank?

Em resumo, o PageRank mede a qualidade e a quantidade de links recebidos por uma página de um site, a fim de refinar sua classificação. O nome “Page” vem de Larry Page, cofundador do Google e figura que o desenvolveu. Portanto, nada tem a ver com uma “página” web. 

Ele é um dos elementos que domina a referenciação entre websites. No entanto, está longe de ser o único, pois existem várias dezenas ou até centenas de outros fatores para melhorar o seu posicionamento nas páginas de resultados do Google.

Por que o PageRank é importante?

Como falamos, esse mecanismo é sempre um critério de posicionamento levado em consideração no algoritmo do buscador. O Google não comunicou sua influência exata, mas regularmente confirma sua importância. 

Com a adição de novos critérios (já são mais de 200), seu impacto deve ter diminuído um pouco, mas a popularidade de um site ou página web ainda é um dos pilares do SEO aos olhos do motor de pesquisa. 

A popularidade de um site depende da quantidade e da qualidade dos links que ele recebe, portanto, está diretamente relacionada ao link building, uma metáfora usada em SEO para se referir ao poder transmitido de uma página para outra por meio de um hiperlink, que continua sendo uma das prioridades do referenciamento natural. 

O que é levado em consideração no algoritmo de PageRank do Google? 

Para avaliar a popularidade de um site ou página da internet, o algoritmo PageRank há muito leva em consideração o número de links recebidos e a popularidade dos sites que enviam esses links. 

Mais recentemente, o tema das páginas também se tornou um critério integrado no cálculo da pontuação. Em outras palavras, para que um link tenha uma influência positiva no PageRank de uma página, ele deve vincular duas páginas temáticas vizinhas. 

Por exemplo, em um parágrafo falando sobre pastilhas de freio, um link apontando para uma página “como escolher suas pastilhas de freio” ou “como verificar se suas pastilhas de freio estão em boas condições” é relevante. Enquanto um link apontando para uma página que trata da saúde de animais, provavelmente, também não será levado em consideração pelo Google. 

Como o PageRank de um site é calculado? 

Para calcular o PageRank de uma página, a fórmula do Google é, ao mesmo tempo, muito simples, porque leva em conta poucas variáveis, e muito complicada, porque é recursiva, ou seja, pressupõe que todos os outros sites já tenham um PageRank estabelecido. 

No cálculo, a principal variável levada em consideração é o PageRank das páginas originais. Quanto mais links de entrada houver, mais chances haverá de que um deles tenha uma boa pontuação. Link building é menos poderoso se for diluído, ou seja, se a página original enviar mais links para outras páginas. 

Obviamente, é melhor obter um único link de uma página com um tema semelhante, uma pontuação muito boa e não fornecer outros links para outras páginas que vários links ruins. No entanto, o objetivo de aumentar a pontuação do PageRank de seu site continua sendo a obtenção de vários links externos apontando para sua página web.  

Como ter uma boa pontuação no PageRank? 

Uma boa pontuação do PageRank é o resultado do trabalho bem orientado com os links. Você deve sempre manter três critérios em mente: 

  • o número de links apontando das páginas A para uma página B; 
  • o PageRank de cada uma dessas páginas A; 
  • o número de links externos presentes em cada página A. 

Também é cada vez mais importante prestar atenção ao tema que liga as duas páginas e à otimização do ponto de ancoragem do hiperlink da página A à página B. O algoritmo do Google é perfeitamente capaz de julgar a proximidade semântica entre os dois conteúdos.

Boas práticas para aumentar a pontuação

Você pode aumentar sua pontuação aproveitando ao máximo o PR que você recebe de sites externos. O utilitário gratuito LinkSpirit permite que você faça excelente uso desse algoritmo, otimizando seus links internos. Além disso, é preciso multiplicar o número de links que apontam para o seu site. Existem pelo menos três métodos muito simples para isso.

  • Procure todos os diretórios que tratam do mesmo tópico do seu site

Também procure todos os diretórios gerais que listam sites sem distinção. Junte-se ao maior número possível. Você pode, dessa forma (e com muito tempo), obter várias centenas de links que direcionarão para o seu site. 

Cada link renderá muito pouco PageRank, pois será colocado em uma página que possui centenas de links, mas é aos poucos que você vai construir uma autoridade digital!

  • Faça trocas de links com sites que falam de assuntos similares (a unidade faz força!)

Quanto melhores os sites, melhores são os links. Dessa forma, você ganhará PageRank e relevância nos assuntos com os quais lidam juntos. No entanto, tenha cuidado: se o seu site apontar para um site mal avaliado pelo Google, a troca de links pode fazer mais mal que bem. Portanto, escolha seus parceiros com atenção!

  • Fale sobre ou, melhor ainda, faça com que seu site seja mencionado nos fóruns (seja qual for o meio que você vai inventar para isso!)

Como ressaltamos anteriormente, essa arma pode ser uma faca de dois gumes, só funcionando realmente se o seu site for de qualidade e os membros do fórum falarem coisas boas sobre ele. 

Quanto melhor for o seu site, mais links “espontâneos” você receberá. Ou seja, outros construtores de sites decidirão, por conta própria, criar um link para o seu site porque eles o acharão interessante e digno de ser visitado. Se você conseguir isso, está definitivamente no caminho certo!

Em resumo…

Os motores de busca consideram que o interesse do seu site é diretamente proporcional à sua popularidade, ou seja, ao número de links que apontam para ele. Quanto mais pessoas falam sobre você, mais interessante você é e merece uma classificação elevada, mas isso não é tudo! 

O interesse dos sites que falam sobre você também é levado em consideração: quanto mais pessoas interessantes falarem sobre você, mais você será considerado alguém interessante.

Esse “interesse” é expresso na forma de uma nota (um número) que leva o nome de PageRank (PR). O resto é apenas um cálculo interminável e flutuante, que tenta levar em conta todos os sites do planeta e distribuir notas uns aos outros, levando em conta as notas uns dos outros.

A importância do PageRank nas classificações está diminuindo a cada dia em favor de outros fatores menos fáceis de manipular por webmasters inteligentes. Vale lembrar, ainda, que tudo depende do setor em que você se encontra.

Em alguns nichos, um PR de 2 ou 3 será suficiente para colocar-se nos melhores resultados. No entanto, para outras solicitações muito competitivas, um PR de 4 pode ser apenas para aparecer na primeira página. Além disso, o PR não é fixo: o Google o atualiza regularmente!

Apesar de ser muito importante, esse mecanismo está longe de ser o único fator que influencia o posicionamento do site. Portanto, não se sobrescreva e cometa o erro de focar nisso como sua única estratégia de netlinking. 

Este conteúdo ajudou você? Esperamos que sim! Não deixe de compartilhar e acompanhar outros artigos sobre tecnologia, marketing e negócios no blog da HostGator!