Veja as vantagens e as aplicações práticas do protocolo SFTP (SSH File Transfer Protocol).

Se você ou seu negócio utilizam o protocolo SFTP para enviar arquivos, comemore! Você pode dormir tranquilo à noite com a certeza de que seus arquivos estão sendo enviados por meio de criptografia e outros padrões de segurança.

De acordo com uma pesquisa realizada pelo Fortinet, o Brasil sofreu 3,4 bilhões de tentativas de golpe apenas entre janeiro e setembro de 2020. O relatório Cybersecurity — Fight Invisible Threats revelou que esses ataques custam cerca de US$ 6 trilhões para a economia mundial. Diante deste cenário, preocupar-se com a segurança dos seus arquivos e das suas informações não é apenas necessário, mas essencial. 

O protocolo SFTP, que significa SSH File Transfer Protocol ou Secure File Transfer Protocol, é um passo nesse caminho, já que é uma opção mais segura que o FTP. Por isso, continue lendo este artigo! Nele, você conhecerá o protocolo SFTP características, o funcionamento e as vantagens de utilizá-lo. 

O que é SFTP?

O Secure File Transfer Protocol (SFTP) é um protocolo de transferência segura de dados. Ele é projetado para estabelecer uma conexão entre um servidor de internet particular (ou computador) para que os usuários possam transferir arquivos (download) para o computador ou para o servidor (upload). 

O objetivo principal é transferir dados, mas também pode ser utilizado para obter acesso geral ao sistema de arquivos do servidor FTP. O protocolo SFTP é executado em um canal seguro — nenhuma senha de texto claro ou dados de arquivo são transferidos.

O protocolo FTP também inclui comandos que podem ser usados ​​para executar operações em um computador remoto para mostrar o conteúdo da pasta, alterar diretórios, criar pastas ou excluir arquivos, por exemplo.

Se você ficou em dúvida sobre FTP e SFTP o que é, saiba que vamos chegar lá! Existem algumas diferenças entre esses protocolos. A principal delas é que o FTP não oferece um canal seguro para transferir arquivos entre hosts, mas o SFTP, sim. A segunda diferença é o uso da criptografia, utilizada apenas pelo protocolo SFTP. 

Basicamente, um Protocolo de Transferência de Arquivos Seguro é usado para transferir, acessar e gerenciar arquivos entre máquinas por meio de uma conexão criptografada. Este papel é feito pelo protocolo SFTP. 

Como funciona o protocolo SFTP?

Fonte da imagem: Dementium2

É importante observar que o protocolo SFTP é executado na porta 22, mas pode ser atribuído a qualquer número. Ele é baseado em pacotes, em vez de texto, o que significa que é mais fácil processá-lo por ser muito compacto. Por causa disso, o SFTP é mais rápido que outros protocolos.

Para ficar mais fácil de entender, o protocolo SFTP possui dois componentes: o cliente e o servidor. Um cliente SFTP é o software que fornece a capacidade de se conectar ao servidor. Também permite fazer upload de arquivos a serem armazenados no servidor, bem como download de arquivos que já estão armazenados.

Um servidor SFTP é o local em que os arquivos são armazenados e de onde você pode se conectar e recuperá-los. O servidor fornece seus serviços para que os usuários possam armazenar e transferir dados com segurança. 

O servidor usa o protocolo de transferência de arquivos SSH para manter a conexão segura. O SFTP trabalha junto ao SSH, enviando conexões de dados criptografados entre o cliente e o servidor para permitir que senhas e outras informações confidenciais sejam transferidas com segurança pela rede. Juntos, eles são o SSH File Transfer Protocol.

De modo geral, o Secure File Transfer Protocol (SFTP) funciona sobre o fluxo de dados Secure Shell (SSH) para estabelecer uma conexão segura e fornecer às organizações um nível mais alto de proteção à transferência de arquivos

Isso ocorre porque o SFTP usa algoritmos de criptografia para mover dados com segurança para o servidor e manter os arquivos ilegíveis durante o processo. Assim, a autenticação impede o acesso não autorizado a arquivos durante a operação. 

Embora o protocolo SFTP não exija autenticação de dois fatores, existe a opção de solicitar um ID de usuário e uma senha, bem como chaves SSH, para uma conexão mais segura. Agora, que você já sabe um pouco mais sobre como usar o SFTP, vamos falar sobre como ele funciona na prática, seguindo uma linha cronológica.

  1. Antes de estabelecer uma conexão, o servidor SFTP envia uma impressão digital criptografada de suas chaves públicas de host para garantir que a conexão SFTP troque dados com o servidor correto;
  2.  Na primeira vez que a conexão é estabelecida, esta chave ainda não é conhecida pelo programa cliente e deve, portanto, ser confirmada pelo usuário antes da troca de dados; 
  3. Depois de estabelecer uma conexão com um servidor FTP e ter certeza de que é realmente o servidor correto, o protocolo SFTP salva as informações da impressão digital localmente; 
  4. Isso permite que você compare as informações da impressão digital com os dados salvos sempre que estabelecer uma nova conexão, para garantir que não haja ninguém entre você e o servidor; 
  5. Diferentes servidores emitem impressões digitais apenas uma vez. Eles são gerados pela chave privada de um servidor.

O protocolo SFTP oferece a opção de realizar uma ampla variedade de tarefas para arquivos confidenciais, desde a remoção de arquivos até a retomada de transferências pausadas. 

Vantagens do protocolo SFTP

Qualquer empresa ou organização que trabalhe com dados sigilosos e confidenciais deve usar o SFTP para protegê-los. As empresas que usam SFTP podem transferir informações como dados de faturamento, fundos e arquivos de recuperação de dados, com segurança. 

Ele se baseia no software File Transfer Protocol (FTP), usa o protocolo SSH (Secure Shell) para transferir arquivos e requer que o cliente seja autenticado pelo servidor para elementos de segurança aprimorados. O SFTP proporciona a tranquilidade de saber que os dados são protegidos durante a transferência, garantindo que os hackers não sejam capazes de obtê-los.

Existem muitos motivos pelos quais as empresas optam por implementar protocolos de transferência de arquivos seguros em suas estratégias. Abaixo, você confere uma lista dos principais. 

Velocidade

Os servidores usados ​​com SFTP podem facilmente suportar grandes transferências de arquivos, bem como vários arquivos de uma vez. Por isso, você economizará tempo ao mover dados de um servidor para outro.

Gerenciamento

O protocolo oferece a capacidade de gerenciar facilmente seu servidor usando uma interface da web ou um cliente SFTP.

Segurança

Graças à criptografia, à autenticação de chave pública e à segurança de dados, o protocolo SFTP preserva a integridade dos dados. Há mais tranquilidade em saber que os dados também são verificados para garantir que estão vindo de uma fonte confiável e que os clientes e as fontes são verificados antes que uma conexão seja estabelecida.

Firewalls

SFTP e firewalls andam de mãos dadas. Dados, comandos e informações confidenciais são enviados por meio de uma única conexão para a porta 22. Por padrão, ela é habilitada com firewalls com seus próprios parâmetros de segurança predefinidos.

Metadados

Os usuários do SFTP podem acessar os metadados de seus arquivos, como dados, hora, tamanho, permissões e outras informações, garantindo que todos os documentos sejam mais fáceis de encontrar.

Como nenhuma tecnologia é perfeita, o Protocolo de Transferência de Arquivos Seguro vem com algumas desvantagens: as chaves são mais difíceis de gerenciar e validar, podendo ser mais difícil configurá-las corretamente sem o suporte de fornecedores de software. Além disso, os padrões de configuração SFTP podem levar a problemas de compatibilidade entre títulos de software e diferentes fornecedores.

Independentemente disso, quando se trata de transferência segura de dados, o SFTP é o padrão que você deve considerar. Lembra que, no começo deste artigo, comentamos que a empresa que usa o protocolo SFTP para transferência de dados pode dormir tranquilamente? Esperamos que, com esse conteúdo, você tenha entendido o porquê.

Conte para a gente o que você achou e se você já utiliza este protocolo como padrão da sua empresa! E continue acompanhando o blog da HostGator para mais assuntos sobre o mundo da tecnologia.