TLD (ou Top-Level Domain, em inglês) é um importante recurso na construção da URLs de sites. Confira as principais opções e como escolher a solução ideal.

O TLD, ou Top-Level Domain, faz parte do universo de domínios da internet. A tradução literal do termo é “domínio de nível superior”, que se refere à parte do domínio que vem depois do ponto, como “.com.br” ou “.net”, por exemplo. Basicamente, ele é a parte hierárquica mais importante de um nome de domínio. 

A escolha do domínio, ou seja, do endereço da sua marca na web, é um dos primeiros passos para a construir uma marca profissional e digitalmente sólida. Por isso, se está pensando em criar ou melhorar a marca da sua empresa, é importante considerar o TLD. Aqui, você irá descobrir para que serve o TLD e como escolhê-lo. 

O que é TLD (Top-Level Domain)?

Cada página da internet está hospedada em um servidor, e cada servidor é identificado por um conjunto único de números, o endereço IP. No entanto, como os números são difíceis de memorizar, os endereços IP estão associados a endereços mais atrativos e memoráveis, as URLs. 

O domínio é a parte da URL que aparece entre o penúltimo e o último ponto. Por exemplo, na URL http://www.hostgator.com.br, o nome do domínio é “hostgator”. E, se você entendeu o que é TLD, sabe que essas extensões são o “.com.br”, “.org” e “.net”. de uma página da web. No exemplo da Hostgator, o TLD é “.com.br”. A imagem abaixo mostra como funciona essa divisão na prática:

TLD e domínio HostGator

Esses níveis de domínio aparecem todos separados por um ponto. Como se pôde observar, o top-level domain é “.com.br” – o que mostra que se trata de um site comercial brasileiro. 

O TLD está no topo da hierarquia do Sistema de Nomes de Domínio (DNS) e isso tem a ver com a organização de endereços da web. No tópico sobre “tipos de tld”, você vai entender por que cada TLD é administrado por um órgão adequado.

Para que serve um TLD?

Os top domain level servem para facilitar e organizar a categorização de páginas na web com base nas informações associadas aos sites. Assim, pode-se usá-los para identificar, sem verificar o conteúdo de uma página, o propósito dela, seu dono ou até sua localização geográfica.

O ponto de atenção, quando se trata de TLD, é que vários sites podem compartilhar o mesmo nome, mas terem TLDs diferentes. Para exemplificar, pode-se dizer que “exemplo.com” não é o mesmo que “exemplo.edu”. O TLD “.edu” mostra que o site serve a propósitos educativos e o “.com” indica que ele tem propósitos comerciais. 

Agora, você deve estar ciente de que “Hostgator.com” é diferente de “Hostgator.com.br”, apesar de eles compartilharem o mesmo nome de domínio, certo? 

Se você estiver se perguntando se a extensão de domínio realmente importa, a resposta é sim. O TLD certo pode adicionar “algo a mais” à sua marca, ajudando a direcionar os visitantes ao seu site.

Tipos de TLD

Os domínios de primeiro nível originais foram desenvolvidos na década de 1980 e foram divididos em três grupos: categorias, organizações múltiplas e países. Cada TLD original tinha um propósito único, como você vê abaixo:

Domínios de primeiro nível originais
Domínios de primeiro nível originais

Atualmente, os tld top level domain não são nada restritivos – há uma gama enorme de TLDs disponíveis para serem usados de formas diferentes e inusitadas. Eles são categorizados principalmente em quatro grupos pela Internet Corporation for Assigned Names and Numbers (ICANN): gTLD, ccTLD, sTLD e iTLD. O registro de domínio está aberto para quase todo mundo, com exceção dos gTLDs atribuídos ao governo, como .gov e .mil. 

gTLD

Os domínios genéricos de primeiro nível (gTLD) são os TLDs mais conhecidos, como “com” para comercial, “net” para rede, “edu” para educação e “gov” para governo. Normalmente, eles possuem três caracteres. 

ccTLD

Os domínios de primeiro nível com código de país (ccTLD) são projetados para indicar uma localização geográfica ou país específico. Existem mais de 200 ccTLDs indicados com duas letras. 

Entre eles, os ccTLDs mais populares são “cn” para a China, “tk” para Tokelau, “de” para a Alemanha, “uk” para o Reino Unido e “ru” para a Rússia. Para empresas nacionais ou hiperlocais, esse é o tipo de domínio mais indicado, pois têm como alvo um grupo bem definido de usuários da Internet. 

sTLD

Os domínios patrocinados de primeiro nível (sTLD) são administrados por organizações privadas. Os mais conhecidos são: “aero”, “cat”, “coop”, “int”, “jobs”, “mil”, “mobi”, “tel” e “travel”.

iTLD

O domínio de primeiro nível de infraestrutura “.arpa” é controlado pelo Internet Engineering Task Force (IETF), a Força Tarefa de Engenharia da Internet. 

Como escolher o TLD ideal?

A lista tld é longa: em agosto de 2019, já existiam 1.528 endereços disponíveis, mas o número aumenta constantemente. Eles cobrem praticamente tudo de A a Z. É por isso que escolher o TLD ideal pode ser um desafio! 

Estudos de popularidade de sites para classificar o primeiro milhão mais acessado mostraram que mais de 48% deles são domínios “com”. Não por acaso, a extensão de domínio mais registrada no mundo é “.com”, com mais 137 milhões em 2018.

Por estarem no topo das listas de busca, você pode considerar os gTLDs “com”, ”net”, “org” e “co” para fins de conscientização e acessibilidade, mas eles não são necessariamente ideais para a sua marca. A extensão é apenas uma parte do endereço de uma marca e deve funcionar junto ao nome de domínio com objetivo de criar um site atraente para a sua marca.

Apesar da popularidade dos domínios “.com”, deve-se observar que é perfeitamente possível administrar um negócio online de sucesso usando qualquer TLD. Novos TLDs como “.biz”, “.mobi” e “.club” são usados ​​por setores com interesses comerciais específicos. 

TLDs como esses são ótimas opções se seu modelo de negócios for focado. Se o seu site se concentra em um indivíduo, existem extensões como “.me” e “.name”, que decolaram para sites e blogs biográficos. Para escolher o TLD ideal, confira algumas dicas! 

Considere o propósito do seu site

Antes de iniciar o processo de seleção do TLD, considere o propósito do seu site: é comercial (“.com”), sem fins lucrativos (“.org”), criativo (“.smile”, “.vc”, “.me”?), startup (“.biz”)? Existem extensões que se adaptam a uma grande variedade de tipos e modelos de negócios. 

Tecnicamente, você pode escolher quase qualquer TLD que desejar, mesmo que o propósito não se encaixe, mas isso pode prejudicar sua estratégia de venda. Lembre-se de que os usuários raramente compram produtos de uma marca que não possui clareza em seu propósito. 

Conforme mencionado, as extensões de domínio específicas do país são vantajosas para sites que desejam atrair visitantes em um determinado local. A desvantagem de escolher um ccTLD é que você não será tão bem classificado globalmente. 

Exemplifique o que você faz

Pense no público que você está querendo alcançar. Pensou? Então, aí vai um resumo de alguns dos TLDs perfeitos para setores específicos:

.io, .ly, .software, .technology, .digital, .codes, .consulting, .build

Startups e sites de tecnologia

.club, .football, .soccer

Esportes 

.bar, .pub, .cafe

Perfeito para um bar ou restaurante, e também existem TLDs para diferentes estabelecimentos.

.movie, .lol

Se você está em uma indústria criativa, essas são algumas opções – e existem outras muito bacanas por aí.

.wow, .rocks

Se a sua marca é ambiciosa, essa extensão é ideal!

.viagem

A extensão já diz tudo, né? Boa opção para a indústria do turismo!

.info

Assim como sugere, isso é ideal para sites informativos detalhados

É inevitável que a maioria dos TLDs valiosos estejam em uso, mas nada impede de você usar o mesmo domínio com uma extensão diferente. Isso mostra aos seus clientes que você é criativo! 

O nome de domínio é a primeira impressão que as pessoas têm da sua marca. Por isso, aproveite a oportunidade para mostrar o que a sua marca tem de valor. Assim, use a vantagem de agregar valor à sua marca.

Proteja sua marca! 

Se você tem negócios prósperos com um domínio tradicional, pode tornar o nome da sua marca à prova do futuro, comprando uma versão do nome do domínio com um novo TLD e apontando seu antigo domínio para o novo endereço. Fazendo isso, nomes de domínio semelhantes não podem ser comprados por seus concorrentes, e você terá opções para um domínio mais criativo, avançado e relevante. 

Preocupar-se com o SEO pode ser um pouco prematuro na fase de escolha do TLD, mas nunca é cedo demais para planejar sua presença digital. Considerar o SEO desde os estágios iniciais da criação de seu nome de domínio é a melhor maneira de garantir que você terá uma boa classificação mais tarde.

Se o seu site tiver conteúdo de qualidade e uma identidade visual coerente e atrativa, nada o impedirá de ter um bom desempenho, tanto em SEO como nas vendas. Por fim, se você encontrou um TLD com o qual está satisfeito, vá em frente e divulgue a sua marca!

Não deixe de nos contar qual foi o TLD escolhido para representar a sua marca, nós vamos adorar saber!