Veja como se desenvolver para atuar nas principais profissões do futuro. Aproveite!

Você já parou para pensar sobre quais serão as profissões do futuro e como você está inserido(a) nesse cenário? O estudo “Projetando 2030”, encomendado pela Dell Technologies ao Institute For The Future, mostrou que, em 2030, 85% dos trabalhos que existirão serão novos. A pesquisa contou com a participação de 3800 líderes de negócios de médias e grandes corporações em 17 países, incluindo o Brasil. 

Tecnologia e profissões do futuro são duas faces da mesma moeda. A primeira é a principal responsável por otimizar as habilidades humanas e redesenhar as profissões. Em 2030, existirão profissões que exigirão muito mais criatividade e flexibilidade do que o seu trabalho atual e rotineiro.

Para se ter uma ideia, o número de profissões relacionadas à inteligência artificial e ciência de dados, que já estava em expansão em todos os setores, apenas aumentou com a transformação digital impulsionada pela COVID-19. É o que revela a terceira edição do relatório anual de empregos emergentes, elaborado pelo LinkedIn. 

A geração Z, nascida na era digital, terá um papel fundamental nesse cenário. Ela representa o futuro do mercado de trabalho e está impulsionando essa tendência tecnológica. Neste artigo, falaremos sobre algumas das principais profissões do futuro e como você, sendo ou não da Geração Z, pode se preparar para exercê-las. 

Especialista em Inteligência Artificial 

A inteligência artificial e o machine learning são dois conceitos primordiais quando se fala em inovação. Para fazer a gestão disso e integrá-las aos processos organizacionais, será necessário um especialista em Inteligência Artificial (IA)- uma das 5 profissões do futuro principais. 

A responsabilidade do especialista em IA é identificar oportunidades de aplicação da Inteligência Artificial, objetivando a inovação do negócio. De acordo com o LinkedIn, a demanda por esse profissional cresceu 73% nos últimos quatro anos, nos EUA.

Desenvolvedor de software

Esse escopo de trabalho pode não ser tanto uma das profissões do futuro, já que este profissional já é muito valorizado no mercado neste momento! A função dos desenvolvedores de software é criar sistemas para automatizar processos e facilitar a vida das pessoas. 

O desenvolver é responsável por analisar, entender, executar e realizar a manutenção de plataformas e aplicativos, além de escrever o código por trás deles.

Especialistas em Experiência do Usuário 

Nunca se falou tanto em experiência do usuário e do consumidor. A função desse profissional é prestar toda a assistência necessária ao cliente na compra de determinado produto ou na contratação de um serviço. A demanda por esse profissional cresceu 79%, de acordo com o relatório do LinkedIn. 

Além disso, ele é responsável ​​por garantir que a comunicação com o cliente seja efetuada de forma eficaz, garantindo a sua satisfação e fidelização.  É cada vez mais comum encontrar esses profissionais em empresas de e-commerce e outras plataformas que prestam atenção aos resultados e experiências positivas do cliente.

Professor online

Uma das habilidades e competências para as profissões do futuro será o ensino. Durante a pandemia e a necessidade de ensino remoto, o mundo passou a perceber o potencial da sala de aula online. Este será um trunfo para profissionais que desejam expandir seus negócios de difusão de conhecimento. O mercado de cursos online está cada vez mais especializado e disseminado.

Gerente de comunidade

Essa é uma das profissões do futuro cuja responsabilidade é lidar com clientes e comunidades do entorno de uma empresa, coletando opiniões a fim de melhorar o negócio e o posicionamento da empresa com essas pessoas. Algumas empresas já contam com gente nessa posição — que com certeza vai se expandir nos próximos anos. É um papel essencial dentro das organizações, pois constrói a cultura em torno da empresa, gerando fãs da marca.

Desenvolvedor de wearables

Você talvez utilize ou já tenha ouvido falar em óculos, lentes e relógios conectados ao seu smartphone, que facilitam sua organização – e sua vida, ? Esses dispositivos são chamados de wearables. A função do desenvolvedor de wearables nada mais é que desenvolver e aprimorar esses dispositivos.

Gerente de inovação

Por mais que soe como um termo genérico, já é possível encontrar demanda por essa profissão do futuro no Brasil. O  profissional é responsável por repensar estratégias da empresa, seja em seu core business ou em alguma área específica, a fim de aprimorar seu modelo de negócios.

Geneticista

Apesar de já existir, essa profissão ganhará mais espaço nos próximos anos. Entre as muitas tarefas de um geneticista, está a de identificar as doenças que uma pessoa pode ter e agir sobre ela antes mesmo do aparecimento dos sintomas.

Gestor de mídias sociais

Líder do ranking do LinkedIn, essa é uma das profissões do futuro que teve um crescimento de 122% em sua demanda entre 2015 e 2019. As pessoas nessa função cuidam da imagem, do relacionamento e do engajamento, além da prospecção de uma empresa nos canais digitais

Cientista de dados

A capacitação do cientista de dados, uma das principais profissões do futuro, é reunir, interpretar e, em seguida, traduzir de forma simplificada as informações contidas em grandes bancos de dados com objetivo de trazer inteligência para o negócio e para a tomada de decisão. Na era do big data, esses profissionais são considerados uma mina de ouro.

Representante de vendas

Um bom vendedor continuará sendo um profissional essencial para qualquer empresa. O representante faz o primeiro contato com clientes que chegam à empresa. Sua organização promove campanhas de marketing ou ações nas redes sociais, por exemplo, e uma base de leads é gerada, com contatos registrados na sua ferramenta de automação de marketing ou CRM. 

Especialista em segurança cibernética

Qualquer dispositivo conectado à internet é vulnerável a ataques cibernéticos e, por isso, a segurança de dados na rede se tornou central para as empresas. Esse profissional cuida da segurança cibernética, de informação, de rede e avalia possibilidades de vulnerabilidades no sistema, garantindo a segurança da informação.

Product owner

Com base na metodologia Scrum, cabe ao P.O guiar o projeto de um produto do começo ao fim, desde o papel, transformando-o em um produto prático, que pode ser vendido, negociado, trazendo lucro para a empresa.

Consultor de investimentos

Segundo dados da B3, desde o início da pandemia, em março, a quantidade de contas com CPFs cresceu 52%. Por isso, a orientação de um consultor de investimentos será essencial. Esse profissional orienta os clientes na tomada de decisão de como aplicar os recursos deles, de acordo com as expectativas e necessidades de cada pessoa.

Investidor day trader

Assim como o consultor de investimento, esse profissional precisa de conhecimento sobre o mercado financeiro. O Day Trade é uma estratégia de compra e venda de ações em bolsas de valores em um mesmo dia. 

Com base na leitura deste artigo, fica fácil perceber quais as profissões do futuro terão impacto na vida cotidiana. O maior insight para os próximos anos é pensar em carreiras que lidem com criatividade e relacionamento. Nessa lista, encontramos vendedores, designers e criadores.

Contudo, é importante não apenas refletir sobre como serão as profissões do futuro, mas como será o profissional por trás dela! Em seu curso de Reaprendizagem Criativa, Murilo Gun, influenciador digital e professor de criatividade, cita algumas habilidades do futuro do trabalho: 

  • Inteligência intrapessoal, que é capacidade de se conectar consigo mesmo, gerir as emoções; 
  • Inteligência interpessoal, que é a capacidade de se relacionar com os outros e de dialogar;
  • Inteligência criativa, que é a capacidade de chegar em coisas novas, sair da caixinha  e inovar;
  • Inteligência interartificial, que é a capacidade de se relacionar com a tecnologia, de usar, e não ser usado por ela;
  • Inteligência aprendedora/educadora, que é a capacidade de aprender a aprender e de mudar com a mudança do mundo. 

As mudanças costumam causar insegurança, mas as profissões do futuro e seus desafios têm todas as características para causar impacto social positivo. Nesse cenário, o capital humano será cada vez mais importante!

Elaborado pelo Fórum Econômico Mundial, o estudo Future of Jobs 2020 revelou que 40% das habilidades do colaborador de hoje precisarão ser atualizadas para atender as demandas e expectativas das profissões do futuro.O relatório prevê que 97 milhões de novos empregos surgirão até 2025. 

O estudo também revelou que as empresas procuram fornecer oportunidades de requalificação e qualificação para a maioria de sua equipe. Além disso, as empresas estão procurando transformar a composição de sua cadeia de valor (55%), introduzir mais automação, reduzir a força de trabalho (43%) ou expandir sua força de trabalho como um

resultado de uma integração tecnológica mais profunda (34%) e expandir o uso de profissionais  para tarefas de trabalho especializado (41%). 

Agora que você já sabe um pouco mais sobre o futuro do trabalho, que tal começar a se preparar para ele hoje mesmo? Conte para a gente com qual profissão você mais se identificou e o que pretende fazer para se adaptar a ela!

Continue acompanhando o blog da HostGator para mais conteúdos sobre tecnologia, negócios e marketing!