Aprenda como construir seu currículo, as principais estratégias e como estruturar sua imagem online para garantir uma vaga de emprego

Ao pesquisar na web, você encontrará centenas de métodos que prometem entregar um emprego em 30 dias, às vezes 15 ou até menos! No entanto, o importante não é encontrar um emprego muito rápido, mas um trabalho que te faça feliz e realizado (a).

Força de vontade, persistência, algumas mudanças no seu currículo, na sua carta de apresentação e nas suas redes sociais, bem como uma boa organização, podem fazer a diferença aos olhos dos recrutadores e permitir que você se destaque na multidão de candidatos que se aplicam para as mesmas vagas de emprego. 

Neste artigo, vamos passar por algumas dicas essenciais para obter sucesso nessa jornada a procura de um emprego pela internet! Vamos conferir? 

1. Atualize seu currículo

Claro, escrever um bom currículo é o início de qualquer processo de procura de emprego. Dito isso, um currículo bem escrito não é suficiente, ok? Além de estar completo e com boa apresentação, ele deve ser mantido atualizado com as informações mais pertinentes possíveis a sua atual realidade.

Você pode fazer isso, por exemplo, listando todas as tarefas e missões que você completou nos últimos meses. Lembre-se também de combinar as suas experiências e as informações do seu currículo com os requisitos dos cargos que procura – vamos explicar melhor adiante.

2. Encontre o tempo que você precisa para procura de emprego

Não queremos que você passe seus dias procurando o emprego dos seus sonhos em todos os lugares! Em vez disso, tente capitalizar o tempo que você tem. Encontrar um emprego não significa necessariamente se sobrecarregar procurando por ele.

Um máximo de uma hora por dia pode ser suficiente para organizar seu currículo e direcionar melhor o que mais lhe convir como cargo!

3. Classifique o que você quer e o que não quer fazer

Nesse estágio, você deve separar as tarefas que você deseja realizar no trabalho e as que não deseja de jeito nenhum.

Classifique-as, por exemplo, por experiência ou grau de interesse e deixe espaço para tarefas que você pode fazer com flexibilidade ou aprender – especialmente se você encontrar uma posição adequada para você, mas que envolva uma dessas tarefas ‘indesejadas’.

Para isso, descrições de cargos, apresentações relacionadas à cultura de uma empresa que você almeja, o salário oferecido e o ambiente de trabalho podem ser indicadores que auxiliam na escolha e na procura do emprego.

Vale lembrar: no trabalho, é muito comum ter que conciliar atividades que não gostamos, isso é natural! No entanto, é importante mapear seus limites – o que você verdadeiramente não está disposto (a) a fazer e por quê?

4. Desafie-se e reveja suas habilidades

Esta etapa é importante em mais de uma maneira: não só permite que você saiba o que o torna um candidato único e um trabalhador de ouro, mas também define uma ou mais áreas nas quais você pode contribuir ao máximo para um empregador.

Dica extra: formule frases que melhor sintetizem seu valor e mantenha-as em mente para destacar em sua carta de apresentação ou na descrição de seu perfil no LinkedIn. Reconhecer e explicitar seu diferencial é essencial!

5. Venda seus talentos da melhor maneira possível

Encontrar um emprego pela internet exige que você cuide de seus documentos e de suas redes profissionais. Seu currículo, sua carta de apresentação e seu perfil do LinkedIn são apenas parte das estratégias que você pode usar para dizer sobre você, suas habilidades e seus projetos profissionais. 

Hoje em dia, a primeira informação que um recrutador obterá provavelmente estará lá, assim como as primeiras impressões. Por isso, não hesite em listar suas qualidades em seu currículo e redes sociais!

Existem técnicas para promover isso, a fim de se manter discreto (a) e atrair os recrutadores. Em todas essas ferramentas, busque destacar suas realizações e os projetos que foram importantes para você ao longo de sua carreira.

Uma carta de apresentação, por exemplo, pode ser um texto definidor em seu processo de procura de emprego. Procure chamar atenção e inovar! Além de dar detalhes de suas funções anteriores, você pode incluir as motivações que o levaram a se candidatar a uma oferta de emprego.

Leia Mais: 7 ideias de negócios on-line para criar sua empresa

6. Cuide de sua reputação on-line

Também compartilhe links para suas redes sociais e blogs, se houver. Esses são os primeiros pontos de acesso ao seu perfil.

Atualmente, os recrutadores começam consultando redes sociais para ter uma ideia de sua personalidade, estilo de trabalho e interesses. Por isso, evite compartilhar fotos de sua última noite na balada ou qualquer postagem que possa não ser a seu favor se você tem o intuito de deixar acessível às empresas.

Portanto, a ideia é que você sempre mantenha uma imagem respeitável e limpa em suas redes sociais públicas. Além disso, o seu perfil do LinkedIn deve ser constantemente atualizado para destacar todas as suas experiências profissionais.

Afinal, o perfil do LinkedIn pode ter um impacto definitivo no resto de sua carreira. Mais do que um currículo e mais representativo de quem você é profissionalmente!

As redes sociais profissionais como o LinkedIn podem ser de grande ajuda para você encontrar um emprego. Além do fato de que os recrutadores o utilizam para prospectar candidatos, muitas ofertas de emprego aparecem divulgadas ali.

Você pode, assim, ter a oportunidade de entrar em contato direto com a pessoa responsável pelo recrutamento!

Como procurar vaga de trabalho no LinkedIn

7. Estabeleça uma estratégia de pesquisa

Na internet, existem várias plataformas de empregos especializadas, onde você pode encontrar sua próxima oportunidade. Classifique os sites mais adequados para você!

Se possível, faça também uma lista das empresas para as quais deseja trabalhar. Depois disso, você pode ir para o próximo nível, adaptando seus currículos às ofertas para as quais está se candidatando.

Além disso, você pode criar um alerta de emprego para receber apenas ofertas que possam ser do seu interesse, como é possível no Vagas.com. Você pode personalizar e receber e-mails na frequência que desejar também.

8. Fique atento às novidades no mercado de trabalho

Você pode assinar publicações comerciais para se manter atualizado com as últimas tendências do mercado de trabalho.

Inscrever-se nas páginas do Linkedin, Facebook ou Twitter das empresas que você cobiça pode te dar uma vantagem sobre os concorrentes pouco informados. Hoje, muitas empresas postam suas vagas nas próprias redes sociais.

Como se cadastrar numa empresa no Linkedin

9. Refine sua pesquisa e classifique as ofertas de emprego

Como dissemos, encontrar uma empresa adequada exige o compartilhamento de valores comuns. Uma vez verificados esses critérios, deve detectar se a oferta corresponde ao que procura em termos de desafios também!

A área de trabalho, o local, a empresa, a natureza do contrato, o salário e outros critérios fazem parte do que se denomina recrutamento proativo.

Dica Extra: como construir um bom currículo

  1. Escolha o meio certo antes de escrever seu currículo

Currículo em papel ou formato digital? Sabia que a maneira de escrever depende da visibilidade que pretende dar e de como vai distribuí-lo? 

Na grande maioria dos casos, o seu currículo estará disponível digitalmente nas várias plataformas de anúncio de emprego, como o Vagas ou Catho, por exemplo, além das redes sociais.

Por isso, invista em uma linguagem simples, com mais apelos visuais e design clean. Além disso, prefira o formato PDF para que possa ser aberto sem desformatar. Também preste atenção à fonte, você não que passar uma impressão de muita informalidade, certo?

  1. Concentre-se na clareza dos títulos em vez da originalidade 

Um bom currículo deve conter todas as informações que o recrutador precisa à primeira vista. A clareza do seu currículo deve superar a originalidade, ponto!

Algumas seções são essenciais para que o recrutador te conheça melhor, então dificilmente você poderá ignorá-las. Algumas informações também devem ser apagadas do seu currículo – aquelas que não são essenciais.

Assim, você tem duas opções de organização:

  • Uma apresentação por títulos: destacará as experiências do candidato sem mostrar a cronologia da carreira. As seções mais comuns são apresentação pessoal, formação, experiências profissionais e, finalmente, suas áreas de interesse. Não hesite em adicionar uma seção de referências se tiver boas recomendações para a posição em questão;
  • Uma apresentação por competências: vai destacar suas conquistas durante sua carreira profissional mais do que o título de seus cargos.

Atenção: use um currículo baseado em habilidades apenas se você tiver experiência profissional suficiente. Caso contrário, seu currículo parecerá particularmente ruim.

Para se destacar de outros candidatos, você pode acompanhar seu currículo clássico com uma apresentação de vídeo, por exemplo!

  1. Personalize o currículo de acordo com a vaga desejada

Desde a seção de atividades à experiência e formação ao longo do nível de estudos, deve constar no currículo apenas informações que correspondem ao perfil pretendido. Por exemplo: não faz sentido listar uma experiência como caixa de loja para uma vaga de professor.

Seguindo todas essas dicas, você maximizará suas chances de encontrar o emprego dos seus sonhos rapidamente e certamente causará uma boa impressão aos olhos dos recrutadores.

Vale lembrar, ainda, que a internet proporcionou o aquecimento de um mercado também muito importante e que tem conquistado cada vez mais prestígio hoje: o de Jobs freelancer.

Nessa modalidade, você atua como profissional autônomo – em áreas diversas –, oferecendo seus serviços pela internet. Fotógrafos, redatores, assistentes digitais e muito mais: existe uma infinidade de possibilidades para quem deseja trilhar um caminho mais flexível.

Também temos um vídeo muito legal sobre Ganhar Dinheiro Na Internet, confere aqui!

Depois de seguir todas essas dicas, desejamos a você uma integração bem-sucedida. Por fim, te convidamos a acompanhar outros conteúdos sobre carreiras, marketing, negócios e tecnologia em nosso Blog!