Esta ferramenta pode ser considerada como uma evolução híbrida entre as páginas da web e aplicativos mobile. Por conta da junção das melhores qualidades dos dois aplicativos, a PWA vem sendo considerada o futuro da web mobile. Atualmente, o PWA vem ganhando grandes proporções, isso por conta de iniciativas que incentivam o uso da técnica, […]
Esta ferramenta pode ser considerada como uma evolução híbrida entre as páginas da web e aplicativos mobile. Por conta da junção das melhores qualidades dos dois aplicativos, a PWA vem sendo considerada o futuro da web mobile. Atualmente, o PWA vem ganhando grandes proporções, isso por conta de iniciativas que incentivam o uso da técnica, como das grandes empresas Google e Microsoft. Logo que o Google percebeu que a maioria das pessoas acessam os sites via dispositivos móveis, surgiu a oportunidade de oferecer uma performance parecida como a dos aplicativos nativos. Dessa forma surgiu o PWA, que segundo o Google, é confiável, engajante e rápido. A proposta é justamente oferecer aos usuários uma melhor experiência com os Web App, tornando o método de compartilhar conteúdos mais fáceis, podendo ser acessado de todos os dispositivos móveis. Além disso, o PWA é uma forma mais barata de desenvolvimento de aplicações nativas. Conheça mais sobre o futuro da web mobile e criação de sites!

Por que eu devo usar o PWA?

Grande parte de pessoas passam seus dias utilizando alguns poucos aplicativos específicos. Com isso, os outros acabam ocupando somente espaço em seu dispositivo. Além disso, o custo para desenvolver um aplicativo é muito mais alto do que fazer um site ou loja virtual do mesmo. E é ainda mais caro se você deseja desenvolver um aplicativo com os códigos de diferentes plataformas. Recursos nativos que o PWA pode utilizar:
  • Notificações via push;
  • Conectividade sem acesso a internet;
  • Modo tela cheia;
  • Telas de abertura também são suportadas.
O PWA pode utilizar outros recursos nativos também. Mas ainda assim, existem alguns que somente os aplicativos nativos têm acesso, entre eles:
  • Acesso restrito a diferentes sensores de hardware;
  • Acessar a agenda telefônica;
  • Alarmes;
  • Modificar configurações do sistema.
Como os PWA continuam evoluindo, esses recursos podem estar presente em breve.

Conectividade do PWA

Você pode usar o PWA até mesmo sem acesso a internet. Isso porque o programa possui a tecnologia Service Worker, um script executado em segundo plano e armazenado no cache. Como declarado pela Google, pode ser confiável pois possui certificado de segurança garantido para a transferência de dados. É uma alternativa bastante econômica, se comparado ao desenvolvimento de aplicativos, porque possui uma interface simples. Por se tratar de uma forma fácil de acesso, a retenção dos usuários é maior. Só é necessário abrir a URL em seu navegador, evitando efetuar qualquer download. Já o aplicativo nativo, é necessário passar por algumas etapas para ter acesso, desde abrir a loja até se cadastrar ao sistema. Nesse caminho, muitas pessoas desistem. Uma pesquisa aponta que cerca de 20% das pessoas são perdidas por conta dessas etapas. Outra vantagem é que o PWA nunca vai estar desatualizado. Isso porque quando o usuário abrir o link do aplicativo progressivo, estando conectado a internet, a atualização se inicia normalmente.

O PWA é mesmo o futuro?

Sua principal vantagem é o custo-benefício. Desenvolver um aplicativo nativo é muito mais caro que um Web App, já que o mesmo pode apresentar as mesmas funções que de um app. Esta tecnologia oferece acesso ao modo tela cheia, a bateria, fazer o celular vibrar, entre outros recursos. Na web, em poucos segundos após o usuário acessar o link, pode desfrutar de seus serviços, o que pode, com certeza, trazer inúmeros benefícios para quem tem um negócio/ loja ou afim! Se essas informações foram úteis a você, compartilhe conosco a sua opinião.