Confira as vantagens e as desvantagens dos principais tipos de banco de dados, analisando quais são as melhores opções para o seu negócio.

Você pode estar se perguntando: “por que preferir alimentar um banco de dados em vez de uma planilha ou um documento?” A resposta é simples: os tipos de banco de dados são muito mais eficientes na recuperação de informações.

Você pode fazer uma pergunta e receber imediatamente a resposta graças a essa tecnologia! Assim como as planilhas, os bancos de dados organizam suas informações em listas. No entanto, ao contrário da primeira, você pode exibi-las como formulários.

Um formulário parece com uma ficha de papel, mas pode ser carregado em seu computador. Ele fornece acesso facilitado a todos os detalhes registrados. Dessa forma, você pode, por exemplo, exibir todos os seus projetos em uma lista e, em seguida, clicar para consultar os detalhes de um determinado projeto. Os formulários também facilitam a entrada de dados!

Ao falar em bancos de dados, também citamos a precisão. Equipados com listas suspensas atraentes, preenchidas automaticamente em campos e muitas outras funções, os bancos de dados aceleram a entrada de dados e garantem consistência.

Assim, essa tecnologia permite mais que apenas armazenar dados. Os bancos ajudam a resolver problemas, responder a perguntas e tomar decisões. Você pode criar fórmulas e cálculos para ajudá-lo com suas análises e, em seguida, gerar relatórios rapidamente para compartilhar sua perspectiva.

Neste artigo, vamos falar dos principais bancos de dados disponíveis hoje, bem como suas respectivas vantagens e desvantagens. Confira a seguir!

MySQL

O MySQL é um dos sistemas de banco de dados relacionais mais populares. Originalmente, era uma solução de código aberto, mas foi comprada pela Oracle Corporation em 2009. Hoje, o MySQL é um dos pilares do software LAMP. Isso significa que faz parte das pilhas Linux, Apache, MySQL e Perl / PHP / Python. 

Vantagens do MySQL

  • Instalação grátis

O MySQL Community Edition pode ser baixado gratuitamente. Com um conjunto básico de ferramentas para uso individual, é um bom banco de dados para começar. 

Claro, existem outras opções pré-pagas para fins empresariais ou de cluster, com funcionalidades mais ricas. No entanto, se sua empresa for muito pequena para pagar por qualquer um deles, o modelo de download gratuito é o mais adequado para começar.

  • Sintaxe simples e baixa complexidade

A estrutura e o estilo do MySQL são muito claros. Os desenvolvedores até consideram o MySQL um banco de dados com linguagem humana. O MySQL é frequentemente usado em conjunto com a linguagem de programação PHP, uma das mais amplamente usadas no mundo. 

Com curva de aprendizado suave, você não precisa contratar um desenvolvedor qualificado para gerenciar seu banco de dados. Por exemplo, a maioria das tarefas pode ser executada diretamente da linha de comando, reduzindo as etapas de desenvolvimento.

  • Compatível com nuvem

Orientado para negócios por natureza e inicialmente desenvolvido para a web, o MySQL é suportado pelos provedores mais populares de nuvem. Ele está disponível nas principais plataformas, como Amazon, Microsoft Azure e outras. Isso o torna ainda mais atraente e deixa as empresas que o utilizam com grande espaço para crescimento.

Desvantagens do MySQL

  • Desafios de evolução

O MySQL não foi construído para uma evolução rápida e infinita: ele é inerente ao seu código. Em teoria, você pode dimensionar o MySQL, mas exigirá mais engenharia em comparação com os bancos de dados NoSQL.

  • Código aberto parcial

Embora o MySQL seja parcialmente de código aberto, ele é licenciado principalmente pela Oracle. Isso limita a comunidade MySQL em termos de aprimoramento do DBMS. 

  • Escalonamento de desempenho relativamente ruim

Apesar do MySQL estar equipado para lidar com um volume virtualmente ilimitado de dados, ele tem uma tendência preocupante de parar se for forçado a lidar com muitas operações em um determinado momento. 

Esse escalonamento de desempenho relativamente baixo significa que qualquer pessoa com altos níveis de simultaneidade provavelmente deve procurar uma alternativa melhor!

Oracle

Oracle é um dos tipos de banco de dados relacionais, criado e operado pela Oracle Corporation. Atualmente, ele oferece suporte a vários modelos de dados, como documento, gráfico, relacional e valor-chave em um único banco de dados.

Em suas versões mais recentes, também mudou o foco para a nuvem. As licenças da Oracle Database são totalmente proprietárias, com opções gratuitas e pagas.

Vantagens da Oracle

  • Inovações para o trabalho diário

Com o software de nuvem híbrida, tecnologias inovadoras de computação em nuvem estão surgindo todos os dias. Ao mesmo tempo, a Oracle continua concentrada na segurança da informação. 

Além da proteção ativa de dados, do particionamento, do backup e da recuperação aprimorada, há uma atualização paralela para reduzir o tempo de inatividade durante as atualizações do banco de dados.

  • Suporte técnico e documentação

A Oracle oferece suporte adequado ao cliente e documentação técnica que inclui vários serviços. Então, é provável que você irá encontrar soluções para os problemas que surgirem. Ainda é possível contar com o suporte de outros usuários!

  • Imensa capacidade

O recurso multimodelo da Oracle pode armazenar e processar muitos dados. Com recursos lançados recentemente, a arquitetura torna o empacotamento e o gerenciamento de muitos bancos de dados mais simples. 

Desvantagens da Oracle

  • Alto custo

Embora a Oracle tenha edições gratuitas, sua funcionalidade é muito limitada. A Standard Edition, que não inclui todos os recursos disponíveis, tem um preço salgado para empresas de pequeno porte.

  • Alto consumo de recursos

O banco de dados Oracle precisa de uma infraestrutura poderosa. A instalação não requer apenas muito espaço de memória, mas também precisará levar em conta as atualizações constantes de hardware se estiver implantando.

  • Curva de aprendizado difícil

O banco de dados Oracle não é um sistema para uso imediato. A documentação da Oracle, embora cubra muitos problemas, pode ser opressora e até confusa às vezes. Portanto, para instalar e executar um banco de dados, você precisará considerar a possibilidade de trazer especialistas dedicados.

PostgreSQL

Este é mais um dos tipos de banco de dados que compartilha a popularidade do MySQL. Trata-se de um SGBD relacional, orientado a objetos, no qual objetos definidos pelo usuário e a abordagem de tabela são combinados para criar estruturas mais complexas de dados. Além disso, o PostgreSQL tem muitas semelhanças com o MySQL, como o objetivo de fortalecer os padrões de conformidade e a extensibilidade. 

Portanto, ele pode lidar com qualquer carga de trabalho, tanto para produtos de máquina única quanto para aplicativos complexos. Leia mais: Mantenha seu WordPress seguro e proteja as informações do seu site.

Vantagens do Postgre

  • Escalável

A escalabilidade vertical é um recurso do PostgreSQL, ao contrário do MySQL DBMS. Como quase todas as soluções de software personalizadas tendem a crescer, resultando na expansão do banco de dados, essa opção oferece suporte ao crescimento e ao desenvolvimento dos negócios muito bem.

  • Suporte para tipos de dados personalizados

O PostgreSQL suporta nativamente um grande número de tipos de dados padrão, como JSON, XML, etc. O PostgreSQL obtém vantagem disso, pois é um dos poucos bancos de dados relacionais que oferece forte suporte para a funcionalidade NoSQL. Além disso, permite que os usuários definam seus próprios tipos de dados. 

  • Ferramentas de terceiros fáceis de integrar

O sistema de gerenciamento de banco de dados PostgreSQL oferece suporte a ferramentas adicionais, tanto gratuitas quanto comerciais. 

  • Código aberto e comunidade

É totalmente de código aberto e apoiado por uma comunidade, o que o fortalece como um ecossistema completo. Além disso, os desenvolvedores sempre podem contar com o suporte rápido e gratuito da comunidade.

Desvantagens do PostgreSQL

  • Documentação inconsistente

Embora o PostgreSQL tenha uma grande comunidade e ofereça forte suporte aos seus usuários, a documentação ainda carece de consistência e integridade. Como a comunidade PostgreSQL é heterogênea, a documentação não segue os mesmos padrões para todos os recursos.

  • Falta de relatórios e instrumentos de auditoria

Uma grande deficiência do PostgreSQL é a falta de ferramentas de revisão para visualizar o estado atual de um banco de dados. Você precisa verificar constantemente se algo está errado. 

Considerações Finais

Existe um grande número de sistemas de gerenciamento de banco de dados. Cada um deles é bom à sua própria maneira, com algumas desvantagens. Então, como você escolhe o caminho certo para sua aplicação?

Se você está começando um negócio de comércio eletrônico local, o MySQL é uma ótima opção, que também funcionará para ferramentas de BI e sistemas OLTP. Quando se trata de construir uma solução OLTP e aplicativos de data, a Oracle também é uma boa escolha. 

Claro, existem mais tipos de banco de dados a serem considerados. Tudo depende do seu modelo de negócio e das suas necessidades! Qual você está usando atualmente? Compartilhe com a gente! 

Se ainda não faz uso de nenhuma, não deixe de dividir sua experiência e percepções depois. Aproveitando, confira nosso canal no YouTube.

Compartilhamos vários conteúdos de interesse sobre programação. Assista ao SQL // Dicionário do Programador!

Esperamos ter ajudado com este artigo. Aproveite para acompanhar outros textos sobre tecnologia, negócios, marketing e muito mais em nosso blog!