Programador front-end: tudo o que precisa para começar

Tudo o que você precisa para ser um programador front-end

Escrito por

quarta-feira, 4 de julho de 2018 | Comentários

Experimente ouvir o conteúdo do post com o player abaixo:

O desenvolvimento web se divide em duas partes: back-end e front-end. A primeira está mais voltada para as linguagens de programação e códigos, enquanto a segunda se preocupa mais com a interface exibida para o usuário. Vamos apresentar aqui alguns conceitos, conhecimentos necessários e sugestões de como se capacitar para ser um programador front-end. Aproveite as dicas e comece logo a se especializar!

Primeiros passos para ser um programador front-end

Se você quer ingressar nesta área a primeira coisa que precisa fazer é desmistificar alguns pré-conceitos. Um deles é de que desenvolvedor front-end e não mexe com design e designer não entende de lógica de programação. O ideal é que esses profissionais procurem entender e desenvolver novos conhecimentos a fim de aprimorar suas atividades.

É natural que um desenvolvedor não tenha total domínio sobre design, mas ao menos precisa conhecer o básico sobre legibilidade e usabilidade de sites. Assim como o web designer precisa entender como funciona o back-end de um site e compreender lógica de programação. O profissional que está disposto a ampliar o seu campo de atuação tende a encontrar melhores oportunidades no mercado de trabalho.

O que um programador front-end precisa saber?

Quem atua com o desenvolvimento web sabe que tão importante quanto dominar uma linguagem de programação é conhecer o funcionamento de várias. Portanto, se você pretende ser um profissional completo, prepare-se para estudar muito. Confira abaixo um pouquinho do que você precisa saber para ser um programador front-end:

Lógica de programação

Esse é um dos requisitos básicos para quem quer ingressar no universo do desenvolvimento de sites. Para quem está começando agora sugerimos o post “Por que é tão importante aprender programação?”. Além disso você também pode escolher um dos 6 sites para você aprender a programar e já começar os estudos.

HTML

Qualquer um que queira aprender a programar precisa conhecer HTML. Portanto, se você realmente deseja ser um programador front-end vai precisar começar pelo HTML. Essa é a linguagem usada para estruturar todo o conteúdo de um site. O recomendado é que você aprenda os fundamentos de HTML, coloque os conhecimentos em prática criando uma página na web. Além disso, também é importante dar atenção à semântica (que simplifica a leitura do código e o SEO) e acessibilidade.

CSS

Outra linguagem que todo programador front-end precisa conhecer é o CSS, que significa Cascading Style Sheets, para o português poderíamos traduzir como folhas de estilo em cascata. Na prática o CSS pode ser considerado um complemento para o HTML, pois organiza melhor as linhas e adiciona novas possibilidades ao código. Com essa linguagem você pode mudar praticamente todo o visual de um site, por isso é fundamental conhecê-la.

JavaScript (jQuery)

Quando ingressar no universo do desenvolvimento web você vai ouvir muito falar em Java e JavaScript. Mas é importante saber que elas não são a mesma coisa. O JavaScript também pode ser considerado um complemento ao HTML e ao CSS, pois é uma linguagem responsável por algumas funções e comportamentos que tornam os sites mais dinâmicos. Já o jQuery é uma biblioteca que ajuda a sintetizar o código, reduzindo suas linhas e mantendo a mesma função.

Bootstrap

O Bootstrap é um framework muito popular, voltado para a criação de sites responsivos. Seus recursos são muito usados por programadores front-end, pois a ferramenta oferece componentes e recursos que simplificam e tornam mais ágil o desenvolvimento web. É importante destacar que o Bootstrap é gratuito, oferece modelos e estilos editáveis que facilitam a criação de layouts responsivos.

Tudo o que apresentamos até aqui é só o básico para você se tornar um programador front-end. Além destes conhecimentos também é fundamental ter noções de design, isso vai simplificar a distribuição do conteúdo.

Também é importante ressaltar que o programador front-end pode assumir um papel intermediário entre o cliente o back-end. Por isso é importante usar a empatia e procurar entender ambas as partes, juntos vocês poderão encontrar alternativas para solucionar eventuais contratempos.

Este post esclareceu suas principais dúvidas sobre como se tornar um programador front-end? Recomendamos também que você leia alguns conteúdos que publicamos com dicas para aprender a programar, abordagens de UX Design e ferramentas que todo web designer precisa conhecer.

Tags:, , ,
Comentários
Pressione Enter para pesquisar ou ESC para fechar