Como criar URLs amigáveis no Wordpress

URLs amigáveis no WordPress

Escrito por

terça-feira, 11 de maio de 2010 | Comentários

Atualizado em 14/07/2015 – Por: HostGator Brasil

Uma URL óbvia é uma ótima URL. Você vai perguntar: por quê?

Imagine o seguinte cenário: você está buscando informações sobre um tema específico no buscador (Google, Bing, Yahoo, entre outros) de sua preferência. Como resultado, vários links são apresentados: a qual você dá preferência? 

Os primeiros resultados da busca com certeza têm vantagem, mas um link com o resultado exato (ou quase) da sua busca é um excelente indicativo, concorda? Títulos criativos são ótimos. Se você conseguir ser criativo e ainda responder uma dúvida, melhor ainda.

Vamos usar como exemplo o título deste post, que gerou a seguinte URL: blog.hostgator.com.br/urls-amigaveis-no-wordpress. Não é exatamente criativo (concordo, podemos melhorar!!), mas é óbvio, curto e tem o potencial necessário para responder a dúvida de um usuário buscando por informações na web.

Pelos elementos você sabe que vai encontrar, no blog da HostGator, um post que explica como você pode ter URLs amigáveis utilizando o WordPress como plataforma para publicação do seu site.

Isso é ótimo, concorda? Afinal, tudo que não precisamos na web é de títulos confusos, e URLs que nos façam analisar os conteúdos um a um.

Veja a diferença nos exemplos abaixo:

Exemplo de URL gerada automaticamente
http://www.blog.hostgator.com.br/xpto/artigos.php?posicao=rt567o&id=908765

Exemplo de URL amigável (usando a URL deste post como exemplo)
http://www.blog.hostgator.com.br/urls-amigaveis-no-wordpress/

Entendeu a diferença? Se você optou pelo WordPress como CMS para construir seu site ou blog, há uma maneira bem fácil de gerar URLs amigáveis automaticamente. Vamos lá?

Como criar URLs amigáveis no WordPress

Agora que você já sabe a importância de ter URLs amigáveis no seu site, vamos mostrar como é simples configurar esta opção no painel de administração do WordPress.

  1. Acesse o painel de administração do seu site WordPress;
  2. No menu lateral localizado no lado esquerdo da página, clique em Configurações e selecione Links Permanentes;
    Como configurar links permanentes no WordPress
  3. Na página que abre, selecione a alternativa que melhor se adequa ao perfil de URLs (links permanentes) que você quer dar ao seu site ou blog.
  4. Ao salvar as alterações, o WordPress fará automaticamente a atualização no arquivo .htaccess do seu site ou blog, sem que seja necessária nenhuma intervenção da sua parte.

O blog da HostGator foi construído utilizando a plataforma do WordPress. Se utilizássemos a estrutura padrão de links permanentes (URLs) do CMS, teríamos a seguinte estrutura nos links dos nossos posts: http://blog.hostgator.com.br/?p=123.

Nada amigável, concorda? Como opção para os nossos links, escolhemos a estrutura Nome do post – como pode ver na imagem acima. No caso, nossos links têm a seguinte estrutura: http://blog.hostgator.com.br/post-exemplo/ – uma opção bem mais amigável para os buscadores e também para os leitores, que conseguem ter uma ideia sobre o conteúdo da página antes mesmo de começar a leitura.

Bom, esta foi a escolha que fizemos para o nosso blog. Mas você pode escolher a estrutura que fizer mais sentido para o seu negócio.

Importante: caso você selecione a opção Estrutura Personalizada, será necessário incluir algumas configurações específicas (mas que também não são difíceis, como pode ver neste link). Neste tipo de estrutura, por exemplo, você pode utilizar uma URL que informe categoria e também o nome do post, por exemplo.

URLs amigáveis: dicas para gerar interesse

Bom, agora que você definiu a estrutura das URLs do seu site, confira algumas dicas adicionais para gerar URLs interessantes para seus leitores, e amigáveis para os buscadores:

  • Seja descritivo: é importante que, ao olhar para a barra do navegador, o leitor saiba qual o conteúdo que vai encontrar naquela página. Trabalhe sua criatividade para criar uma URL que chame a atenção do leitor, e que descreva em poucas palavras o que ele vai encontrar no post.
  • Mantenha a URL curta: quanto mais curta a URL, mas fácil será lembrar dela. Mais simples também será copiá-la, repassá-la, divulga-la.
  • Utilize a palavra-chave da página: uma regra de ouro de SEO – sempre (sempre mesmo) utilize a palavra-chave da página na URL da página. É uma fonte incrível de tráfego, principalmente se a competição é grande.
  • Padronize: estabeleça um padrão, e siga ele. A padronização facilita a navegação, e garante a melhor organização de seu conteúdo. Por exemplo, defina qual o tipo de separador que vai utilizar (no nosso caso, utilizamos hífen), se vai utilizar apenas letras minúsculas, ou se vai utilizar as maiúsculas também. E por aí vai.

Então, pronto para realizar as configurações iniciais do seu site ou blog? Teste as dicas e depois comente: elas foram úteis para você?

Tags:, , ,
Comentários
Pressione Enter para pesquisar ou ESC para fechar