Veja neste artigo, a importância de criar uma URL amigável para o seu site e como fazer isso de forma simples. Confira o texto e saiba mais!

Para um site ter mais destaque e acessos, é de extrema importância aparecer nos primeiros resultados dos buscadores. Um dos fatores que contribui para isso é ter uma URL amigável, ou seja, um endereço fácil de encontrar, que leve o usuário exatamente para onde ele deseja ao fazer a busca.

Vamos usar como exemplo o título deste post, que gerou a seguinte URL: blog.hostgator.com.br/urls-amigaveis-no-wordpress. É simples e curto, e tem o potencial necessário para responder à dúvida de um usuário buscando por informações na web.

Por meio de seus elementos, você sabe que vai encontrar, no blog da HostGator, um post que explica como você pode ter uma URL amigável utilizando o WordPress como plataforma de publicação do seu site. Entenda mais sobre o assunto a seguir!

Como criar URLs amigáveis no WordPress

Agora que você já sabe a importância de ter URLs amigáveis no seu site, vamos mostrar como é simples configurar esta opção no painel de administração do WordPress:

  • No menu lateral, localizado ao lado esquerdo da página, clique em “Configurações” e selecione “Links Permanentes”;
  • Na página que se abre em seguida, selecione a alternativa que melhor se adequa ao perfil de URLs (links permanentes) que você quer dar ao seu site ou blog;
  • URL amigável htaccess: ao salvar as alterações, o WordPress fará automaticamente a atualização no arquivo .htaccess do seu site ou blog, sem que seja necessária nenhuma intervenção da sua parte.

O blog da HostGator foi construído utilizando a plataforma do WordPress. Seguindo a estrutura padrão de links permanentes (URLs) do CMS, teríamos a seguinte disposição nos links dos nossos posts: http://blog.hostgator.com.br/?p=123.

Para os nossos links, elegemos a estrutura “Nome do post” – o que pode ser visto na imagem acima. No caso, nossos links têm a seguinte conformação: http://blog.hostgator.com.br/post-exemplo/. 

Essa é uma opção bem mais amigável para os buscadores e também para os leitores, que conseguem ter uma ideia sobre o conteúdo da página antes mesmo de começar a leitura. Por isso, essa foi a escolha que fizemos para o nosso blog, mas você pode selecionar a estrutura que faz mais sentido com seu negócio.

Importante: caso você selecione a “Estrutura Personalizada”, será necessário incluir algumas configurações específicas. Neste tipo de organização, você pode utilizar uma URL que informe a categoria e também o nome do post, por exemplo.

URLs amigáveis: dicas para gerar interesse

Agora que você definiu a estrutura dos endereços do seu site, confira algumas dicas adicionais para gerar tipos de URL interessantes aos seus leitores e amigáveis aos buscadores:

  • Seja descritivo: ao olhar para a barra do navegador, é importante que o leitor saiba qual conteúdo vai encontrar naquela página. Trabalhe sua criatividade para criar uma URL que chame a atenção dele e descreva o interior da página em poucas palavras;
  • Mantenha a URL curta: quanto mais curta, mais fácil será se lembrar dela e mais simples também será para copiá-la, repassá-la e divulgá-la;
  • Utilize a palavra-chave da página: sempre coloque a palavra-chave da página no endereço do site – é uma regra de ouro de SEO. Ele é uma fonte incrível de tráfego, principalmente se a competição for grande;
  • Padronize: estabeleça um padrão a ser seguido. Isso facilita a navegação e garante a melhor organização de seu conteúdo. Por exemplo, defina que tipo de separador vai utilizar (no nosso caso, é o hífen), se serão apenas letras minúsculas ou maiúsculas também, etc.

Como criar domínios criativos

Outro fator importante para determinar o sucesso de um site é o seu domínio. Utilizar a criatividade ao inventar uma URL amigável é essencial para que as pessoas se lembrem dela e, consequentemente, você tenha mais acessos. 

Os domínios mais tradicionais podem terminar em “.com” ou “.com.br”, mas existem muitas outras possibilidades para fazer com que o seu fique em destaque e seja lembrado.

Para entender mais sobre como criar domínios criativos, confira nosso outro artigo e veja dicas imperdíveis sobre o assunto!