Veja dicas para saber como consultar o dono do domínio que você deseja e como fazer com que ele seja seu. Confira nosso artigo e saiba mais!

Saber consultar o dono de domínio é essencial para descobrir se alguém está utilizando um domínio que você deseja. Ao pensarmos em lançar um site, é comum que o nome dele seja a primeira coisa que venha à cabeça. Se você tem uma marca, obviamente vai querer usá-la em seu domínio, não é mesmo?

Mas, se você ainda não tem ideia do que usar, questões como SEO e experiência do usuário podem influenciar na escolha. Também é necessário que se trate de um nome fácil de lembrar e que não seja parecido com o de outros sites, para, assim, ter melhores resultados de busca. 

Leia nosso artigo e descubra como saber o dono de um domínio na internet e se é possível conseguir os direitos sobre ele. 

Por que descobrir quem é o dono do domínio que você quer comprar?

Se você procurou o domínio no navegador e verificou que simplesmente não existe nenhum site on-line, as chances de conseguir resgatá-lo é maior. Isso porque as pessoas compram domínios por dois motivos principais: hospedar um site na internet ou ganhar dinheiro revendendo esse endereço eletrônico.

Há casos em que domínios são comprados com antecedência por alguma empresa que ainda vai lançar seu site na internet. É muito comum nesses casos também serem comprados domínios parecidos para garantir melhores resultados de busca quando tudo estiver pronto. 

Porém, algumas empresas não chegam a usá-los, pois mudam de nome ou de ideia no meio do caminho. Independentemente do caso, para conseguir resgatar o endereço eletrônico que tanto quer, é necessário primeiro saber de quem é o domínio.

Como descobrir dono de domínio

Existem algumas plataformas on-line especializadas em descobrir dono de domínio, são chamadas Whois. Um bom exemplo é a ferramenta de pesquisa de domínio da HostGator, a Registro BR.

Ferramenta de pesquisa de domínio Registro BR
Registro BR – Ferramenta de pesquisa de domínio

Com ela, encontrar o dono do domínio é quase instantâneo, basta inserir o endereço desejado, assim, vão aparecer: as informações sobre quem comprou, em que data o registro foi feito e seu status — se está ativo ou não. Especificamente, as informações que você vai encontrar no Whois são:

  • Nome do servidor em que o domínio foi registrado;
  • DNS para onde ele está apontado;
  • Status do domínio;
  • Data de criação original;
  • Data de vencimento do registro;
  • Nome de quem registra o domínio, do responsável administrativo e do responsável técnico;
  • E-mail;
  • Número de telefone,
  • Endereço postal.

Se o registro de domínio foi feito há pouco tempo, você tem mais chances de conseguir comprar os direitos sobre ele. Além disso, muitas vezes, por uma questão de privacidade do usuário, os dados de contato não estão disponíveis.

Nesses casos, o endereço de e-mail do próprio site que você está fazendo a pesquisa pode ser usado para enviar uma proposta de compra. Caso os dados estejam completos, chegou a hora de usar todas as suas habilidades de negociação e conseguir os direitos sobre o domínio.

O que fazer em seguida

Bom, agora que você já sabe como consultar um domínio, está na hora de verificar o interesse da outra parte em ceder ou vender os direitos sobre o endereço. Se você está inseguro, porque o dono é de outro país ou é uma empresa, também existem algumas ferramentas que podem te ajudar nessa etapa.

São plataformas on-line onde você registra seu interesse de compra e é realizado um tipo de leilão. O dono do domínio recebe sua proposta e compara com outras pessoas interessadas e decide para quem e por quanto ele quer vender.

Caso não seja possível comprar o domínio agora, essas mesmas plataformas monitoram os endereços e avisam os interessados quando a data de licença deles está próxima da expiração. Não é a melhor alternativa, mas é um jeito de conseguir exatamente o domínio que quer.

Deu tudo errado!

Ao saber quem é o dono de um domínio na internet, pode ser que ele realmente não esteja interessado em vender o registro ou simplesmente esteja pedindo mais do que você está disposto a pagar. Nesses casos, uma alternativa é usar uma variação do nome escolhido.

Pode ser apenas mudando o final para .net ou .org, por exemplo. Flexionar alguma vogal ou usar um nome parecido é uma alternativa rápida e barata para agilizar o processo de hospedagem do seu site. Mesmo que pareça frustrante, depois de tanto trabalho, pode ser que você descubra um nome ainda melhor do que havia planejado anteriormente.

Em qualquer situação na jornada de um negócio, o importante é ser resiliente e ver que, dentro das dificuldades, podem haver outras chances de aprendizagem e crescimento que você não estava conseguindo enxergar antes por estar muito focado no problema.

Veja se é possível conseguir o domínio desejado com esses passos, mas, se der errado, não desanime e continue sua empreitada na web. Se você se interessou pelo assunto e quer saber mais, leia nosso artigo sobre como melhorar a autoridade do seu domínio!

Não se esqueça de assinar a nossa newsletter para ficar sempre por dentro dos temas que envolvem o mundo da tecnologia!