Saiba mais sobre a carreira e o que fazer para se dar bem nesta profissão.

O crescimento do marketing digital aumentou a procura por editor de vídeo freelancer. Além da ocupação poder ser realizada remotamente, a demanda por conteúdos audiovisuais cresceu. Se você já possui habilidades de edição, este pode ser o momento ideal para ter sucesso nessa carreira. 

Tópicos abordados neste artigo

  • Qual é o trabalho de um editor de vídeo freelancer?
  • Dicas para trabalhar com edição de vídeo
  • Como criar meu portfólio de editor de vídeo freelancer?
  • Como tornar-se um editor de vídeo freelancer de sucesso?

Qual é o trabalho de um editor de vídeo freelancer?

O editor de vídeo freelancer é o profissional que faz a edição das imagens e dos sons de vídeos sem ter vínculo empregatício com uma empresa ou marca. Porém, não pense que essa é uma tarefa fácil!

De modo geral, o freelancer editor de vídeo trabalha para obter o melhor resultado final de um vídeo, com o objetivo de contar a história da maneira mais eficaz e atraente. O trabalho “pesado” envolve cortar e reorganizar as cenas, mas a tarefa tem a ver com outras atividades também:

  1. integridade: avaliar o material e fazer mudanças necessárias para ajudar na compreensão do espectador, mas sem prejudicar o briefing inicial. Os cortes feitos não podem desvirtuar a história ou confundir o público, retirando cenas fundamentais para compreender a ação;
  1. edição: o freelancer de edição de vídeo deve garantir que a duração final do conteúdo seja razoável, estando de acordo com o gênero e a expectativa de atenção do público;
  1. ângulos e pontos de vista: também é papel do editor de vídeo tomar decisões sobre quais ângulos e pontos de vista serão usados ​​nas cenas, 
  1. Pós-produção: nesta etapa, o editor pode incorporar gerador de caracteres, animações, transições, efeitos visuais e sonoros para obter uma determinada aparência ou ênfase. 

Por ser um profissional que possui um ótimo senso estético, o ideal é que o editor de vídeo freelancer participe da captura das imagens. Assim, ele pode garantir a qualidade do material que irá editar e gerenciar, supervisionando todos os aspectos técnicos de gravação e edição. 

Dicas para trabalhar com edição de vídeo

Para trabalhar com edição de vídeo freelancer, não é preciso ter anos de experiência, mas é necessário ter o mínimo de conhecimento sobre a área. Além disso, é recomendado que você seja criativo, saiba gerenciar o tempo e usar os editores de vídeos, como DaVinci, Final Cut, Adobe Premiere, Lightworks e Adobe After Effects. 

Se você tiver fluência em masterização de áudio e compreensão de gráficos animados, será um diferencial. Outro ponto importante sobre como começar a trabalhar com edição de vídeo é saber que a rotina de trabalho vai muito além de montar conteúdos em softwares de edição. 

A profissão de editor de vídeo exige versatilidade. Por isso, para destacar-se e conseguir uma boa carteira de clientes, será necessário investir em cursos relacionados. Produção de vídeo, tradução, cenografia, locução, ilustração e lettering são alguns exemplos de cursos que podem complementar o seu currículo. 

Além disso, você amplia as oportunidades de projetos, pois vai conseguir atender a todas as necessidades dos seus clientes. Para ser um editor de vídeo freelancer de sucesso, você nunca poderá deixar de estudar e atualizar-se no mercado. 

Como tornar-se um editor de vídeo freelancer de sucesso?

Antes de entender quanto ganha um editor de vídeo freelancer, é preciso saber como tornar-se um. Por isso, separamos algumas dicas cruciais que vão definir o seu sucesso na carreira a longo prazo. Se você quer ter destaque na área e ganhar a vida fazendo o que ama, fique atento. 

Tenha comprometimento com seu trabalho

Quem pensa que ser editor de vídeo freelancer significa trabalhar a hora que quiser e no projeto que escolher está muito enganado. Para isso, primeiro é preciso trabalhar duro por algum tempo.

Se você não tem experiência como profissional autônomo, comece criando uma rotina de trabalho. Assim como em uma empresa, você precisa cumprir carga horária e metas semanais ou mensais se quiser crescer profissionalmente. 

Continue sempre estudando

Já falamos disso anteriormente, mas é preciso sempre reforçar. O mercado freelancer é competitivo, e o marketing é uma área de transformações rápidas. Essa carreira exige constante atualização de conhecimento. 

Para não ser passado para trás, você precisará ficar ligado em novos programas, eventos, tendências, estilos e tudo o que for relacionado à área para oferecer o que há de melhor aos seus clientes. 

Faça networking

Seja por meio do LinkedIn ou das relações com seus atuais clientes, colegas de classe e de trabalho, sempre procure manter um bom relacionamento com as pessoas. Até mesmo amigos que não trabalham na área podem saber de uma oportunidade e te recomendar. O importante é que seu trabalho esteja fresco na memória deles.

Como criar meu portfólio de editor de vídeo freelancer

Um site para portfólio é essencial para profissionais que vendem conteúdos audiovisuais, pois essa é uma forma eficiente de mostrar suas habilidades e os trabalhos que já fez. Não se preocupe, já que criar seu portfólio pode ser uma tarefa mais simples que você imagina. 

O primeiro passo é escolher o domínio, ou seja, o endereço pelo qual quer ser encontrado. Em seguida, você precisará criar um website com um servidor dedicado que oferece armazenamento e velocidade adequada para conteúdos em vídeos, que costumam ser mais pesados. 

A velocidade de navegação e reprodução vai influenciar diretamente a experiência de interação do usuário com seu conteúdo. O portfólio será sua vitrine, por isso é muito importante que você se atente a isso. 

Confira nosso outro artigo e entenda mais sobre o que seu portfólio precisa ter para atrair mais clientes mostrando seu trabalho!

E não se esqueça de assinar a nossa newsletter para ficar sempre por dentro dos temas que envolvem o mundo da tecnologia!