seu plano de hospedagem - HostGator Brasil

Seu plano de hospedagem atende as demandas do seu site?

quinta-feira, 5 de setembro de 2013 | Comentários

Escrito por

Atualizado em 10/02/2017 – Por: HostGator Brasil

Ao realizar a contratação de um plano de hospedagem para um site, blog ou loja virtual que vai iniciar do zero e não possui expectativas de gerar milhares de acessos simultâneos, a opção mais indicada é investir em um servidor compartilhado, um recurso que, apesar do diferencial do custo reduzido, é perfeitamente suficiente para atender as necessidades de um projeto web de pequeno até médio porte.
Porém, com o crescimento no número de acessos ao seu site, e-commerce ou blog (um bom motivo para comemorar, diga-se de passagem!), aumentam também as demandas, principalmente em relação ao tipo de servidor de hospedagem que você utiliza.

Como dito anteriormente, um site pequeno se encaixa bem em um plano básico de hospedagem compartilhada. Mas, à medida que o número de acessos diários aumenta, ou surge a necessidade de implementar recursos e aplicações mais avançadas, é inevitável considerar a contratação ou migração para um plano de hospedagem mais robusto e que acompanhe as exigências feitas pelo seu site. Neste cenário, podemos considerar como opções a hospedagem VPS ou até mesmo um servidor dedicado.
Porém, existem alguns critérios a serem analisados antes de fazer um upgrade no seu plano de hospedagem. Saiba quais são eles!

1. Teste a velocidade do seu site

Pare para pensar: quantas vezes você já desistiu de navegar em um site que demorava muito para carregar? Garantir um bom desempenho em velocidade de carregamento, além de scripts e folha de estilos, é uma premissa básica para que o seu site, blog ou negócio online tenha sucesso.
Além da questão de interferir na experiência de navegação do usuário, a velocidade de carregamento de sites está sendo mais um elemento considerado pelo Google para ranqueamento nos resultados de pesquisa. Ou seja, mais um bom motivo para você se certificar de que a velocidade de carregamento do seu site está dentro dos padrões.

Não sabe como fazer isso? Existem diversas ferramentas que permitem avaliar e medir o tempo de carregamento de um site.
Page Speed Insights, do Google
Esta ferramenta gratuita do Google, que faz parte do Portal para Desenvolvedores, mede o desempenho de uma página tanto para dispositivos móveis, quanto para computadores desktop. Os critérios de avaliação são:

  • Dispositivo móvel (mobile) – velocidade
  • Dispositivo móvel (mobile) – experiência do usuário
  • Desktop – velocidade

O resultado é dado através de uma pontuação que varia de 0 até 100 pontos. Resultados iguais ou superiores a 85 indicam que a página possui um bom desempenho e que há menos itens a serem corrigidos.
A ferramenta ainda faz uma análise mais detalhada dos eventuais problemas encontrados, e respectivas recomendações de correção.

contratar-um-plano-de-hospedagem-teste de velocidade

Pingdom Website Speed Test

O Pingdom é um serviço de monitoramento pago para sites e servidores, mas que oferece testes gratuitos de velocidade e performance. Nesta ferramenta, além da nota de classificação, você também poderá visualizar em destaque o número de requisições feitas pela página, o tempo total de carregamento e o tamanho total dos arquivos presentes na página.
teste antes de contratar plano de hospedagem

Após este resumo, você encontra um gráfico contendo todas as requisições feitas e o tempo de carregamento individual. Ao colocar o mouse sobre uma das barras de tempo, são exibidas informações sobre o tempo de duração de cada item no processo, da requisição à resposta, conforme ilustrado na imagem abaixo.
pingdom-speed-test-plano-de-hospedagem
Existem, ainda, outras ferramentas similares e gratuitas disponíveis para esse tipo de teste. Saiba mais acessando nosso post “5 ferramentas gratuitas para testar a velocidade de carregamento do seu site”.

2. O tamanho do seu site é documento

Espaço em disco e tráfego mensal de dados são dois parâmetros muito importantes para avaliar se o seu plano de hospedagem é o ideal para seu site.
O espaço em disco é a capacidade total de armazenamento de todo o conteúdo de um site em um servidor. Esse espaço é basicamente preenchido por todas as informações que são disponibilizadas em um site, como páginas, imagens, músicas, vídeos, arquivos para download, banco de dados e contas de e-mail.

Como calcular o espaço em disco necessário para o meu site?

É fácil. Em um computador, crie uma pasta que contenha todos os arquivos do site que será hospedado no servidor. Clique com o botão direito do mouse sobre a pasta e selecione a opção “Propriedades” (para usuários de Windows). Ali, você terá a informação sobre o tamanho da pasta, que é aproximadamente a quantidade de espaço que será necessário para hospedar o seu site em um servidor.

Caso o seu site já esteja hospedado em algum servidor, basta checar a informação no painel de hospedagem. Se o valor estiver muito próximo à capacidade do seu plano de hospedagem atual, pode ser a hora de considerar a migração para um plano mais robusto.

Já o tráfego mensal de dados (ou transferência mensal) pode ser definido como a quantidade de dados que são transferidos diretamente do servidor de hospedagem através do seu site. Ou seja, é o volume de dados gerado quando algum usuário visita o seu site, ou realiza downloads a partir dele. Transferências de FTP (protocolo de transferência de arquivos) também são contabilizadas no volume de tráfego mensal.

Para calcular o valor de transferência mensal utilizado pelo seu site, você deve saber quanto espaço ele ocupa no servidor de hospedagem, e quantos acessos recebe diariamente. Quanto maior o conteúdo e número de usuários, maior é a exigência em volume de tráfego mensal de dados do seu site.

Para exemplificar, vamos considerar um site feito em WordPress, com layout simples e otimizado. Considerando que ele foi recém lançado e ainda não recebe um volume muito alto de visitas, se encaixaria bem em um plano de 10 GB de transferência mensal.
A partir do momento que começa a receber até 2.000 visitantes (e continua simples e otimizado), um plano de até 50 GB pode ser suficiente. Acima de 2.000 visitas diárias nestas mesmas configurações, passa a exigir mais de 50 GB de transferência mensal.

3. Poder de processamento do servidor de hospedagem

Outro fator a ser considerado ao avaliar o desempenho de um site é a capacidade de processamento do servidor de hospedagem. Quando o tráfego de um site se torna muito intenso, o poder de processamento pode cair se o plano de hospedagem contratado não for adequado às necessidades reais do site.

Isso ocorre em casos de hospedagem compartilhada, onde os recursos de processamento e memória RAM do servidor são divididos entre diversos sites. Quando os acessos a um site aumentam além do esperado, o desempenho do mesmo tende a cair, causando lentidão no carregamento.
O ideal é checar de perto se há alteração no poder de processamento do servidor de hospedagem quando houver picos de acessos no seu site. Caso haja uma crescente regular no número de visitantes, pode haver a necessidade de migrar para um plano mais robusto, como um servidor dedicado.

Gostou das dicas e conseguiu avaliar como está o desempenho de seu site ou blog? Se as dúvidas permanecem, entre em contato com a empresa que hospeda o seu site e busque informações. Afinal, o desempenho do seu site é coisa séria!

Tags:
Comentários
Pressione Enter para pesquisar ou ESC para fechar