Como entender a taxa de conversão no e-commerce

Como entender a taxa de conversão no e-commerce

terça-feira, 12 de novembro de 2019 | Comentários

Escrito por

Muitos lojistas e empreendedores do comércio dizem que o e-commerce é um caminho sem volta. A partir do momento que uma pessoa perde o medo de comprar online e descobre as facilidades e a segurança, é quase certeza que novas compras virão pela frente.

Isso se comprova com números bastante expressivos:

  1. Faturamento de 53,28 bilhões de reais em 2018;
  2. Crescimento de 12% no ano passado;
  3. Previsão de crescimento de 169% neste ano;
  4. 930 mil lojas virtuais operando no Brasil.

O que (quase) todo lojista já compreendeu é o tamanho do potencial de faturamento do comércio eletrônico. Mas o atual desafio é vender melhor e ampliar a taxa de conversão.

Muitos ainda patinam no momento de analisar seus resultados, contudo existem diversas formas de analisar o desempenho. Uma das mais importantes é a que mensura a taxa de conversão do e-commerce.

Quer compreender mais sobre a taxa de conversão e como fazer uma análise precisa dessa métrica? Acompanhe abaixo o conteúdo que preparamos para lhe auxiliar nesta missão!

O que é taxa de conversão de um e-commerce?

Ela é utilizada para mensurar a capacidade de uma loja virtual efetuar vendas para seus visitantes.

Vale lembrar que, apesar de sua relação íntima com o comércio eletrônico, a taxa de conversão não é exclusiva das vendas. Ela também pode ser utilizada pelas equipes de marketing para analisar o desempenho de campanhas, por exemplo.

Como fazer o cálculo?

A conta é bem simples, vamos ilustrar com um exemplo:
Como entender a taxa de conversão no e-commerce
O cálculo da taxa de conversão permite a compreensão sobre a performance da loja virtual e sua capacidade de transformar interesse em vendas consolidadas.

De acordo com uma pesquisa da Experian Hitwise, a taxa de conversão do e-commerce brasileiro é muito baixa, cerca de 1,65%. Portanto, não se assuste ao se deparar com números baixos.

O principal desafio das lojas virtuais é ampliar sua taxa de conversão e se tornar capaz de vender cada vez mais e melhor. Reduzir o abandono de carrinho e engajar os visitantes em compras não é uma tarefa fácil. É preciso estratégia, tanto de divulgação quanto de vendas, para que as taxas de conversão atinjam patamares mais altos.

É possível otimizar a taxa de conversão do meu e-commerce?

Sim, existem formas de ampliar a conversão com base em algumas ações estratégicas e alterações na forma de agir, pensar e vender.

É possível aumentar os resultados do seu negócio utilizando técnicas de CRO, sigla para Conversion Rate Optimization (Otimização da Taxa de Conversão). Trata-se de um conjunto de ações organizadas e estruturadas para melhorar a performance de uma loja virtual, conseguindo extrair mais vendas da audiência.

Esse tipo de “consultoria” tem como finalidade analisar:

  • Processos estruturados pela empresa;
  • Conteúdos ofertados ao público;
  • Caminhos percorridos pelo interessado até fechar uma compra.

Tudo isso impacta na conversão e deve ser analisado com cuidado para desvendar as melhores formas de potencializar os resultados, chacoalhar a estrutura e render melhores resultados.

Otimizar a taxa de conversão é interessante para trazer benefícios, como:

  1. Aumento da autoridade e reconhecimento da marca;
  2. Aumento de vendas e faturamento;
  3. Ampliação do valor do ticket médio.

7 práticas para auxiliar na ampliação da taxa de conversão de um e-commerce

O CRO tem foco na criação das landing pages, uso de CTAs e realização de testes A/B. Aqui iremos abordar esses 3 tópicos e ir além, apresentando mais algumas dicas importantes para otimizar a taxa de conversão de qualquer empresa. Confira!

1. Conheça seu público

O segredo de todo bom vendedor é saber para quem ele deve oferecer seu produto. Sabe aquela história de vender areia no deserto?

Você deve evitar a todo custo um erro no direcionamento de público. Isso só vai ampliar a rejeição à sua marca e detonar com suas prospecções de resultados.

Saiba para quem você está vendendo, conheça quem são seus consumidores e inicie um projeto de marketing e vendas voltados para eles e suas necessidades.

2. Fale a língua do seu público

Se você pretende ampliar a taxa de conversão de um e-commerce e já definiu seu público, agora é hora de falar com ele.

Neste momento, não se esqueça de adequar seu e-commerce ao seu público alvo para potencializar as chances de sucesso. O site como um todo precisa se comunicar de forma correta, fazendo com que o os clientes fiquem à vontade e se sintam compreendidos.

Não pense que somente a parte textual é importante, com chamadas, títulos, call to actions e promoções. A parte gráfica também precisa de atenção, como fotografias, ilustrações, vídeos e layout.

Também fique de olho na forma como seus clientes costumam se comunicar. Lembre-se que a jornada de conhecimento do produto e da empresa é muito importante para conquistar e fidelizar novos consumidores. Isso influencia os canais você deve estar presente, como redes sociais e/ou email marketing.

3. Aposte em uma comunicação multicanal

É possível entrar em contato e apresentar seus produtos ou serviços de diversas formas. As melhores estratégias de marketing e vendas para e-commerce envolvem diferentes canais de comunicação, como:

  • E-mails;
  • Posts em redes sociais;
  • Posts em blog;
  • Landing pages;
  • Vídeos.

Quanto mais pluralizada for a sua forma de se comunicar, menos cansativa e mais convergente ela se torna.

Porém, lembre-se da dica anterior e fique atento nas preferências dos seus consumidores para não gastar dinheiro com comunicações e canais pouco efetivos.

4. Invista em publicidade digital

Publicidade digital funciona muito bem para aumentar as vendas pela internet e a taxa de conversões.

Os resultados colhidos com anúncios em rede de display e rede de pesquisa do Google são muito atrativos, assim como os obtidos por empresas que anunciam no Instagram, Facebook e em outras plataformas (como Outbrain, Taboola e Twitter).

Com um bom texto e um call-to-action atrativo, a taxa de conversão da sua loja virtual pode aumentar de maneira significativa.

5. Mantenha o site atualizado

Renovar o conteúdo e manter seu site atualizado com frequência irá atrair mais a atenção das pessoas. Conteúdo novo gera assunto, maior fluxo e consequentemente mais vendas. Portanto, mantenha essa engrenagem girando sempre que possível.

E não se esqueça que algumas mudanças estéticas e funcionais são sempre bem-vindas. Porém, não se esqueça que o foco deve ser uma experiência de consumo agradável e simples. Isso sim é mais fundamental que estética para ampliar a taxa de conversão de um e-commerce.

6. Invista em segurança

Uma das coisas que mais atrapalham as conversões de uma loja virtual é a falta de segurança. Sites que não transmitem confiabilidade aos clientes vão perder muitas vendas devido à insegurança do consumidor.

Adquira os certificados digitais de segurança, o conhecido SSL, e faça uma varredura no mercado para encontrar as melhores ferramentas que podem ser aplicadas no site. Cada plataforma de desenvolvimento possui diferentes recursos de proteção.

Porém, uma coisa é fato: existem muitas opções de ferramentas, anti-vírus e malware scans à disposição dos desenvolvedores de e-commerce.

Essas são algumas formas de ampliar a taxa de conversão do seu e-commerce e mantê-la em um patamar positivo. Não se desanime com os baixos números, lembre-se que a taxa nacional é baixa. Contudo, não deixe de fazer os esforços, mudanças e investimentos necessários para garantir melhores resultados.

Um e-commerce é uma atividade empírica, e que pode dar melhores resultados com algumas mexidas na sua estrutura e forma de divulgação. Portanto, hora de colocar as mãos na massa para potencializar as suas conversões!

Tags:,
Comentários
Pressione Enter para pesquisar ou ESC para fechar