Quer saber como montar um plano de negócios? Neste artigo, você encontra um passo a passo para criar o seu. Confira os detalhes!

Ouça o conteúdo deste post clicando no player abaixo!

Se você quer descobrir o que é um plano de negócios e como ele pode ajudar sua empresa a crescer com consistência e previsibilidade, você está no lugar certo! 

Afinal, quem disse que para ser um empreendedor o principal ingrediente é ter dinheiro estava bastante errado. Esse é um mito do empreendedorismo, visto que não adianta ter dinheiro se você não souber administrar e, pensando na criação de um negócio, planejar. 

Aliás, com um bom plano de negócios, a tarefa de buscar recursos financeiros pode se tornar muito mais fácil. Sendo assim, neste artigo, vamos mostrar como você pode elaborar seu plano de negócios e a importância desse documento para o sucesso do seu empreendimento.  

Tópicos abordados neste artigo

 O que é um plano de negócios?

 Qual é a importância de um plano de negócios?

  • Crie um rascunho do seu plano de negócios
  • Deixe espaço para o sumário executivo
  • Pesquise o mercado e a concorrência
  • Defina o conceito e os atributos da marca
  • Faça uma análise financeira

O que é um plano de negócios? 

O plano de negócios é um documento que reúne diversas informações sobre seu empreendimento. Tais como nome, definição de produto ou serviço, forma jurídica, objetivos, diferenciais, indicadores financeiros e também projeções de cenários positivos e negativos. 

Basicamente, ele é a resposta viva para a pergunta: “o que é a sua empresa?”.

Com ele, você diminui riscos e incertezas ao identificar falhas e dificuldades no planejamento, e não quando a empresa já estiver em operação. Inclusive, essa é uma das vantagens de se fazer um plano de negócios. 

Em resumo, um bom plano de negócios é descritivo e permite que você identifique pontos fortes e fracos da sua ideia para que ela seja melhorada e transformada em oportunidade. 

Qual é a importância de um plano de negócios?

Uma pesquisa feita pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae)  mapeou as principais causas para a morte de empresas com até cinco anos de criação. Nela, foi identificado que 55% dos empreendedores não tinham feito o plano de negócios. 

Obviamente, esse não foi o único fator para o fracasso do negócio, mas uma das conclusões do estudo é que as chances de sucesso tendem a aumentar quanto maior é o tempo de planejamento investido para que o empreendedor conheça o mercado que pretende atuar. 

Há muitos benefícios em criar um plano de negócios. Alguns deles são: 

  • Você saberá quais investimentos devem ser priorizados e onde você deve cortar custos. 
  • Se for necessário fazer um financiamento, o plano de negócios está na lista dos documentos necessários exigidos pelos bancos, e você terá esse documento pronto. 
  • Todas as informações necessárias ao seu negócio estarão organizadas e fáceis de consultar. 
  • Ele também ajuda você a se comunicar melhor com sócios, clientes e funcionários.

Como fazer um plano de negócios?

Antes de colocar a mão na massa, saiba que o objetivo de um plano de negócios é concentrar esforços para a construção de seu negócio. Por isso, seja breve! Os planos de negócios devem ser curtos e concisos. Em primeiro lugar, porque você deseja que ele seja lido, e ninguém vai ler um plano de negócios de 100 páginas.

Em segundo lugar, o plano de negócios deve ser uma ferramenta utilizada frequentemente para administrar e expandir sua empresa. Portanto, é algo que está em constante aprimoramento. De modo geral, todo plano de negócios precisa cobrir alguns tópicos essenciais. Confira abaixo os cinco passos necessários de como fazer um plano de negócios!

Crie um rascunho do seu plano de negócios

O primeiro passo é fazer um rascunho do seu plano de negócios. Ele vai te dar mais entendimento das áreas que precisam ser trabalhadas no seu plano, como: 

  • Sumário executivo;
  • Análise de mercado;
  • Atributos de conceito e marca,
  • Análise financeira.

Deixe espaço para o sumário executivo

O sumário executivo é uma versão resumida de todo o plano e, apesar de ser o último item que você vai escrever, ele deve ser o primeiro capítulo do seu plano de negócios. 

Ele é importante pois fornece uma visão geral do empreendimento. Se você deseja atrair investidores ou fazer um financiamento, o sumário dá “logo de cara” as principais informações. 

Portanto, o sumário executivo deve descrever:

  • O conceito e o estilo do seu negócio;
  • O que ele vai oferecer aos seus clientes de diferente;
  • Qual a essência da sua marca,
  • Quais seus planos de marketing.

Ofereça uma visão geral do mercado no momento atual e como seu negócio vai se posicionar em relação às tendências futuras. Forneça também uma ideia dos investimentos necessários no projeto e algumas projeções de longo prazo.

Pesquise o mercado e a concorrência

O objetivo aqui é provar que seu conceito é diferenciado no segmento que você escolheu e que sua ideia é promissora. Lembre-se de que não basta ser inovador e criativo, seu projeto precisa ser viável e encontrar respaldo para concretização. 

Por exemplo, vamos imaginar que você deseja criar um negócio on-line. A pesquisa de mercado e concorrência vai permitir que você descubra se o seu produto desperta interesse no público ou se já não existe uma empresa muito parecida com a sua e com uma presença de mercado consolidada. Só esse aspecto já denota que será preciso investir mais, tanto nos diferenciais do produto ou serviço quanto na divulgação. 

Durante sua pesquisa de mercado para montar o plano, tenha certeza de que surgirão ótimas ideias para você acrescentar ao seu modelo de negócio. Faça essa etapa com toda a atenção e anote as novas inspirações que vierem à mente.  

Defina o conceito e os atributos de marca

Este é o momento para você descrever melhor como será o conceito do seu negócio, o que o diferencia da concorrência, como vai ser sua esteira de produtos ou serviços, a decoração e o design geral do projeto. 

Pense que sua marca precisa se destacar da concorrência e ter uma identidade própria que a ajude a transmitir a alma do seu negócio. Tudo isso é definido quando você faz uma boa arquitetura de marca. Para isso, comece definindo seu posicionamento, o que você vai fazer de diferente em seu mercado

Essas definições vão ajudar em muitas decisões que você vai precisar tomar em relação ao marketing, design de interiores e outros aspectos da empresa.

Também é indicado que você já pense em qual vai ser o nome do seu negócio. Quando decidir, verifique e garanta o domínio para seu site.

Você pode fazer o registro do seu domínio aqui, no site da Hostgator. Trata-se de uma etapa muito simples e requer um investimento mínimo. 

Faça uma análise financeira

Esta, com certeza, é uma das etapas mais importantes para quem quer criar um plano de negócios. Se o conceito não for possível financeiramente, todas as outras áreas não poderão existir.

Infelizmente, é nessa etapa que muitos negócios falham por falta de previsão de gastos e/ou de capital. Fazer uma estimativa eficiente de custos contribui para que você não corra o risco de sofrer com esse problema.

Se não tiver experiência suficiente nessa área, contrate alguém capacitado para tal. Assim, sua análise financeira deve ter:

  • Análise de equilíbrio do fluxo de caixa;
  • Projeções de caixa durante a abertura;
  • Orçamento de capital,
  • Projeções operacionais de cinco anos.

A conclusão dessa análise ajudará você a explorar todos os aspectos financeiros do seu projeto de negócio. Se você deseja apresentar o plano a um potencial investidor ou credor, esses números serão a parte a qual ele mais prestará atenção. 

Você viu como dividir o plano de negócios em um esboço e seções definidas facilita o trabalho e deixa uma tarefa aparentemente complicada muito mais simples?

Criar um plano de negócios evita que você cometa muitos erros e perca dinheiro, além de ajudar a conseguir financiamentos e aumentar suas chances de sucesso.

Depois de aprender como criar um plano de negócios, a próxima etapa é aprender a criar um site para atrair mais clientes. Inscreva-se gratuitamente no curso gratuito Meu Primeiro Site WordPress no Ar e inicie seu projeto!