Uma boa reunião de brainstorming pode ser a porta de entrada para a evolução de um novo projeto. Aprenda como organizá-la de maneira eficiente!

Ouça o conteúdo deste post clicando no player abaixo!

(Atualizado em 15 de setembro 2021)

O brainstorming é uma das atividades mais difundidas pelas agências de marketing de todo o mundo. Essa ferramenta de trabalho que surgiu na década de 1970, criada por Alex Osborn, tem ganhado o mundo corporativo e vem transformando negócios. 

Portanto, se você está precisando de soluções criativas para a sua empresa, o brainstorming é o instrumento ideal para a revolução acontecer em sua gestão. 

Neste artigo, vamos te explicar o que é o brainstorming de ideias, como fazer, em quais situações você deve aplicar a técnica e suas principais etapas. Vamos lá?

O que é brainstorming?

Ele é muito mais que uma técnica ou uma palavra estrangeira para definir uma atividade que já praticamos aqui no país há algum tempo. O brainstorm, que na tradução livre significa “tempestade de ideias”, é uma ferramenta que tem o objetivo de explorar a capacidade criativa, seja de um indivíduo ou de um grupo. 

A técnica nada mais é do que uma “chuva de ideias” ou, em outras palavras, um debate de ideias sobre um determinado problema, como a finalidade de encontrar diversas soluções para ele. As sessões de brainstorming são normalmente feitas com até 12 pessoas, sendo elas membros, secretário e líder. 

O brainstorming de ideias precisa ter o envolvimento de colaboradores de diversas áreas ou mesmas expertises, mas que tenham relação com o problema central.

Isso deve acontecer para que uma grande quantidade de soluções sejam apresentadas e possam ser implementadas com o apoio de todos os envolvidos na sessão. 

Qual é a importância de uma sessão de brainstorming?

A contribuição que o brainstorming traz para as empresas e seus colaboradores é muito rica. Ele incentiva que todos “pensem fora da caixa” para trazer soluções de problemas cotidianos ou mesmo para lançar novos produtos, e assim automaticamente cria um ambiente de inovação para o seu negócio. 

Além disso, ao longo do tempo as sessões trazem diversos benefícios para o clima organizacional. Isso porque todos os envolvidos passam a entender que suas ideias são valorizadas e por consequência terão maior reconhecimento de seus colegas e gestores. 

Por fim, você terá uma equipe muito mais engajada em implantar as soluções, analisar resultados e seguir com as melhorias na empresa.

Com isso, além de ter mais satisfação dos colaboradores, terá clientes mais felizes e fidelizados. 

Em quais situações você deve fazer brainstorming?

Para fazer um brainstorming, exemplos de situações não faltam para que se aplique a ferramenta em sua equipe ou empresa. Confira em que momentos ele pode te ajudar:

  • Para melhorar o atendimento ao cliente;
  • Otimizar o processo de entrega de produtos do e-commerce;
  • Aperfeiçoar novas aplicações de plataformas online;
  • Ajudar a resolver gaps de produção;
  • Gerar ideias para o lançamento de novos produtos;
  • Reduzir erros no controle de estoque;
  • Criar estratégias para melhorar o engajamento da equipe;
  • E muito mais. 

Como viu, são diversas as situações em que o brainstorming se aplica, portanto, se você gostou da ferramenta e sente que sua equipe está preparada para essa dinâmica, faça um diagnóstico dos principais problemas da sua empresa e crie uma sessão de brainstorming. 

Quais são as etapas de um brainstorming?

Agora que você já conhece o significado de brainstorming, como fazer com que o processo funcione corretamente pode ser sua grande dúvida. Mas, calma! Estamos aqui para ajudá-lo.

1. Informe sua equipe com antecedência

Não pegue seu time de surpresa. Envie um e-mail ou reúna rapidamente todos os colaboradores que desejar para a ação em uma chamada no Teams ou mesmo pessoalmente, para alinhar todos os pontos da sessão. 

É importante para o bom funcionamento do brainstorming deixar bem claro como a atividade funciona, por exemplo, o que se espera com ela, conceitos e demais informações que sirvam de norte para os colaboradores.

Assim, você consegue garantir que a criatividade de todos seja alimentada e ganhe agilidade em todas as etapas do processo.

2. Apresente o problema 

Depois de repassar todas as informações prévias, crie um ambiente adequado para que a tempestade de ideias aconteça. Com isso bem definido, apresente para a equipe o problema de forma detalhada, seguindo as boas práticas de design thinking. Afinal, as ideias não vêm do nada! 

É importante que ao longo da reunião de brainstorming se mantenha o foco em criar soluções para o problema principal, e assim chegar na solução desejada. 

3. Modere a reunião 

Como líder, você pode moderar a reunião ou contar com a ajuda de um colaborador mais experiente para isso. Dessa forma, você fica apenas com a atividade de manter os demais focados e tirar dúvidas estratégicas sobre o assunto principal. 

A moderação é importante, para que as falas não se prolonguem e que as pessoas não desvirtuem o assunto da sessão de brainstorming conceito e demais tarefas relevantes da reunião.

Por fim, tenha a certeza de que todos puderam explanar as suas ideias, fortalecendo o protagonismo de cada um. 

4. Registre tudo

Assim como na moderação, você também pode contar com um secretário, para tomar nota de tudo que aconteceu na reunião, para que possa filtrar todas as ideias e avaliar as suas implicações. 

Esse registro vai ajudá-lo a definir os próximos passos, e assim, em um futuro será possível resgatar ideias que podem ser aplicadas no momento que a empresa está vivendo. 

A contribuição que o brainstorming traz para as empresas e seus colaboradores é muito rica. Ao incentivar que todos “pensem fora da caixa” para trazer soluções de problemas cotidianos ou mesmo para lançar novos produtos, você automaticamente cria um ambiente de inovação para o seu negócio. 

Técnicas de brainstorming 

Separamos para você as principais técnicas de brainstorming como fazer e como transformar ideias em soluções criativas para o seu negócio

Post-it

Essa é uma das técnicas mais comuns de brainstorming. Isso porque, os papéis autocolantes permitem uma melhor visualização das ideias, assim como a sua separação e priorização em uma parede ou quadro.  

Para fazer a tempestade de ideias com post-its, entregue um bloquinho com caneta para cada integrante da sessão e peça para que coloquem suas soluções no papel.

Essa ação vai permitir que você tenha uma visão ampla de como a equipe pensa sobre determinado assunto, portanto, você vai entender se estão em sintonia. 

Ao longo da sessão, é necessário ir eliminando os post-its, até que decidam em conjunto as ideias que têm potencial de ser implantadas e o mais importante, medidas. 

Brainstorming oposto

Nessa técnica, o conceito é trabalhar a ideia ao contrário. Ou seja, pensar em como determinado processo pode ser retardado. Assim você e sua equipe verão o que não se deve fazer.

Ao analisar os pontos negativos, é possível ter uma visão maior sobre o problema e como ele pode ser solucionado de maneira eficaz. Dessa forma. grandes resultados são obtidos para sua empresa.

Se coloque no lugar de quem você admira

Provavelmente, você e o seu time são inspirados por grandes personalidades da história e do mundo dos negócios, certo?

Quando estiverem pensando em solucionar um problema, instigue todos a pensar em como seus ídolos poderiam resolver essa situação. Depois disso, deixe que todos falem o que vem à mente, promovendo a chuva de ideias.

Após concluir essa etapa, comecem a peneirar e analisem o que pode ser melhor aproveitado para os objetivos da empresa, assim chegaram a uma solução de forma mais objetiva. 

Ferramentas de brainstorming

Atualmente existem diversas soluções que servem de apoio para o brainstorming. Portanto, vem conferir algumas disponíveis que você pode utilizar:

MindMeister

Funciona como uma ferramenta de mapa mental online. Você pode criar perguntas relacionadas ao problema que quer resolver e pedir para os participantes responderem com uma ou duas palavras que resumem a situação.

É importante destacar que o sistema é gratuito e atualizado em tempo real durante a atividade, assim é possível realizar a atividade no mesmo instante.

Miro

A funcionalidade também tem sua versão gratuita e ajuda muito no processo da chuva de ideias. Além disso, ela é online e colaborativa, possui várias ferramentas que ajudam a organizar as ideias, além de imagens e documentos usados na sessão. 

Lucidchart

Com a ferramenta é possível criar, organizar e compartilhar mapas mentais. Ela ajuda na otimização da colaboração, já que é online e permite atualizações em tempo real.

Além disso, também existem modelos de mapas mentais prontos, o que facilita bastante a sessão de brainstorming. 

E depois da sessão de brainstorming?

É hora de agir! Comece a organizar o time para iniciarem protótipos ou analisar as melhores ideias para serem implantadas. 

Não esqueça que, para isso, é importante ter um bom planejamento e assim manter a sua equipe alinhada sobre todos os tópicos e assuntos que envolvam as decisões tomadas nas sessões de brainstorming. 

Esperamos ter ajudado você a entender o que é brainstorming e como fazer com que a atividade seja um sucesso em sua empresa.

Se você gostou do conteúdo, aproveite para conhecer mais artigos do Blog da HostGator sobre inovação, tecnologia e negócios!