Que assuntos você quer receber:

A confirmação da sua inscrição foi enviada para o seu e-mail

Agradecemos sua inscrição e esperamos que você aproveite nossos conteúdos!

Já precisou utilizar um terminal de comandos Linux e sentiu dificuldades? Confira nesse artigo como utilizar os comandos básicos!

Na HostGator, temos diversos planos de hospedagem para que nossos clientes hospedem seus sites conosco. Desses planos, a vasta maioria utiliza servidores com um sistema Linux chamado CentOS 7, e por esse motivo criamos esse artigo com diversas dicas e informações a respeito do Linux (com alguns comandos básicos de Linux também) e que certamente vai auxiliar os mais leigos nesse assunto. Vamos lá?

Acessando o terminal do Linux

Para poder praticar os comandos básico de Linux, é necessário a utilização de uma inferface de terminal. Cada sistema Linux tem uma maneira de se acessar o terminal, se você possui um plano compartilhado na HostGator, confira esse guia que ensina como acessar o terminal do seu servidor.

Mas se você possui um plano VPS ou Servidor Dedicado Linux, você pode acessar o terminal do seu servidor buscando por Terminal no WHM do seu servidor.

Terminal pelo WHM

Permissões no sistema Linux

No Linux, diferentes usuários possuem diferentes níveis de permissão no servidor, ou seja, existem locais e arquivos que somente determinado usuário pode acessar, executar ou editar. Para facilitar o entendimento, vamos resumir os usuários em dois tipos o root e o usuário comum.

  • O root é o usuário com acesso máximo no servidor, acessando um terminal de um servidor como root você tem permissão para fazer que quiser, acessar qualquer arquivo, executar qualquer comando, excluir qualquer arquivo, etc. Se você possui um servidor VPS ou Dedicado você tem acesso root a este servidor para realizar suas ações.
  • Já o usuário comum tem acessos limitados, geralmente não consegue ir em todos os diretórios, tem restrição para leitura de certos arquivos e não conseguem rodar todos os comandos disponíveis. Em plano compartilhados (Plano P, M, Turbo, Plus e Revendas) o dono do plano tem apenas o acesso de um usuário comum.

Ao acessar o terminal do seu servidor, o nome do seu usuário estará na linha de comando logo antes do carácter @, como no exemplo abaixo

usuário de um terminal

Diretórios no Linux

Quando você está numa sessão no Terminal do seu servidor, você pode localizar seu diretório na linha de comando entre os colchetes [ ] como no exemplo abaixo:

diretório atual de um usuário num terminal

Neste exemplo, o usuário root se encontra no diretório home do usuário, ou seja, nesse caso o diretório é o /root sendo representado pelo ~.

Também vale frisar o diretório / que é o diretório raiz do Linux, que a partir dele surgem todos os outros diretórios do sistema, essa questão vai ser mais aprofundada mais a frente no artigo.

Comandos básicos de Linux

Um conceito importante de se esclarecer antes de começar a ver os comandos básicos de Linux é o input e o output. Quando é inserido algo na linha de comando e depois se pressiona o enter, tudo que foi inserido na linha de comando se chama input, e tudo que o terminal devolver como resposta do input é chamado output.

Utilize o comando clear para limpar a tela do seu terminal, vai ajudar na visualização dos seus comandos.

1. echo

Descrição: O comando echo mostra um texto como output, onde o texto foi escrito no input.

Sintaxe: echo [opções] [argumentos]

Utilização: Esse comando sozinho parece bem simples, mas pode ser combinado com outros para fazer um sistema de logs por exemplo.

comando echo

Se você quiser escrever uma frase e dar vários espaços entre as palavras preservando os espaços no output, insira aspas dessa maneira:

comando echo com aspas

Variações comuns:

  • echo INPUT >> NOME-DO-ARQUIVO: usando esse formato, ao invés do comando echo gerar um OUTPUT na tela para você, ele cria um arquivo e insere na última linha o input inserido. (se utilizar apenas um > invés de dois, o arquivo será completamente substituído, invés de inserir na última linha.)
comando echo com >>

2. cat

Descrição: Com o comando cat você informa o nome de um arquivo e ele traz no output o conteúdo de dentro do arquivo em questão.

Sintaxe: cat NOME-DO-ARQUIVO

Utilização: No exemplo abaixo você vê o comando cat sendo utilizado para conferir o conteúdo do arquivo fruta:

comando cat

Variações comuns:

  • cat NOME-DO-ARQUIVO NOME-DO-ARQUIVO2 NOME-DO-ARQUIVO3.. : inserindo mais de um arquivo no input do comando cat, você terá como output os conteúdos desse arquivo na ordem que você inseriu eles
comando cat com multiplos arquivos
  • cat /DIRETÓRIO1/DIRETÓRIO2/…/DIRETÓRIO/ARQUIVO : você pode rodar o comando cat, para visualizar conteúdos de arquivos que não estejam no mesmo diretório que você está. Ao utilizar o caractér /, o comando irá procurar o arquivo a partir do diretório raiz, (se não utilizar a barra no início do input do comando, o cat irá buscar o arquivo a partir do diretório que você está situado
comando cat com arquivos de outros diretórios

3. ls

Descrição: O comando ls lista em colunas todos os arquivos e diretórios que estão no seu diretório atual.

Sintaxe: ls

Utilização: rodando o comando ls você identifica

comando ls

Variações comuns:

  • ls -l: Com a flag -l, o output do comando sairá em formato de lista invés de colunas, e com algumas informações extras
comando ls com a flag -l
  • ls -la: acrescentando flag -a, além de listar os conteúdos, do diretório atual, é possível visualizar arquivos ocultos também. (Você pode diferenciar diretórios de arquivos conferindo o primeiro termo na linha, se for d, representa um diretório, se for um -, representa um arquivo)
comando ls com as flags -la

4. cd

Descrição: O comando cd faz com que o usuário troque seu diretório atual para um outro.

Sintaxe: cd DIRETORIO-QUE-VOCÊ-QUER-IR

Utilização: O cd é útil para rodar comandos mais curtos sem precisar ficar informando o diretório dos arquivos que você quer executar

comando cd

Variações comuns:

  • cd .. : utilizando essa variação, o usuário volta para o diretório antecessor ao atual
comando básico de linux cd .. para retornar um diretório

5. pwd

Descrição: O comando pwd tem como output o diretório atual do usuário.

Sintaxe: pwd

Utilização: Comando informativo, para ter certo controle de localização do usuário.

comando básico de linux pwd

6. man

Descrição: O comando man mostra no output o manual de instrução de uso de um comando.

Sintaxe: man COMANDO

Utilização: esse comando é útil para conferir regras de um comando variações e flags do mesmo. (Para sair da visualização do man e voltar para a linha de comando pressione a tecla q)

comando básico de linux man

7. rm

Descrição: O comando rm faz a remoção de um arquivo.

Sintaxe: rm NOME-DO-ARQUIVO

Utilização: utilize este comando para remover certos arquivos (após executar o comando será perguntado se você confirma a remoção, tecle s caso sim ou n caso não)

comando básico de linux rm

Variações comuns:

  • rm -f NOME-DO-ARQUIVO : Com a flag -f acrescentada no comando, a remoção irá ocorrer SEM pedir autorização ao usuário.
comando básico de linux  rm com a flag -f
  • rm -r NOME-DO-DIRETORIO: usando a flag -r, você pode remover um diretório e todos os seus arquivos e subdiretórios dentro dele.
comando básico de linux rm com a flag -r

IMPORTANTE! Não utilize o rm -r para deletar arquivos padrões do servidor como os diretórios /bin, /usr, /local, /etc. E também não apague arquivos que o cPanel cria para a conta de um usuário. Estes são arquivos padrões que ao serem removidos podem implicar no mal funcionamento do servidor.

Considerações Finais

Existem diversos outros comandos básicos de Linux, tão utilizados quanto esses mencionados, e trazem ainda mais complexidade e profundidade ao terminal de um servidor, então não deixe de conferir mais a fundo dos comandos de Linux vendo alguns outros materiais que também temos. Se você sentiu alguma dificuldade de realizar os comandos ou tem alguma sugestão de algo que não foi mencionado, deixe aí nos comentários que no futuro podemos trazer novas atualizações ao artigo. Além disso, deixo como indicação esses outros materiais:

Até a próxima! :^)

Navegue por tópicos

  • Índice

  • Acessando o terminal do Linux

  • Permissões no sistema Linux

  • Diretórios no Linux

  • Comandos básicos de Linux

    • 1. echo

    • 2. cat

    • 3. ls

    • 4. cd

    • 5. pwd

    • 6. man

    • 7. rm

  • Considerações Finais

Tags:

  • Servidor Dedicado Linux
  • Servidor VPS

Julio Pires

Suporte Técnico na empresa HostGator e estudante de Física na UFSC, gosta de maratonar séries, jogar jogos antigos e estar sempre atualizado com o mundo da tecnologia.

Mais artigos do autor

Garanta sua presença online

Encontre o nome perfeito para seu site

www.

Comentários