Você sabia que o Youtube é segunda rede social mais acessada do mundo? Saiba como criar um canal, conquistar mais inscritos e divulgar sua imagem ou marca!

Quem deseja divulgar um trabalho ou mesmo iniciar uma carreira de influenciador digital precisa saber como criar um canal no YouTube e, principalmente, como começar a publicar seus vídeos.

Mas por que o YouTube? Considerada a principal plataforma de streaming de vídeos do mundo, ela alcança bilhões de pessoas diariamente. Nela, é possível encontrar vídeos dos mais diversos assuntos e categorias, desde notícias, entretenimento e documentários.

Para se ter uma ideia, ele foi o segundo site mais acessado em 2019, perdendo apenas para o Google. E mais: 80% dos brasileiros buscam no YouTube os conteúdos que não visualizam na TV.

Segundo uma projeção recente, até 2021, 82% do tráfego total na internet virá através de vídeos online. Mesmo que, nesse cenário, esteja incluído outras redes sociais, como Vimeo e TikTok, ainda assim quem vai prevalecer será o YouTube, devido a sua abrangência.

Logo, já deu para perceber que saber como criar um canal no YouTube é imprescindível para quem quer ser encontrado, visto e, porque não, compartilhado.

Nesse conteúdo, mostraremos como criar um canal no YouTube de sucesso, seja ele pessoal ou empresarial. Acompanhe! 

Infrografia_como_criar_um_canal_no_youtube

O que você vai ler neste artigo:

Como criar um canal no YouTube: passo a passo

  • Canal pessoal
  • Canal empresarial

9 dicas para conseguir mais inscritos no seu canal do YouTube

  1. Não tenha vergonha de fazer perguntas
  2. Divulgue seu conteúdo nas redes sociais
  3. Crie conteúdos de qualidade e interesse
  4. Interaja sempre com seus espectadores
  5. Otimize os recursos visuais do seu canal
  6. Preste atenção às miniaturas dos vídeos
  7. Lembre-se que o YouTube preza por SEO
  8. Categorize as suas listas de reprodução
  9. Incentive os usuários a realizar ações 

Como criar um canal no YouTube: passo a passo

Como mencionamos, é possível criar tanto um canal pessoal quanto empresarial no YouTube. Por isso, criamos um passo a passo separado para que você esteja preparado para lidar com qualquer uma das situações. 

Canal Pessoal

1. Faça login no site do YouTube de um computador ou dispositivo móvel utilizando uma conta do Google

Você será direcionado para uma tela do Google. Caso não tenha uma conta, é possível criar a partir desse mesmo passo.

criar_um_canal_no_youtube

2. Tente realizar uma ação que exija um canal, como criar uma playlist.

3. Se você ainda não tiver um canal, receberá uma mensagem para criar

criar_conta_no_youtube

4. Verifique os detalhes da conta e confirme para criar seu novo canal

5. Pronto, seu canal foi criado!

canal_no_youtube

Canal empresarial

1. Faça login no site do YouTube de um computador ou dispositivo móvel usando uma conta do Google.

2. Clique na sua lista de canais para iniciar uma pesquisa rápida.

3. Escolha entre criar um novo canal ou usar uma conta já existente:

  • Para criar um novo canal, clique em Criar um novo canal;
  • Para criar uma conta no YouTube em uma conta de marca já administrada por você, selecione a conta na lista. Caso esteja conectado a outro canal, não será possível iniciar um novo. Logo, certifique-se de não estar logado.

4. Preencha as informações para definir o nome do canal e verificar a conta

5. Para adicionar um administrador, siga as instruções do Google Support

6. Após criada, basta ajustar as informações, seus públicos e começar a importar videos!

subir-videos-no-youtube

Agora que você viu um passo a passo super simples para ter sua própria conta pessoal ou empresarial e começar a colocar seus planos em ação, vamos mostrar estratégias e dicas para ter mais inscritos no seu canal no YouTube e ganhar dinheiro.

Afinal, passado esse processo inicial, é preciso traçar estratégias e adotar ações para fazer com que ele se torne referência, recebendo cada vez mais visitas! 

9 dicas para conseguir mais inscritos no seu canal do YouTube 

1.  Não tenha vergonha de fazer perguntas

Ao término de cada vídeo, pergunte para seus espectadores o que eles acharam do conteúdo, se ele foi esclarecedor e deixe-se disponível em caso de dúvidas. 

Um erro comum é apenas solicitar que as pessoas curtam o vídeo e o canal, sem demonstrar interesse sobre se de fato o que você publicou está adequado. Logo, não tenha medo de perguntar e esteja pronto para as respostas, é claro. 

2. Divulgue seu conteúdo nas redes sociais

De nada adianta produzir vídeos incríveis no YouTube e ninguém visualizar, não é mesmo? Especialmente no início do seu canal, em que você ainda não tem muitos seguidores, é importante compartilhar cada material publicado nas demais redes sociais, como Facebook e Twitter.

Uma das vantagens é que adicionando o link, a pessoa é direcionada diretamente para o canal, não sendo necessário realizar outra ação. 

3. Crie conteúdos de qualidade e interesse

Esta dica é especialmente útil para quem aprendeu há pouco como criar um canal no YouTube: faça vídeos sobre assuntos que você gosta, domina e que seja relevante para o seu público. 

Além disso, cuide para que o material tenha uma boa resolução, não tenha imagens tremidas ou ruídos que prejudiquem no entendimento. Tudo isso é essencial para garantir que o seu conteúdo será de qualidade e de interesse de quem acessar. 

4. Interaja sempre com seus espectadores

Assim como ocorre em qualquer rede social, é importante que você interaja com os espectadores do seu vídeo. Se alguém deixar qualquer tipo de comentário, responda! Essa é uma forma de demonstrar interesse com quem está do outro lado da tela.

Vale lembrar que essa interação não apenas ajuda a movimentar o seu conteúdo e a ganhar novos fãs, curtidas e compartilhamentos. O YouTube recompensa os canais que têm esse trato social – o que pode se tornar uma boa estratégia de marketing no final das contas. 

5. Otimize os recursos visuais do seu canal

Mesmo quem não é especialista em produzir vídeos para YouTube precisa se atentar para a questão visual, pois isso ajuda a atrair mais visitantes para o canal.

Mas como fazer com que ele tenha uma boa aparência? Reveja a arte do canal, o ícone do perfil e avalie o que pode ser melhorado para aumentar seu apelo. 

6. Preste atenção às miniaturas dos vídeos

Muitas pessoas não sabem, mas as miniaturas dos vídeos têm um poder surpreendente e ilimitado. Logo, é importante se certificar de que ele tem um estilo único e que traga informações que gerem curiosidade e atraiam a atenção de quem a está visualizando. 

7. Lembre-se que o YouTube preza por SEO

O SEO não serve apenas para posicionar um site no Google. Ele também é eficiente para destacar o seu vídeo no YouTube. Para fazer isso, é importante dar uma atenção especial ao título e à descrição.

Além de coerente, o título precisa ser amigáveis para o SEO, o que inclui o uso de palavras-chave de cauda longa, que são mais específicas. Certifique-se, ainda, que a descrição está devidamente preenchida com os links e as tags apropriados.

Dica bônus: não economize nas suas tags, mas certifique-se que ela seja relevante. Usos indevidos podem prejudicar no seu posicionamento. 

8. Categorize as suas listas de reprodução

Os espectadores podem encontrar um dos seus vídeos por meio de pesquisa orgânica. Neste caso, é importante facilitar que ele continue assistindo vídeos semelhantes do seu canal. Para isso, crie uma lista de reprodução que ofereça automaticamente mais conteúdos.

Além de ampliar o tempo de visualização no seu canal, as chances do seu público se cadastrar aumentam.

9. Incentive os usuários a realizar ações

Na hora de produzir os seus vídeos, procure alternativas para manter o seu público interessado. Ou seja, crie CTAs (call to actions) relevantes, que incentivem as pessoas a permanecerem junto de você ou da sua marca.

Você pode adicionar links para outros vídeos ou mesmo pedir que curtam e se inscrevam no canal caso tenham gostado do material.

Agora que você viu como criar um canal no Youtube, que tal adotar outras estratégias para realizar o seu marketing pessoal ou empresarial? Acesse o Canal do CollabPlay e confira nossos cursos gratuitos!

Gostou do nosso artigo e não quer perder mais nenhum conteúdo? Assine a nossa newsletter e fique sempre atualizado. 😉