Saiba como criar um nome original, que destacará seu negócio em meio à concorrência.

Ouça o conteúdo deste post clicando no player abaixo!

Novas ideias e projetos para a criação de startups e empresas surgem com uma velocidade cada vez maior. Isso é causado pelas oportunidades que incubadoras empresariais oferecem para quem deseja empreender.

Entretanto, o caminho entre o protótipo de uma empresa e a sua afirmação no mercado é longo, exigindo decisões que irão definir os rumos e o tamanho da empresa a curto e longo prazo.

Das decisões que devem ser tomadas, pensar em nomes para um novo negócio talvez seja a primeira de maior impacto. Isso porque é o nome de seu negócio que vai fazer a primeira apresentação, mostrar qual seu principal foco e até mesmo sua filosofia enquanto empresa.

Portanto, ao longo deste artigo, elencamos algumas das melhores dicas de como escolher nomes para um novo negócio. Confira!

A importância e o peso que o nome de um negócio carrega

O nome da empresa tem o peso de determinar seu sucesso ou fracasso, a depender de como foi estudado e escolhido.

A definição de nomes para um novo negócio precisa demonstrar o comprometimento com a inovação, além de ser algo que necessita de evidência prática. 

Em outras palavras, esse nome é a ligação entre sua empresa e o cliente, ou seja, é aquilo que vai criar um vínculo na lembrança de seus clientes, por isso tamanha importância.

Confira abaixo como fazer!

5 dicas para facilitar a criação de nomes para um novo negócio

Como já mencionamos, a escolha de nomes para um novo negócio deve seguir alguns critérios bem importantes, e um deles é a singularidade do nome e o que ele representa.

Na hora de escolher, é interessante, por exemplo, saber para qual público sua empresa é direcionada, bem como seu intuito.

Além disso, é preciso considerar uma futura expansão de sua empresa para definir nomes para um novo negócio – sendo assim, não torne o nome tão específico em relação a algum serviço, pois isso pode o tornar obsoleto a longo prazo.

É sempre legal imaginar que há possibilidade de haver um redirecionamento nos planos, o que pode invalidar a oferta de algum serviço.

Pensando nisso, confira essas cinco dicas de como escolher nomes para um novo negócio:

  1. Nomes compostos devem se complementar;
  2. Valores e identidade social são relevantes no nome da empresa;
  3. Evite utilizar o nome próprio ou de terceiros (sobrenomes podem ser interessantes quando têm certa singularidade);
  4. Siglas são interessantes, mas precisam ter uma mensagem por trás;
  5. Faça pesquisa de mercado para avaliar as tendências de consumo de seu produto.

Quais inspirações você pode utilizar

Na hora de escolher nomes para um novo negócio, é interessante contar com algumas inspirações. 

Existem inúmeras corporações que conseguiram simbolizar perfeitamente seus produtos por meio do nome. Um exemplo disso é a Qboa, marca de produtos de limpeza e alvejantes domésticos. 

O nome desta marca é hoje utilizado para se referir a água sanitária, seu principal produto no mercado. Hoje, até mesmo a água sanitária que não é produzida pela Qboa acaba sendo referenciada por esse nome, tamanha é a identificação.

Vale lembrar que casos como esse são a exceção à regra, mas mostram que a definição de nomes para um novo negócio pode colocar sua empresa como referência no mercado.

A dica, nesse caso, é sempre pesquisar inspirações no seu nicho de atuação. Verifique quais empresas/marcas mais se destacam e qual estratégia utilizam para compor o nome de negócio!

Por fim, seja criativo e tente se diferenciar! Isso fará toda diferença.

Como fazer o registro de domínio da sua marca

Se você seguiu todas as dicas até aqui e já definiu um nome para seu novo negócio, agora é preciso garantir que ele não será plagiado ou utilizado de forma imprópria.

Para isso existe o Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI), que registra e garante que sua empresa terá total direito de usar seu nome e marca.

Além disso, é preciso também registrar o domínio, endereço virtual da sua empresa, normalmente utilizado para o nome do site.

Esse registro pode ser feito pela internet, sem a necessidade de se perder horas em fila de cartório ou afins. No entanto, um problema pode aparecer se o nome que você escolheu já estiver em uso – nesse caso, será necessário escolher outro nome. 

Para fazer o registro da marca e domínio, confira esses passos:

  • Acesse o site do INPI e escolha o tipo de registro que deseja fazer.
  • Siga as instruções e, caso o nome esteja liberado, prossiga para realizar o cadastro e pagar pelo serviço;
  • Para registrar o domínio você pode acessar o site da HostGator, pesquisar o nome de sua empresa e verificar a disponibilidade;
  • Da mesma forma que no INPI, caso esteja disponível, você deve então prosseguir com os passos indicados e confirmar o registro.

O que significa subdomínio e como pode ajudar na identidade da sua marca

Subdomínios podem ser uma estratégia excelente para o seu site! Mas, para utilizá-lo da melhor maneira possível, você precisa entender bem o que é um subdomínio e como criar o seu.

Basicamente, subdomínio é uma ramificação do seu domínio principal, onde é adicionada uma palavra, sempre a esquerda da estrutura principal. Com esse recurso você pode organizar melhor seu site e diferenciar algumas páginas e buscategorias sem alterar o domínio (nome do site da sua marca).

Nesse vídeo, veja dicas e exemplos de subdomínio e como fazer para criar o seu.

Esperamos que essas dicas tenham ajudado! Para se especializar ainda mais, confira nossos conteúdos gratuitos sobre tecnologia e impulsionamento de negócio no canal da HostGator Academy.