Tudo sobre blog: o que você precisa saber para criar um blog

Escrito por

terça-feira, 20 de Março de 2018 | Comentários

Há muito tempo os blogs deixaram de ser apenas diários e registros pessoais para se tornarem, cada vez mais, um importante canal de comunicação. Segundo o WordPress, milhões de pessoas leem conteúdos em blogs do CMS todo mês na web. Então, se você está pensando em começar um blog, você chegou ao lugar certo. Preparamos um manual para te ajudar com tudo o que você precisa saber para criar e gerenciar o seu blog.

Planejamento inicial de um blog

Como todo projeto, criar um blog precisa da fase de planejamento. Os custos para manter um blog são relativamente mais baixos, porém exige tempo e dedicação. Se você vai embarcar nessa experiência, precisa reconhecer que um planejamento prévio é essencial para alcançar bons resultados.

Defina o tema e o público

Ao pensar no blog, você provavelmente imaginou uma temática para ele e um público que gostaria de ler suas postagens. Que tal colocar isso de maneira mais profissional e específica?

  • Defina os objetivos do seu blog: criar um canal de comunicação? Ser referência em um assunto? Aumentar a visibilidade de uma empresa? Você precisa definir um objetivo geral para o seu blog.
  • Idealize uma pessoa que represente o seu público: construir uma persona permite que você tenha conhecimento de quem te acompanha, dessa forma você consegue manter aderência do conteúdo com os interesses do seu público.

Escolha um bom domínio

Um nome que chame atenção e fique na cabeça do leitor faz toda a diferença, e o seu blog precisa ser lembrado para as pessoas voltarem e indicarem para os amigos. Uma boa maneira de decidir um nome é escrever várias palavras relacionadas ao seu tema. Pense muito na sonoridade e na forma de escrita, pois lembre que na hora de criar um domínio na internet você não pode usar acentos ou caracteres especiais, então a simplicidade ganha um espaço especial aqui.

Antes de oficializar, você precisa verificar a disponibilidade do nome de domínio que escolheu, se ele está livre para usar ou não. Você pode escolher extensões de domínios mais específicas também, como .sampa.br ou .online. Se estiver tudo ok, aproveite para fazer logo o registro de domínio e garantir o seu espaço na web.

Escolha um local para hospedar o seu blog

Para o seu blog ficar online na internet é preciso de um local para armazenar os arquivos – esse é o papel de uma hospedagem de sites. Você pode optar por um serviço gratuito, mas se você quer um blog com um tom mais profissional, você deve contratar um serviço de Hospedagem de Sites ou optar por um Criador de Sites pago. Na HostGator Brasil você encontra diversas opções e pode escolher a melhor para o seu blog, entenda algumas:

Escolha um local para hospedagem o seu site
Conheça mais sobre os serviços: Criador de Sites, Hospedagem Compartilhada e Hospedagem WordPress.

Escolha um CMS

A hora de criar o blog é a melhor parte, mas antes de começar a diversão é preciso decidir qual aplicação você vai utilizar. O CMS é um sistema de gerenciamento de conteúdo, onde você pode customizar as páginas do blog, editar facilmente os conteúdos criados, gerenciar suas publicações e muito mais. Se você optar por um CMS, você pode fazer a instalação através do Instalador Automático disponível nos planos de Hospedagem de Sites da HostGator.

Mas se quiser criar o seu blog utilizando outra ferramenta, pode optar por um Criador de Sites. Uma ferramenta simples, intuitiva e em português. O criador é no estilo ‘arrasta e solta’, onde você pode mover facilmente os elementos apenas clicando e direcionando no lugar que deseja. Você pode conhecer melhor a assistindo ao vídeo tutorial do Criador de Sites.

Outra opção também é contratar um desenvolvedor para construir o seu blog do zero. Procure por um profissional de confiança e que esteja comprometido em te ajudar.

Pense num layout

Agora começa a parte visual! O layout é uma das partes mais importantes do seu blog, pois será o primeiro contato do seu visitante. Dessa forma você precisa de um layout que prenda a atenção e também deixe as informações bem organizadas. Mesmo que você opte por utilizar um template pronto, você tem a liberdade de fazer algumas alterações mais simples para deixá-lo personalizado, com mais credibilidade e com a sua identidade visual (esquema de cores e fontes, imagem de cabeçalho e etc).

É nesse momento que todo o cuidado com a usabilidade e experiência do usuário precisa ser tomado. Procure proporcionar a melhor experiência na navegação em seu blog, dê foco no que é importante mas deixando um site limpo, direto e fácil de usar.

Existem inúmeras formas de adquirir um tema, tanto pagos como gratuitos mas lembre-se de nunca utilizar um tema pirata, pois pode ser prejudicial para a segurança do seu blog. Opte por buscar templates de fontes seguras e oficiais como: o Theme Forest, Elegant Themes e a própria Galeria do WordPress. E lembre-se de escolher um tema responsivo, que se adequa a todos os tamanhos de telas.

Plugins

Um plugin é toda ferramenta que se encaixa a outro programa principal para adicionar mais funções e recursos a ele. Dessa forma, um plugin para o seu blog pode adicionar funções muito úteis, como por exemplo: o Disqus, que é um sistema de gerenciamento de comentários. Ou o Yoast SEO que te ajuda nas questões de SEO do blog. Você também pode adicionar plugins de estatísticas para analisar os resultados do seu blog e plugins como o TinyPNG para comprimir automaticamente as imagens deixando seu site mais leve e otimizado.

Mãos à obra

Depois dos detalhes técnicos, agora começa a parte de criação de conteúdo – a alma do seu blog. Por mais que você tenha um layout maravilhoso e bem organizado, se o seu conteúdo não for de qualidade, seu visitante não voltará. O conteúdo é o que mais importa no final das contas, então você precisa produzir ele muito bem.

Produção de conteúdo para blog

 

Definição dos conteúdos

Nesse momento você voltará a pensar na persona que você definiu lá no início do projeto. Agora é a hora de registrar todos os assuntos que interessam para essa persona e que são relevantes para você abordar. Pensando assim, você consegue enviar a mensagem certa para a pessoa certa.

Primeiro defina as principais categorias de forma mais macro, por exemplo: livros, filmes, séries, economia, marketing digital, gastronomia e etc. Depois vá limitando mais esses assunto, como: comidas francesas, livros de terror… Agora defina o foco e a diferenciação. Faça um pesquisa nos mecanismos de busca para conhecer o que os primeiros da lista estão abordando sobre o assunto, leia os comentários para encontrar o que os leitores querem ler e que eles não estão oferecendo. Assim você pode deixar o seu conteúdo mais completo e diferenciado.

Procure organizar os conteúdos agrupando postagens que tem alguma relação, mas intercale ao longo das semanas, para o blog não ficar monótono falando sobre o mesmo assunto. E é nisso que um calendário editorial vai te ajudar, além de auxiliar você a manter em dia os materiais e evitar aquele ‘bloqueio criativo’ quando tiver dúvidas de qual conteúdo criar. Defina no seu calendário editorial algumas informações importantes como:

  • Datas de publicação;
  • Prazos para a produção do conteúdo;
  • Temas de conteúdos;
  • Palavra-chave;
  • Data de divulgação;

Salve as ideias sempre. As ideias para postagens podem surgir a qualquer momento e o ideal é conseguir anotar para usar mais tarde. Outra fonte de ideias também podem ser as datas comemorativas, e elas podem entrar no seu calendário editorial.

A produção do conteúdo

Tente ver as coisas por outro ângulo e fuja do convencional. Sempre se pergunte: porque esse conteúdo é importante para o meu leitor? O que ele tem de diferente? Porque ele leria isso no meu site e não nos outros? Saiba enxergar o que realmente importa e torne seu conteúdo mais rico e interessante.

Vale sempre ressaltar que escrever bem é produzir um texto de maneira clara, envolvente e direta. E respeitando as regras do português, claro. Revisar o conteúdo acaba ficando implícito e é uma atividade que deve virar hábito. Quanto menos erros deixamos passar, mais chances de produzirmos algo com qualidade e que cative o leitor.

SEO

Você sabe o que leva uma página a chegar na primeira posição do resultado de busca de um assunto em questão? Há diversos fatores e eles são abordados nas estratégias de SEO (Search Engine Optimization). Seguir essas ações de otimização levam o seu conteúdo para a primeira página do Google e você vai ser encontrado mais facilmente pelos leitores. Alinhe essas boas práticas de SEO com a produção do conteúdo também.

Divulgue seu blog

Depois de toda a parte técnica e criativa pronta, agora é hora de receber os visitantes. Então você precisa divulgar.

Mídias Sociais

As mídias sociais são um excelente canal para atrair visitantes, mas também fidelizar através da divulgação do conteúdo e interação mais rápida com o público. Hoje já é quase uma lei ter um perfil nas redes sociais mais conhecidas, então aproveite esse embalo e comece fazendo uma fanpage no Facebook, um perfil no Twitter e Instagram.

Se preferir ampliar, considere o YouTube como uma ótima fonte para diversificar os seus conteúdos produzindo vídeos. Você não precisa estar em todas as mídias que existem, apenas naquelas que são mais relevantes para o seu público. Então estude as redes que tenham a ver com a proposta do seu blog.

Lembre-se de colocar widgets das suas redes no seu blog, para que as pessoas possam se inscrever, seguir, curtir. Também é interessante deixar botões de compartilhamento nas postagens, para que seu conteúdo possa ser divulgado com mais facilidade pelos leitores.

Newsletter

Crie a sua própria rede de contatos disponibilizando um campo de inscrição no blog, assim você terá a sua própria lista de e-mails daquelas pessoas que estão super interessadas no seu conteúdo. Dessa forma, você pode encaminhar e-mails periódicos com informativos sobre o seu conteúdo, pode produzir um conteúdo exclusivo ou adicional somente para quem assina. Além de fazer pesquisas de satisfação com os seus leitores. É uma ótima ideia, certo?!

Novos meios de divulgação

Quando seu blog atingir um número considerável de seguidores, é legal começar a pensar em novos métodos de divulgação e interação com outros blogs. Se inscrever em programas de parcerias entre blogs (projetos relacionados a área que você escreve), participar de blogagens coletivas (muitas vezes divulgadas em grupos específicos para blogueiros no Facebook) e etc. As opções são infinitas, basta analisar a que faz mais sentido para o seu blog.

Agora analise

Depois que tudo realmente estiver pronto, você precisa fazer a análise dos resultados do seu blog para encontrar opções de melhorias e crescer cada vezes mais. Procure analisar alguns dados importantes sobre o seu blog, como:

  • Tráfego: Quantas visitas você recebe por mês? Em qual período do ano? Quantas pessoas acessam? Quantos são visitantes novos? Ter controle desse tipo de informação pode ajudar na hora de reformular a sua estratégia e ver a eficácia da divulgação
  • Origem do tráfego: Conhecer a origem dos seus visitantes do blog é uma forma de mapear os principais canais de relacionamento que podem ser melhor explorados ou até mesmo abandonados (por que não?)
  • Taxa de rejeição: ou bounce rate, indica quantos visitantes entraram no seu blog e saíram logo em seguida. Essa informação pode indicar que o seu conteúdo não está sendo relevante para aquela pessoa. Com os número muito elevados de rejeição pode fazer com que o Google desqualifique o seu blog.
  • Posts mais populares: aqui você analisa a popularidade dos conteúdos que você cria e descobre quais são os temas de mais sucesso. Assim você pode ter insights de novos posts sobre algum macro assunto que já foi feito. Da mesma forma, também pode conhecer as publicações que não estão dando certo para fazer otimizações.
  • E muito mais!

Muitos desses dados você tem acesso em ferramentas como o Google Analytics e outras no Google Search Console. Procure estudar as ferramentas de análise, pois serão suas aliadas para manter o seu blog sempre vivo e com bastante acesso!

E agora? Se sente mais seguro? Aqui você tem explicado tudo sobre blog e o que precisa para começar, mas se ficou com alguma dúvida, nos mande uma mensagem.

Publicado originalmente em 31 de agosto de 2015.

Tags:, , , ,
Comentários
Pressione Enter para pesquisar ou ESC para fechar