O Facebook Ads pode ser uma estratégia fundamental para alavancar sua marca digital.

Ouça o conteúdo deste post clicando no player abaixo!

A plataforma de publicidade do Facebook está atraindo muitas pessoas! Mais e mais empreendedores estão começando a anunciar por ela. Infelizmente, o Facebook Ads continua sendo uma ferramenta complexa e não muito intuitiva. 

Os anúncios patrocinados dão a você a oportunidade de começar na publicidade digital. É uma forma eficiente e econômica de dar mais visibilidade aos conteúdos de uma página.

Assim, a publicidade em mídia social se tornou, em poucos anos, uma importante alavanca de aquisição. Isso ocorre porque é um dos canais pagos mais eficazes para gerar leads e conversões em clientes. Neste artigo, entenda o que é o Facebook Ads e como conseguir clientes com anúncios por meio dele, além de como usar ads Facebook.

O que é Facebook Ads?

Os anúncios do Facebook Ads nada mais são do que uma rede de publicidade disponibilizada aos anunciantes pelo Facebook. É como o AdWords para Google. Na verdade, os anúncios do Facebook são transmitidos no próprio Facebook e em aplicativos e sites de parceiros. Isso permite que os anunciantes se beneficiem da força de ataque da rede social mais popular do mundo. 

Os usuários se conectam muito e a qualquer hora do dia (ao acordar, no trabalho, no transporte, etc.). E isso através de qualquer tipo de suporte, incluindo computador, smartphone ou tablet.

A isso se somam as vantagens específicas: um sistema que promove a relevância e a qualidade dos anúncios e uma segmentação muito precisa das pessoas que os anunciantes gostariam de alcançar. Desde sua chegada em 2007, os anúncios permitiram que o Facebook se tornasse lucrativo. 

Quer entender como anunciar no Facebook Ads? Continue acompanhando!

Como funciona?

O orçamento geral para publicidade em mídia social deve dobrar nos próximos anos. A maioria dos profissionais de marketing especializados em redes sociais veem o Facebook como a plataforma que mais gera ROI. E isso se deve às campanhas pagas, que são particularmente eficientes lá e funcionam bem no B2B e no B2C.

Os anúncios do Facebook agora estão muito bem estabelecidos no cenário. Até nos perguntamos se não é tarde demais para subir a bordo. Em outras palavras, se ainda houver oportunidades de publicidade, a resposta é obviamente não! 

O crescimento do Facebook Ads continua. Tanto em termos de usuários quanto de mercados, então você tem tudo que precisa para entrar no movimento e tirar o máximo proveito desta rede. Desde que, claro, saiba aproveitar as boas práticas.

Mas, afinal, como usar o Facebook Ads? Entenda a seguir!

Para que serve o Facebook Ads?

O método mais eficaz para atingir um grande público na rede social líder mundial é veicular uma campanha publicitária. Você sem dúvida está ciente de que o alcance orgânico das postagens tende a diminuir, certo?

Esta é a razão pela qual muitos profissionais de marketing estão se voltando para a aquisição paga. Sempre mais eficaz graças às alterações feitas pelo Facebook ao seu mecanismo de publicidade, inclusive.

Assim, com o Facebook Ads é amplamente possível obter uma receita substancial com marketing. Desde que saiba utilizar a segmentação e a criação de públicos (personalizados) ou os diferentes tipos de campanhas. 

Tipos de anúncio no Facebook Ads 

Um dos pontos fortes do Facebook Ads está na variedade de formatos oferecidos para divulgar um site de forma eficaz. Tecnicamente, você pode fazer quase tudo o que quiser. Deve-se destacar que cada um desses formatos mencionados se beneficia das vantagens da segmentação por públicos personalizados:

  • Publicações patrocinadas. Aqui, postagens orgânicas já existentes são destacadas por meio de publicidade.
  • Anúncios em formato de foto. É ideal para seduzir usuários da Internet com visuais atraentes.
  • Anúncios em formato de vídeo. Eles estão cada vez mais atraentes para os usuários.
  • Anúncios de vários produtos. Têm a forma de um carrossel e destacam vários produtos ou serviços em um mesmo anúncio. Eles dão ao usuário a possibilidade de clicar em links individuais.
  • Publicidade direcionada local. Permite que você direcione seus clientes potenciais para sua loja física em uma determinada área.
  • As ofertas. Estes são anúncios focados em ofertas promocionais únicas. Mas válido apenas no Facebook.
  • Publicidade de eventos. Para promover um evento específico.
  • Anúncios dinâmicos (inspirados no Google Shopping). Eles exibem o produto ou serviço mais relevante de acordo com os usuários da Internet que os assistem.
  • Anúncios de aplicativos para celular. Eles encaminham o usuário diretamente para a loja onde ele pode baixar o aplicativo que é o assunto do anúncio.

A base para a criação de anúncios no Facebook

O simples uso de anúncios do Facebook torna mais fácil para qualquer pessoa lançar sua própria campanha. E isso sem a necessidade de um grande orçamento! Porém, esteja ciente de que nem sempre a rentabilidade é garantida. 

Pensando nisso, separamos aqui algumas boas práticas a serem implementadas para impulsionar suas campanhas de anúncios no Facebook Ads. Confira como anunciar pelo facebook ads!

1 – Facebook Ads: defina seu alvo

Cada campanha de anúncios do Facebook começa com uma segmentação precisa. Comece definindo claramente as pessoas que você deseja alcançar, usando o máximo de critérios possível. Em seguida, separe suas campanhas. Este é um passo importante, pois leva você a enviar mensagens personalizadas para as diferentes categorias de público-alvo.

Enviar o mesmo anúncio para todos os segmentos é arriscado porque você vai entregar uma mensagem impessoal que não afetará ninguém ou que o encaminhará para clientes em potencial não qualificados. Embora a publicidade seja direcionada e adaptada a um determinado nicho, sem dúvida, gerará menos visitantes. No entanto, eles serão muito mais qualificados. Portanto, é provável que se convertam em clientes com menos esforço e a um custo menor.

2 – Coloque recursos visuais em anúncios do Facebook

É essencial criar um anúncio visual. O conteúdo visual é aprimorado pelo algoritmo do Facebook. Isso significa que ele tem uma chance muito maior de estar melhor posicionado no feed de notícias do usuário da Internet. 

Mas, acima de tudo, uma imagem é mais fácil de lembrar e compartilhar do que o conteúdo editorial. Até porque olhar para um visual não leva muito tempo, enquanto a leitura de um texto pode ser demorada.

3 – Escolha o modelo de faturamento certo

Os anúncios do Facebook permitem que você escolha como queremos que nossos anúncios sejam cobrados. Incluindo CPC (custo por clique) ou CPM (custo por mil ou impressões). No primeiro caso, você paga quando um usuário clica no seu anúncio. É chamado de pagamento por desempenho. No outro caso, você paga quando seu anúncio é exibido mil vezes. Estamos falando de pay-per-view.

Em suma, o primeiro é, portanto, menos caro do que o segundo. Por outro lado, se sua meta é maximizar sua taxa de cliques, o CPM será mais relevante. Cabe a você, portanto, escolher o modelo que melhor atende às suas necessidades, visando a rentabilidade.

4 – Otimize a pontuação de relevância

Como o Google, o Facebook prefere anúncios que agregam valor para seus usuários. Por isso, o Facebook implementou uma pontuação de relevância. Isso é semelhante ao AdRank que pode ser encontrado no AdWords do Google. 

Essa pontuação influencia como o Facebook tratará seus anúncios em termos de visibilidade. A ideia é ter a maior pontuação de relevância possível. E, portanto, para criar campanhas de anúncios no Facebook muito bem direcionadas. Isso é para que os usuários fiquem satisfeitos e cliquem em seus links.

5 – Anúncios do Facebook – Localização

O Facebook permite que você escolha onde seus anúncios serão exibidos nas páginas dos usuários.

  • Na coluna à direita do feed de notícias, que é o formato tradicional por excelência. Este local oferece CPCs mais vantajosos. A proposta de valor explícita, conteúdo relevante e visuais atraentes podem garantir a eficácia das campanhas de anúncios no Facebook.
  • No feed de notícias, que é o local mais eficiente. Nesse caso, os anúncios são exibidos diretamente no feed de notícias dos usuários. Eles captam totalmente a atenção pelo fato de serem semelhantes aos anúncios padrão. Eles são percebidos de forma menos intrusiva, o que tende a aumentar a taxa de cliques potencial.
  • Em artigos instantâneos. Os anúncios aparecem em artigos instantâneos no celular, ou seja, no aplicativo Facebook e Messenger.
  • Em vídeos incorporados ou sugeridos. Os anúncios do Facebook em formato de vídeo podem aparecer em dois lugares. Principalmente dentro de vídeos ao vivo ou entre vídeos sugeridos pela rede social.
  • No mercado. Essa guia é particularmente útil para sites de comerciantes. Os anúncios são exibidos no mercado do Facebook.

6 – Lembrar de ir direto ao ponto

Para fazer a divulgação do seu site na rede social, é importante lembrar que o tempo de atenção dos internautas é contado em segundos. Basta um rápido olhar para o usuário ter uma ideia do valor de sua publicidade. 

Portanto, certifique-se de ir direto ao ponto para não perder oportunidades. Você pode fazer isso escrevendo uma mensagem breve, sucinta e direta. Além disso, pense no fato de que muitos usuários consultam o Facebook de um dispositivo móvel. Você deve, portanto, ter certeza de que a mensagem será exibida corretamente e por completo nesse dispositivo.

Esperamos que este artigo tenha ajudado a entender melhor o Facebook Ads! Agora que você já sabe anunciar no Facebook Ads, não deixe de conferir mais conteúdos sobre Marketing, Redes Sociais e Negócios no blog da HostGator, combinado?

Por lá, você pode se informar ainda mais sobre Facebook e campanhas, como se paga Facebook Ads por exemplo. Até a próxima!