Um design responsivo pode ser a chave para uma boa navegação em diferentes plataformas. Confira mais informações e veja como implementá-lo em seu site.

(Atualizado 20 de setembro 2021)

O design responsivo ajusta automaticamente a exibição de uma página web ao tamanho da tela do dispositivo usado. Essa técnica de ter um site responsivo atende a uma necessidade cada vez mais presente dos usuários de se conectar à web a partir de um aparelho móvel, como os smartphones.

Dessa forma, um site responsivo torna a navegação mais fácil e melhora a experiência do usuário quando se trata de visualizar o site em um dispositivo móvel. Quer entender melhor? Confira este artigo!

O que é um site responsivo?

Chamamos de responsivo qualquer site que utilize a técnica conhecida como “design responsivo”. Este método consiste em assegurar que um site seja apresentado de forma perfeitamente legível, independentemente do dispositivo em que seja consultado. Como, por exemplo:

  • telas de computador desktop;
  • smartphones,
  • tablets e mais.

Quando um site não é responsivo, você identifica imediatamente. Isso porque terá que ampliar a tela para ler os textos corretamente ou clicar em links em que os elementos ficarão mal posicionados, tornando a navegação desconfortável.

A importância de um site responsivo

Nenhum usuário da internet gosta de ter que ampliar uma página ou apertar os olhos para ver o conteúdo do site em telas pequenas. A criação em design responsivo é essencial para cuidar da experiência do internauta!

Graças ao design responsivo, você cuida da experiência do usuário em seu site e evita que seus clientes em potencial saiam tão rapidamente quanto chegaram. Você também passa uma imagem on-line mais profissional e séria da sua empresa, graças à otimização desse modelo.

Caso este argumento não tenha acabado de convencê-lo sobre o design responsivo, também podemos destacar o fato de que um site não responsivo é penalizado pelo Google em seu ranking. 

O mais famoso dos motores de busca já não esconde há vários anos: a adaptação à tela de smartphones e tablets é um dos seus principais critérios para decidir se um site merece estar no topo da página de resultados de pesquisa.

Portanto, não importa quanto você tente classificar bem seu site no Google, se ele não for adequado para todas as mídias em que pode ser acessado, nunca será capaz de atingir a primeira página de pesquisa.

Quais são os riscos em não criar um site responsivo?

  • Classificações mais baixas

Seu objetivo é ser o nº 1 em seu setor e resultados de pesquisas on-line, certo? Mas você pode dar adeus a esse sonho se não aproveitar as vantagens do site responsivo!

O Google promove web design responsivo por um bom motivo: normalmente, esse tipo de página tem um desempenho melhor que sua contraparte não responsiva.

Além disso, um site responsivo carrega em apenas um segundo ou menos. Isso significa que os usuários podem compartilhá-lo facilmente e até criar um link para ele com apenas uma URL!

Isso é muito importante, pois o Google pode organizar, rastrear e indexar conteúdo de forma mais eficiente e fácil de uma única URL, em vez de várias. Quanto mais fácil você criar para o Google, mais fácil será chegar ao topo!

  • Maior taxa de rejeição

Quer outro motivo para ter um site responsivo? Você vai diminuir sua taxa de rejeição. Ela é a porcentagem de usuários on-line que visitam um site e saem após olhar para apenas uma página.

Os mecanismos de pesquisa desaprovam as altas taxas de rejeição, que podem ser resultados de um design não responsivo. Então, como você diminui isso? 

É preciso oferecer o conteúdo do seu site em um pacote fácil de gerenciar e visualizar. Isso manterá os visitantes em suas páginas web, que é exatamente o que você deseja para obter sucesso!

  • Mais trabalho 

Outra desvantagem de não usar serviços de web design responsivo é que você apenas acumulará mais trabalho de manutenção! 

Sem um design responsivo, sua única opção é criar um site para um desktop e, depois, um separado para visualização no celular. Isso porque a versão para desktop seria muito inconveniente e pequena para visualizar em um smartphone.

Se você seguir por esse caminho, aumentará o tempo e o custo envolvido na manutenção, porque terá que atualizar cada site de forma individual regularmente.  Com design responsivo, você pode fazer uma atualização em seu site uma vez e ver todas as versões serem atualizadas!

Diferenças entre um site responsivo e uma versão mobile

Existem duas abordagens básicas para criar um design compatível com dispositivos móveis. Uma delas é o site responsivo, a outra é criar uma versão web mobile do site. 

Criar um design responsivo significa que você precisará construir e manter um único site para todos os dispositivos, incluindo desktops, tablets ou celulares.

Nesse caso, o design vai se encontrar ou ajustar de acordo com o tamanho da tela. Não só: o design responsivo do site não significa apenas redimensionar os blocos, mas também movê-los horizontal e verticalmente.

A segunda abordagem é criar um site mobile especificamente. Isso significa que os usuários de desktop visitarão um domínio específico.

Ambas as opções têm suas próprias vantagens e desvantagens, mas o Google recomenda o uso do site responsivo!

Como criar um site responsivo?

Precisa de um site responsivo, exibido perfeitamente em todas as mídias? Aqui estão algumas dicas para criá-lo.

Crie ou use modelos de site projetados para celular

Qualquer bom projeto de site começa com a fase de layout! Este é o momento em que o web designer está ocupado criando visuais (os modelos) que representam uma imagem de como o site será. A partir desta etapa, recomendamos pensar primeiro em um formato mobile para seu site. 

Na verdade, navegar em um smartphone (ou tablet) e uma tela de desktop são duas experiências muito diferentes: seu site deve se adaptar a ambos. Certifique-se de obter um site perfeitamente responsivo!

Ao criá-lo, certifique-se de que o software de criação de sites (CMS) utilizado respeita as boas práticas de design responsivo. Se você usa WordPress, por exemplo, tenha cuidado porque nem todos os modelos de layout se adaptam necessariamente a formatos diferentes.

Pense na experiência dos visitantes do site no celular

Ao projetar seu site, você precisa pensar na navegação entre suas diferentes páginas para usuários de smartphones. Isso deve ser tão simples e intuitivo quanto em um computador!

Sendo a tela muito menor no celular, todos os elementos que permitem que você passe de uma página para outra devem se adaptar. Menu de navegação: no formato de computador, geralmente, temos um menu horizontal; no formato mobile e tablet, é indicado um “menu hambúrguer”. 

Geralmente, são três linhas horizontais que, quando clicadas, abrem um menu suspenso, tornando mais fácil mover de uma página para outra. Este arranjo de itens de menu é perfeitamente adequado ao celular e à posição dos dedos do visitante em um smartphone.

Botões de apelo à ação

Esses botões (ou banners visuais) são a garantia de que seus visitantes poderão acessar as páginas que você recomendou a eles. No formato móvel, as frases de chamariz serão maiores, portanto, mais facilmente clicáveis ​​com a ponta do dedo. 

Formulários

Quer se trate de formulários de contato, download ou solicitação de orçamento, a regra é a mesma: deve ser fácil de preencher no celular e no tablet. 

Os campos e a descrição, portanto, muitas vezes, tornam-se mais amplos, e o teclado do dispositivo usado torna possível alternar facilmente de um campo para outro. 

Ao cuidar da natureza responsiva desses três elementos, você garante aos seus visitantes uma navegação tranquila e sem problemas.

Organize os diferentes elementos do site

Não consultamos a internet da mesma forma em um celular e em um computador, como falamos. Também foi comprovado que significativamente mais tempo é gasto consultando uma página em uma tela de desktop que em um celular. 

Por isso, é fundamental pensar cuidadosamente no layout de suas páginas web de acordo com o formato para celular. Isso será caracterizado por técnicas de design responsivo muito específicas: 

  • usar apenas uma coluna em um formato móvel? Seus visitantes terão que rolar a página para baixo para ver o resto do conteúdo. Portanto, lembre-se de determinar os elementos-chave que devem aparecer primeiro em suas páginas. 
  • alguns elementos chegam a desaparecer no responsivo ou primeiro no celular. Esse será o caso, às vezes, das imagens ou de uma parte textual desnecessária à compreensão de sua mensagem. Cabe a você julgar quais elementos são essenciais!
  • os blocos de imagem devem ser configurados para caber no tamanho de qualquer meio. Resumindo: seu site deve ser capaz de exibir imagens em uma variedade de tamanhos diferentes para a melhor experiência do usuário.

O emprego dessas dicas mais algumas estratégias de SEO para mobile representarão o sucesso on-line de sua página!

E aí, ainda ficou com dúvidas? Vem assistir o vídeo que o canal da escola de sites criou para te ajudar:

Esperamos que este conteúdo te ajude a criar seu site responsivo e se ainda estiver curioso para saber mais sobre criação e divulgação do seu site, acompanhe o Blog da HostGator!