Descubra qual é o melhor CMS para utilizar no seu site

Qual é o melhor CMS para o seu site?

Escrito por

quinta-feira, 25 de abril de 2019 | Comentários

Quer colocar no ar um site ou blog, montar uma loja virtual ou criar uma estrutura de fórum mesmo mas não tem muito conhecimento de programação para isso? Mesmo que você ainda não saiba, você pode se beneficiar da revolução que o CMS permitiu.


Há alguns anos atrás, apenas quem tinha um conhecimento razoável de programação conseguia colocar um site ou blog no ar. Uma loja virtual ou fórum então, só contando com alguém com muito conhecimento técnico para fazer a edição, publicação e manutenção.

Hoje, com o CMS, podemos nos concentrar na criação do conteúdo, sem precisar nos preocuparmos com os detalhes técnicos (aqueles que estão por trás do funcionamento de um site).

O que é um CMS?

A sigla vem do termo em inglês Content Management System, que significa Sistema de Gerenciamento de Conteúdo. A essência de um CMS é facilitar a criação, edição, publicação e distribuição de informações. Para facilitar, pense no CMS como o esqueleto de um site, que deve ser preenchido por você com as informações que deseja compartilhar.

Eles são úteis também para desenvolvedores, que muitas vezes podem utilizar as soluções prontas para diminuir o tempo de desenvolvimento, permitindo que se concentrem em produzir soluções que atendam necessidades específicas de cada cliente, além da produção do layout.

Principais características de um CMS

Cada CMS possui suas próprias funcionalidades e recursos, porém posso destacar as principais características em comum e determinantes nos CMSs:

  • Edição de conteúdo facilitada: considerada uma das principais características, já que permite que até mesmo usuários leigos acessem o site e realizem publicações e edições com grande rapidez;
  • Suporte a múltiplos usuários: a maioria das plataformas de geração de conteúdo permitem o registro, gerenciamento e atribuição de diferentes papéis a vários usuários;
  • Capacidade de personalização: as funcionalidades iniciais podem ser ampliadas ou novas podem ser adicionadas através de plugins ou módulos;
  • Gerenciamento e controle de documentos: permite o gerenciamento da publicação, revisão, arquivamento e eliminação de documentos;
  • Apresentação gerenciada através de templates: este tipo de gerenciamento permite a troca rápida de interface, independentemente do conteúdo de cada página;
  • Controle de fluxo: permite níveis de publicação, revisão e aprovação. Por exemplo, um usuário pode enviar um artigo sem publicá-lo imediatamente, para que seja revisto por um editor e aprovado por um editor-chefe.

Qual CMS escolher?

Existem dezenas de opções disponíveis. Por isso, o indicado é escolher o CMS ideal levando em consideração o tipo de site que você está construindo.

O WordPress, por exemplo, é o CMS mais utilizado por sites e blogs hospedados na HostGator. Considerada uma das plataformas mais populares atualmente na internet, o WordPress foi desenvolvido com o objetivo de dar suporte a blogs, mas vem sendo muito utilizado também como base para o desenvolvimento de sites.

Vamos conhecer um pouco mais sobre os CMSs!

WordPress

WordPress

O WordPress é um gerenciador de conteúdo muito simples de utilizar. Seu intuito é que qualquer pessoa que desenvolva algum tipo de conteúdo possa publicá-los em um site de forma fácil e sem precisar trabalhar com códigos de programação.

A proposta é bem simples, democratizar a internet na área de desenvolvimento de sites onde qualquer pessoa possa utilizar seu ambiente para o desenvolvimento de seu blog pessoal, site institucional ou loja.

E isso faz com que o WordPress tenha diversas vantagens:

  • Instalação é bem fácil e intuitiva;
  • Não trabalha com códigos de programação;
  • Edição de textos super fácil;
  • Oferta de temas com layouts prontos e você pode personalizar como quiser;
  • Plugins com inúmeras possibilidades para o site com o intuito de melhorar a experiência do usuário e do visitante (plugins de segurança, galeria de fotos, edição de temas, cache e etc);
  • Aplicação de código aberto onde você pode fazer alterações no código se for programador;
  • Atualizações constantes para correção de bugs e segurança;
  • É gratuito;
  • Muito bom em ranqueamento nos motores de busca.

Essas vantagens fazem do WordPress um CMS muito versátil e que pode ser utilizado para diferentes tipos de projetos. Ele também é capaz de criar áreas de membros, é compatível com os módulos de pagamentos mais utilizados em lojas virtuais, é responsivo e também faz integrações com redes sociais.

Apesar de todas as possibilidades que a ferramenta permite, o WordPress não é uma aplicação difícil de hospedar. Você pode perceber que ele não utiliza uma linguagem de programação visível, mas por baixo dos panos ele estará trabalhando com PHP e, por isso, a tendência é ele não utilizar muitos recursos de forma nativa (sem conteúdo) de sua hospedagem.

Qual plano escolher para um site WordPress na HostGator?

Por se tratar de um CMS muito versátil o WordPress também é bem fácil de hospedar e aqui na HostGator ele é compatível com todos os planos que disponibilizamos, mas é claro que o tamanho do seu site é o fator determinante na hora de escolher o plano ideal.

Podemos avaliar seu projeto de diferentes formas, mas a forma mais assertiva de direcionar seu projeto é de acordo com a quantidade de acessos que você pretende receber no site. Normalmente mensuramos não só a quantidade total, mas sim na quantidade de acessos que seu site receberá simultaneamente. A lógica para escolher a hospedagem ideal é bem simples, quanto mais tráfego e mais acessos no seu site, mais recursos você vai precisar.

Para entender melhor o que estou falando, criei alguns cenários e recomendações:

  1. Projetos que estão em fase inicial: normalmente não recebem muitos acessos, pois são sites em desenvolvimento ou que recém começaram sua presença online. Então para estes casos a nossa recomendação são os nossos planos de entrada, como: Hospedagem de Sites (Plano P, M e Business), Hospedagem WordPress (Blog ou Startup) ou Revendas de Hospedagem.
  2. Projetos já consolidados: como por exemplo sites que já estão online há um certo tempo e recebem uma quantidade mediana de acessos (5 a 10 mil acessos mensais no máximo), o ideal é pensar e se preparar para planos com mais recursos, tal como: Hospedagem WordPress (Pro e VIP), Revendas de Hospedagem e Servidores VPS.
  3. Projetos que recebem muitos acessos: normalmente esses sites são blogs muito conhecidos ou lojas virtuais com muitos clientes. Sites com muito tráfego tem em sua fórmula de sucesso uma soma de vários fatores diferentes, desde ao ranqueamento do mesmo nos principais motores de busca como também um conteúdo bem desenvolvido e interessante. Para esse tipo de sites nós recomendamos os Servidores Dedicados.


Magento

Magento

Já o Magento é uma aplicação para lojas virtuais bastante popular. Como apresenta grande capacidade de customização, é referência para publicação, edição e manutenção de um e-commerce.

Se você está pensando em criar uma loja virtual recomendo muito considerar a plataforma Magento. Ele está entre os primeiros na lista de plataformas de criação voltadas para o comércio eletrônico mais utilizadas. Atualmente o Magento abrange um total de 18% do mercado mundial e, por muito tempo, já foi o sistema de e-Commerce mais utilizado no mundo, perdendo agora somente para o WordPress com o Woocommerce, de acordo com a pesquisa feita pela aheadWorks – especializada em extensões para a plataforma.

O Magento é uma ferramenta de código aberto mas que não trabalha com linguagem de programação direta, mas sim com um desenvolvimento por meio de templates personalizáveis (temas). Isso significa que você pode desenvolver sua loja virtual sozinho, pois não há trabalho direto com linguagem de programação.

É claro que se quiser algo mais elaborado você pode buscar soluções alternativas como um desenvolvedor, pois o código aberto desse CMS permite que qualquer pessoa possa editá-lo. Essa liberdade com o código não só permite mudanças no layout, mas também integrações com outras plataformas, automações, dando uma adaptabilidade ao usuário.

A plataforma trabalha com a linguagem de programação PHP e foi lançada em 2008. Desde então tem recebido atualizações de otimização e correção de bugs ano a ano, fazendo do Magento uma plataforma atual e segura.

Outro ponto que faz do Magento uma ferramenta interessante é a navegação do produto, ou seja, ele mostra as ofertas de forma organizada e apresentável. Ponto fundamental para os consumidores não é mesmo? Afinal todo mundo busca uma loja bonita e inteligível.

Como o intuito do Magento é oferecer uma plataforma onde todos pudessem desenvolver sua loja, por isso tem uma lista de módulos práticos que podem ajudar quem está começando agora, confira algum deles:

  • Pagseguro Transparente: É um Gateway de pagamento na loja para finalizar as compras na sua loja e aceita cartões, boleto e TEF.
  • Mundipagg: Também é um módulo de pagamento que permite uso de diversos cartões e transação prática.
  • Pay.nl: Outro módulo de pagamento que permite transações com diversos meios de pagamento.
  • Cálculo de Frete Correios: Esse módulo é um pouco óbvio, ele faz o cálculo de frete na própria página do produto e conta com diversos tipos de entrega, tornando o processo de compra bem agradável.
  • LightBox: Esse módulo é bem interessante, ele amplia a imagem do produto em um campo maior no mouse, podendo detalhar ainda mais a imagem.

Qual plano escolher para uma loja Magento na HostGator?

Todas essas características fazem do Magento uma plataforma muito robusta e por isso requer uma hospedagem com um bom desempenho. Outro ponto que torna o Magento um CMS pesado é a quantidade de requisições ao banco de dados e isso requer bastante processamento também.

Mas antes de escolher um plano de hospedagem para ele, você precisa analisar o tamanho da sua loja. Será preciso mensurar não só a quantidade de produtos que serão disponibilizados, mas também uma média de acessos diários que a loja receberá e o espaço de armazenamento para o bom funcionamento da loja.

Porém não é só isso, existem outros fatores determinantes na hora de escolher a hospedagem, como a escolha do tema que será utilizado no site e também a quantidade de módulos que serão utilizados para rodar sua loja por completo. Pensando nisso criei alguns cenários a fim de direcionar diferentes projetos aos planos adequados, confira:

  1. Iniciando um novo projeto: onde sua loja ainda está em desenvolvimento, com certeza você precisará de um ambiente para isso. Nessa situação você pode muito bem utilizar dos recursos disponíveis em nossos planos de Hospedagem de Sites (Plano P, M e Business). Esses planos também atenderão uma loja em fase inicial e também após a etapa do desenvolvimento, com a loja online e já em funcionamento.
  2. Já desenvolveu sua loja e ela está consolidada no mercado: sabemos que o Magento precisa de no mínimo 2GB de RAM dedicados para rodar uma loja perfeitamente. Então para projetos já em andamentos nós temos servidores de alto desempenho e recomendamos que sejam utilizados ou servidores VPS ou então Servidores Dedicados.

Moodle

Moodle

O Moodle é uma das grandes referências quando falamos em plataformas voltadas para educação e ele vem trazendo novos ares à educação a distância. O principal intuito do desenvolvedor dessa plataforma é que ela fosse fácil de utilizar, de forma bem intuitiva para que até aqueles que não estão habituados pudessem ter acesso.

A plataforma foi desenvolvida para facilitar o relacionamento entre as instituições de ensino e o estudante, pois é um ambiente online criado para desenvolver a aprendizagem. Ele pode ser utilizado tanto para cursos a distância quanto para auxiliar os presenciais.

Dentre as principais funções do Moodle estão disponíveis desde:

  • importação de dados
  • gestão de usuários
  • gestão de cursos
  • gestão de inscrições
  • gestões de turmas
  • plano de aprendizado
  • notas da escola
  • e diversos outros recursos

O Moodle tem um local de armazenamento de conteúdo, onde é possível compartilhar documentos, áudio ou até mesmo vídeo em forma de vídeo aula. Ao disponibilizar seus cursos você pode organizar um cronograma de estudos sem precisar seguir uma ordem pré-estabelecida.

O aluno poderá acessar a plataforma de qualquer local com internet e isso permite um acesso rápido aos documentos que a entidade de ensino deseja compartilhar, fazendo dessa função um diferencial interessante do Moodle.

Nele também é possível observar o comportamento dos alunos, pois a plataforma gera relatórios completos de quais conteúdos estão sendo mais acessados, por quanto tempo estão sendo acessados e também se foram finalizados ou não.

Com o Moodle é possível estimular o aprendizado compartilhado, fazendo isso por meio de chats e fóruns, onde professores e alunos podem ter discussões e debates em relação a um determinado assunto. É claro que existem inúmeras outras funcionalidades também, tal como:

  • Revisão de calendário de aulas
  • Envio de tarefas e avaliações
  • Glossário

Outro ponto que faz do Moodle uma boa escolha é que ele é um software livre, de código aberto. Isso faz com que a plataforma tenha uma alto nível de personalização, garantindo que a instituição de ensino apresente um ambiente voltado para as suas necessidades.

O Moodle já está no mercado há bastante tempo e com isso sua comunidade conta com milhares de membros em todo o mundo e todos colaboram para soluções de problemas e melhorias da ferramenta, além do mais bacana de tudo isso, ele é compatível com os navegadores mais utilizados.

Qual plano escolher para uma aplicação Moodle na HostGator?

O método que essa aplicação trabalha é através de uma área restrita, ou seja, cada aluno, professor ou administrador terá seu próprio acesso. Com isso a ferramenta precisa de um servidor com um bom desempenho, pois cada acesso dentro da plataforma gera uma consulta ininterrupta no banco de dados, consumindo muitos recursos do servidor.

É muito importante estar preparado para as demandas de um projeto Moodle e para isso é preciso investir em uma boa infraestrutura para hospedar essa aplicação. Desde demandas pequenas (25 alunos) ou uma demanda grande, o ideal é hospedá-lo em um servidor com uma grande capacidade de processamento e uma boa quantidade de memória RAM.

Hospedar o Moodle não parece uma tarefa muito fácil, não é mesmo? Mas não se preocupe, para ajudar a direcionar o seu projeto ao servidor ideal aqui na HostGator, vou criar diferentes cenários:

  1. Um projeto em fase inicial: onde ainda está em desenvolvimento, então você não vai precisar de um servidor tão robusto. Para essa situação nossos planos de entrada atenderão muito bem, Hospedagem de Sites (Plano P, M e Business). Isso porque todos esses planos disponibilizam a quantidade ideal de memória RAM e processamento e até mesmo são capaz de sustentar uma média de 25 usuários simultâneos.
  2. Um projeto já está concretizado e em ascensão: onde o site já foi finalizado e já temos uma boa quantidade de usuários acessando simultaneamente. Para uma demanda de em média 200 a 300 acessos simultâneos a nossa recomendação é já pensar em um servidor exclusivo como Servidores Dedicados (planos Básicos e Standard atenderão muito bem).
  3. Um portal muito bem consolidado: com mais de mil alunos cadastrados e ativos. Para uma demanda dessas onde sabemos que o tráfego é grande, também será ideal trabalhar com Servidores Dedicados (planos Elite e Pro).

Outros CMSs

Além dos CMSs citados acima, uma infinidade de recursos estão disponíveis para fins genéricos ou mais específicos.

Assim como o WordPress, o Drupal e o Joomla permitem a publicação, gerenciamento e organização de uma ampla variedade de conteúdo em um site. Como são sistemas mais genéricos, podem ser utilizados para diversas aplicações, que vão desde sites corporativos ou portais, passando por sistemas de intranet corporativa, publicações online e e-commerce, até pequenos sites de negócios online.

Para o desenvolvimento de fóruns, por exemplo, existem opções como o bbPress e phpBB. Já para a área educacional, além do Moodle, também há a opção do Claroline. Também para e-commerce, PrestaShop e ZenCart são referências importantes. Além de diversos outros CMSs disponíveis na hospedagem.

Como instalar um CMS na hospedagem?

Grande parte dos CMSs disponíveis podem ser instalados através do Instalador Automático que a HostGator disponibiliza no cPanel.

Wordpress, Joomla, Drupal, magento, qual o melhor
Para conhecer a lista, faça login no cPanel, acesse a caixa Softwares e selecionar o Instalador. Os CMSs disponíveis para instalação aparecem no menu lateral esquerdo.

Seja lá qual for a sua idéia ou o tipo de projeto que você tem em pensamento nós conseguimos hospedar, que tal conversar com algum especialista e tirar sua ideia do papel?

Conteúdo publicado originalmente em 27/02/2014.

Tags:, , , , , , ,
Comentários
Pressione Enter para pesquisar ou ESC para fechar