Fique por dentro das novidades do seu tema preferido

Aprenda a criar sites incríveis com facilidade

Use o poder da internet para divulgar o seu negócio

Inspire-se com as estratégias de grandes empresas

Conteúdos variados para alavancar os resultados do seu projeto

A confirmação da sua inscrição foi enviada para o seu e-mail

Agradecemos sua inscrição e esperamos que você aproveite nossos conteúdos!

Saiba a importância de criar um plano de manutenção de site e conheça ferramentas que podem ajudar nesse processo.

Todo mundo sabe que ter um site atualmente é indispensável para manter a presença online. Contudo, alguns desafios podem surgir ao longo do caminho.  

Preservar o servidor em pleno funcionamento é algo importante nesse processo. Ele também precisa ser otimizado para mecanismos de busca, seguir as regras de segurança e fornecer uma experiência de navegação agradável aos usuários. Porém, isso pode se tornar algo difícil de ser feito sem um bom planejamento de manutenção

Então, aprenda nesse artigo o que é um plano de manutenção de site, seus benefícios e ferramentas. Continue lendo! 

O que é plano de manutenção de site?  

Um plano de manutenção de um site nada mais é do que um conjunto de ações previamente planejadas. Elas garantem que o seu site permaneça funcional, seguro, atualizado e otimizado ao longo do tempo. 

O plano pode conter atualizações regulares de conteúdos, plugins e temas, backups e monitoramento de desempenho. Também pode contemplar a implementação e atualização de medidas de segurança e otimizações para SEO.

Todas essas ações possuem um objetivo: manter a saúde do seu site, a segurança e a experiência de seus usuários sempre em dia. 

Para exemplificar, vamos pensar na saúde do corpo. Para mantê-la em dia, é preciso fazer um check-up geral todos os anos e, em alguns casos, mensalmente, certo?  

Além disso, a qualquer sinal de dor ou desconforto, existem remédios e tratamentos que inibem dores e curam infecções. 

Manter um site também exige essa regularidade de inspeção e, principalmente, um plano bem definido que crie uma rotina de validação.  

Sites que não possuem nenhum tipo de acompanhamento de rotina acabam “se afogando” em páginas acumuladas e desnecessárias. Soma-se a isso problemas de indexação, acúmulo de código “morto”, servidores pesados e uma estrutura muitas vezes bagunçada. 

Quem desenvolve o plano de manutenção do site? 

Para desenvolver um plano de manutenção, é ideal envolver toda uma equipe integrada e multidisciplinar. Todos devem ter olhos que enxergam cada cantinho do site e se preocupar com ele.  

Um exemplo de alguns times integrados que podem participar do planejamento de manutenção do site são: 

  • gerentes de projeto: eles ajudarão a centralizar e direcionar o planejamento integrando todos os times; 
  • desenvolvedores back-end e front-end: eles estarão aptos a resolver problemas mais técnicos do site. Isso vai desde o banco de dados até a estilização de cada página; 
  • segurança da informação: em alguns casos, o time de desenvolvedores pode atuar nesse papel. Porém, ter alguém que olhe com dedicação para a segurança do site é indispensável; 
  • especialistas em SEO: já dizia a frase, se não está no Google é porque não existe. Um site otimizado para mecanismos de busca é essencial para que seu site seja rastreável e indexável nos mecanismos de busca; 
  • especialistas em CRO: esse profissional vai monitorar de perto a performance do seu site e dar diretrizes pertinentes de como otimizá-la! 

Caso seu negócio seja pequeno e não tenha todo esse time à sua disposição, contratar serviços de manutenção é uma ótima opção! 

O que considerar no plano de manutenção de site?  

Agora que falamos sobre o plano de manutenção, vamos entender quais os principais fatores que devem ser considerados. 

Segurança  

A segurança é uma das maiores preocupações na atualidade. Não é à toa que leis como a LGPD têm sido criadas para monitorar, julgar e frear problemas relacionados à crimes cibernéticos.  

Até não muito tempo atrás, a internet era uma terra sem lei. Entretanto, com a grande movimentação de dados, os crimes de phishing e vazamento de dados pessoais podem causar estragos bilionários.  

Segundo o Anuário Brasileiros de Segurança Pública, os crimes cibernéticos aumentaram em 63% apenas em 2023. Por conta disso, estudos em todo o mundo têm sido realizados para prever maneiras de aumentar a segurança das redes. 

Além disso, a segurança garante mais credibilidade para os usuários e interfere até mesmo na performance em mecanismos de busca como o Google. Ele considera essa questão como um fator de ranqueamento, principalmente se no seu site rodar dados pessoais como nomes, endereços e informações bancárias.  

Confira a seguir 8 fatores de segurança para considerar no planejamento: 

Criptografia com SSL 

A criptografia dos dados com selo SSL (Secure Sockets Layer) garante uma maior segurança na comunicação entre servidor e usuário. Sabe aquele o HTTP presente nos endereços da internet?  

Um HTTP sem o S é um problema de segurança. Ou seja: todos os endereços do site precisam conter um selo de segurança SSL, que deixará o protocolo de comunicação dessa maneira: HTTPS.  

Se você entrar em um site sem o S no HTTP, não arrisque fazer uma compra ou conceder informações pessoais! 

Atenção à segurança 

Patches de segurança, firewalls, antivírus e antimalware mantém todos os softwares, sistemas operacionais, aplicativos e plugins atualizados com as últimas correções de segurança.  

Fazer isso evita brechas conhecidas como falhas de execução de código, injeção de SQL, ataques DDoS, entre outros problemas. 

Monitoramento 

Sistemas de monitoramento de segurança que utiliza ferramentas, como a Sucuri, são extremamente úteis para detectar atividades suspeitas. Eles ajudam a evitar que ataques passem despercebidos, ajudando a fazer com que as soluções sejam rapidamente implementadas. 

Gerenciamento de acessos 

A gestão de acessos e o controle de privacidade são práticas básicas. Essas ações garantem que os acessos ao site sejam controlados por meio de senhas seguras. Além disso, autenticação de dois fatores e gerenciamento adequado de permissões de usuário ajudam no processo.  

O cPanel é uma ferramenta que te ajuda a gerenciar a hospedagem de seu site. Somado a isso, é um ambiente que oferece facilidade de manter esses dados de segurança sempre em dia. 

Faça testes de penetração 

Realize testes de penetração e auditorias de segurança de tempos em tempos para identificar possíveis falhas e brechas. Essa é uma excelente maneira de evitar possíveis ataques. 

Crie políticas de segurança 

A implemente políticas de segurança claras e faça o treinamento de todos os membros da equipe. Isso ajudará a fazer com que eles estejam treinados para lidar com questões de segurança. 

Tenha um plano de resposta 

Desenvolva e revise planos de resposta a incidentes. Isso ajuda a lidar rapidamente com possíveis violações de segurança, incluindo medidas de contenção, investigação e notificação adequada às autoridades e usuários afetados. 

Revisão sempre 

Revise o plano de segurança do site, garantindo que ele esteja alinhado com as melhores práticas e fazer ajustes conforme necessário. 

plano de manutenção de site
Ter um plano de manutenção de site é essencial para o bom funcionamento de uma página.

Backup  

O backup, além de se relacionar com a segurança, é também um procedimento muito inteligente. Ele pode salvar preciosos anos de trabalho, principalmente diante de migrações de sites e atualizações.  

É importante determinar a frequência de backup do seu site, que pode exigir uma atualização mensal, semanal ou até mesmo diária.  

Escolher o tipo de backup também fará diferença. Backups completos, por exemplo, salvam todos os arquivos selecionados, já backups incrementais ou diferenciais salvam apenas as mudanças realizadas desde o último backup. Isso, aliás, não significa que você precisará de ambos. 

Pensar no local de armazenamento dos backups é algo determinado previamente. Porém, no plano de manutenção do site é importante incluir verificações para saber se esses locais estão sendo suficientes ou até mesmo desnecessários. Dessa maneira, será possível validar preocupações com perdas de dados importantes ou gastos extras que podem ser evitados.  

Para finalizar, mantenha registros detalhados de cada backup realizado. Isso deve incluir data, tipo, local de armazenamento, informações relevantes e estabelecer procedimentos claros para recuperar os dados. Isso dará a você uma segurança de longo prazo e controle total sobre todo o histórico do banco de dados. 

Aqui na Hostgator oferecemos serviços de segurança que contemplam certificação SSL, proteção contra malwares e backups altamente seguros! 

Atualizações  

Na internet, a velocidade com que novos dados e conteúdos são gerados é absurda. Até mesmo o menor das páginas precisa de plano de manutenção de sites. Ele deve ser abrangente e considerar diversos fatores para garantir que todas as áreas críticas estejam atualizadas e protegidas.  

Caso tenha um sistema de gerenciamento de conteúdo como WordPress, Joomla ou Drupal, é fundamental manter o núcleo do sistema e temas atualizados. 

Manter o software do servidor (como PHP, MySQL, Apache, Nginx) atualizado também é crucial para garantir a estabilidade, segurança e desempenho do site.  

Se o seu site utiliza plugins, é fundamental manter todos esses elementos atualizados. Isso vai garantir a segurança e sistemas compatíveis com a versão mais recente do CMS ou plataforma. 

Além disso, agendar atualizações regulares pode garantir que o site permaneça atualizado e seguro, sem a necessidade de intervenção manual constante. Ferramentas de automação podem facilitar esse processo, então invista nelas! 

Desempenho do site  

Segundo um estudo feito pelo Google, o desempenho do site em dispositivos móveis traz pelo ou menos três benefícios comprovados:  

  1. Sites mais rápidos levam mais pessoas a completar compras; 
  2. Sites mais rápidos significam maior permanência na página e maior número de compras; 
  3. Sites mais rápidos têm menores taxas de rejeição. 

Nesse sentido, focar no desempenho do site é um complemento poderoso. Aliás, avaliações regulares do desempenho não poderiam faltar no plano de manutenção do seu site. 

Quando se trata do desempenho de um site, vários fatores podem influenciar a experiência do usuário e devem ser levados em consideração. Vamos ver alguns deles. 

  1. Automatizar o processo de backups, definindo horários convenientes. Faça isso e horários de menor fluxo de navegação, além de programar um aviso de manutenção para minimizar impactos na performance do site; 
  2. É fundamental que o tempo de carregamento das páginas seja rápido, principalmente em dispositivos móveis. Isso afeta diretamente a experiência do usuário e pode impactar o ranqueamento nos mecanismos de busca;  
  3. Garantir a responsividade do site ao longo do tempo, em diferentes dispositivos (computadores, tablets, celulares) é crucial. Isso pode ser alcançado por meio de design responsivo e testes regulares em diferentes plataformas; 
  4. Escolher um provedor de hospedagem confiável e de qualidade é crucial para o desempenho do site. Por isso, é necessário rever de tempos em tempos se o seu provedor está fazendo um bom trabalho; 
  5. Revisar e otimizar o código do site, mitificar e combinar arquivos CSS e JavaScript ajudam a reduzir o número de solicitações ao servidor; 
  6. Definir e realizar testes regulares de desempenho para identificar áreas de melhoria e implementar otimizações conforme necessário. 

Considerando esses fatores, é possível otimizar o desempenho, proporcionando uma experiência mais rápida e eficiente aos usuários. 

Marketing de conteúdo  

Bill Gates disse, em 1996, que “o Conteúdo é rei”, e é mesmo. Ainda hoje, a qualidade do conteúdo é um dos fatores que mais motivam, engajam ou afastam os usuários do seu site. 

Quando se trata de marketing de conteúdo em um plano de manutenção de site, é importante considerar uma variedade de fatores. Isso vai garantir que seu material seja relevante, atraente e eficaz.  

Você já ouviu falar em E-A-T? Essa é a sigla criada pelo Google direciona os algoritmos na hora de escolher quais conteúdos serão apresentados em seus resultados. Ela significa “Expertise, Authoritativeness e Trustworthiness”, ou em português, Expertise, Autoridade e Confiabilidade. 

O E-A-T do Google é excelente para direcionar nosso plano de manutenção de site aos olhos do marketing de conteúdo. 

Ao considerar esses fatores no plano de manutenção de site, é possível criar e manter uma estratégia de marketing de conteúdo eficaz. Vale lembrar que o importante não é apenas atrair, mas também envolver e converter os visitantes em clientes ou seguidores engajados. Vamos ver alguns deles. 

  • Avaliar o conteúdo existente para identificar o que está funcionando, o que precisa ser atualizado e o que pode ser removido. Isso garante que o site ofereça conteúdo atualizado e relevante; 
  • Manter uma programação regular de publicação de conteúdo, com um calendário editorial. Isso funciona para blogs, vídeos e infográficos, ajudando a manter o envolvimento do público-alvo; 
  • Pesquisar e usar palavras-chave relevantes para melhorar o ranqueamento do site nos mecanismos de busca. Isso inclui a otimização de títulos, meta descrições, URLs e estrutura de conteúdo; 
  • Revisar e atualizar regularmente conteúdos evergreen (conteúdos sempre relevantes) para mantê-los atuais e valiosos para os visitantes; 
  • Responder a comentários, perguntas e interações dos usuários. Isso mostra um compromisso com a audiência e ajuda a construir uma relação mais sólidá com seus usuários; 
  • Incorporar estratégias de link building para aumentar a autoridade do domínio do site. Faça isso integrando estratégias de redes sociais para compartilhar o conteúdo e aumentar sua visibilidade; 
  • Utilizar ferramentas analíticas para acompanhar o desempenho do conteúdo, incluindo métricas como tráfego, taxas de conversão, tempo na página, entre outros. Isso permite ajustar a estratégia com base nos dados. 
  • Garantir que cada peça de conteúdo tenha um CTA claro. Ele orienta os visitantes sobre o próximo passo desejado, seja fazer uma compra, assinar uma newsletter ou entrar em contato. 

Experiência do usuário  

Em 2020, o Google atualizou seus algoritmos do E-A-T para o E-E-A-T. Isso definiu a “experiência” como um de seus pilares.  

Nesse sentido, a experiência do usuário, conhecida também como “UX”, é crucial para o sucesso de um site. Ao considerar a manutenção do site para melhorar a experiência do usuário, alguns elementos são fundamentais. 

Além de alguns fatores já citados, existem alguns outros pontos que impactam na experiência do usuário. 

Alguns desses pontos são a navegação clara e intuitiva, links visíveis e uma arquitetura de informação lógica. Com isso, você ajuda os usuários a encontrarem o que procuram.  

Ao considerar esses fatores no plano de manutenção de site, você pode aprimorar a experiência do usuário. Assim, você também aumentando a satisfação, a interação e a fidelidade dos visitantes. 

Ferramentas úteis para manutenção de site  

Todo plano precisa de ferramentas para ser executado, e com a manutenção do seu site não seria diferente.  

Pensando nisso, vamos conhecer algumas das ferramentas mais usadas ao longo de todos esses processos citados anteriormente.  

Google Analytics 

O Google Analytics é uma ferramenta do Google que tem como base a captação de métricas relacionadas ao seu site. Ele desempenha um papel crucial no plano de manutenção, fornecendo insights valiosos para melhorias contínuas.  

O Google Analytics é uma ferramenta poderosa que fornece uma visão detalhada do comportamento dos usuários e do desempenho do site. Isso permite ajustes e melhorias contínuas, contribuindo para uma experiência do usuário aprimorada e um site mais eficiente.  

Aqui estão 4 maneiras pelas quais o Google Analytics pode ajudar você no plano de ação das manutenções do seu site são: 

Monitoramento do desempenho do site 

A ferramenta permite identificar páginas com altas taxas de rejeição, tempos de carregamento lentos ou baixo engajamento. Isso indica áreas que podem precisar de melhorias.  

Ela também rastreia a eficácia das páginas de conversão, como páginas de venda e formulários de contato. Além disso, ajuda a entender quais partes do site contribuem mais para as metas estabelecidas. 

Compreensão do comportamento do usuário

O Analytics permite compreender como os usuários navegam pelo site. Com o auxílio dele, você sabe quais páginas são mais populares, onde ocorrem abandonos e como as pessoas interagem com o conteúdo. 

A ferramenta revela também quais dispositivos os usuários estão utilizando para acessar o site (desktop, mobile ou tablet). Esse ajudando na priorização de responsividade, com o mobile first

plano de manutenção de site
A manutenção de site deve ser feita de maneira periódica.

Otimização de conteúdo e SEO 

A ferramenta oferece insights sobre palavras-chave que direcionam tráfego ao site e quais fontes são mais eficazes. Ajuda a ajustar a estratégia de SEO e marketing de conteúdo. 

Além disso, mostra quais tipos de conteúdo têm melhor desempenho, permitindo a criação de mais conteúdo semelhante que se conecta com os usuários. 

Ações para melhorias 

O Google Analytics pode ser configurado para fornecer dados para testes A/B e outras experiências, permitindo otimizações baseadas em dados reais. 

Após implementar alterações no site, o Google Analytics pode ajudar a avaliar o impacto dessas mudanças nas métricas de desempenho

Ahrefs, SemRush e Ubersuggest 

O Ahrefs, Semrush e Ubersuggest são ferramentas de SEO que oferecem recursos extremamente úteis no plano de manutenção do site. Aqui estão algumas maneiras pelas quais o Ahrefs, por exemplo, pode auxiliar: 

  • Análise de palavras-chave; 
  • Análise de conteúdo; 
  • Análise de backlinks; 
  • Análise de autoridade de domínio; 
  • Auditoria técnica de SEO e saúde do site; 
  • Monitoramento de competidores e benchmarking. 

Filezilla  

O FileZilla é um software cliente de FTP (Protocolo de Transferência de Arquivos). Ele permite a transferência de arquivos entre um computador local e um servidor remoto de hospedagem web.  

O Filezilla é amplamente utilizado para ajudar na manutenção de sites de diversas maneiras: 

  • Transferência de arquivos; 
  • Gerenciamento de arquivos no servidor; 
  • Backup e restauração; 
  • Gerenciamento de permissões; 
  • Diagnóstico de problemas; 
  • Facilidade de uso.

Pingdom, GTMetrix, Pagespeed Insights, WebPageTest  

O Pingdom, GTMetrix, PageSpeed Insights e WebPageTest são ferramentas que desempenham a função de medir e analisar o desempenho e velocidade do site. Com suas diferenças, elas podemos fazer análises como: 

  • Monitoramento de tempo de carregamento; 
  • Monitoramento da disponibilidade do seu site em intervalos regulares; 
  • Análise detalhada de desempenho; 
  • Testes de desempenho e otimização baseada em dados.

 Sucuri  

A Sucuri é uma plataforma de segurança e proteção de sites, focada na prevenção e remediação de ameaças cibernéticas.  

Ela desempenha um papel crucial no plano de manutenção do site, oferecendo várias opções para garantir a segurança e integridade do seu site.  

Vamos ver 5 recursos da Sucuri que podem proteger seu site dos pés à cabeça.  

Proteção contra malware e hackers 

A ferramenta realiza varreduras regulares em busca de malware e ameaças. Além disso, identifica e remove malware ou códigos maliciosos presentes no site. 

Oferece também uma camada de proteção adicional. Dessa forma, ajuda a filtrar e bloquear tráfego mal-intencionado antes que ele alcance o site com o Firewall de Aplicativos Web (WAF). 

 Monitoramento contínuo

A Sucuri realiza varreduras automáticas para detectar brechas de segurança e possíveis pontos fracos no site.  

Além disso, fornece atualizações e correções de segurança para falhas conhecidas, mantendo o site protegido contra ameaças emergentes. 

Resposta a incidentes e recuperação de sites comprometidos 

Ajuda na remoção de conteúdo malicioso, restaurando a integridade do site após uma violação de segurança.  

Oferece suporte contínuo, monitorando o site para garantir que a ameaça tenha sido completamente eliminada. 

Auditoria de segurança e relatórios 

Fornece relatórios detalhados sobre o estado de segurança do site, alertando sobre quaisquer atividades suspeitas. 

Proteção contra ataques DDoS

Protege contra ataques que visam deixar o site inacessível sobrecarregando-o com tráfego malicioso. 

Conclusão  

Entendeu o que é e como montar um plano de manutenção de site? Então é hora de colocar as mãos na massa. Lembre-se de avaliar constantemente os resultados e fazer ajustes conforme necessário em cada etapa das atualizações. 

Além disso, dê preferência para serviços de hospedagem e segurança confiáveis, que disponibilizam um ambiente de fácil configuração e suporte técnico! Com o seu plano em mãos, você estará pronto para manter o seu site sempre em dia e livre de riscos. 

Até a próxima! 

Navegue por tópicos

  • O que é plano de manutenção de site?  

  • Quem desenvolve o plano de manutenção do site? 

  • O que considerar no plano de manutenção de site?  

    • Segurança  

    • Backup  

    • Atualizações  

    • Desempenho do site  

    • Marketing de conteúdo  

  • Ferramentas úteis para manutenção de site  

    • Google Analytics 

    • Ahrefs, SemRush e Ubersuggest 

    • Filezilla  

    • Pingdom, GTMetrix, Pagespeed Insights, WebPageTest  

    •  Sucuri  

  • Conclusão  

Tags:

  • Criador de Sites

Carolina Boratino

Analista de SEO, estrategista de conteúdo e redatora com 7 anos de experiência. Já trabalhou com grandes marcas do mercado e tem experiência tanto no mundo freela, quanto em grandes agências, com clientes renomados. Escreve sobre SEO, tecnologia e marketing no geral.

Mais artigos do autor

Garanta sua presença online

Encontre o nome perfeito para seu site

www.

Comentários