Você sabe qual é a importância do slug para a construção de URLs de um site? Veja o guia completo sobre o assunto aqui no blog da HostGator.

O slug é uma ferramenta utilizada para melhorar o SEO de páginas na web. Ele é a parte da URL que identifica uma página e possui um formato que pode ser facilmente lido tanto por usuários quanto por mecanismos de busca.

A otimização dos slugs faz com que os usuários identifiquem o valor do conteúdo, as URLs fiquem mais atraentes e fáceis de entender ou lembrar e o desempenho das páginas de resultados do mecanismo de busca (SERP) tenha uma melhoria significativa. 

Quase qualquer plataforma de desenvolvimento de sites oferece uma forma de alterar os slugs de postagens e páginas. O Wix, por exemplo, possui funcionalidades interessantes para alterar os slugs de suas páginas. 

Contudo, gerenciadores como o WordPress (WP) possuem outras vantagens, pois fornecem recomendações, geram slugs automaticamente ou permitem que você instale plugins para gerenciar os aspectos de SEO. Neste artigo, você descobre o que é slug no WordPress e as formas de melhorá-lo. 

O que é slug do WordPress?

Se você chegou até aqui, é porque quer saber o que significa slug, certo? Os slugs são uma parte fundamental da estrutura do permalink do site. Por esse motivo, quando se trata de SEO, eles são extremamente importantes. Para facilitar, vamos utilizar a URL deste artigo como exemplo: https://www.hostgator.com.br/blog/slug-wordpress, que pertence ao domínio da Hostgator Brasil. 

As URLs pertencentes ao domínio começam com hostgator.com.br, certo? Em seguida, a barra indica um subdiretório, do blog. Os subdiretórios nada mais são que pastas criadas a partir do site principal (https://www.hostgator.com.br/blog/). 

Depois da segunda barra, cada página ou postagem do site tem um slug exclusivo, que serve para identificar o conteúdo daquela página. Neste caso, slug-wordpress. Para frisar, veja outros exemplos e identifique o que é slug em cada um deles. 

  • Exemplo 2: https://www.hostgator.com.br/blog/crie-seu-site/ — o slug é “crie-seu-site”.
  • Exemplo 3: https://www.hostgator.com.br/blog/o-que-e-seo/ — o slug é “o-que-e-seo”.

Ficou mais fácil agora, né? O slug WordPress é a parte que vem depois da barra. Ele é importante porque representa  um sinal considerado pelos motores de busca durante o processo de classificação. 

Nos exemplos citados, você provavelmente identificou o tipo de informação que deveria esperar de cada página: dicas de slug do WordPress, dicas de como criar um site e informações sobre SEO. 

Além do mais, poder alterá-lo manualmente pode ser uma ferramenta útil. Às vezes, os slugs gerados automaticamente são longos e irrelevantes para as palavras-chave escolhidas no momento de elaboração do post. Portanto, a dica é sempre otimizá-los antes de postar qualquer artigo. 

Como configurar slugs no WordPress?

Se você utiliza WordPress para gerenciamento de conteúdo, saiba que todas as páginas públicas têm slugs. É possível localizar e editar slugs em:

  • Postagens: os slugs são gerados automaticamente para os tipos de postagem padrão e personalizada; 
  • Páginas: quando você cria uma página, os slugs são uma opção editável;
  • Arquivos do autor: os slugs das páginas do autor podem ser alterados, mas isso requer um plugin específico;
  • Categorias: slugs de categoria são tratados de maneira muito semelhante ao post slug
  • Tags: podem ser editadas no menu Tag em seu painel. 

Slug de posts

A configuração dos slugs deve ser feita antes da publicação do conteúdo — lembre-se disso! Qualquer edição de slug feita após a publicação, precisará de atenção especial, a fim de evitar links quebrados e outros erros.

Ao instalar o WordPress pela primeira vez, a URLs pode ter a seguinte aparência: http://www.example.com/?p=123. No entanto, esse tipo de SEO não é amigável. Assim, o primeiro passo é configurar os slugs do WordPress. 

Para editar a URL slug de postagem, você deve acessar o menu Configurações do WP e editar os permalinks. Eles ajudam a definir a estrutura da URL de todo o site, dizendo ao WordPress onde colocar cada slug individual, definido manualmente. Em Configurações, serão apresentadas várias opções, como dia e nome, mês e nome e nome do post. 

Configurações de links permanentes – WordPress

A melhor abordagem é a de “nome do post”, que separa a URL em travessões, utilizando o título da postagem. Para garantir que o artigo tenha o melhor SEO possível, há mais um passo a ser feito na etapa de configuração. 

Ao inserir esse post no WordPress, ele sugeriu, por padrão, o slug “o-que-é-um-slug-do-wordpress-e-como-editá-lo”. Não se trata de um slug ruim, mas há muitos artigos e palavras que podem confundir tanto o mecanismo de busca do Google quanto os usuários do blog Hostgator.

Contudo, há uma solução para isso: o WP permite que você edite o slug. É só entrar no post para editar, ir no menu do lado direito da tela e procurar o link permanente. Clicando na caixa de “Slug do URL”, você poderá fazer modificações no slug.

O que nós fizemos foi otimizar o slug para slug-wordpress, para que informasse a intenção do artigo de maneira clara e objetiva. Dessa forma, fica mais curto e fácil de entender — aprovado pelo mecanismo de busca!

Slug de página 

Assim como na edição de slug post, para alterar a slug de uma página, você precisará acessar a caixa de link permanente. Para isso, basta ir até “Páginas” e “Adicionar Nova”. 

Crie uma nova página qualquer e verá que o campo de edição vai aparecer logo acima do título da página. Em seguida, é só alterar conforme as práticas de SEO e sua estratégia de marketing digital.

Slug de categorias e tags

O primeiro passo para definir slugs de categorias é ir até ao menu do site WP, acessar “Posts” e “Categorias”. Encontre as categorias que você deseja editar e clique em “Editar”. Em seguida, você deve inserir o texto do slug no campo correspondente. Se estiver tudo ok, basta clicar em “Atualizar”. 

O mesmo processo serve para a edição de tags. Vá até “Posts”, “Tags”, edite-as conforme achar necessário e clique em “Atualizar”.

Slug de autor

A edição deste slug é uma ótima dica para quem possui sites ou blog com muitos colaboradores. Assim, cada conteúdo terá um autor correspondente. Infelizmente, o WordPress não permite a edição manual desse slug, então você precisará fazer o download de um plugin, como o Edit Author Slug.

Depois de instalar e ativá-lo, você deve acessar a aba “Usuários” e “Todos os usuários”. Com isso feito, selecione o usuário e clique em “Editar Usuário”. Vá até à opção de edição da slug, digite a nova slug e clique em “atualizar” — pronto!

Dicas para definir o slug no WordPress

A otimização de slugs de posts, páginas, tags e categorias ajuda você a ter um site mais amigável tanto para usuários quanto para os mecanismos de busca. O objetivo das ações de SEO é aumentar a credibilidade e trazer tráfego orgânico para seu site ou blog, fazendo com que ele fique entre os primeiros lugares no ranking do Google.

Pensando nisso, separamos quatro dicas sobre como definir o slug do WordPress. Confira abaixo! 

Elimine palavras irrelevantes 

Para otimizar o slug, você deve eliminar palavras que não agregam valor à compreensão do conteúdo, como artigos, preposições e pronomes: a, o, um, uma, eu, você, de, como, para, etc. 

Use travessões para separar palavras em uma lesma

Pode parecer simples, pois o uso de travessões já é uma prática comum, mas certifique-se de que você está usando travessões e não outro caractere especial.

Seja breve

Slugs mais curtos são mais fáceis de entender e processar que os mais longos. Por isso, “slug-wordpress” é um slug muito melhor que “o-que-é-um-slug-do-wordpress-e-como-editá-lo”. 

Outro motivo para ser breve é o fato de que o mecanismo de busca do Google tenta combinar o que o usuário digitou na caixa de pesquisa com slugs de páginas. Se ele encontrar uma “correspondência exata”, a página específica terá uma vantagem adicional. Assim, slugs curtos incentivam mais cliques e visitas ao seu site.

Use apenas caracteres minúsculos

Alguns servidores classificam letras maiúsculas como caracteres diferentes, por isso evite usar caracteres maiúsculos, já que podem prejudicar seu SEO!  

Ao criar uma nova página ou postagem, você deve investir tempo para utilizá-las. Use slugs curtos e descritivos, travessões como separador de palavras e apenas caracteres minúsculos.

Se você decidir alterar o slug de uma postagem existente, lembre-se de utilizar redirecionamento de página, pois alteração de slug é o mesmo que alteração de URL. Caso contrário, a mudança pode ter um impacto negativo no seu SEO.

Agora que você sabe o que são slugs, como são usados ​​e quais são algumas das práticas recomendadas, é hora de otimizar os slugs do seu site e blog! A corrida para a primeira página do SERP é definida nos mínimos detalhes, por isso é essencial aproveitar todas as ferramentas disponíveis.

Para ajudá-lo, o blog da HostGator oferece várias dicas sobre o tema: é só navegar para encontrar o que precisa!