Como fazer um review de hospedagem de sites

Como fazer um review sobre Hospedagem de Sites

terça-feira, 23 de julho de 2019 | Comentários

Escrito por

Escute o conteúdo do post com o player:

Fazer um review é uma das formas mais fáceis de começar sua estratégia para ganhar dinheiro com um Programa de Afiliados. Muito usada por lojas virtuais nas páginas de produto, a estratégia também é poderosa e eficiente para aumentar as taxas de conversão de vendas de serviços.

Isso mesmo! Fazendo reviews, você ajudará consumidores a escolher produtos e serviços perfeitos para o negócio deles.

Para quem quer entender melhor como ganhar uma grana extra como afiliado, recomendamos ler os posts ‘Como gerar receita com programa de afiliados de hospedagem’ e ‘Como ser um afiliado de sucesso’.

Neste post nosso foco será falar sobre os reviews de hospedagem de sites para que você possa atrair interessados em contratar estes serviços. Vamos lá?

O que é um review?

Um review é uma avaliação ou uma análise sobre um produto ou serviço feita de acordo com a experiência de quem os usou. Muito além de uma resenha ou crítica, estes conteúdos ajudam a levar informação relevante para o consumidor.

Para criar um review sobre Hospedagem de Sites é importante listar pontos-chave sobre a empresa que presta este serviço e analisar planos ou recursos relevantes para seu público. Além de informações sobre composição, qualidade, vantagens e desvantagens, facilidade de uso, entre outros. Veja como fazer.

Como fazer um review para vender serviços de hospedagem

Comece seu review sobre uma hospedagem de sites escolhendo o produto e a empresa que oferece o serviço. Em seguida analise suas características e escreva sua avaliação com base no que o seu público deseja saber. Siga estes 4 passos:

  1. Faça um rápido reconhecimento do serviço e da plataforma que o oferece
  2. Anote o que você está observando: características, ferramentas, recursos, valores, etc
  3. Avalie todos os pontos importantes: É fácil de usar? É bom? É diferente? É útil? Quem teria interesse em usá-lo? Funciona?
  4. Tente responder às perguntas das pessoas que vão ver o seu review: Que tipo de informação procuram? Que dados precisa? Como você pode ajudar a pessoa a decidir sobre o serviço? O que você sugeriria para a pessoa que está procurando informações sobre ele? Se quiser, você pode usar um software como o Google Keyword Planner ou pode fazer uma pesquisa direta com a sua audiência por meio das redes sociais, e-mail ou formulários.

Quem tem interesse em comprar uma Hospedagem de Sites?

Todo mundo precisa de um site, blog ou aplicação. Portanto, agências de marketing digital, pessoas ou freelancers que querem ter um blog ou um site e empreendedores em geral são potenciais candidatos para lerem o seu review.

Quais tópicos colocar no seu review?

Agora que você já tem todos os dados que precisa para produzir o seu review (seja em texto, vídeo ou podcast). Sugerimos que você separe os assuntos do seu review por tópicos, assim você facilita o entendimento do seu público e torna o conteúdo mais dinâmico.

Abaixo você encontra algumas sugestões para organizar a apresentação do seu review:

  1. Descrição e características: Qual é o tipo de produto? Exemplos: Registro de domínio, hospedagem compartilhada, servidor VPS ou Dedicado. Como você descreveria o nível de dificuldade para usar este serviço? Para que tipo de pessoa indicaria? Quanto ele custa? Qual é a avaliação geral sobre ele e que empresa oferece o produto que você está indicando?
  2. Prós e contras: Neste item você pode descrever as vantagens e desvantagens de adquirir um determinado plano de hospedagem. Fale sobre as características e diferenciais daquele produto de hospedagem. Por exemplo: se você está avaliando um plano compartilhado deve ressaltar as limitações dos recursos como espaço em disco, número de domínios, contas de e-mail, etc. Se você está falando sobre um servidor VPS vale destacar pontos como autonomia (acesso root), custo-benefício e a tecnologia de virtualização de servidores e por aí vai.
  3. Tipo de pessoas que precisam do produto: Para quem você indicaria esse produto? Que tipo de pessoas ou empresas podem precisar de um produto com essas características? Um Criador de Sites, por exemplo pode ser uma ótima sugestão para microempreendedores que estão começando um negócio na internet, enquanto um Servidor Dedicado pode ser indicado para pessoas com sites ou aplicações que precisam de infraestrutura para receber alto tráfego, etc.
  4. Data Centers: Você pode fornecer informações a respeito da localização, estabilidade e o tempo de resposta dos servidores, método de refrigeração, segurança dos data centers, rotina de backups, entre outros.
  5. Planos disponíveis: Se o produto que você está indicando é oferecido em diferentes planos e com diferentes valores, você pode apresentar as variações dos planos e os recursos que cada um deles oferece de acordo com a necessidade da pessoa que está procurando a informação.
  6. Migração e suporte técnico: Você pode falar sobre o processo de migração de um site, como funciona, processo para solicitar a migração e as condições para que seja feita. Além disso, procure informações sobre o suporte técnico, se há algum custo ou se é gratuito, qual é o tempo médio de demora no atendimento, qual o horário de funcionamento, canais e situações em que é preciso usar o suporte.
  7. Testes e experiência: Aqui você pode falar que tipos de testes você fez, explicar os produtos que testou e dar mais informações sobre a análise feita no momento do reconhecimento do produto ou serviço. Neste item, sua opinião honesta é o ponto central e sua experiência no teste vai validar toda a informação apresentada nos itens anteriores.

Que recursos da Hospedagem de Sites devo avaliar?

Ao analisar os recursos você pode ir mais a fundo nas características do produto, dependendo dos planos disponíveis e dos que você vai indicar. Geralmente esses recursos estão especificados no site que oferece os serviços de hospedagem, são eles:

  1. CPU e tipo de processador: Quanto mais núcleos o processador de um servidor usar, mais capacidade ele terá para realizar tarefas simultâneas. Se quiser pode inclusive falar sobre a qualidade e a marca do processador, para quais tipos de projeto são usados e seus impactos no desempenho do site.
  2. Memória RAM: A memória RAM é usada armazenar e disponibilizar, temporariamente, todos os dados necessários para rodar um programa ou aplicação. Por isso vale a pena explorar que tipo de memória a hospedagem usa (DDR3, DDR4, etc) e que diferença ela faz na capacidade de resposta dos servidores.
  3. Armazenamento e espaço em disco: Este é um dos recursos mais importantes para analisar em uma hospedagem de sites. Neste espaço serão armazenados dados importantes do site como imagens, vídeos, arquivos, banco de dados, etc. Se você está analisando um servidor compartilhado vale a pena ressaltar as limitações do plano, pois isso será fundamental para a tomada de decisão de quem está vendo o seu review.
  4. Uptime/Disponibilidade: Este é um dos principais motivos de preocupação de quem compra uma hospedagem. Manter uma página sempre online impacta diretamente a experiência dos usuários e também a receita de uma empresa. Qual é a garantia de disponibilidade dos servidores que você está avaliando? Qual é a política de reembolso em caso de indisponibilidade do servidor?
  5. Painel de controle: Qual é o painel de controle usado para gerenciar o site e o plano de hospedagem? Tente explicar quais são as características deste painel (facilidade, recursos extras, etc) e outras perguntas recorrentes como ‘Por que o cPanel é o painel mais usado do mundo?’ e ‘O que dá para fazer no WHM ou WHMCS?’
  6. Informações extras: sistema operacional, certificados SSL, endereços IP, e-mails, opções para criar o site, entre outros. Além de apresentar as informações técnicas vale a pena explorar que ganhos o usuário terá com esses componentes.

Avaliação do produto e conclusão

Para finalizar seu review, você pode fazer suas considerações finais do produto. Compare-o com o mercado, dê sugestões para a pessoa que está pensando em adquiri-lo e conclua com as razões pelas quais você indica o produto. E não se esqueça de disponibilizar o link para que o usuário possa comprá-lo.

Lembre-se que o objetivo do review é fazer uma análise e dar uma opinião sincera sobre o que você avaliou, falando sempre da sua impressão como usuário. Dê sugestões a partir do que você realmente tem conhecimento para afirmar, pois sua experiência é o elemento que vai dar credibilidade ao texto.

Ao completar todos os passos, seu review estará pronto! Faça uma última revisão para garantir que está de acordo com suas expectativas e ter certeza que cumpriu o objetivo informativo e sugestivo do texto. Feito isso, agora é só publicar!

Compartilhe conosco a URL do seu review aqui neste link. Ficaremos muito contentes em conhecer seu trabalho!

Tags:
Comentários
Pressione Enter para pesquisar ou ESC para fechar