Sua empresa precisa alcançar um público maior e de forma efetiva e ainda não está na internet? Veja como criar um site de sucesso!

(Atualizado em: 23/06/2021)

Por que é importante criar um site?

Até mesmo grandes empresas dos meios tradicionais têm utilizado a internet como forma de aumentar o seu alcance, e, consequentemente, suas vendas. Há, ainda, profissionais que tem o site ou blog como sua única ferramenta e ganham muito dinheiro com isso. Tudo depende de criar um site de sucesso.

Ao fazer isso, além de romper as barreiras físicas, possibilitando atingir pessoas em todo o mundo, com um site de sucesso você é capaz de reforçar a sua autoridade sobre o seu nicho de mercado e, assim, ser encontrado nos principais mecanismos de busca.

Muitas empresas e profissionais optam por manter apenas perfis nas principais redes sociais, o que também é uma estratégia válida, mas tem seus pontos negativos. O Facebook, por exemplo, costuma limitar o alcance das publicações não pagas, o que interfere muito no alcance orgânico das publicações, algo que já não ocorre com o Google (desde que você não infrinja as regras de ranqueamento).

Você já deve ter ouvido relatos de alguém que foi pesquisar sobre determinada empresa e ao não encontrar seu site, simplesmente desistiu da compra, não é mesmo? Isto é mais comum do que parece, já que ter um site passa a imagem de maior confiabilidade e profissionalismo, e nem precisamos dizer o quanto isso é importante.

Principais benefícios que sua empresa adquire ao criar um site

  1. Ser encontrado pelos mecanismos de busca
  2. Mostra com mais detalhes o seu produto ou serviço
  3. Ganho de credibilidade e força de mercado
  4. Canal de venda (podendo ser exclusivo ou adicional)
  5. Aberto 24 horas por dia, 7 dias por semana

Mas, certamente, a maior vantagem de se ter um site é a geração de leads, que nada mais são do que pessoas interessadas nos seus produtos, serviços ou naquilo que você ou sua empresa oferecem. Lembrando que o lead ainda não é cliente, mas tem grande potencial para se tornar um.

Um site de sucesso é um grande aliado na geração de leads, já que através dele as pessoas consomem o seu conteúdo, subscrevem seus e-mails e passam a receber conteúdo constantemente. Isso fortalece e estreita o relacionamento com o lead, sempre visando convertê-lo em cliente. Porém a tarefa não acaba após a conversão: é preciso nutrir este relacionamento, de modo que o cliente volte a comprar de você e, ainda, o indique a outras pessoas.

Agora, chega de teoria e vamos à prática.


Como criar sites: 5 passos para você garantir sua presença online

Criar sites não é uma tarefa difícil, mas exige uma boa dose de organização. Se você quer criar um site e tem dúvidas sobre como iniciar, você esta no lugar certo. Vamos a eles?


1. Defina um objetivo

Antes de criar seu site (ou realizar qualquer outra ação de marketing digital), é importante saber qual será o papel dele na sua estratégia. Analise se você quer divulgar sua marca ou negócio, conquistar novos clientes, gerar mais vendas, auxiliar sua equipe comercial. 

Enfim, os objetivos são seus – e você pode criar um site totalmente alinhado com esse projeto – já que um site institucional provavelmente terá uma estrutura totalmente diferente de um e-commerce, por exemplo. 

No post Marketing de conteúdo: o que é e como criar estratégias efetivas. Abordamos a importância do planejamento e algumas técnicas básicas para você definir seu objetivo e desenvolver sua estratégia online.


2. Escolha e registre um domínio

Um bom nome é fundamental para seu site. Afinal, é através desse nome, chamado também de domínio, que os clientes vão encontrar sua empresa na internet. 

Então, a dica é que você escolha um nome curto, fácil de lembrar e que tenha aderência com o seu negócio ou projeto. Você também pode optar por um site com o nome da sua marca ou negócio. 

Além do nome, a escolha da extensão também é importante. Você pode optar por domínios nacionais (.com.br, por exemplo) ou internacionais (.com, .net, entre outros), além de utilizar extensões que tenham afinidade com seu projeto. 

Para organizações e Ong, por exemplo, opte pelo .org. Para ramos da indústria, pelo .ind, e por aí vai. Registrar um domínio é bem simples. Você acessa a página de registro de domínio e pesquisa se o nome que escolheu (por exemplo, www.meusite.com.br) está disponível para registro. Se estiver, você pode fazer a aquisição na mesma hora. 


3. Crie seu site e publique o resultado

Depois de escolher o domínio, você pode trabalhar na criação do seu site. A HostGator oferece duas opções: você pode contratar um plano de Hospedagem de Sites ou optar por um Criador de Sites. A escolha vai depender do seu objetivo, e as vantagens de cada um você pode acompanhar logo abaixo:


Criador de Sites

Voltado para quem possui pouco ou nenhum conhecimento técnico na área, o Criador de Sites da HostGator permite criar sites facilmente, apenas arrastando e soltando os elementos na página. 

Com o construtor online você cria e publica diretamente no seu navegador, sem a necessidade de instalação e configuração. 

Além das facilidades na criação e publicação, a manutenção do site também é simples, já que possui integração com diversos sistemas, como Google Analytics, Google Maps, YouTube, principais redes sociais, entre outras ferramentas para divulgação, monitoramento, SEO, entre outras funções importantes para o crescimento de um site.

Aprenda neste vídeo como montar um site de vendas online do zero no Criador de Sites. A Bullas, do canal Attekita Dev vai mostrar passo a passo!


Hospedagem de Sites

A hospedagem de sites é responsável por armazenar todo o conteúdo do seu site de forma segura. É ela que garante que seu site fique no ar 24 horas por dia para ser encontrado pelos usuários. Assim, a escolha de uma boa hospedagem garante que você tenha um site de sucesso.

Ao contratar um plano de hospedagem você tem acesso ao Instalador Automático – com o qual você pode instalar rapidamente os CMSs mais populares para publicação e gerenciamento de sites, como WordPress e Joomla, por exemplo. 

Para planos compartilhados (P, M, Turbo e Plus) você também tem acesso gratuito à versão iniciante do criador de sites. Para conhecer mais detalhes sobre esta ferramenta, acesse nossa FAQ.

Como você viu, há muitas opções, e a escolha vai depender principalmente do seu orçamento e do tempo que você tem disponível para criar seu site. Quando pensamos em criar um site, logo vamos imaginando questões como layout, marca, composição de cores e design da página. Venha descobrir dicas para a construção do site do seus sonhos e assista agora à Maratona HostGator Academy Tudo Sobre Hospedagem de Sites:


4. Monitore o desempenho do seu site

Para acompanhar o desempenho do seu site, a dica é criar uma conta gratuita no Google Analytics – uma unanimidade quando se trata de monitoramento. 

Com ele você pode acompanhar o número de visitantes mensais, a taxa de conversão, a taxa de rejeição, e quais páginas do seu site são mais populares, entre outras informações. 

Esses números são importantes para você saber o que está funcionando e o que precisa de ajustes. 

Além do Analytics, você encontra outras opções interessantes no mercado. No seu cPanel, por exemplo, além da integração fácil com o Analytics, você encontra o AWStats – sistema com o qual você pode acompanhar algumas estatísticas bem específicas sobre o desempenho do seu site.


5. Direcione tráfego para seu site

Site criado, publicado e métricas configuradas. O trabalho termina por aqui? A respostas é: NÃO. Agora que seu site está configurado, você precisa levar o máximo possível de tráfego para ele. 

Há várias formas de fazer isso, como divulgar nas redes sociais, utilizar as melhores práticas de SEO, investir em links patrocinados (Adwords e Facebook são alguns exemplos). A boa notícia é que você tem vários recursos disponíveis, além da sua criatividade, para utilizar novas estratégias.

Mas não para por aí, você precisa continuar desenvolvendo estrategias para ter sucesso com o seu site. Vamos lá? 

8 dicas para criar um site otimizado

Existem várias fases que envolvem o processo de criação de um site. Mas, para te guiar nesta jornada, fizemos uma lista com dicas que, certamente, irão te auxiliar muito neste processo de construção.

1. Construa sites rápidos e leves

Cada vez mais os acessos à internet parte exclusivamente dos aparelhos celulares. Na prática, isso significa que investir em um site otimizado para este tipo de acesso é fundamental. Evite elementos que dificultam o carregamento e/ou tornem o site lento. Isso consome muito mais dados móveis, o que pode afastar definitivamente o usuário.

2. Separe o conteúdo em menus e submenus

Este item facilita a navegabilidade no site e a localização dos conteúdos de interesse. Por outro lado, se o seu site for desorganizado e difícil de navegar, isso pode afastar o usuário fazendo com que ele não volte a acessá-lo. Priorize a organização hierárquica, seguindo dos tópicos mais abrangentes para os menos abrangentes.

3. Trate as fotos antes de publicá-las

Nem sempre imagens muito grandes são a melhor opção, já que com isso elas se tornam também bastante pesadas e dificultam o carregamento da página. Além disso, tratá-las antes de publicar possibilita estilizá-las e adicionar a sua marca, tornando-as ainda mais profissionais.

Aliás as técnicas de SEO podem e devem ser utilizadas em imagens, já que o tráfego vindo do Google Imagens é um meio que atrai grande visita para o seu site. O título da imagem deve condizer com o que ela representa, bem como as legendas, alt text e url da imagem.

4. Adote um visual harmônico

Defina um estilo para o seu site, e mantenha-o em todo ele. Cores fortes são permitidas, desde que haja uma lógica entre elas e que a escolha converse com a sua marca e posicionamento. Na dúvida, apostar no design e cores mais neutras diminui as chances de erro, e ainda imprime elegância e sofisticação.

Além disso, o site é um canal da sua marca, por isso é preciso se atentar em manter a sua identidade de marca. Isso te torna facilmente reconhecível nos meios digitais, o que é fundamental em meio a infinidade de conteúdo disponível. Além de mostrar personalidade e diferenciação frente aos concorrentes.

5. Pense na trajetória do usuário

Coloque-se no lugar do usuário e defina uma trajetória lógica de navegação. Isso vale desde a construção dos menus, criação do conteúdo e linkagens internas e externas. Quanto mais clara e estruturada for essa trajetória, melhor será a experiência do usuário e a possibilidade de conversão do mesmo.

6. Cuide dos títulos das páginas

De nada adianta o melhor dos conteúdos, se o título não atrair a atenção do leitor e ele não o abrir. Um bom título é, ainda, um dos principais itens de SEO, que facilitarão o ranqueamento do site nos mecanismos de busca. Digamos que o título é como um paraquedas, se ele não abrir, nada feito.

7. Use apenas um tipo de fonte em todo site

Esta é uma estratégia que visa a harmonia visual do site. Convenhamos que seria estranho se cada página do blog possuísse cores e fontes totalmente diferentes. Isso pode causar desconforto ao usuário, portanto, manter um padrão é importante. Sempre priorize a legibilidade, escaneabilidade, acessibilidade e a usabilidade.

8. Aposte em um site responsivo

Um site de sucesso é sinônimo de site responsivo, isso porque garante uma perfeita visualização do conteúdo em qualquer meio que o usuário venha a acessar o site, seja por um desktop, smartphone ou tablet. Sem falar que, ao mesmo tempo em que o Google prioriza sites responsivos no seu ranqueamento, ele tende a punir os que não o fazem.

É importante, garantir uma boa visualização para todos os navegadores nos quais o usuário pode utilizar. Utilizar um CMS (Content Management System) para criar o site é um recurso que pode facilitar o processo, já que o CMS é um sistema que auxilia no gerenciamento do conteúdo, e a maioria já é responsiva.

Como você pode perceber, criar um site de sucesso nos dias de hoje é requisito mínimo para qualquer negócio, independentemente do seu nicho de atuação ou porte. Desse modo, sua empresa se tornará capaz de alcançar um público muito maior e de maneira muito mais efetiva do que seria feito através de um ambiente exclusivamente físico, o que justifica a escolha de muitas empresas em atuar de modo exclusivamente digital. Assim, as vendas serão apenas uma consequência.

Mas, precisamos falar sobre dois nichos que estão se desenvolvendo cada vez mais no meio digital. Eles são, as escolas online e o ramo da fotografia!

Quer criar um site para escola? Veja em 3 passos

Ter um site para escola é fundamental para conquistar o seu lugar diante desse mercado tão competitivo. Seja para atualizar os dados sobre os horários de funcionamento ou dar instruções sobre o início das matrículas, a plataforma se transforma em um meio de colocar o seu negócio no “mapa”.

O modo como as famílias procuram por uma escola já não é como antes. Seja por indicação ou pela reputação, a sua presença on-line faz uma grande diferença na hora dos pais decidirem por matricular ou não os filhos.

É nesse momento que ter um site bem construído te ajudará a aumentar a autoridade da sua escola e conseguir novos alunos. Oferecer um conteúdo on-line de qualidade também se tornou um requisito básico para qualquer instituição de ensino que queira sobreviver às recentes transformações. 

Aqui embaixo, explicamos o passo a passo sobre como fazer um site para escola. Fique atento às dicas que separamos para você e saiba como podemos te ajudar no processo a seguir!

1. Registre um domínio para o site

Para começar a tirar do papel o seu site para escola, você deve ter um domínio próprio, ou seja, o seu endereço na internet, como uma porta de acesso a sua plataforma. 

O domínio para site pode ser construído com até três partes: nome, extensão e código do país, sendo que esta última parte é opcional. Para entender melhor, exemplificamos abaixo:

Lembre-se que, antes de escolher um domínio e criar um site institucional, é importante verificar se o nome já não está sendo usado. Para fazer essa pesquisa, uma das opções é usar uma plataforma de busca.

Ferramenta de pesquisa de domínio – Registro BR

Dessa forma, o seu site para escola pode ter um domínio com o nome da instituição ou algo mais criativo. Porém, vale ressaltar que é importante que o domínio seja fácil de escrever e lembrar, tendo a ver com o seu negócio.

2. Escolha uma hospedagem

Depois que você já decidiu sobre o domínio, o próximo passo é escolher a hospedagem de site. Esse é o lugar onde você construirá a sua plataforma. Em outras palavras, é onde dados, conteúdos e outras informações serão armazenados. 

Como a hospedagem tem um papel fundamental, é importante que você analise bem para escolher o tamanho e o tipo que você precisará. Para fazer uma boa avaliação da sua necessidade, você precisa fazer perguntas, como: “será um site institucional ou um blog?” e “quantas visitas mensais receberei em média?”

Para isso, você pode contar com a HostGator: oferecemos hospedagens de sites estáveis, que te ajudam a prevenir a perda de clientes. Inclusive, ao acessar o nosso blog, você encontra diversos conteúdos para te ajudar a escolher o melhor.

3. Comece a planejar o site da sua escola

Agora é hora de “pôr a mão na massa”. A primeira coisa a fazer é ter uma ideia clara sobre como o site para escola deve ser. Para isso, coloque-se no lugar de seus alunos e pense na forma como você quer que eles naveguem pela plataforma. 

Outra questão que você deve levar em conta é se o site escolar possui conteúdos, vídeos e fotos de qualidade. Isso porque essas informações te ajudam a gerar autoridade e confiança, além de incentivarem o contato de novos alunos. Abaixo, separamos algumas sugestões sobre como estruturar o seu website.

  • Cursos oferecidos: seções das áreas de atuação da sua escola;
  • Equipe: coloque fotos bem produzidas do seu quadro de colaboradores;
  • Informações de contato: localização e telefone da sua escola;
  • Área de atendimento on-line: ofereça um espaço para solicitar atendimento ou marcar uma visita.

Caso você queira fazer o site para escola sozinho, saiba que é possível. Para isso, você pode contar tanto com o “Criador de Sites” da HostGator quanto com o popular WordPress.

Também não esqueça de construir seu site já pensando em como ele aparecerá no celular, pois a maior parte dos acessos é realizada pelos dispositivos móveis. 

Muitos templates da HostGator, como WordPress, já estão adaptados para os celulares — são chamados de template responsivo.

Não esquecemos dos fotógrafos. Um site para estes profissionais é importante para mostrar seu trabalho, criar contatos, entre muitas outras questões, vamos descobrir?

Como criar site para fotógrafos e aumentar o número de visitas?

Muitas pessoas imaginam que apenas os grandes fotógrafos precisam ter uma página e investir tempo e energia para ganhar presença online. Na verdade, um site para fotógrafos pode ser útil para todos os perfis de profissionais.

No cenário atual, ter um site próprio está cada vez mais importante. Afinal, o comportamento dos consumidores mudou e está cada vez mais virtual. Logo, muitos prestadores de serviços estão precisando se reinventar para driblar a crise e alavancar suas vendas.

Mas por que criar um site para fotógrafos? Através dele, é possível expor:

  • Trabalhos realizados;
  • Depoimentos de clientes;
  • Explicar mais sobre o serviço que oferece.

Todas essas informações ajudam a pessoa a decidir pela contratação do profissional. Afinal, dificilmente alguém contrata um fotógrafo para um evento importante sem  conhecer seu trabalho, não é mesmo?

Desta forma, um site para fotógrafos pode atrair novos clientes, ampliar o seu reconhecimento profissional e, principalmente, ajudar a aumentar as vendas online em meio à crise.

Mas como criar um site para fotógrafos e aproveitar esses benefícios? Mostraremos um passo a passo e, ainda, algumas dicas úteis para melhorar sua performance.

Mais dicas para criar sites para fotógrafos e obter boa performance

  • Faça o tratamento das imagens
  • Crie um formulário de contato
  • Tenha um perfil nas redes sociais
  • Publique conteúdo em seu blog
  • Registre sua empresa no Google Meu Negócio
  • Metrifique seus resultados no Google Analytics
  • Bônus: Elabore campanhas no Google Ads

6 dicas para criar sites para fotógrafos e obter boa performance

Apesar do processo de criação de site para fotógrafos ser importante, é preciso adotar outras medidas para aumentar a conversão na página. Confira nossas dicas:

1 – Faça o tratamento das imagens

Essa dica pode parecer básica demais, pensando que estamos falando com fotógrafos. Mas não custa reiterar que a questão da qualidade, nitidez e foco é essencial nas imagens que compõem o seu site.

Assim, caso tenha que ampliar alguma para utilizar como imagem de fundo, por exemplo, avalie se ela não ficou distorcida, pois isso pode prejudicar na sua credibilidade.

2 – Crie um formulário de contato

Ofereça um meio de contato rápido para que os seus visitantes possam enviar mensagens diretamente pelo site

Além de gerar aproximação, esse tipo de formulário ajuda a entender o perfil do público e o serviço mais procurado, além de facilitar a solicitação de orçamentos.

3 – Tenha um perfil nas redes sociais

Instagram, Facebook e Pinterest são redes sociais que favorecem o compartilhamento de imagens. Logo, é importante que você marque presença nesses ambientes também, inclusive para poder interagir de forma mais direta com o seu público.

Após criar os perfis, não esqueça de incluí-las na aba de contatos do seu site para fotógrafos.

4 – Publique conteúdo em seu blog

Contar com um blog é uma boa alternativa para compartilhar conteúdos relevantes e, desta forma, se aproximar ainda mais do seu público. Você pode dar dicas de como melhorar a iluminação ao tirar fotos ou quais as melhores ferramentas de edição, por exemplo.

Mas atenção: foque em conteúdos originais, exclusivos e de qualidade. Seguindo essas regras, assim como adotando estratégias de SEO, você estará fazendo a otimização do site e, com isso, aumentando o tráfego do seu site.

5 – Registre sua empresa no Google Meu Negócio

Registrar-se no Google Meu Negócio também é uma estratégia que aproxima a sua empresa dos clientes. Isso porque, no momento em que alguém realiza uma pesquisa no Google, a sua empresa é exibida também nos resultados do Google Maps.

Além de facilitar que pessoas mais próximas te encontrem, isso ajuda a melhorar o posicionamento orgânico do seu site para fotógrafos.

6 – Metrifique seus resultados no Google Analytics

É importante acompanhar o desempenho do seu site para entender o comportamento dos visitantes e realizar adaptações para melhorar os resultados.

Uma ferramenta gratuita que permite ter acesso a diversas métricas é o Google Analytics. Com ele, você confere dados como:

  • Número de acessos;
  • Tempo de permanência no site;
  • Como chegaram até o seu site;
  • Taxa de rejeição;
  • Locais de maior acesso.

Bônus: Elabore campanhas no Google Ads

Outra dica para quem criou um site para fotógrafos e quer atrair mais visitas é investir em publicidade paga. Considerada uma ferramenta indispensável para empreendedores, ela permite que você atinja as pessoas certas investindo pouco.

Você pode, por exemplo, fazer campanhas com Google Ads, que funciona como uma espécie de leilão. Você escolhe as palavras-chave que tem relação ao seu serviço e, após, define o quanto quer pagar por cada clique que o seu link tiver.

Quer saber como criar a sua primeira campanha e obter bons resultados? Acesse agora mesmo o Curso de Google Ads da HostGator.