Dicas para criar sua primeira campanha de e-mail marketing

13 dicas para criar sua primeira campanha de e-mail marketing

terça-feira, 15 de outubro de 2019 | Comentários

Escrito por

Escute o conteúdo do post com o player

Após ter passado por alguns anos de baixa (algo promovido pelo excesso de spam e o bombardeio deselegante feito por algumas empresas), o e-mail marketing foi ressignificado e aprimorado para estabelecer uma comunicação positiva entre empresas e clientes.

Atualmente, estatísticas apontam para o valor e utilidade do e-mail marketing. Os dados são da Hubspot, uma das mais respeitadas empresas de marketing digital e consultoria de inbound marketing e vendas:

  • 73% dos millennials preferem comunicações institucionais encaminhadas por e-mail;
  • 59% dos entrevistados disseram que e-mails de marketing influenciam suas decisões de compra;
  • 99% dos consultados checam seus e-mails todos os dias;
  • 59% dos profissionais de marketing afirmaram que o emkt gera o maior ROI.

Esses dados demonstram a importância estratégica do e-mail marketing para as empresas. Sem dúvida, ele é uma poderosa arma para comunicação e vendas. Contudo, se as campanhas e a estratégia não são bem formuladas, as chances de sucesso caem drasticamente.

13 dicas para criar sua primeira campanha de e-mail marketing

Para evitar que suas campanhas de e-mail marketing sejam uma furada, separamos 13 dicas para que você acerte logo de primeira, iniciando sua trajetória nessa ferramenta com o pé direito. Acompanhe!

1. Defina objetivos

Antes da montagem da campanha de e-mail marketing, tenha os objetivos bem claros em sua mente.

  • A finalidade é vender?
  • Apresentar um novo produto?
  • Oferecer descontos exclusivos?
  • Dar boas-vindas a um novo cliente cadastrado ou oferecer conteúdo para engajamento?

Tudo isso precisa ser levado em conta para a montagem da campanha. Afinal, o conteúdo influencia na forma de montar o e-mail e nos elementos que estarão presentes (fotos, botões para interatividade etc).

2. Saiba definir os tipos de campanha de e-mail

E-mail marketing não é tudo igual. As campanhas têm finalidades distintas, como você viu acima, e formas diferentes. É preciso definir se serão feitos e-mails promocionais, e-mails de relacionamento ou transacionais, como confirmação de inscrição, mensagem de boas-vindas, etc.

Campanhas construídas com base em conhecimentos sobre os diferentes tipos de e-mail evitam erros, como transformar uma newsletter em um e-mail marketing.

Ao impedir esse tipo de desvio, a campanha se torna mais producente, é lida por um volume maior de pessoas e se torna capaz de gerar os resultados esperados pela empresa.

3. Público bem definido é o caminho para o sucesso da campanha de e-mail marketing

Com certeza você já recebeu um e-mail de alguma empresa e pensou “isso não tem nada a ver comigo nem com minhas preferências de consumo”. Isso é resultado de uma segmentação de público mal feita.

Uma campanha de e-mail marketing só obterá sucesso se for destinada ao público certo. Portanto, tenha muita atenção no momento de selecionar os contatos que irão recebê-la.

4. Planeje a estrutura do e-mail antes da execução

Nada de deixar a criatividade fluir de uma hora para outra. A montagem do e-mail marketing pode até ter uma dose extra de criatividade, porém é essencial que você tenha em mente o esqueleto da mensagem na hora de preenchê-la com os conteúdos.

Esse planejamento é fundamental para que você escolha a melhor forma de dialogar com o público segmentado. Ele te dá um direcionamento para construir a mensagem e, ao mesmo tempo, procurar os melhores recursos para chamar a atenção da audiência.

Quer um exemplo? O título é algo que precisa ser matador (falaremos mais sobre ele em instantes). Ele tem o dever de chamar a atenção da audiência, por isso, precisa ser bem elaborado.

Tentar escolher o título somente na hora de fazer o disparo dos e-mails pode ser difícil, além de aumentar as chances dele ficar com uma qualidade aquém da esperada.

5. Planeje mais do que o e-mail: tenha foco na campanha

O seu primeiro e-mail marketing pode ser único ou fazer parte de uma campanha com mais de uma mensagem, certo?

Então quem vai fazer uma campanha precisa:

  • Ter planejamento para montar as diferentes peças de e-mail;
  • Manter os olhos atentos aos dados de abertura e cliques;
  • Analisar qual vai ser a frequência de envios (isso é fundamental para não irritar possíveis clientes e reduzir as chances de conversão).

6. Faça um assunto de e-mail interessante

O campo “assunto” é uma das poucas coisas que as pessoas lêem em um e-mail sem abri-lo. Além de dar título ao e-mail, o assunto pode ser usado para chamar a atenção e fazer com que elas cliquem para saber mais.

Um assunto caprichado tem mais chances de conversão do que algo técnico ou sem muita capacidade de atrair o interesse.

7. Capriche no conteúdo como um todo

Não é só o assunto do e-mail que merece um conteúdo bem feito. Toda a comunicação do e-mail deve ser precisa, alinhada com o público-alvo, criativa, bem escrita e, de preferência, capaz de reter a atenção de quem está lendo.

Para dar um boost nas suas campanhas de e-mail marketing, a ideia é ter um conteúdo diferenciado e bem feito. Pode ser vídeo, foto, texto, o que for. O importante é ser condizente com o público alvo, com a estratégia da campanha e com uma dose de criatividade.

Vale a pena pensar em conteúdos exclusivos para os e-mails, assim, as chances de abertura e conversão se tornam ainda maiores (não esqueça de destacar a exclusividade!).

8. Utilize CTAs

CTAs são calls to action, convites para interação entre o leitor e o e-mail. CTAs podem direcionar para uma página de compras, um novo conteúdo, a home de um site etc.

Elas são ótimas formas de engajar os leitores e são rastreáveis, ou seja, será possível analisar os dados de quantas pessoas se engajaram.

9. Utilize ferramentas de automação

Se você está montando uma campanha com vários disparos (ou com conteúdos bem diferentes e segmentados), não fique sofrendo disparando todos eles a mão.

Aposte em uma ferramenta de automação para economizar tempo de execução dessa tarefa e para evitar atrasos no disparo.

10. Elabore uma trilha de e-mail

Campanhas de e-mail marketing ficam mais efetivas quando são feitas com uma trilha de conteúdo.

Essas trilhas criam conexões entre os assuntos dos diferentes e-mails, ampliando o conhecimento do leitor e a probabilidade de engajamento deles com a empresa. Essa técnica é muito utilizada em fluxos de nutrição por e-mail e costumam funcionar muito bem.

11. Se utilizar formulários, seja assertivo

Formulários são ótimas formas de converter clientes e captar dados. Apesar de serem muito úteis, eles podem se tornar pouco amistosos para os leitores, caso sejam mal formulados.

Para evitar esse tipo de deslize, seja bem assertivo com os formulários. Reflita sobre quais campos são dispensáveis e quais são essenciais, fique atento à redação do formulário também. Quanto mais clara a linguagem, mais fácil para captar os dados corretos dos clientes.

12. Faça testes A/B

Testes A/B avaliam versões diferentes de um e-mail para analisar qual traz resultados melhores. Fazer testes desse tipo é importante para verificar o engajamento do público.

Você pode alterar o assunto, a imagem, o texto, o que for. O importante é enviar duas versões diferentes para os grupos de contatos e analisar qual dos e-mails obtém uma performance melhor.

13. Nunca deixe de monitorar os resultados

Fique sempre de olho nos resultados da suas campanhas de e-mail marketing. Esses dados são fundamentais para que você possa fazer correções, sugerir mudanças de estratégia e detectar quais são as mensagens que possuem uma taxa de sucesso bacana.

Métricas servem para serem analisadas. Portanto, nada de mandar o e-mail e dar o trabalho como encerrado. O pós-envio é muito importante e não pode ser deixado de lado.

Campanhas de e-mail marketing podem trazer ótimos resultados para a sua empresa. Contudo, elas precisam ser dotadas de estratégia, linguagem adequada, timing perfeito, conteúdos interessantes e recursos para conversão e/ou interação.

Não deixe de pensar sobre a necessidade de planejar, redigir, interagir, monitorar e corrigir as campanhas de e-mail marketing. Todas essas etapas são fundamentais para o sucesso de qualquer comunicação institucional via e-mail!

Tags:
Comentários
Pressione Enter para pesquisar ou ESC para fechar