Saiba quais características buscar entre as diversas opções de templates do WordPress.

A escolha do template WordPress é muito importante, já que o layout de um website impacta diretamente a experiência do usuário. O template (ou tema) determina como os elementos do seu site (menus, header, rodapé, textos, imagens, vídeos) serão apresentados para seus leitores ou clientes. 

Se você utilizar o WordPress para publicar seu site, o número de opções será realmente grande, tanto para versões pagas (premium) como para versões gratuitas.

Independentemente da sua escolha, é importante que analise alguns critérios antes de selecionar o WordPress template ideal para seu projeto. Por isso, separamos algumas dicas que você pode conferir abaixo:

1. Escolha um template com a “cara” do seu projeto

Bom, são muitas opções. Então, para começar, pense no tipo de site que você quer criar. É um site institucional, um portfólio online, um blog pessoal ou de negócios, uma loja virtual?

Com essas informações em mente, você consegue fazer uma seleção, já que nem todos os templates disponíveis servem para os mesmos objetivos. Alguns temas, inclusive, são projetados para fins específicos, como, por exemplo, para um e-commerce, para uma ONG, um restaurante ou um pet shop.

Dica: o perfil do seu negócio é importante, mas lembre-se de pensar também no público que você quer atingir. Se seu público é jovem, por exemplo, um template WordPress mais moderno pode funcionar melhor. Para executivos, talvez algo mais formal seja o ideal.

2. Avalie o nível de customização

Se você vai utilizar um template WordPress pronto, o ideal é verificar se o tema escolhido pode ser adequado para atender às suas necessidades. Pense em quais recursos você vai precisar para oferecer uma boa experiência do usuário e busque opções que tragam o nível de personalização necessário.

Um layout de site customizável permite o uso de recursos extras, como fácil integração com as redes sociais, criação de formulários de inscrição e/ou contato, galerias de fotos, entre outras opções.

Dica: caso o tema que você escolheu não ofereça algum dos recursos que você busca, também é possível ativar utilizando plugins.

3. Verifique se atende os requisitos de SEO

Para que seu site seja facilmente encontrado nos mecanismos de busca, utilizar um template com SEO amigável é uma ótima ideia. Confira a descrição do template WordPress, pois ele normalmente já informa quais as características que você pode esperar daquele tema. “SEO friendly” deve ser a palavra que você vai encontrar para descrever essa característica.

Dica: além do template amigável, é recomendável também adicionar um plugin de SEO. No blog da HostGator utilizamos o WordPress SEO by Yoast.

4. Escolha um tema responsivo

Ser responsivo não é mais um luxo. Com o número de acessos via tablets e celulares crescendo velozmente, ter um site responsivo hoje é necessidade, e deve ser um dos aspectos considerados estratégicos no layout de blog ou site.

Então, além de entender como mudar template wordpress, é preciso escolher um que se ajuste automaticamente aos parâmetros para garantir a melhor visualização do conteúdo também em dispositivos móveis.

Lembrando: responsividade passou a ser um dos fatores de ranqueamento para o Google, que privilegia sites responsivos nas buscas feitas via dispositivos móveis. Para mais informações sobre essa mudança, confira o post que apresenta as principais vantagens de ter um site responsivo e aborda algumas opções disponíveis.

5. Certifique-se de que o template está atualizado

Bom, não é só o WordPress que faz atualizações constantes para implementar melhorias e fazer pequenas correções. Temas também podem (e devem) ser atualizados. Quando escolher seu template, certifique-se de que ele foi atualizado no último ano ou recentemente, e verifique se não existem problemas de segurança anteriores.

Não compre nem baixe templates de fontes desconhecidas para evitar problemas com tempo de carregamento. Se for adquirir, utilize fontes confiáveis – existem vários sites especializados, como o Mojo, por exemplo. Se for baixar um tema gratuito, utilize a busca da área administrativa para encontrar o template ou busque no acervo de temas do próprio WordPress.

Se você se interessou pelo assunto e deseja saber mais sobre WordPress, confira nosso outro post sobre como manter o seu site seguro na plataforma e ainda proteger as informações da sua página!

Então, pronto para colocar a mão na massa e dar os primeiros passos para publicar seu site?