Você sabe quais são os indicadores para e-commerce que você deve acompanhar para garantir o sucesso do seu negócio? Clique e conheça os 12 considerados essenciais!

Os KPIs são essenciais para uma jornada de sucesso de um e-commerce. Sigla do português para indicadores-chave de desempenho, os KPIs são dados que medem o desempenho de um negócio. Eles demonstram, de forma precisa, se a empresa está progredindo ou não conforme a meta estabelecida. 

Monitorá-los é importante porque permite identificar se os objetivos em termos de vendas, marketing e atendimento ao cliente estão sendo atingidos. Assim, caso contrário, é possível alterar a estratégia com precisão, permitindo melhorar os resultados.

Neste artigo, mostraremos os 12 principais KPIs que todo e-commerce deve acompanhar. Antes, porém, abordaremos um pouco mais sobre a sua importância e como saber, de fato, qual indicador deve ser acompanhado pelo seu negócio.

Boa leitura!

Tópicos abordados neste conteúdo

Qual a importância dos KPIs para o sucesso de um e-commerce

Como os KPIs podem ser classificados?

Como definir os KPIs para e-commerce do seu negócio

12 principais KPIs para e-commerce

  1. Custo de aquisição de cliente (CAC)
  2. Fontes de tráfego
  3. Índice de satisfação
  4. Índice de trocas e devoluções
  5. Lifetime value (LTV)
  6. Lucratividade
  7. Retorno sobre investimento
  8. Taxa de abandono do carrinho
  9. Taxa de conversão
  10. Taxa de rejeição
  11. Ticket médio
  12. Vendas

Quais as vantagens de acompanhar os KPIs para e-commerce?

  • Redução de custos
  • Correção de rotas
  • Atração do perfil mais adequado de consumidor

Qual a importância dos KPIs para o sucesso de um e-commerce?

Os indicadores são tão importantes quanto qualquer estratégia, afinal são eles que permitem mensurar o avanço das suas ações ao longo do tempo. 

O KPIs trazem mais informações sobre o seu negócio e seus clientes, permitindo tomar decisões fundamentadas, estratégicas e mais certeiras. Ou seja, suas decisões deixam de ser tomadas com base em instinto, preferências, crenças ou hipóteses sem base analítica.

Porém, é importante destacar que somente os KPIs não são o suficiente para garantir sucesso de um e-commerce. Seu valor real está nos insights que geram, permitindo agir com mais precisão.

Infografico-KPIs-para-ecommerce

Como os KPIs podem ser classificados?

Existe uma série de indicadores-chave de desempenho que podem ser úteis. No e-commerce, geralmente os KPIs são classificados em uma das 5 categorias a seguir:

  1. Vendas: Medidas que informam como a sua loja virtual está se saindo no que tange às conversões e receitas;
  2. Marketing: Informam se as metas de marketing e publicidade estão sendo atingidas;
  3. Atendimento ao cliente: Demonstram a eficiência da empresa em atender os clientes e suprir suas expectativas;
  4. Produção: Estão relacionados à cadeia de suprimento e aos processos de produção. Podem identificar pontos de eficiência e melhoria, ajudando a melhorar a produtividade;
  5. Projetos: Geram dados relacionados ao desempenho das equipes no cumprimento das tarefas estabelecidas.

Como definir os KPIs para o e-commerce do seu negócio

Como são os indicadores que irão guiar a jornada na loja virtual, eles devem ser selecionados de acordo com o negócio e os objetivos. É preciso definir onde você está e onde deseja chegar para, então, determinar o que é preciso medir.

Vamos supor que você acabou de criar a sua loja virtual. O primeiro passo é fazer com que as pessoas conheçam a sua marca e visitem a sua página. Logo, um KPI importante é o de tráfego no site e taxa de rejeição.

Agora se o seu e-commerce já está consolidado, é importante acompanhar dados relacionados à retenção, como carrinhos abandonados.

Vale lembrar que você pode ter uma série de KPIs e ir trocando conforme o seu negócio avança.  

Conheça os 12 principais KPIs para e-commerce

1- Custo de aquisição de cliente (CAC)

Informa o quanto a empresa está gastando para adquirir um novo cliente. O seu cálculo é simples: basta dividir a soma dos investimentos para conquistar um cliente pelo número de clientes adquiridos em um determinado período.

2- Fontes de tráfego

Demonstra de onde vêm os seus visitantes e como chegaram até a loja virtual. Essa KPI obtida via Google Analytics pode demonstrar, por exemplo, que sua fonte de tráfego é pesquisa orgânica, anúncios pagos ou redes sociais, por exemplo.

3- Índice de satisfação

Esse índice deve ser avaliado de forma sistemática, considerando tanto a avaliação da experiência de compra quanto dos produtos em si. Você pode obter esses dados através de pesquisa de satisfação enviada após o recebimento da compra e depoimentos dados por clientes no seu site.

4- Índice de trocas e devoluções

Esse KPI é importante para e-commerce pois pode indicar que a sua loja precisa melhorar a parte de apresentação de produtos, pois isso está dificultando na escolha dos produtos certos por parte dos seus clientes. 

5- Lifetime value (LTV)

Trata-se do lucro total que o cliente irá gerar para o seu negócio ao longo de toda a sua trajetória como consumidor. Para obtê-lo, é preciso multiplicar o ticket médio pelo tempo de relacionamento e o número de compras realizadas.

6- Lucratividade

Para obter esse índice, é preciso dividir o lucro líquido (descontados os impostos) pelo total de receitas e multiplicar por 100. Ela pode ser mensurada semanalmente, mensal e/ou anualmente, permitindo um comparativo mais consistente.

7- Retorno sobre investimento (ROI)

Esse KPI está vinculado às ações de marketing, uma vez que permite analisar se elas estão dando retorno ou não. Com ele, é possível entender se o e-commerce perdeu ou ganhou em cima do que foi investido.

8- Taxa de abandono do carrinho

Informa quantos usuários adicionaram produtos ao carrinho, mas não finalizaram a compra. Quanto menor essa taxa for, melhor. Caso ela esteja alta, pode indicar que há muita fricção no processo de checkout.

9- Taxa de conversão

É a frequência com que os usuários que navegam na sua loja virtual estão de fato convertendo, ou seja, realizando a compra. Para calcular a taxa de conversão, é preciso dividir o número de visitantes total pelo número de conversões efetuadas. 

10- Taxa de rejeição

Esse KPI para e-commerce, que pode ser obtido usando o Google Analytics, informa quantos usuários saíram do seu site após visualizar apenas uma página. Quando esse índice está alto, é importante avaliar o porque que o site não está conseguindo mantê-los por mais tempo.

11- Ticket médio

É o indicador de desempenho que mostra o valor médio gasto por cada cliente que efetua compra no seu e-commerce. 

12- Vendas

É um dos KPIs mais importantes de um e-commerce, pois permite conferir as vendas totais e monitorar o quanto foi vendido em um período específico – seja hora, dia, mês, trimestre ou ano.

Quais as vantagens de acompanhar os KPIs para e-commerce?

Os KPIs são ferramentas de gestão que permitem que sejam tomadas decisões de negócio com mais precisão e agilidade. Entre as principais vantagens de monitorar os índices que, de fato, são essenciais para o seu negócio são:

Redução de custos

Diversos indicadores podem demonstrar que os índices de produtividade da operação estão baixos, indicando a necessidade de realizar melhorias de processos. Com isso feito, os custos fixos podem ser reduzidos ou diluídos pelo aumento das vendas, tornando os preços mais competitivos e, ainda, aumentando o lucro do e-commerce.

Correção de rotas

Alguns KPIs ajudam a monitorar as ações de marketing e venda. Quando elas não estão dentro do esperado, torna possível adotar medidas imediatas, evitando maiores prejuízos ao negócio.

Atração do perfil mais adequado de consumidor

Um dos principais benefícios que os KPIs oferecem é o fato de aprimorar o conhecimento acerca do cliente. Com isso, é possível aprimorar a prestação do serviço a fim de atrair cada vez mais o perfil desejado

Quer mais dicas como essa? Adquira agora mesmo o Curso de Rede de Display e Youtube que disponibilizamos no Canal do CollabPlay.

Gostou do nosso artigo e não quer perder mais nenhum conteúdo? Assine a nossa newsletter e fique sempre atualizado. 😉