Quer aprender a precificar um produto? Neste artigo, você vai encontrar os principais pontos para ter uma loja virtual lucrativa. Aproveite!

Ouça o conteúdo deste post clicando no player abaixo!

Sejam iniciantes ou não, os empreendedores costumam ter dúvidas sobre como precificar um produto da loja virtual. A etapa de definição de preços pode parecer complexa, mas ela é a base para um negócio prosperar. 

Saiba que a precificação envolve mais que apenas digitar um valor num site ou inserir a etiqueta de preço. O valor de um produto determina desde as finanças da empresa até o posicionamento no mercado,

Saber como fazer a precificação dos produtos é essencial para aumentar as vendas e a participação de mercado. Neste artigo, vamos mostrar como precificar produtos e fornecer informações importantes, que precisam ser consideradas se você quiser ter sucesso com a sua loja virtual.

Tópicos abordados neste artigo:

Entenda a importância da precificação;

Veja dicas para precificar um produto;

Conheça seu público-alvo;

Compreenda o mercado e os competidores;

Saiba tudo sobre o mercado on-line;

Determine sua margem de lucro;

Faça testes,

Reveja as estratégias de preço.

Entenda a importância da precificação

Algumas pessoas avaliam o preço apenas como uma taxa de câmbio. Este é o principal erro que alguém pode cometer como empreendedor, pois como precificar um produto é o reflexo de tudo o que você faz como empresa.  

Após definir um preço adequado, o resto serve para justificar este valor: o trabalho de sua equipe de vendas, o planejamento do time de marketing, as atividades financeiras e jurídicas, além da fabricação do seu produto. 

Desse modo, uma boa precificação ajuda a satisfazer o consumidor, definir o público-alvo, enfrentar a concorrência e operacionalizar a sua empresa. 

Veja dicas para precificar um produto 

Em artigos publicados em seu site, o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) ressalta que o preço de venda ideal deve cobrir todos os custos e despesas, ser competitivo e melhor que a concorrência.

O preço utilizado para o lançamento não será o valor fixo do produto. Isso porque o processo de precificação é algo que precisa sempre ser revisitado. Por isso, confira, abaixo, algumas dicas que vão lhe ensinar como precificar um produto da sua loja virtual.

Conheça seu público-alvo

Você precisa descobrir quem é o seu cliente e quanto ele está disposto a pagar pelo seu produto. Isso ajuda a determinar o seu preço ideal de forma que gere um lucro que seja saudável para sua empresa.

Uma forma simples e eficiente de conhecer melhor o seu público é fazer uma pesquisa, utilizando um formulário do Google Forms

Além dos dados demográficos, algumas perguntas que você pode fazer é quais são os maiores desafios, desejos e medos dos consumidores. Não esqueça de dar algum incentivo para as pessoas preencherem o formulário.

Com seu público-alvo definido, é a hora de criar a sua persona, que são representações fictícias do seu público-alvo e auxiliam na tomada de decisão. 

Compreenda o mercado e os competidores

Conheça qual é o valor cobrado por empresas de sua região ou negócios que vendem produtos parecidos com o seu. Faça uma boa pesquisa e descubra quanto eles vendem, por qual valor e para quem. 

As flutuações do mercado de ações, as taxas de emprego, uma nova legislação e a tendência de consumo afetam o preço que as pessoas estão dispostas a pagar pelo seu produto. Então, fique de olho no mercado e nos seus concorrentes! 

No entanto, lembre-se que você está operando em seus termos, com suas despesas gerais e margens de lucro. Embora seja ótimo acompanhar como eles estão definindo o preço dos produtos, você precisa colocar sua empresa em primeiro lugar.

Se, ao fazer isso, você identificar que o seu preço está acima da concorrência, é hora de parar e refletir sobre a melhor ação a ser tomada. Afinal, você corre o risco de ficar com o estoque parado. 

A decisão que precisará ser tomada é se você prefere diminuir a sua margem de lucro nesse produto ou, se ela estiver apertada, rever a venda do item em questão. Ficou curioso para saber mais sobre esse assunto? Fique tranquilo, o tópico 4 é apenas sobre esse tema. 

Outra estratégia interessante é fazer um combo: você reduz o preço de um produto e aumenta a margem de outros itens do pacote. Saber como precificar um produto corretamente exige aprender a trabalhar com todas essas variáveis de contexto.

Saiba tudo sobre o mercado on-line

De acordo com um estudo sobre e-commerce, elaborado pela Ebit|Nielsen, o comércio eletrônico brasileiro registrou um crescimento de 47% no primeiro semestre de 2020, maior alta em 20 anos. 

Com o fechamento das lojas físicas, devido à COVID-19, muita gente recorreu às compras virtuais — apesar do interesse repentino, o dado mostra que esta é uma tendência que veio para ficar. 

Por isso, tão importante quanto conhecer o mercado local, é estar bem informado sobre os concorrentes on-line. Afinal, eles estão a poucos cliques de distância.

  • Faça uma planilha com os preços dos principais concorrentes; 
  • Anote o que eles oferecem como benefícios, como frete grátis, brindes e garantias;
  • Veja o que eles fazem de diferente para se destacar,
  • Observe como eles falam de seus produtos, das qualidades e das características únicas que justificam o preço.

Análise feita? O próximo passo é avaliar como você pode desenvolver uma estratégia para se diferenciar. Você quer se posicionar como uma loja de alto valor ou de baixo custo?

É importante definir bem seu posicionamento, pois cada um exige comportamentos distintos para precificar produtos de sua loja virtual. Se você ainda não a possui, mas está pensando em criar um negócio em 2020, confira algumas tendências aqui.

Determine sua margem de lucro

Talvez, a determinação da margem de lucro seja uma das partes mais importantes de sua estratégia, pois, após deduzir os custos fixos da empresa e do produto, ela é a porcentagem da receita que você gera em cada unidade.

Saber quais modelos de precificação funcionam melhor em seu setor pode simplificar a forma de definir o valor de um produto. Conheça algumas estratégias que você deve considerar, antes de decidir a melhor para sua empresa. 

Markup

Uma das maneiras mais simples de definir o preço de seu produto é utilizar o custo como base. Esta estratégia nada mais é que calcular os custos totais necessários para sua produção e, em seguida, adicionar uma margem de lucro percentual para determinar o preço final. 

Por exemplo, digamos que você tenha projetado um item com os seguintes custos:

custos de material = R$ 20;

custos de mão de obra = R$ 10;

total = R$ 38.

Em seguida, você adiciona uma porcentagem de diferença entre o custo e o preço de venda, chamada de markup. Vamos supor que o seu markup seja de 50%. Se o custo total é R$ 38, você deve somá-lo com 50% de R$ 38, obtendo um valor final de R$ 57. 

Contudo, tome cuidado! O markup é uma saída rápida na precificação, mas o cálculo não garante que todos os custos da operação serão pagos, servindo apenas como uma estimativa.

Observe que markup e margem de lucro são conceitos diferentes. Enquanto o primeiro é o percentual aplicado aos produtos, ou seja, o lucro desejado, o segundo é a porcentagem que volta para o caixa quando todos os custos são pagos. 

Preço orientado para o mercado

Também conhecido como estratégia de preços baseada na competição, os valores orientados para o mercado comparam produtos semelhantes. O vendedor define o preço mais alto ou mais baixo que seus concorrentes, dependendo de quão bem seu próprio produto corresponde.  Esta estratégia pode ter três tipos: 

  1. acima do mercado: fixando o preço de seu produto acima da concorrência, você destaca-o como sendo de maior qualidade ou melhor desempenho;
  2. preço de mercado: vendendo seu item pelo mesmo preço que seus concorrentes, você maximiza o lucro e permanece competitivo,
  3. abaixo do mercado: usando dados como referência e precificando um produto abaixo dos concorrentes, você atrai clientes que procuram itens mais baratos. 

Cada uma das estratégias tem seus prós e contras. Com preços orientados para o mercado, o importante é entender os custos de fabricação de seu produto e a qualidade em comparação aos concorrentes. 

Precificação dinâmica

Conhecida como preço com base no tempo ou preço de demanda, a precificação dinâmica é uma estratégia em que as empresas definem valores flexíveis para um produto ou serviço, com base nas exigências atuais do mercado. Você já ouviu falar na tarifa dinâmica da Uber? É exatamente isso! 

Precificar produto

Fonte: Uber

O preço dinâmico é o ato de alterar um valor várias vezes, ao longo do dia, da semana ou do mês, para melhor corresponder aos hábitos de compra do consumidor.

Seja qual for a estratégia de precificação escolhida, para ter uma margem de lucro realista, você precisa determinar o número necessário de vendas para cobrir, pelo menos, seus custos. 

É bom considerar os custos fixos para os negócios e as despesas variáveis por produto. A partir desse ponto, você pode ajustar sua estratégia de preços para determinar uma margem competitiva e otimizada.

Afinal, não faz sentido você reduzir seus preços se não for gerar o lucro esperado, não é mesmo?

Faça testes

Uma excelente estratégia para ver se seu preço está bem definido é realizar o chamado teste A/B. Ele funciona assim: você desenvolve uma campanha paga nas redes sociais, com anúncios, chamando para uma página de captura, em que estará a sua oferta.

Nessa campanha, em vez de direcionar o cliente para apenas uma página, você pode direcioná-lo para duas, em que cada uma possuirá o mesmo produto, porém, com um preço diferente

Assim você consegue medir se o preço mais barato está gerando a quantidade necessária de vendas para compensar as perdas na margem de lucro.

Reveja as estratégias de preços

Não deixe o medo de escolher o preço “errado” impedi-lo de lançar sua loja. Os valores sempre irão evoluir com o seu negócio e, desde que eles cubram suas despesas e forneçam algum lucro, você pode testar, avaliar suas estratégias e ajustá-las conforme evolua. 

Para isso, utilize dados e métricas para garantir que você atinja sempre seus lucros ideais. É bom sempre considerar como está o seu fluxo de caixa, o histórico de vendas e as mudanças no mercado. Você pode fazer isso uma vez a cada trimestre.O mais importante sobre o processo de como precificar um produto é que o custo ajude a construir um negócio sustentável.

Gostou das dicas sobre este assunto? Esperamos que sim! Assine a nossa newsletter para não perder nenhum conteúdo publicado aqui no blog da HostGator.