5 dicas para criar uma descrição de produto incrível para a sua loja virtual

5 dicas para criar uma descrição de produto incrível para a sua loja virtual

terça-feira, 11 de junho de 2019 | Comentários

Escrito por

Experimente ouvir o conteúdo do post:

Você já desistiu de comprar um produto em uma loja virtual porque não encontrou informação relevante ou porque na descrição de produto faltava dados importantes sobre ele? Pois é, este problema é mais recorrente do que você imagina.

Testes de usabilidade realizados pelo Instituto Baymard mostram que 52% dos sites não usam texto ou imagens na sua descrição de produtos mais vendidos. Por outro lado, dados da Nielsen mostram que 20% das desistências de compra no e-commerce têm alguma relação com a omissão de informação ou informação pouco clara sobre um produto.

Assim como as fotos e os vídeos são recursos que ajudam a atrair o visitante despertando desejo durante a venda online, uma boa descrição é essencial para conquistar a confiança do seu cliente. Além de diminuir as reclamações por falta de informação sobre o seu produto, posicionar melhor sua loja nos mecanismos de busca (Google) e gerar impactos diretos em suas taxas de conversão.

Mas como criar uma descrição incrível para os produtos da sua loja virtual? Vamos ver 5 delas neste artigo.

1. Comece pelas informações básicas

Não há nenhum problema em usar o texto do seu fornecedor como base para criar a sua descrição, mas nada de ‘ctrl c, ctrl v’, combinado? Produzir um conteúdo exclusivo para cada produto é ótimo tanto para consolidar a identidade da sua marca quanto para fortalecer a sua estratégia de SEO (Search Engine Optimization).

Inclusive, outra dica valiosa é criar uma descrição para cada canal de venda: uma para a sua página de produto e outra para seus produtos vendidos nos marketplaces, por exemplo.

Comece pelo básico: reúna as informações que respondem às dúvidas mais recorrentes do seu cliente. Veja os exemplos abaixo:

  • Pergunta: Que produto é este?
  • Exemplo: “Guarda-Roupa Casal 3 Portas de Correr e 9 Gavetas”
  • Dica: Use uma descrição mais curta para produtos mais simples, como uma camiseta branca e outra mais complexa para produtos mais técnicos como um celular, por exemplo.
  • Pergunta: De qual matéria-prima é feito este produto?
  • Exemplo: “Camiseta feita com com modelagem regular, composta com 100% algodão e resistente a líquidos e manchas”
  • Dica: Se o seu produto é feito localmente, a partir de materiais orgânicos ou sustentáveis não esqueça de mencionar isso na descrição.
  • Pergunta: Qual é a medida, tamanho e cor do produto?
  • Exemplo: “Refrigerador Esmaltec Duplex Cycle Defrost com capacidade total de 276 litros. Largura: 158,5 cm. Altura: 56 cm. e Profundidade: 66 cm.”
  • Dica: Se você tem uma loja virtual de moda, por exemplo, prefira medidas que especifiquem as dimensões exatas das peças, já que “P”, “M” e “G” variam de acordo com o fabricante.
  • Pergunta: Para que serve?
  • Exemplo: “Bota feminina desenvolvida para a trilha em planície de um dia em terreno com neve e com tempo frio”.
  • Dica: Pense nas preferências do seu cliente, nas vantagens que ele gostaria de ter e nos problemas que ele quer resolver.
  • Pergunta: Como uso este produto?
  • Exemplo: “Como instalar o Splitter HDMI?
    1 – Basta alimentar o dispositivo com a fonte fornecida com o produto.
    2 – Identificar o conector HDMI da entrada de vídeo (HDMI INPUT) e conectar a fonte de vídeo através de um cabo HDMI.
    3 – Conectar as TVs nas portas de saída de vídeo HDMI (HDMI OUTPUT) com os cabos HDMI.”
  • Dica: Deixe claro para quem é o produto, como funciona e quando e onde usá-lo. Neste caso um bom vídeo ou uma imagem em 3D podem complementar o texto de sua descrição.

2. Otimize sua descrição de produto com práticas de SEO

Encare a descrição de produto como uma oportunidade para o Google conseguir encontrá-lo. Se você quer fazer com que seu produto apareça nas buscas é fundamental utilizar algumas boas práticas de SEO, como escolher uma boa palavra-chave.

Você pode encontrar a palavra-chave ideal para o seu produto por meio de pesquisas no Google Keyword Planner e no Google Trends. As duas ferramentas são gratuitas (no caso da primeira você só precisa criar uma conta) e trazem informações relevantes sobre o volume de buscas de palavras feitas no Google. Outra dica é digitar duas ou três palavras ou uma frase curta no próprio buscador para ter ideias de quais são mais populares entre os seus clientes.

Mas lembre-se de não escolher palavras muito genéricas, pois estas costumam ser mais concorridas. O desafio é justamente encontrar palavras e sinônimos com alta procura, pouca concorrência e preço acessível para aproveitar oportunidades que os seus concorrentes ainda não descobriram.

resultado de busca para sapato feminino

Checklist

  1. Evite usar jargões, siglas ou termos técnicos usados no mercado em que sua loja está inserida. Lembre-se que nem sempre seu consumidor é especialista no produto que você vende;
  2. Dê atenção especial ao título, afinal é ele o primeiro a captar a atenção do seu cliente;
  3. Nem pense em copiar a descrição do seu fornecedor. Ao fazer isso você aumenta as chances de ter um conteúdo duplicado no seu site e ser penalizado pelo Google. Em alguns casos extremos esta prática pode até mesmo ser considerada Spam e levar à extinção de um domínio. Se precisar, use ferramentas como a Copyscape ou a Siteliner para ver se sua loja já tem conteúdo duplicado e prefira sempre descrições originais, atualizadas e simples;
  4. Otimize imagens e fotos para que o Google consiga ‘enxergá-las’ – catalogue e adicione uma breve descrição para elas.

Estas são apenas dicas de SEO para a descrição do seu produto. Se você quiser otimizar também as outras seções da sua loja virtual você pode seguir estas dicas aqui.

3. Use palavras atraentes e frases persuasivas na descrição

Uma boa descrição de produto é aquela que faz alguém desejar ele. Pesquisas mostram que as emoções são importantes para o sucesso de uma venda. Por isso, além de destacar os benefícios e vantagens mais comuns é possível usar palavras como gatilhos mentais. Isso despertará os sentidos do cliente, fazendo com que imagine o produto enquanto lê a sua descrição.

Palavras que remetam à matéria-prima do seu produto relacionadas à textura, sabor, aroma, sensação de durabilidade, conforto e design são ótimas estratégias para atrair seu cliente, pois reproduzem a experiência em uma loja física. Esta técnica também é conhecida como Marketing Sensorial ou Sinestésico. Veja alguns exemplos:

  • Sentido: Visão
  • Palavras/Expressões: ‘Brilhante’, ‘colorido’, ‘vermelho ousado’, ‘design elegante’, etc.
  • Sentido: Tato
  • Palavras/Expressões: ‘Suave’, ‘macio’, ‘leve’, ‘aerodinâmico’, ‘anatômico’, ‘totalmente respirável’, etc.
  • Sentido: Paladar
  • Palavras/Expressões: ‘Doce’, ‘chocolate aveludado’,‘derrete na boca’, ‘experimente’, ‘sinta’, etc.
  • Sentido: Olfato
  • Palavras/Expressões: ‘Cítrico’, ‘fragrância sedutora’, ‘exala frescor’, ‘’amadeirado’, ‘Floral Frutado’, etc.
  • Sentido: Audição
  • Palavras/Expressões: ‘Harmonioso’, ‘vibrante’, ‘som limpo’ e ‘cristalino’, ‘relaxante’, ‘potente’, etc.

Outros termos como ‘de tirar o fôlego’, ‘fascinante’, ‘incrível’, ‘sensacional’, ‘criativo’, ‘irresistível’, ‘rápido’, ‘novo’, ‘grátis’, ‘maravilhoso’, ‘instantâneo’, ‘fácil’ e ‘exclusivo’ também podem ser usados para reforçar ainda mais estas sensações. Você pode encontrar listas com diversas palavras poderosas. Abaixo você vê um exemplo da loja de cosméticos MAC:

Descrição do batom satin MAC

Palavras como ‘cremosa’, ‘lábios confortáveis’, ‘acabamento acetinado’ deixam o produto muito atraente para a compra.

4. Use um formato atraente e de fácil leitura

Além da linguagem, o formato também ajuda a tornar este texto mais atraente para a leitura. Dependendo do design que você usa nas páginas de produto da sua loja você pode optar por subtítulos, bullets ou listas para sintetizar as informações muito técnicas. Dividir parágrafos e usar negritos também são algumas alternativas que favorecem a leitura em descrições um pouco mais longas.

Descrição mc book

No exemplo acima vemos um produto que precisa mostrar muitas informações técnicas como o modelo do processador, tipos de armazenamento e memória. Com a lista é possível apresentar as informações de maneira mais leve e intuitiva para o cliente.

Descrição samsung

Outro exemplo de descrição de produto técnico é o da loja da Samsung. Ela optou por criar uma landing page separada para demonstrar todas as vantagens e recursos do produto e deixar apenas um pequeno resumo das especificações mais básicas nesta página de compra.

5. Use os depoimentos de clientes como insights para a descrição

Uma dica bacana é selecionar alguns depoimentos e reviews de clientes e usá-los como inspiração na sua descrição. Observe quais qualidades do produto eles destacam ou que problema eles resolveram com o produto.
Ao escrever a descrição tente responder às questões levantadas pelos clientes para que seu texto fique com cara de prova social. Isso vai te ajudar a gerar mais confiança naqueles consumidores que ainda estão em dúvida sobre a qualidade ou eficiência de um produto, como no exemplo abaixo:

Espero que estas dicas ajudem você a criar descrições incríveis para seus produtos! Não esqueça de comentar que outras estratégias você usa na sua loja virtual aqui com a gente 🙂

Tags:,
Comentários
Pressione Enter para pesquisar ou ESC para fechar