Entenda o que é um servidor dedicado e veja 5 sinais de que seu site pode precisar desse tipo de hospedagem para oferecer a melhor experiência ao usuário

5 sinais de que seu site precisa de um servidor dedicado

quinta-feira, 23 de maio de 2019 | Comentários

Escrito por

Escute o conteúdo do post com o player abaixo:

Sua empresa vai realizar uma promoção no site ou ativar uma grande campanha de marketing digital? Estão pensando em fazer um upgrade? Se as situações acima estão acontecendo por aí, então, provavelmente, o site terá um aumento de acessos. Para driblar eventuais dificuldades e corresponder à expectativa dos usuários, está na hora de aprender o que é servidor dedicado e como ele pode ser um grande aliado do seu negócio.

Nesse artigo, você aprenderá o que é servidor dedicado e poderá avaliar se está na hora de usá-lo para melhorar o desempenho da sua página. Quando o site de uma empresa começa a ficar lento nem sempre é por causa do servidor. Problemas técnicos de configuração podem deixar seu site fora do ar e dificultar a experiência do usuário com o seu negócio.

Antes de pensar em trocar seu fornecedor, veja qual hospedagem utilizada, muitas vezes, o “ponto x” está justamente aí. Veja!

O que é servidor dedicado?

Os servidores são computadores onde os dados dos sites ficam armazenados. Eles são essenciais para seu funcionamento, porque, entre outras funções, garantem a segurança dessas informações e permanecem trabalhando 24 horas para manter online os arquivos, fotos, posts, textos e links da página.

Mas atenção! Existem modalidades diferentes de hospedagem. Algumas delas são similares a meios de transporte de passageiros. Os servidores compartilhados podem ser vistos como ônibus, além de transportar menos passageiros, acaba sofrendo com questões de trânsito – que pode ser visto como o tráfego de acesso ao site.

Já o servidor dedicado é como se fosse um avião, que é capaz de transportar mais passageiros com mais velocidade. É exatamente isso que site com muitos acessos diários demanda: um servidor mais robusto e exclusivo.

Esta situação se aplica à sua página? Continue a leitura e saiba como identificar os sinais que respondem essa pergunta.

Tipos de servidor dedicado

Além de escolher entre servidores dedicados e compartilhados, quem está procurando hospedagem para site precisa considerar as opções disponíveis. Veja as vantagens das mais conhecidas abaixo.

Servidores Linux e Servidores Windows

Os nomes de cada opção de servidor indicam sua principal diferença: o sistema operacional. Os servidores Windows utilizam o software IIS, da Microsoft. Já os Linux, utilizam o Apache. Na realidade, o sistema operacional do servidor nada tem a ver com o sistema que o usuário roda no seu computador. Você provavelmente visita sites em Linux quase todos os dias, mesmo estando em um PC com Windows ou Mac OS.

Os tipos de servidores devem ser escolhidos de acordo com o site ou a aplicação que você deseja rodar. A linguagem de programação PHP, por exemplo, é nativa dos servidores Linux e funciona melhor neles. No entanto, isso não significa que você não pode utilizá-la em servidores Windows.

A Microsoft também criou linguagens de programação nativas de seus servidores. Quem trabalha com ASP ou .NET, deve considerar esse tipo de servidor.

Vantagens de usar esse tipo de hospedagem

Você se lembra do exemplo do ônibus no início do artigo? Utilizar um ônibus exclusivo para uma rota, o seu site, traz mais estabilidade e recursos. Afina, ele atende exclusivamente os sites que demandam atenção especial e garante velocidade.

Ele também é excelente para quem busca um serviço estável, mesmo com grandes picos de acesso. Como seus recursos são direcionados somente para um site, o servidor dedicado consegue ser bem mais eficiente e seguro.

Isso significa que todos os donos de sites devem se preocupar com o que é servidor dedicado? Não exatamente! Agora, vamos ver cada caso!

Sinais de que você precisa de um servidor dedicado

Muitos sites funcionam sem dificuldades na hospedagem compartilhada. E é por isso que a HostGator oferece diversos planos desse tipo. Mas todo crescimento exige investimento e é isso o que acontece com muitos sites que aumentam seu número de acessos.

Será que a página da sua empresa na web é uma entre as que precisam trocar a modalidade de hospedagem? Confira os sinais!

1. Problemas de segurança

Quem trabalha com transações online ou informações sigilosas, sabe que segurança é um assunto sério. Isso afeta clientes e a credibilidade da empresa. Para ter um site capaz de guardar as informações dos usuários a sete chaves, considere a aquisição de um servidor dedicado. Isso porque você não vai dividir os recursos com outros sites, então toda a segurança projetada para o servidor (como firewall e scripts de segurança) são de uso exclusivo, o que diminui as chances de brechas de segurança por conta de aplicações de terceiros.

2. Crescimento de acessos

É um dos principais motivos que leva alguém a procurar o que é servidor dedicado. Conforme os acessos de um site crescem, é preciso fazer um upgrade para evitar que ele fique fora do ar, gerando incômodo aos visitantes.

Quando o site tem um crescimento consistente e constante de acessos, está na hora de mudar – priorizando a experiência do usuário. Monitore o crescimento do seu site e identifique o momento ideal para trocar uma hospedagem compartilhada pelo servidor dedicado para ter mais recursos e um serviço exclusivo.

3. Desempenho e performance

Páginas que demoram a carregar deixam seu site menos atraente para o usuário e as ferramentas de busca. Desde 2017, o Facebook diminui o alcance orgânico de postagens com links que levam para páginas de carregamento lento. Para o Google e outras ferramentas de busca, a velocidade de carregamento do site é tudo, de acordo com artigo publicado pelo Yoast. Este é um fator importante para ranquear os primeiros lugares de resultados orgânicos desde 2010.

Ou seja, você não pode deixar o site da empresa lento. Além de acessos, você perde colocações nos resultados de pesquisa e alcance nas redes sociais. Quando perceber que isso está acontecendo, entenda o que é servidor dedicado e considere essa solução. Isso porque usar um dedicado é ter os recursos exclusivos e maior capacidade de processamento – sem limitação de quantidade de uso do processador. Então a estrutura é preparada para sites com muitos acessos, aplicações pesadas e grandes quantidades de requisições no banco de dados.

4. Mais autonomia

Precisa realizar atualizações no seu site com frequência para alterar as configurações dele? Um dedicado proporciona autonomia para esses processos através do acesso root, ou seja, uma permissão para alterar e configurar o servidor da forma que quiser. Desenvolvedores – e pessoas com acesso à página – conseguem aproveitar essa vantagem.

Esse tipo de hospedagem permite agendar uma quantidade variada de tarefas e scripts, facilitando a rotina do desenvolvedor. Com a flexibilidade que um servidor dedicado proporciona, é possível deixar o site ainda melhor na questão de desempenho. Além da possibilidade de instalar bancos de dados, módulos personalizados, extensões do PHP e etc.

5. Melhorar a posição nos resultados de busca

Embora uma hospedagem não possa garantir boas posições no Google, certamente um serviço ruim influenciará no seu ranqueamento. Um servidor dedicado garante um tempo online muito maior, o chamado de uptime. Ele indica quanto tempo o servidor está funcionando de forma ininterrupta – um fator importante no ranqueamento do Google. No dedicado essa maior disponibilidade ocorre pois não há interferência de outras aplicações.

O servidor dedicado tem um papel importante nos resultados de busca, questões como disponibilidade, velocidade e segurança são apenas alguns aspectos que podem impactar no SEO do seu site.

Quando utilizar cada tipo de hospedagem?

Lembre-se! Existem diversos tipos de sites, cada um com suas necessidades. Algumas vezes, mesmo identificando mais de um dos sinais acima, não é necessário optar pelo servidor dedicado. Vale ressaltar que esses servidores exigem um investimento mais alto e um servidor VPS, uma opção intermediária ao dedicado e o compartilhado, pode ser suficiente.

No VPS, um servidor físico – com recursos compartilhados – é dividido, virtualmente, em servidores individuais, com memória RAM, processamento, espaço em disco e outras características que são completamente dedicados ao site.

Para decidir se está na hora de expandir seu site e investir em um servidor dedicado, é preciso avaliar bem. Quem identificou a maioria dessas dificuldades e está disposto a investir para resolvê-los e alavancar seu negócio online, deve saber que um servidor dedicado e seus recursos avançados podem ajudar.

Esse tipo de servidor melhora o desempenho e permite que seu negócio cresça sem limitações. Considere as necessidades do seu caso e faça uma escolha adequada para suas expectativas de crescimento. Converse com um dos nossos consultores online.


Tags:
Comentários
Pressione Enter para pesquisar ou ESC para fechar