A principal função do protocolo HTTP é a transmissão de páginas web na Internet. Você precisa entender quais são suas principais características e funcionalidades!

(Atualizado em: 26 de julho 2021)

O Protocolo de Transferência de Hipertexto (protocolo HTTP) é usado principalmente em redes baseadas em IP para a transmissão de páginas web de um servidor para o navegador. Ele funciona sem criptografia e não se limita a aplicativos.

Neste artigo, entenda melhor qual é o significado de protocolo HTTP, o que é e para que serve!

O que é HTTP?

Afinal, o que é protocolo HTTP? A abreviatura de “Hypertext Transfer Protocol” descreve um protocolo sem estado com o qual os dados podem ser transmitidos em uma rede IP. A aplicação mais importante é a transferência de páginas da Internet e dados entre um servidor web e um navegador. No entanto, ele não está restrito a sites, sendo usado para aplicativos.

Por exemplo, o protocolo de transferência de arquivos WebDAV é baseado no protocolo HTTP. O WebDAV é usado para transferir dados de diretório e arquivos em uma rede IP. Os serviços da Web REST também são baseados no Protocolo de Transferência de Hipertexto. No modelo de camada, o protocolo HTTP é atribuído à camada de aplicação 7.

O HTTP funciona sem criptografia e envia todas as informações em texto não criptografado. Túneis VPN criptografados (Rede Privada Virtual) ou a variante criptografada do protocolo HTTPS podem ser usados ​​para evitar a escuta de conexões. No caso de um site utilizar protocolo HTTPS, o Google Chrome identifica com um cadeado, e assim o visitante de um site pode identificar que os dados são criptografados e que o site é seguro.

Como funciona o HTTP?

O HTTP existe desde o início dos anos 1990 e é um dos padrões básicos em que se baseia o funcionamento da Internet. Uma unidade de comunicação em HTTP é chamada de mensagem, sendo feita uma distinção entre solicitação ou consulta e resposta. O significado é óbvio: a solicitação é feita do cliente ao servidor web, enquanto a resposta se refere à ação subsequente do servidor ao cliente.

Cada mensagem é composta por um cabeçalho e um corpo. O primeiro é a área do cabeçalho do documento. Contém as meta informações básicas, o tipo de conteúdo e o idioma ou o conjunto de caracteres, por exemplo.

O conteúdo real do site, que também é exibido no navegador do usuário, está localizado no corpo HTTP. O protocolo TCP/IP é usado para a transmissão do protocolo HTTP. Em contraste com o protocolo de transferência de arquivos, o HTTP não tem estado. 

Isso significa que nenhum dado de sessão é transmitido, como IDs. Cada solicitação é independente uma da outra e processada de forma independente. No entanto, uma responsabilidade de status pode ser adicionada explicitamente, por exemplo, usando um cabeçalho de cookie.

Quer saber mais a fundo como funciona o protocolo HTTP? Confira abaixo!

Protocolo HTTP

A maneira como o HTTP funciona é a seguinte: o cliente inicia uma solicitação ao servidor web, digitando-a na barra de endereço do navegador. Este, por sua vez, responde inicialmente com um código de status, que consiste em três dígitos. Ele contém a informação se a solicitação pode ser respondida com sucesso ou não. 

Todo usuário já viu esse código de status antes: se houver um erro na solicitação, a mensagem 404 aparece, por exemplo. Não apenas o conteúdo HTML pode ser transmitido via HTTP, mas também outros formatos. Hoje em dia, muitos sites são criados dinamicamente, por exemplo, usando PHP. Esses formatos também podem ser transmitidos via HTTP e reproduzidos diretamente no lado do cliente.

Quais solicitações HTTP existem?

Com GET, geralmente, um arquivo é solicitado do servidor. Para que o servidor reconheça o recurso a ser transmitido, é solicitado por um URI (Uniform Resource Identifier), por exemplo, uma URL. O método de solicitação POST é usado para transferir dados para o servidor. Com o método de solicitação HEAD, apenas o cabeçalho de um documento é solicitado, mas não o corpo.

Como a comunicação via protocolo HTTP não é protegida, também existe o padrão HTTPS, no qual o “S” significa “Seguro”. A criptografia e a autenticação evitam que os dados enviados via HTTP sejam lidos por outros participantes da rede. Falaremos mais sobre ele a seguir!

A relevância do HTTP para o SEO

Uma vez que os rastreadores dos motores de busca na web se comportam como clientes, eles também usam o protocolo HTTP para recuperar dados do servidor. Os comandos que costumam ser definidos no cabeçalho de um site também são transmitidos ao rastreador via HTTP. Isso inclui o comando para não indexar uma página (noindex) ou não seguir os links no site (nofollow), por exemplo.

O Protocolo de Transferência de Hipertexto funciona segundo o princípio cliente-servidor. O navegador web atua como um cliente, enquanto o servidor web atua como um servidor HTTP. Para acessar um site, o navegador envia uma solicitação HTTP à porta 80 do servidor, que processa e responde com uma mensagem.

As mensagens de solicitação e resposta consistem no cabeçalho com as mensagens de controle e os dados reais. A conexão é encerrada com a resposta. Por via de regra, várias conexões ocorrem ao mesmo tempo durante o acesso a sites. A comunicação é baseada no formato de texto. 

É opcionalmente possível especificar uma porta diferente da padrão. Se o arquivo não estiver especificado no endereço, o servidor envia o arquivo padrão do domínio.

O que faz o Protocolo HTTP?

Por fim, qual a função do protocolo HTTP?

Protocolo HTTP principal função é a transmissão de páginas web na Internet. No entanto, é um protocolo de transferência que não se limita ao hipertexto, mas pode, a princípio, ser usado para a troca de quaisquer dados. Para garantir uma transmissão confiável, o HTTP usa o TCP (protocolo de controle de transmissão) orientado para conexão e seguro.

O Protocolo de Transferência de Hipertexto transmite informações não criptografadas em texto não criptografado. Para garantir uma transmissão segura na Internet, a variante criptografada do protocolo HTTPS (Hypertext Transfer Protocol Secure) está sendo cada vez mais usada. 

Este protocolo permite conexões seguras com autenticação e criptografia ponta a ponta. Como regra, os servidores se autenticam no navegador web com um certificado. Essas conexões podem ser reconhecidas pelo início de uma URL com “https: //” em vez de “http: //”. A porta usada não é mais a 80, mas a 443.

Além disso, o Protocolo de Transferência de Hipertexto inclui a opção de autenticação do usuário. Se um nome de usuário e uma senha forem necessários para um arquivo, o servidor relata isso ao navegador web usando o código de status 401 e o cabeçalho WWW-Authenticate.

O usuário pode inserir o nome de usuário e a senha em uma caixa de diálogo que aparece. O navegador transfere esses dados para o servidor. Se os dados de login estiverem corretos, o servidor entrega o arquivo solicitado.

Outra opção é a compactação. Para reduzir a quantidade de dados transferidos, o servidor tem a opção de compactar suas respostas. O cliente e o servidor negociam previamente o método de compressão a ser usado. 

Muita largura de banda pode ser economizada com compactação, especialmente com dados baseados em texto, como HTML, CSS ou JavaScript. No caso de dados como imagens, vídeos ou arquivos de áudio que já estão compactados, no entanto, a recompressão é menos útil.

Para que serve HTTP e HTTPS?

O Protocolo De Transferência De Hipertexto (HTTP) é usado para carregar páginas web da World Wide Web (WWW) em um navegador, como dissemos. Por outro lado, o protocolo HTTPS garante a segurança em um site. 

HTTPS significa HyperText Transfer Protocol Secure (Protocolo de Transferência de Hipertexto Seguro) e é usado para criptografia e autenticação de comunicação entre o servidor web e o navegador. Este protocolo é o único método de criptografia com suporte em todos os computadores habilitados para Internet, sem instalação de software separada. 

Sem criptografia, os dados na web seriam lidos como texto simples por qualquer pessoa com acesso à rede relevante. As páginas da Internet utilizam este protocolo para evitar que terceiros manipulem as informações que são trocadas entre o site e o usuário.

Fonte dos dados: tutorialsteacher.com

O que é HTTPS

protocolo https é uma forma de proteger a comunicação entre dois sistemas, como servidor e navegador. Ele permite o trânsito de dados confidenciais, como números de cartão de crédito, informações bancárias e credenciais de login.

Como mencionamos anteriormente o HTTPS significa HyperText Transfer Protocol Secure. Sendo assim, diante da pergunta “Qual é o significado da s no HTTPS?“, podemos afirmar que ela significa a segurança no site.

HTTPS é frequentemente usado em sites em que dados confidenciais, como bancários, são necessários. O ícone de cadeado, bem como o HTTPS, o certificado SSL e as informações detalhadas, mostram rapidamente ao usuário se a página é segura ou não.

Se você estiver em um site com criptografia HTTPS e não há nenhum símbolo de cadeado, mas um HTTPS riscado em vermelho aparecer na linha de endereço do navegador, então o navegador está convencido de que este site não é seguro.

Em resumo, se um site exigir seus dados confidenciais, certifique-se de verificar a linha de endereço para ver se o site está sendo executado com HTTPS e se o símbolo do cadeado está lá — essa é uma prática simples de verificação de autenticidade e segurança ao navegar.

Quer instalar o Certificado SSL no seu WordPress, confira no passo a passo que preparamos para te ajudar:

Esperamos que este artigo tenha sido útil para você compreender os protocolos de internet HTTP! Não deixe de acompanhar mais conteúdos sobre tecnologia, marketing e negócios no blog da HostGator. Até a próxima!