WPO é um conjunto de técnicas para melhorar a navegabilidade e tornar o site como um todo mais agradável! Veja como otimizar sue site agora.

Ouça o conteúdo deste post clicando no player abaixo!

Você está preocupado com a experiência do usuário no seu site WordPress? O WPO pode ser um grande aliado. Seu principal objetivo é avaliar e melhorar o desempenho e velocidade de carregamento das páginas.

Mas o que é WPO? É a sigla de Web Performance Optimization, que pode ser traduzido como Otimização de Desempenho Web. Ele é composto por um conjunto de técnicas que visam melhorar a navegabilidade, cativar os usuários e tornar o site como um todo mais agradável.

Em meio ao avanço especialmente de e-commerces, contar com o WPO para WordPress pode ser o fator que você precisava para aumentar as visitas e, especialmente, elevar suas vendas.

Neste conteúdo, você vai conhecer mais sobre o termo e de que forma impacta na velocidade de carregamento. Verá também dicas para colocá-lo em prática, ferramentas que facilitam nessa tarefa e, ainda, os principais benefícios de usá-lo no cotidiano.

Boa leitura!

O que é WPO para WordPress?

É um conjunto de técnicas, estratégias e boas práticas que permitem reduzir, ou mesmo eliminar, obstáculos e problemas que afetam a experiência do usuário durante a navegação no seu site.  

Ao promover as melhorias propostas pelo WPO, é possível melhorar aspectos técnicos, como a velocidade de carregamento, otimizando o desempenho da página.

Consequentemente, eleva o tempo de permanência no site e melhora o posicionamento nos mecanismos de busca, uma vez que esse é um fator essencial para o Google – e também para os visitantes.

Para entender o impacto que ele tem na questão da velocidade, vamos usar um exemplo de uma técnica muito recomendada, que é a otimização das imagens. Quanto mais compactas elas forem, menos tempo será necessário para que o site seja apresentado.

Quem utiliza o WordPress, o WPO já está inserido em alguns pontos na própria configuração. Usando ainda o exemplo da imagem, a plataforma estipula um limite de tamanho, evitando que a pessoa tenha que cuidar desse ponto depois.

Além disso, ela aceita tipos de arquivos específicos, para manter a qualidade na hora da publicação.

Dicas para fazer a auditoria WPO de um site desenvolvido no WordPress

1. Otimize as imagens

Nós usamos esse exemplo para promover o entendimento sobre a influência do WPO na velocidade de carregamento, mas não custa reiterar essa boa prática, tendo em vista que ela é essencial.

Quanto mais otimizadas as imagens forem, tanto em tamanho quanto em qualidade, menos elas pesarão no site e, consequentemente, mais rápido será o seu carregamento.

2. Aposte na técnica Lazy Load

Essa técnica é utilizada para evitar a exibição de certos tipos de conteúdo (imagem, vídeos, frames) até que o visitante de fato chegue até eles por rolagem. No caso, ela segura o carregamento daquilo que estiver fora da janela de visualização.

O Lazy Load ajuda a melhorar a experiência do usuário, especialmente em celulares, em que a tela é menor e existe muito conteúdo que fica fora da área visível.

3. Diminua arquivos CSS, JS e HTML

Minimizar os recursos estáticos, como CSS, arquivos JavaScript ou o próprio HTML do site, irá melhorar a velocidade de carregamento. Isso porque eles passam a ocupar menos espaço que as versões originais, reduzindo o peso para carregar.

4. Utilize um plugin de cache

Embora o WordPress gerencie seu próprio cache – que pode ser ativado acessando WP-config.php -, é recomendado utilizar um plugin para gerenciá-lo de forma mais otimizada. 

Alguns exemplos de plugins são:

5. Cuidado com hospedagens grátis

Você já fez uma simples pesquisa no Google usando a palavra hospedagem de site? As primeiras correspondências que aparecem no preenchimento são “grátis, barata e gratuita.”

Por mais atrativo que isso possa parecer, fuja desse tipo de hospedagem, pois certamente ele oferece mais problemas e aborrecimentos do que resultados positivos para o seu negócio.

Afinal, por ser gratuito ou barato demais, não deve oferecer bom espaço de armazenamento nem funcionalidades importantes para a manutenção da sua página.

Na dúvida, confira os tipos de hospedagem que a HostGator oferece e compare!

6. Atualize o código de programação

O desempenho de um código bem otimizado é superior a trechos que se perdem entre consultas de bancos de dados e loops enormes.

Logo, antes mesmo de começar a programar no WordPress, tire um tempo para realiza ações como analisar nomes de variáveis e classes e otimizar as consultas.

7. Limpe a sua base de dados

O banco de dados é o motor de um site, tendo em vista que é nele que constam as principais informações. Com o tempo, porém, ele acaba ficando repleto de dados desnecessários, como:

  • Avaliações antigas;
  • Comentários de spam ou não aprovados;
  • Conteúdo na lixeira;
  • Plugins não mais utilizados;
  • Arquivos no rascunho.

É recomendado revisar essas tarefas e promover a manutenção necessária para eliminar tudo o que não estiver em uso. Um plugin que pode realizar isso por você é o WP-Optimize, que melhora a capacidade de resposta e otimiza o banco de dados.

Ferramentas que ajudam na auditoria WPO em WordPress

Além das ferramentas que já sugerimos junto às dicas acima, existem outras que analisam o desempenho do site e sugerem áreas e funcionalidades que precisam ser melhoradas. 

Confira algumas delas!

  • Google PageSpeed Insights: Informa o desempenho real de uma página para dispositivos móveis e computadores;
  • GTmetrix: Permite ver o desempenho do site, descobrir o porque está lento e obter oportunidades de otimização;
  • Pingdom Tools: Testa o tempo de carregamento da página e ajuda a encontrar onde estão os gargalos, visando melhorar a experiência do usuário final;
  • WebPageTest: Fornece informações valiosas de diagnóstico, incluindo gráficos de carregamento de recursos e sugestões de melhorias.

Veja as melhores ferramentas para velocidade de carregamento do seu site com o nosso parceiro Darlan Evandro.

Principais benefícios de aplicar uma auditoria WPO para WordPress

Além de melhorar a velocidade de carregamento do site, tendo em vista que o tempo desejável é de até 3 segundos, e, consequentemente, a experiência do usuário, o WPO para WordPress oferece outras vantagens importantes.

Uma delas é o fato de melhorar a autoridade de domínio e o posicionamento no Google. Isso ocorre porque o mecanismo de busca possui algoritmos inteligentes a ponto de detectar quando uma página é rápida – e a priorizam nos seus resultados.

Quanto mais rápido um site carrega, maiores são as chances de o visitante permanecer nela. Logo, o WPO para WordPress também é essencial pensando na retenção desses usuários e também na sua conversão. Afinal, um site organizado e ágil incentiva às pessoas a permanecerem e clicarem em mais de uma seção e conteúdo.

Junto a isso, há maior retorno sobre investimento, uma vez que, ao aplicar as boas práticas de WPO para WordPress, a página se torna mais atrativa, fazendo as empresas crescerem no meio digital, elevando as probabilidades de as vendas ocorrerem.

Este conteúdo foi útil para você? Para obter mais dicas para melhorar os resultados do seu negócio no mundo digital, confira os cursos gratuitos que disponibilizamos no Canal do CollabPlay.